Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Descontrole emocional ou amor próprio?
#1
Seguinte, estou passando por uma problema que está, literalmente, me tirando o sono já faz algum tempo.

Comcecei atrabalhar em turnos, então as vezes trabalho a tarde, as vezes de madrugada, as vezes de manhã, até ai tudo tranquilo, apesar de ser um pouco complicado para regular o sono, como o serviço não exige muito de mim, nada a reclamar, só agradecer.

O problema começou quando, toda vez que eu precisava dormir de dia, ouvia um ruído vindo de algum lugar do meu quarto, e não sabia o que era, achava que era reforma dos vizinhos, mas essa reforma não acabava nunca, até que descobri que esse barulho maldito era na verdade a porra de um varal com uma roldana mequetrefe acoplada na parede do meu quarto, e ai começou a saga.

Toda vez que eu precisava ir dormir de dia para trabalhar a noite dormia mau por causa desse barulho, então fui conversar com a mulher sobre isso, expliqui a situação, ela me mostrou o varal, falei tranquilamente que precisava trabalhar a noite e ele incomodava, tudo na maior educação, ela "compreendeu" e disse que "ia fazer menos barulho", sendo que o correto era tirar o varal dali para não fazer barulho nenhum, mas ela não fez isso... e nesse mesmo dia eu já ouvi o som do varal quando fui tentar dormir para ir trabalhar de madrugada, ok, o som reduziu um pouco, incomodava da mesma forma, ela só não puxava o varal com tanta velocidade, só...

Passou um mês ou mais e o barulho continuou igual, ela se controlou na hora de puxar o varal nas 3 primeiras vezes e depois voltou a ser a merda que sempre foi.

Com isso, fui de novo lá, expliquei a situação, falei que precisava trabalhar de madrugada no dia, ali, apesar de ser educada, eu vi que ela simplesmente estava cagando para mim, e que ela ainda precisava estender roupas, engoli seco.

Um dia, chego cansado da madrugada, dia amanhecendo, quero dormir, e de novo a porra do barulho do varal, abro a janela puto e só faço um gesto mostrando que está incomodando(aquele com as mãos levantadas meio abertas pro alto), ela disse que não tinha o que fazer, que era assim e não sei o que.

Só que pelo que eu fiquei sabendo, é irregular o que ela fez, pregar a roldana na parede dos outros, o problema é que o prédio não é meu, e o dono do prédio permitiu isso porque... deram uma escada para ele.

Porem continua sendo irregular por causa de regras de ocndominio ou coisa assim, não sei explicar.

De qualquer forma, estava exausto esse dia, perguntei uma quarta vez, quando ouvi os barulhos de novo e não ocnsegui dormir "vai mesmo continuar com esse baruho" "vou". Esperei ela sair de perto do varal e lambuzei as roupas dela com leite, estava puto demais, ai veio reclamando para minha mãe, que ia fazer BO que bla bla bla, que era para eu parar, eu parei, e fiz BO contra ela contra perturbação do sossego, mas esse BO está para 31 de março e até lá os imbecis continuam com a porra do barulho todo santo dia, não joguei mais leite e relevei, mas estava demais, essa semana estava trabalhando de madrugada, resolvi jogar mais leite, e um pouco de sabão em pó misturado com Qboa, tentei fazer tudo pelo caminho certo e não tinha funcionado, com sono, mau humorado... ai já viu, até cheguei a mudar de quarto para tentar dormir mlhor, mas o barulho incomoda o apartamento inteiro.

Um fato que esqueci de mencionar, é que o marido da infeliz ligou para minha mãe dizendo que iria me dar uma surra porque joguei leite lá, se eu fosse lá reclamar de novo(depois do leite, nunca mais fui lá, desisti de tentar dialogar) 

Dessa segunda vez, que não só joguei leite, mas água sanitária também, veio falando manso, dizendo que ia colocar o varal em outro lugar, e bla bla bla, porque eu tinha manchado os pijamas deles(nem sei se a Qboa pegou nos pijamas, acho que só pegou em um tapete)
arai
Mas o que me deixou mais puto foi minha mãe resolver ficar do lado deles, sendo que ela mesmo já reclamou para mim várias vezes sobre isso que não estava suportando mais, mas quando falava em fazer algo na prática, ela dava pra trás, ai agora veio com esse falso moralismo de que não me deu esse tipo de educação, sendo que se dependesse dela eles iriam deitar e rolar, e até com o tenente que conversei no serviço(sou uma espécie de vigia da policia militar) falou para mim jogar até uma pedra naquela roldana e mandar ela processar, porque se estava irregular, eu estaria com a razão, mas preferi o leite.

Estou em um dilema, se agi com impulso, ou apenas tive bolas de mostrar para eles que meu quarto não é a casa da mãe joana pra ficar pregando varal do lado de fora dele, detalhe que foram 8 meses que durou toda essa fulia, 8 meses que eles instalaram esse varal, e eu acho que se não tivess jogado Qboa, não teriam nem pensado em mudar essa bosta que fizeram lá.

Mas o que mais doeu fi ver minha mãe ficar do lado deles, sendo que ela via várias vezes eu indo trabalhar exausto por não ter conseguido dormir direito por conta dos ruídos constantes desse varal de merda, sendo que eles podem muito bem extender as roupas como todo mundo, em um varal normal.

Inclusive fui a pé de madrugada pro serviço, porque minha mãe falou para eu não usar o carro porque estava com pouca gasolina, isso me deu vontade até de sair de casa, infelizmente ganho um salário minimo e é um trabalho com contrato de tempo limitado, morando aqui, posso guardar metade do salário, que é o que estou fazendo, mas parece que nesse pais, você tem que abaixar a cabeça quando cometem injustiça com você.

Enfim, eles até tentaram chamar a policia, mas eu tinha quase certeza que não viriam, eu sei como o sistema da policia funciona, e o caso deles eram, de certa forma, inofensivo.

Isso foi uma mistura de duvida com desabafo.
Responda-o
#2
Velho, é osso esse tipo de situação. Não sei dizer se o BO vai valer de alguma coisa, então vá se preparando pra tomar alguma medida legal. 


Se nem tua mãe ajuda, é melhor ficar calado e se for o caso mande a velha calar a boca (com todo respeito). 

Procure alguém responsável por essa droga de varal e se disponibilize inclusive para poder ajudar a mudar ele de lugar ou instalar um novo ou qualquer coisa, como um último gesto de boa vontade.

Se eles recusarem, parte pra tudo o que for recurso disponível, seja síndico do prédio, polícia, processo, o que for necessário.

Se possível vá arquivando as provas, grave o povo incomodando ou não se prestando a ajudar, e esteja sempre do lado da razão. Não faça nenhuma besteira. Força é apenas o último recurso, quando tudo mais falha.

Força e honra,
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#3
So duas perguntas aqui, Essa mulher da a buceta nesse varal? A porra de vida dessa mulher gira so em torno desse varal? 8 meses e tu nao resolveu isso? Explica ai essa desgraca. O varal dessa mulher deve ta ligado dentro da buceta dela ou possuido com alguma forca sobre natural, nao é possivel. 

Tu nao é homem de resolver essa porra sozinho nao?   

Vou ti da uma dica aqui que vale ouro, chumbo trocado nao doi, entao pegue um som viril coloque um Pen drive com musicas do kiss, slayer ou ACDC  e coloque no ultimo volume. Fique tranquilo e espere, logo eles vao reclamar e dai tu diz; Agora podemos resolver nossas diferencas. Caso os sintomas persistirem, procure sons mais violentos (aumento da dose) que resolve, ti garanto. 

Ps; Fiz isso no AP que moro no mesmo dia resolvi a situacao. 

Ps 2; Caso nao tenha o som arranje um emprestado. Pronto, depois eu mando a conta. Via MP

Brigado, de nada.
"O motivo pelo qual algumas mulheres detestam o que escrevo é porque sugiro ao homem a rebeldia psicológica na relação com o sexo oposto. Sugiro que o homem deixe de ser submisso afetivamente e que busque a independência emocional. Muitas mulheres não aceitam isso porque desejam manter os homens sob seus pés" (Nessahan Alita)

Responda-o
#4
(08-03-2020, 08:23 PM)Gângster Escreveu: So duas perguntas aqui, Essa mulher da a buceta nesse varal? A porra de vida dessa mulher gira so em torno desse varal? 8 meses e tu nao resolveu isso? Explica ai essa desgraca. O varal dessa mulher deve ta ligado dentro da buceta dela, nao é possivel. 

Tu nao é homem de resolver essa porra sozinho nao?   

Vou ti da uma dica aqui que vale ouro, chumbo trocado nao doi, entao pegue um som viril coloque um Pen drive com musicas do kiss, slayer ou ACDC  e coloque no ultimo volume. Fique tranquilo e espere, logo eles vao reclamar e dai tu diz; Agora podemos resolver nossas diferencas. Caso os sintomas persistirem, procure sons mais violentos (aumento da dose) que resolve, ti garanto. 

Ps; Fiz isso no AP que moro no mesmo dia resolvi a situacao. 

Ps 2; Caso nao tenha o som arranje um emprestado. Pronto, depois eu mando a conta. Via MP

Brigado, de nada.
Ela estende as roupas, as vezes poucas vezes, as vezes mais, mas o som é tão estridente que chega a me acordar, ou se estou quase dormindo o sono passa na hora, até de raiva mesmo.

E como vou resolver essa porra sozinho? Jogando pedras no varal para perder meu emprego e ir parar na delegacia? Se jogando água sanitária já deu essa desgraça toda...

E o varal é do lado de fora do aparamento dela, mas fica no meu quarto, seria mais fácil incomodar os vizinhos de cima do que ela, pois ela é um andar abaixo do meu.

(08-03-2020, 07:56 PM)Wild Escreveu: Velho, é osso esse tipo de situação. Não sei dizer se o BO vai valer de alguma coisa, então vá se preparando pra tomar alguma medida legal. 


Se nem tua mãe ajuda, é melhor ficar calado e se for o caso mande a velha calar a boca (com todo respeito). 

Procure alguém responsável por essa droga de varal e se disponibilize inclusive para poder ajudar a mudar ele de lugar ou instalar um novo ou qualquer coisa, como um último gesto de boa vontade.

Se eles recusarem, parte pra tudo o que for recurso disponível, seja síndico do prédio, polícia, processo, o que for necessário.

Se possível vá arquivando as provas, grave o povo incomodando ou não se prestando a ajudar, e esteja sempre do lado da razão. Não faça nenhuma besteira. Força é apenas o último recurso, quando tudo mais falha.

Força e honra,
Obrigado guerreiro.

Já tenho pelo menos umas 15 gravações do varal, eu não vou mais lá tentar dialogar nem nada do tipo, porque já tentei e fizeram má vontade, mas simplesmente vou continuar jogando leite(água sanitária não jogo mais, porque leite não estraga as roupas, só dá trabalho pra eles) enquanto a lei não se agiliza, aliás, se eu continuasse fazendo só isso, acho que logo eles paravam com essa porra, foi só jogar água sanitária, que eles mesmos ligaram falando que ia trocar, que coincidencia, né? Agora o que fode é minha mãe não querer ficar do meu lado, sinceramente deixe, quando ela continuar sendo acordada as 8 da manhã de um domingo, logo logo ela muda de ideia.
Responda-o
#5
Ah, esqueci de falar, tem também o fato que, depois de tanto tempo com esse varal, só de deitar de dia já fico pistola, porque fico pensando que a qualquer momento posso ouvir o barulho, e assim, nunca consigo relaxar, vou comprar um tampão de ouvido pra ver se funciona.

Em relação a ficar 8 meses sem resolver isso, desses 8 meses, uns 2 eu achei que era reforma, então nada podia fazer, outro mês eu simplesmente não sabia de onde vinha esse barulho, quando descobri já fui falar com ela, EU ESPERAVA, que ela não soubesse que fazia barulho e fosse resolver o problema, nisso foi mais um mês e pouco, ai eu fui reclamar de novo, e voltei a reclamar e o resto é história, mas demorei tanto pra tomar uma atitude porque, primeiro, eu achava que era reforma, porque é realmente barulhento, e segundo, eu achava que teria solução pacífica, eu realmente achei que eles só faziam o barulho porque não sabiam que fazia barulho, depois que fui ver que eles estavam cagando pros outros.
Responda-o
#6
pega um decibelimetro, e tenta registrar o volume do ruído. Se ele for maior do que a norma permite, vc pode acionar o sindico e solicitar a remoção ou então solicitar que eles paguem uma reforma na tua casa com janelas e quaisquer outro aparato que ajude no isolamento acustico

@edit

acredito que isso funcione se o ruído for num horario tipo 22 as 08 horas. pesquise sobre isso.... mas como vc trabalha a noite, o ruido for num horario da tarde, por exemplo, talvez essa tatica nao funcione
Responda-o
#7
(08-03-2020, 09:14 PM)lokoman Escreveu: pega um decibelimetro, e tenta registrar o volume do ruído. Se ele for maior do que a norma permite, vc pode acionar o sindico e solicitar a remoção ou então solicitar que eles paguem uma reforma na tua casa com janelas e quaisquer outro aparato que ajude no isolamento acustico

@edit

acredito que isso funcione se o ruído for num horario tipo 22 as 08 horas. pesquise sobre isso.... mas como vc trabalha a noite, o ruido for num horario da tarde, por exemplo, talvez essa tatica nao funcione

Perturbação do sossego é qualquer horário, o tenente me falou isso, e está irregular sim, o responsável por cuidar do local aqui disse, mas até agora todo mundo falou que ia fazer algo e ninguém fez nada... 

Só vou parar de jogar o leite até o BO chegar, se ele não resolver, ai meu amigo...
Responda-o
#8
Usa aqueles bagulhos de tapar ouvido.
Responda-o
#9
É amor próprio. É normal sentir raiva. A raiva é um mecanismo de sobrevivência. Quando nós somos injustiçados, a tendência é sentir raiva. Se você não sentisse raiva, provavelmente você não faria nada. A raiva impulsona a pessoa a agir.

Quando dorme mal, é normal ficar de mal humor. Não apenas quando dorme, mas quando as necessidades básicas não são satisfeitas, nós ficamos de mal humor.
Responda-o
#10
Por isso nesses casos prefiro ficar no anonimato ir e ir reclamar dietamente com o dono. Sei que é dificil manter o controle nesse caso.

Prova tambem que ninguem liga para ser educado as vezes o melhor é arregaçar as mangas e meter o louco.
Só não precisava se identificar, ia lá e cortava com alicate o varal num momento que não tivesse ninguem olhando.
[Image: tumblr_p57e59wuF91qd2dewo1_400.gif]
Responda-o
#11
Não é nem uma coisa nem outra, nem descontrole ou falta de amor próprio ... a questão é que o confrade deve trabalhar para resolver esta situação que atrapalha seu cotidiano.

Não vou cagar regras de como deve agir, apenas lembre-se que o jovem deve arcar com a consequência destes atos, eu advogo primordialmente por uma conversa amigável em um primeiro momento, e as relações com vizinhos podem ser complicadas, pois:

- Tem gente que não tem empatia por ninguém;

- Uns pensam que a sociedade a sua volta é só ter direitos, já a vida em sociedade também requer contrapartidas de respeito ao próximo; e

- Outros são antissociais neste caso, é difícil resolver as coisas de forma amigável.
Responda-o
#12
(08-03-2020, 08:23 PM)Gângster Escreveu: So duas perguntas aqui, Essa mulher da a buceta nesse varal? A porra de vida dessa mulher gira so em torno desse varal? 8 meses e tu nao resolveu isso? Explica ai essa desgraca. O varal dessa mulher deve ta ligado dentro da buceta dela ou possuido com alguma forca sobre natural, nao é possivel. 

Tu nao é homem de resolver essa porra sozinho nao?   

Vou ti da uma dica aqui que vale ouro, chumbo trocado nao doi, entao pegue um som viril coloque um Pen drive com musicas do kiss, slayer ou ACDC  e coloque no ultimo volume. Fique tranquilo e espere, logo eles vao reclamar e dai tu diz; Agora podemos resolver nossas diferencas. Caso os sintomas persistirem, procure sons mais violentos (aumento da dose) que resolve, ti garanto. 

Ps; Fiz isso no AP que moro no mesmo dia resolvi a situacao. 

Ps 2; Caso nao tenha o som arranje um emprestado. Pronto, depois eu mando a conta. Via MP

Brigado, de nada.

Eu faria o mesmo. Madrugada é sua, aproveite pra usar furadeira, maquita, etc. Pau no cool dos afetados.

E pior, depois de conversar duas vezes, tu perdeu o respeito. Faça alguma coisa, se sua mãe reclamar, mande ela ficar quieta, já que ela não resolveu o problema.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#13
Mija nas roupas dela.
Responda-o
#14
Gargalhada   No BR quase tudo termina em carnaval, futebol e sangue.

A treta do varal poderá terminar em porrada, facada ou tiro, com a ajudinha de uns goró e farinha no dia da coragem e atitude, para defender a honra e o direito.


1-Um kit de varal custa entre 12 a 30 conto, com roldanas, fios e grampos Joinha

2-Lubrificante custa 3 conto

3- tapa ouvido 2 conto 


Dialogo e racionalidade prática resolveriam o problema rápido se as partes tivessem capacidade de pensamento e comunicação.

Juntou o burro marrento e  o analfabeto fodeu, primeiro invocam o Estado que caga e anda, depois se matam Heart .


Mas o bostileiro com Q.i limitado pela água fluoretada prefere odiar e provocar até a situação de duelo mortal, mas antes disso delega tudo para terceiros: O Estado  Big Grin ; os puliça civil e os juizados especiais adoram esse tipo de coisa, tome um chá de cadeira de 5 horas no Distrito e volte com seu papel de merda na mão. Não havendo solução ligue 30 vezes para o dono da vila do chaves que não atenderá após a 2 ligação, lembre-se que na primeira vez prometeu que ira ver e até hoje nada.

Enfim só restará o duelo ou dia de fúria explosiva e quem viver sairá vencedor. Troll-feminino

Não há controle emocional e muito menos amor próprio na questão. A racionalidade não foi usada de imediato. 8 MESES NISSO, mais um mês a criança nasce. Exclamation O varal de livre acesso no quintal e o sujeito na quis tentar nada prático, já que parecia ter acesso ao mesmo.


Para melhorar o humor, sono, racionalidade, e eliminar o estresse pesquise sobre cloreto de magnesio, um composto barato que é vendido na farmácia sem receita médica.




[Image: source.gif]
https://thoth3126.com.br/   Revista Chapéu de Aluminio
Responda-o
#15
(09-03-2020, 07:21 AM)Lazav Escreveu: Por isso nesses casos prefiro ficar no anonimato ir e ir reclamar dietamente com o dono. Sei que é dificil manter o controle nesse caso.

Prova tambem que ninguem liga para ser educado as vezes o melhor é arregaçar as mangas e meter o louco.
Só não precisava se identificar, ia lá e cortava com alicate o varal num momento que não tivesse ninguem olhando.

Cometi o erro de ser honesto demais e tentar resolver as coisas no diálogo, também cometi o erro de querer pagar de alfa quando comecei a ficar irritado e peitar a mulher antes de jogar as coisas.

(09-03-2020, 12:44 PM)Fernando_R1 Escreveu: Não é nem uma coisa nem outra, nem descontrole ou falta de amor próprio ... a questão é que o confrade deve trabalhar para resolver esta situação que atrapalha seu cotidiano.

Não vou cagar regras de como deve agir, apenas lembre-se que o jovem deve arcar com a consequência destes atos, eu advogo primordialmente por uma conversa amigável em um primeiro momento, e as relações com vizinhos podem ser complicadas, pois:

- Tem gente que não tem empatia por ninguém;

- Uns pensam que a sociedade a sua volta é só ter direitos, já a vida em sociedade também requer contrapartidas de respeito ao próximo; e

- Outros são antissociais neste caso, é difícil resolver as coisas de forma amigável.

Ai que está, tentei resolver da melhor forma possível e não deu certo, como jogar leite é fato atípico, foi uma alternativa que encontrei, não acho que fiz errado.

(09-03-2020, 02:03 PM)Gorlami Escreveu:
(08-03-2020, 08:23 PM)Gângster Escreveu: So duas perguntas aqui, Essa mulher da a buceta nesse varal? A porra de vida dessa mulher gira so em torno desse varal? 8 meses e tu nao resolveu isso? Explica ai essa desgraca. O varal dessa mulher deve ta ligado dentro da buceta dela ou possuido com alguma forca sobre natural, nao é possivel. 

Tu nao é homem de resolver essa porra sozinho nao?   

Vou ti da uma dica aqui que vale ouro, chumbo trocado nao doi, entao pegue um som viril coloque um Pen drive com musicas do kiss, slayer ou ACDC  e coloque no ultimo volume. Fique tranquilo e espere, logo eles vao reclamar e dai tu diz; Agora podemos resolver nossas diferencas. Caso os sintomas persistirem, procure sons mais violentos (aumento da dose) que resolve, ti garanto. 

Ps; Fiz isso no AP que moro no mesmo dia resolvi a situacao. 

Ps 2; Caso nao tenha o som arranje um emprestado. Pronto, depois eu mando a conta. Via MP

Brigado, de nada.

Eu faria o mesmo. Madrugada é sua, aproveite pra usar furadeira, maquita, etc. Pau no cool dos afetados.

E pior, depois de conversar duas vezes, tu perdeu o respeito. Faça alguma coisa, se sua mãe reclamar, mande ela ficar quieta, já que ela não resolveu o problema.

Perdi o respeito em que sentido? De ter perdido a razão e jogado o leite? Ou de ter reclamado e eles fazendo pouco caso? De madrugada é pior, porque podem acionar a polícia pelo som alto, coisa assim. Em relação a minha mãe, não é tão simples assim, já que eu ainda sou sustentado por ela, apesar de trabalhar, mas falta culhão da parte dela também, além de não resolver o problema, não quer me deixar resolver. O problema é que o corno do dono do nosso prédio não faz porra nenhuma também.
Responda-o
#16
(09-03-2020, 03:38 PM)Minerim Escreveu: Gargalhada   No BR quase tudo termina em carnaval, futebol e sangue.

A treta do varal poderá terminar em porrada, facada ou tiro, com a ajudinha de uns goró e farinha no dia da coragem e atitude, para defender a honra e o direito.


1-Um kit de varal custa entre 12 a 30 conto, com roldanas, fios e grampos Joinha

2-Lubrificante custa 3 conto

3- tapa ouvido 2 conto 


Dialogo e racionalidade prática resolveriam o problema rápido se as partes tivessem capacidade de pensamento e comunicação.

Juntou o burro marrento e  o analfabeto fodeu, primeiro invocam o Estado que caga e anda, depois se matam Heart .


Mas o bostileiro com Q.i limitado pela água fluoretada prefere odiar e provocar até a situação de duelo mortal, mas antes disso delega tudo para terceiros: O Estado  Big Grin ; os puliça civil e os juizados especiais adoram esse tipo de coisa, tome um chá de cadeira de 5 horas no Distrito e volte com seu papel de merda na mão. Não havendo solução ligue 30 vezes para o dono da vila do chaves que não atenderá após a 2 ligação, lembre-se que na primeira vez prometeu que ira ver e até hoje nada.

Enfim só restará o duelo ou dia de fúria explosiva e quem viver sairá vencedor. Troll-feminino

Não há controle emocional e muito menos amor próprio na questão. A racionalidade não foi usada de imediato. 8 MESES NISSO, mais um mês a criança nasce. Exclamation O varal de livre acesso no quintal e o sujeito na quis tentar nada prático, já que parecia ter acesso ao mesmo.


Para melhorar o humor, sono, racionalidade, e eliminar o estresse pesquise sobre cloreto de magnesio, um composto barato que é vendido na farmácia sem receita médica.




[Image: source.gif]

Por mim jogava leite naquela merda todo dia até eles aprenderem a extender roupa que nem gente, mas infelizmente não moro sozinho e tenho que aguentar a cornisse da minha mãe com eles.
Responda-o
#17
Por mim jogava leite naquela merda todo dia até eles aprenderem a extender roupa que nem gente, mas infelizmente não moro sozinho e tenho que aguentar a cornisse da minha mãe com eles.


Gargalhada   Só faltou dizer: Minha mãe é narcisista.  Facepalm  Tem uns podcasts de merda que só falam nisso....

Se você tomar um pau do povo que usa o varal comunitário, sua mãe lhe dirá: Bem feito, ficou agindo igual a uma menina mimizenta ao invés de resolver.


Nível @Reale



https://thoth3126.com.br/   Revista Chapéu de Aluminio
Responda-o
#18
Enquanto vocês e o casal estiverem com o aluguel em dia, o dono do prédio estará cagando e andando pro conflito.

Água sanitária é sacanagem, leite é moleza, joga azeite!

Pra tua mãe estar do lado do casal, ou ela é amante desse cara, ou ela quer te ver fora de casa o quanto antes.
Responda-o
#19
Irmão, você pode ir a um juizado especial cível (famoso juizado cível de pequenas causas) e pedir um ação cominatória por pertubação do sossego com indenização por danos morais e tutela de urgência. Haja visto, estar amplamente regulado em nosso ordenamento jurídico no art. 225, CF e art. 42, LCP. Com relação ao leite que você joga nas roupas de uma olhada: Lei 10.406/02 art 1.277.
Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever. Efésios 6, 13

Responda-o
#20
Compra isso aqui e seja feliz:

https://lista.mercadolivre.com.br/mack%27s-earplug#D

Não precisa ser essa marca, mas essa eu sei que funciona. Quando boto isso aqui pode cair um meteoro que eu não ouço.

Não vai resolver no tete a tete se não ainda dá tragédia. Jogar leite foi movimento ilegal, era melhor ter batido na porta e ter conversado.

Se nada resolver compete com eles no campo sonoro também. Acordou com o barulho? Dá uma de maluco, grita na janela, uiva e o escambau.Improvise. Quanto mais doido eles pensarem que você é menos vão pensar em repetir o barulho. Se eles ainda estão fazendo o barulho é porque eles pensam que conhecem todos os desfechos possíveis da situação. Mostre que eles estão enganados, bote essa música no último volume.





Não recomendo partir pro físico, porque com raiva acumulada briga dá merda feia, ainda mais com vizinho que vai na cozinha pegar faca, espeto de churrasco e afins.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Amor-próprio e a regra 5/5... Karl Rossmann 19 2,568 04-08-2018, 06:25 PM
Última Postagem: Sísifo
  Do inferno emocional a independência emocional. Delta 8 1,130 11-12-2017, 07:04 PM
Última Postagem: Machado Annihilator

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)