Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Parem de se preocupar com bucetas e estudem
#21
Fato!

Enquanto eu quebrava a cabeça para descobrir um jeito de conquista-las, elas simplesmente estavam tocando as suas vidas; fazendo cursos, vestibular, viagens etc. Estava com foco totalmente direcionado para conseguir uma fod#, enquanto a minha vida ficava estagnada. Tempo e energia jogados fora, uma vez que não tive sucesso com nenhuma das pretendidas.

Depois que entendi isso, comecei a foca de verdade em mim. Coloca o desenvolvimento pessoal em prática.

Enquanto não entenderem que sexo com mediado, para elas, não é prioridade, e você estando nessa condição, quem cede é ela, continuarão 'dando murro em ponta de faca'.
Responda-o
#22
Não sei se voces já tiveram esta sensação de tranquilidade, de paz, mas eu ja tive uma vez, eu fiquei juntando dinheiro tanto que fiquei um tempo sem trabalhar, eu ficava tranquilo, não me preocupava com nada tanto que ficava estudando e passei em vestibular de 45 por vaga.
Acredito que a vida da mulher tenha um paralelo, se precisar de dinheiro tem o pai, se quiser sexo é só fazer uni-duni-te no celular, então acaba que elas ficam com disposição total pra se dedicar a seja la o que for.
.
E no fim das contas acaba sendo culpa de nós homens.
.
É só um paralelo, mas acredito ser mais ou menos assim.
Responda-o
#23
(16-01-2020, 12:42 AM)Billythekid Escreveu: A inserção da mulher no mercado de trabalho pode ter servido apenas para estressa-la  ainda mais do ela já é.
Quando alguém fala em mulher cuidando da casa, a mentalidade midiática na cabeça da pessoa coloca  logo a imagem da mulher lavando o chão com esfregão 

Cuidando do lar:
1- A mulher pode administrar as despesas do lar
2- A mulher pode descobrir a vocação, defeitos e talento dos filhos  muito mais rápido que o estado
3- A mulher pode estudar nutrição, massagens, psicologia etc... deixando a saúde física e mental dos filhos e do homem 100%

Se especializando nesses 3 pontos por exemplo, ela poderia até dar aula a quem estivesse disposto a pagar 
Isso pode tirar um peso enorme da cabeça do cara, fazendo com que ele tenha vontade de buscar uma vida financeira cada vez melhor  

Algumas mulheres pensam da mesma forma:
https://catracalivre.com.br/entretenimen...ao-marido/

"The Surrendered Wife”, no original em inglês), um livro polêmico escrito pela norte-americana Laura Doyle.

"O livro traz seis princípios da “mulher rendida”: renuncie ao controle inadequado do marido; respeite o modo de pensar do marido; receba os presentes que ele dá com elegância e expresse gratidão por ele; expresse suas vontades sem tentar controlar o marido; confie nele para gerenciar as finanças da casa; se concentre nos cuidados consigo mesma e em sua própria satisfação."

https://pt.aleteia.org/2013/11/13/livro-...st-seller/

"Sposati e sii sottomessa: Pratica estrema per donne senza paura (Valenchi): Casada e submissa: prática extrema para mulheres sem medo.

"Segundo Constanza Miriano, autora do livro, a falta de identidade da mulher, isto é, do “ser feminino”, pode gerar diversos problemas matrimoniais. Defende – como Paulo aos Efésios – que o verdadeiro dom da esposa é a submissão por amor. Nisto consiste sua felicidade e a subsistência da família."
Responda-o
#24
Otimo topico mas se prepare pra ser humilhado ao investir mais no seu desenvolvimento do que em ser escravoceta.
Vao te chamar de pega ninguem, virjao, viado.
Responda-o
#25
Esse tipo de texto é de grande valia, e é verdadeiro.

Há dez anos, eu lia algo assim e pensava: estou no caminho certo. Mas eu era um mentiroso, porque eu tentava incutir isso na minha cabeça, mas meu subconsciente dizia: buceta, buceta, buceta!

O fato é que eu não tinha sucesso no campo dos relacionamentos (principalmente por fatores que relato no tópico em que conto um pouco da minha vida) e usava o termo "desenvolvimento pessoal" para justificar esse meu insucesso. Na real, não pegava ninguém, e meu desenvolvimento era pífio (embora existente).

Para os mais leigos, o Doutrinador não está dizendo para que você não coma bucetas, apenas que o instinto masculino no que diz respeito a sexo é algo que não deve sobrepujar o autocontrole. Se a pessoa se deixa levar por seus próprios instintos, o máximo que consegue no mundo moderno é ser um depravado miserável.

Os homens que estão caindo em desgraça hoje fazem parte de uma maioria que é fracassada desde que o mundo é mundo.
Responda-o
#26
(13-01-2020, 02:09 PM)Guardião Escreveu:
Parem de se preocupar com bucetas e estudem
(comunidade Blog do Doutrina)

[Image: WMunXlg.jpg?1]

Meu ex-chefe tinha um casal de filhos, a menina com 15 e o menino com 16/17. Ela fazia intercâmbio no Canadá e falava 3 idiomas tudo bancado pelo pai enquanto o garoto tirava xerox no porão da empresa tendo que fazer ensino médio em escola pública a noite.

Com o governo Dilma e crescimento dos programas feministas, está cada vez mais fácil para a mulher conseguir acesso em empresas (muitas delas já adotando cotas femininas em cargos gerenciais), e por isso os pais estão cada vez mais preferindo investir nas filhas e dando a elas todo preparo e estudo.

Já os moleques, geralmente nessa idade inúteis e preocupados apenas com buceta, são mandados pros canteiros de obras, chapas de barracas de lanche, "busões" trabalhando como office-boy e outros serviços que ocupam tempo de estudo sob a justificativa de "ajudar na família" e numa tentativa forçada de ver se o filho imbecil e lambedor de absorvente consegue um rumo na vida que não seja perseguir buceta. Quando não precisam trabalhar e os pais não cobram isso, geralmente viram playboys que só se preocupam em malhar pra "pegar mais muié".

A culpa principal disso não é das mulheres, embora elas se aproveitem dessa realidade, e sim primeiramente dos próprios homens, que nessa idade só se preocupam em perseguir buceta, estudar PUA, ouvir funk/emo e comer vagabunda de balada ao invés de estudar.

Segundo, dos pais que preferem investir nas filhas pelo quadro feminista mais favorável e já que os paspalhos dos filhos aborrecentes criados pela Globo e MTV só se preocupam em beijar porra alheia nas baladas e em geral não demonstram interesse e afinco pelo estudo.

Notem que as mulheres perceberam essa brecha e estão se aproveitando, se formando e estudando enquanto imbecis ficam pensando apenas em como abordar vagabundas na academia e qual o melhor perfume pra balada, se tornando operários no futuro enquanto elas ficam com os cargos executivos.

O futuro não é nada animador.

___________


Os próprios homens, motivados pelo que as mulheres pensam dele e moldados pela cultura de "pegação", acham que estudar é coisa de nerd e que homem de verdade é aquele que come mais vagina.

Isso muitas vezes parte dos próprios pais (homens) que desde cedo ensinam os filhos que perseguir buceta é coisa de macho, e que o sucesso com mulheres é o que realmente vale. Condicionam o sucesso pessoal ao sucesso com mulheres, ao invés de priorizar o sucesso profissional do homem, sendo mulheres mera consequência dele.

Acordem pra vida, paspalhos. Parem de achar que buceta é tudo, ficar o dia inteiro pensando em buceta, ficar pensando em como chegar naquela vadia, ficar preocupado que tem 16 anos e ainda não comeu ninguém, ficar sem dormir preocupado com o fato de seu colega comer mais buceta que você, etc.

Parem com isso, imbecis.

Pras mulheres e feministas, é muito bom que o homem continue preocupado com buceta e perdendo tempo com vadias de faculdade, enquanto elas recebem o incentivo dos pais e conseguem uma excelente formação.

Esse é o caminho delas para conseguir o sonho de mandar homens para construir linhas férreas, escavarem túneis pra elas passearem com seus carros importados, construir mansões para elas morarem e morrerem soterrados em minérios enquanto elas ocupam os cargos de executivas de alto escalão e transam com quem querem e quando querem.

Não estão vendo que ao priorizar balada e buceta estão caindo na armadilha feminista de usarem seu próprio pau para prendê-lo e estagná-lo na vida, impedindo seu crescimento? Otários!

Mulher, para a maioria dos homens modernos, é prioridade.

Homem, para a maioria das mulheres modernas, é opção.


Fiquem aí perdendo tempo com vagabundas e vadias enquanto elas tomam seus empregos e lhe metem uma trolha no rabo.


Este texto faz parte do projeto: Segunda das Relíquias Perdidas.
https://www.educamaisbrasil.com.br/educa...brasileira
Responda-o
#27
(10-03-2020, 05:47 PM)Peter grifen Escreveu: Otimo topico mas se prepare pra ser humilhado ao investir mais no seu desenvolvimento do que em ser escravoceta.
Vao te chamar de pega ninguem, virjao, viado.
Yaoming

Inclusive os parentes inconvenientes: "E as namoradas?", "Tá encalhado", "Vai ficar pra tio tio!", "Será se é gay?"
Responda-o
#28
(10-03-2020, 08:47 PM)Jagunço Escreveu:
(10-03-2020, 05:47 PM)Peter grifen Escreveu: Otimo topico mas se prepare pra ser humilhado ao investir mais no seu desenvolvimento do que em ser escravoceta.
Vao te chamar de pega ninguem, virjao, viado.
Yaoming

Inclusive os parentes inconvenientes: "E as namoradas?", "Tá encalhado", "Vai ficar pra tio tio!", "Será se é gay?"

Responde com humor, fala que esta se dedicando pra virar padre.
Responda-o
#29
UP, apenas UP.

O texto dispensa comentários.
O único dia fácil foi ontem, vale a pena ser um vencedor.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)