Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Será mesmo que a vida para os homens começa aos 30?
#1
Será mesmo que a vida para os homens começa aos 30?
(MGHB)

[Image: UMAbXt3.jpg?1]

Minha visão sobre a vida do homem a partir da adolescência:

15-20 anos - Foco principal: Punheta 
É quando o homem não consegue segurar a vontade de meter em primas, tias, caixas de banco, vendedoras, toda e qualquer fêmea que passa pela sua frente. A natureza o protege de ser explorado por elas, já que nessa idade elas preferem os mais maduros, então o homem fica na punheta.

O homem nessa idade quer meter em qualquer buraco que lhe aparece. Mas como é muito novo, o adolescente mediano não tem o poder de comer várias, então se alivia na punheta, evitando ser assim serem controlados por buceta como cabaços que são.


20-30 anos - Foco principal: Profissão
Dos 20-30, o homem já é adulto, o desejo sexual continua intenso e ele e pode começar a comer várias bucetas já que elas passam a ter olhos pra eles. No entanto, essa é a faixa de idade primordial para iniciar a construção de seu patrimônio. Ou o homem mediano aproveita essa idade para trabalhar ou morre pobretão e fudido.

Se o homem priorizar o sexo nessa faixa de idade, irá tomar no rabo no futuro e ser vítima de golpes por parte de fêmeas. É um período onde a força do vigor sexual e explosão viril do macho devem ser canalizadas para o trabalho e construção de vida.

O homem de 20-30 mediano trabalha muito, estuda e os resolvidos a ficarem ricos não têm tempo pra buceta o dia todo. Mais uma vez a natureza os protege de serem vítimas do próprio pau.


30-40 (ou até 50) anos - Foco principal: Sexo, reprodução e manutenção do patrimônio
Dos 30-40 (ou até 50) é a idade de ouro. O homem já tem uma base patrimonial formada, já consegue domar seus impulsos sexuais de modo a não serem controlados por buceta, estão viris e de pau duro e podem administrar seu tempo.

Nessa faixa, estão sossegados financeiramente e seus hormônios já permitem um controle mais racional do sexo. Estão prontos para a reprodução.

Notem que do ponto de vista da natureza humana, o script acima é ajustado e corretíssimo.

Se o cara aos 30 for um pobretão, em alguns casos é porque não aproveitou a idade de 20-30 para construir seu patrimônio e priorizou coisas como sexo, chopadas, maconha nos corredores da faculdade etc. Já em outros, é porque não teve oportunidade. Mesmo assim, aos 30 já estará melhor estruturado do que com 20, se tiver sido um trabalhador e administrador competente.


Este texto faz parte do projeto: Segunda das Relíquias Perdidas.
Responda-o
#2
Dos quarenta em diante eu acho que o homem já pode estar vivendo e desfrutando de uma vida boa.

Isso se tiver poupado diligentemente, e investido com inteligência.

Alguns se dão bem antes, pois tiveram boas conexões sociais, além de já possuírem uma ótima estrutura psicológica, maturidade etc.

Agora para alguns como eu, que foram pouco sociáveis e com maturidade questionável até os 30 e poucos, só poupando muito mesmo, e investindo bem.
Responda-o
#3
Acho que tem muita gente que só acorda para vida após os 30 anos, dada a noção idiota de que deve-se 'aproveitar a vida' enquanto jovem;

Eu mesmo só fui fazer isto após os 35 anos ... o pior é ver gente dizendo estar velho e com a 'vida perdida' aos 25 anos de idade.

Responda-o
#4
De certa forma aos 30 anos você já é a pessoa que vc vai ser pro resto da vida. Talvez inclua um habito ou outro no caminho, mas a base já está lá.
Responda-o
#5
(13-01-2020, 03:30 PM)Fernando_R1 Escreveu: Acho que tem muita gente que só acorda para vida após os 30 anos, dada a noção idiota de que deve-se 'aproveitar a vida' enquanto jovem;

Eu mesmo só fui fazer isto após os 35 anos ... o pior é ver gente dizendo estar velho e com a 'vida perdida' aos 25 anos de idade.

Sim, eu mesmo antes de chegar a real tinha meio que essa mentalidade, ao ler texto como o do Mr.Rover a respeito da idade e outros tópicos, vi que não passa de um condicionamento mental para não progredir. Um outro problema é fazer comparações entre pessoas de idades semelhantes que talvez tenha uma condição de Desenvolvimento Pessoal melhor que a sua, ignorando totalmente as condições na qual a pessoa passou ou o que ele enfrentou para alcançar aquilo. 

Estou na faixa de > 20 < 30 e espero chegar aos 40 com uma vida totalmente estabilizada e com minha liberdade financeira o melhor possível, para tanto darei meu melhor e assim conseguirei (Fé em Deus e se assim o permitir).

                Veni, vidi, vici
.
Responda-o
#6
Na minha opinião depende da criação que o cara teve. Quanto mais dificuldades passou, mais rápido acorda a realidade.
"Escola? E o aprendizado com os próprios erros? A experiência te faz professor de si próprio".
Responda-o
#7
Eu só fui amadurecer financeiramente aos 25 anos. Antes disso nunca me importei em poupar, ou investir. Infelizmente esse tempo entre os 20 e 25 anos esta me fazendo falta agora. Se eu tivesse começado a pensar em acumular patrimônio aos 20 anos, hj certamente eu estaria com 50% da minha Independência Financeira garantida. Se não houverem grandes imprevistos na minha vida ou no mundo, conseguirei dar uma "pisada no freio" por volta dos 50. Enfim, seguimos na disciplina e trabalho duro.
Responda-o
#8
(13-01-2020, 05:29 PM)Sakyo Escreveu: Eu só fui amadurecer financeiramente aos 25 anos. Antes disso nunca me importei em poupar, ou investir. Infelizmente esse tempo entre os 20 e 25 anos esta me fazendo falta agora. Se eu tivesse começado a pensar em acumular patrimônio aos 20 anos, hj certamente eu estaria com 50% da minha Independência Financeira garantida. Se não houverem grandes imprevistos na minha vida ou no mundo, conseguirei dar uma "pisada no freio" por volta dos 50. Enfim, seguimos na disciplina e trabalho duro.

Comecei a poupar aos 23, não achei tão tarde assim. Só que fiquei 15 anos poupando 70% do salário.
Responda-o
#9
(13-01-2020, 05:16 PM)Bilidequidi Escreveu: Na minha opinião depende da criação que o cara teve. Quanto mais dificuldades passou, mais rápido acorda a realidade.
A cópia é uma grande homenagem do invejoso
Responda-o
#10
(13-01-2020, 06:37 PM)Stumm Escreveu:
(13-01-2020, 05:29 PM)Sakyo Escreveu: Eu só fui amadurecer financeiramente aos 25 anos. Antes disso nunca me importei em poupar, ou investir. Infelizmente esse tempo entre os 20 e 25 anos esta me fazendo falta agora. Se eu tivesse começado a pensar em acumular patrimônio aos 20 anos, hj certamente eu estaria com 50% da minha Independência Financeira garantida. Se não houverem grandes imprevistos na minha vida ou no mundo, conseguirei dar uma "pisada no freio" por volta dos 50. Enfim, seguimos na disciplina e trabalho duro.

Comecei a poupar aos 23, não achei tão tarde assim. Só que fiquei 15 anos poupando 70% do salário.

Muito bom. 15 anos aportando 70% do salario faz uma diferença enorme. Eu estou com 32 anos agora, poupando cerca de 40%. Infelizmente esta bem difícil conseguir aumentar essa %. Seguimos na luta.
Responda-o
#11
Essa pergunta pra mim é engraçada, pois há 30 anos, 90% dos homens já vem nascendo mortos.
A arrecadação dos estados no mundo inteiro já atingiram acima dos trilhões
O estado toma quase tudo dos pais de família
O estado praticamente proíbe o pai de família a gerar riqueza
O estado já está proibindo o cara de ser homem
A vida da maioria dos homens hoje, acaba assim que ele nasce
Responda-o
#12
Particularmente, acredito que se apegar com essa idéia de "começar a vida após..." é uma grande bobagem, pois cada indivíduo possui seu tempo de amadurecimento, crescimento e, possuir discernimento sobre as etapas da vida é intrínseco de cada um, através das experiências vivídas até então.

As gerações mudam; a cultura muda, tendências também, portanto, não podemos levar em consideração o que seria um "modelo ideal" do que foi há 20 ou 30 anos atrás para o agora.

Como já dito por mim em postagens anteriores, vivemos um presente em que esta nova geração possui a informação em demasia e, consequentemente, deveríamos presenciar estes mesmos focados e determinados em um futuro promissor, não é mesmo? Mas é isso que presenciamos?

Cabe a cada um fazer as suas melhores escolhas e, com boa sorte (...capacidade aliada com oportunidades!), trilhar seu próprio caminho, desfrutando o melhor de cada etapa na jornada do amadurecimento da vida.
"Fiat Justitia, Pereat Mundus..."
Responda-o
#13
(13-01-2020, 06:52 PM)Billythekid Escreveu:
(13-01-2020, 05:16 PM)Bilidequidi Escreveu: Na minha opinião depende da criação que o cara teve. Quanto mais dificuldades passou, mais rápido acorda a realidade.
A cópia é uma grande homenagem do invejoso

Não entendi sua afirmação.
"Escola? E o aprendizado com os próprios erros? A experiência te faz professor de si próprio".
Responda-o
#14
(13-01-2020, 07:50 PM)Billythekid Escreveu: Essa pergunta pra mim é engraçada, pois há 30 anos, 90% dos homens já vem nascendo mortos.
A arrecadação dos estados no mundo inteiro já atingiram acima dos trilhões
O estado toma quase tudo dos pais de família
O estado praticamente proíbe o pai de família a gerar riqueza
O estado já está proibindo o cara de ser homem
A vida da maioria dos homens hoje, acaba assim que ele nasce
Sugiro que troque o seu Nickname pra não haver confusão.
"Apego corporal, desapego emocional"
Pragaklan 
Responda-o
#15
Esse texto é simples e perfeito. Tão simples quanto é difícil fazer essas coisas na prática.
Eu FIZ EXATAEMENTE O QUE ESTÁ NO TEXTO. E os resultados foram EXATAMENTE os mesmos.
Vou passar minha experiência, se servir pra alguém blz, se não, desconsidere.
15-20 anos minha vida era uma merda TÃO GRANDE que o que restou foi cair de cabeça nos estudos e trabalho. Com 22 eu terminei a faculdade...
Então, nessa fase eu não "decidi fazer a coisa certa". Eu fiz pois era um FUDIDO e não tinha outra coisa pra fazer, no meu olhar da época. Eu decidi sacrificar aqueles anos caindo de cabeça nos estudos pois pra sair de casa magrelo, sem dinheiro e sem roupas boas (carro então só em sonho), melhor ficar em casa mesmo. Nessa fase eu sabia tão pouco das baladas, passeios e festas de SP na época que eu só conhecia o nome dos lugares por "ouvir falar". Foi uma fase tão medíocre de sexo que mal dá pra descrever aqui. Resumo: as coisas NÃO ACONTECIAM e o duro foi viver com uma sensação de que a vida estava passando e eu não estava vivendo... a vida dos outros era MUITO MELHOR.
Essa faixa 20-30 no meu caso não foi tão extensa assim. Com uns 26 já tava muito bem encaminhado e com 28 já tava comprando meu primeiro apê, que quitei aos 32. Diria então que essa fase 20-30 dá pra concentrar na parte profissional e também patrimonial.
Essa fase 30-40 foi a da expansão mesmo. Tudo que eu fiz certo foi só melhorando: MAIS dinheiro guardado, MAIS carros bacanas, TROCA de apartamento, vida profissional cada vez melhor. Lógico que o poder de barganha foi lá pra cima e toquei o terror MESMO, vivi com juros e correção toda a merda que foi os 15-20 anos.
Então VALEU A PENA, foi uma troca boa perder uns 10 anos de adolescência-juventude (dos 15 aos 25 anos) pra viver MUITO BEM dos 26 em diante.
Mas não vou mentir, não foi PLENEJADO nos mínimos detalhes. Foi por que não tinha muito o que fazer mesmo.
Meus pais não me deram praticamente nada que me ajudasse no "jogo". Nem carro meu pai tinha pra me emprestar pra sair com alguma mulher. A nossa casa era tão zoada que não dava pra levar a namoradinha feinha lá. Comecei praticamente do zero mesmo. Hoje acho que isso foi BOM. Mas na época ficava bem chateado, olhando os outros caras...
E agora dos 40 em diante (tô beirando os 50)? A vida só MELHORA E MELHORA. Mais dinheiro guardado, mais bens. Gasto uma grana BOA com meu corpo e estou melhor ainda do que antes. Achei que a essa altura já estaria escada abaixo na parte física, mas com disciplina (e grana, não vou mentir), continuo subindo. E tenho tempo e dinheiro DE SOBRA pra fazer meus hobbies, fazer musculação TODO SANTO DIA, viajar, ir para as festas TOP.
Moral da história: invista no seu futuro que vale a pena.
Responda-o
#16
Não acho válida essa taxação de idade pra isso ou idade para aquilo. Exemplo: um cara que vivia imerso no sistema e crenças vigentes de vadiagem e baixaria mas que acorda pra Real nos seus 40 e poucos anos, como ele fica? Vai se sentir um merda (com razão), mas essa "pressão" imposta pra tomar o tempo perdido é um pouco demais.

O fato importante é acordar pra vida e mover a bunda gorda e trabalhar, tendo a consciência que não somos eternos (como bem o @Libertador já trabalhou em algumas reflexões - procurem) e que não há tempo a se perder com esbórnia. Por outro lado, acho importante não deixar a idade ser um fator limitante, explico:

Eu estou na porção média para chegar aos 30 anos, e tenho consciência de que, mesmo estudando e trabalhando, provavelmente não vou chegar nos 30 com a vida estabilizada, casa, carro e tudo mais. Houve e há parcela de culpa minha? Também, mas existem inúmeros outros fatores, como: sua família é influente, consegue te indicar em bons empregos? Você receberá herança? Qual região você mora? Qual sua área de atuação?

É importante compreender que existe sim o quesito de individualidade e a vida pode ser mais cruel com uns do que com outros, e isso é natural. Entenda seu contexto e lute pra melhorar, seja subindo seu salário de 1.5 mil pra 2 mil, ou de 10 mil pra 15 mil.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Blog Aforismoz - TEXTO NOVO - "Ir ou não ir"
Responda-o
#17
Spoiler Revelar
(14-01-2020, 01:44 PM)Berzerk Escreveu: Esse texto é simples e perfeito. Tão simples quanto é difícil fazer essas coisas na prática.
Eu FIZ EXATAEMENTE O QUE ESTÁ NO TEXTO. E os resultados foram EXATAMENTE os mesmos.
Vou passar minha experiência, se servir pra alguém blz, se não, desconsidere.
15-20 anos minha vida era uma merda TÃO GRANDE que o que restou foi cair de cabeça nos estudos e trabalho. Com 22 eu terminei a faculdade...
Então, nessa fase eu não "decidi fazer a coisa certa". Eu fiz pois era um FUDIDO e não tinha outra coisa pra fazer, no meu olhar da época. Eu decidi sacrificar aqueles anos caindo de cabeça nos estudos pois pra sair de casa magrelo, sem dinheiro e sem roupas boas (carro então só em sonho), melhor ficar em casa mesmo. Nessa fase eu sabia tão pouco das baladas, passeios e festas de SP na época que eu só conhecia o nome dos lugares por "ouvir falar". Foi uma fase tão medíocre de sexo que mal dá pra descrever aqui. Resumo: as coisas NÃO ACONTECIAM e o duro foi viver com uma sensação de que a vida estava passando e eu não estava vivendo... a vida dos outros era MUITO MELHOR.
Essa faixa 20-30 no meu caso não foi tão extensa assim. Com uns 26 já tava muito bem encaminhado e com 28 já tava comprando meu primeiro apê, que quitei aos 32. Diria então que essa fase 20-30 dá pra concentrar na parte profissional e também patrimonial.
Essa fase 30-40 foi a da expansão mesmo. Tudo que eu fiz certo foi só melhorando: MAIS dinheiro guardado, MAIS carros bacanas, TROCA de apartamento, vida profissional cada vez melhor. Lógico que o poder de barganha foi lá pra cima e toquei o terror MESMO, vivi com juros e correção toda a merda que foi os 15-20 anos.
Então VALEU A PENA, foi uma troca boa perder uns 10 anos de adolescência-juventude (dos 15 aos 25 anos) pra viver MUITO BEM dos 26 em diante.
Mas não vou mentir, não foi PLENEJADO nos mínimos detalhes. Foi por que não tinha muito o que fazer mesmo.
Meus pais não me deram praticamente nada que me ajudasse no "jogo". Nem carro meu pai tinha pra me emprestar pra sair com alguma mulher. A nossa casa era tão zoada que não dava pra levar a namoradinha feinha lá. Comecei praticamente do zero mesmo. Hoje acho que isso foi BOM. Mas na época ficava bem chateado, olhando os outros caras...
E agora dos 40 em diante (tô beirando os 50)? A vida só MELHORA E MELHORA. Mais dinheiro guardado, mais bens. Gasto uma grana BOA com meu corpo e estou melhor ainda do que antes. Achei que a essa altura já estaria escada abaixo na parte física, mas com disciplina (e grana, não vou mentir), continuo subindo. E tenho tempo e dinheiro DE SOBRA pra fazer meus hobbies, fazer musculação TODO SANTO DIA, viajar, ir para as festas TOP.
Moral da história: invista no seu futuro que vale a pena.



Boa @Berzerk!

Embora eu não faça relatos da minha pessoa, desde jovem, seguí a mesma rota do desenvolvimento, que no meu caso foi pautado exclusivamente pelo desespero mesmo, pois não tínhamos outra alternativa a não ser pelos estudos, alliás, até hoje, continuo nesta jornada acadêmica (...vide algumas postagens minhas findas!).

Digo aos mais novos que hoje, quarentão, ainda há muita coisa a ser feito (...e não percam o foco ou deixem seus sonhos de lado, apenas porque estão ficando mais velhos!); há muitos objetivos a serem alcançados, empreendimentos e projetos a serem trabalhados, mas jamais me arrependí dos sacrifícios que outrora foram feitos, para os resultados que agora os colho.

Muita coisa ainda virá pela frente, mas com a segurança e maturidade obtida pelas experiências vivídas (...já virou clichê barato!), temos uma visão muito mais clara dos propósitos estabelecidos.

Abraço!
"Fiat Justitia, Pereat Mundus..."
Responda-o
#18
(14-01-2020, 10:16 AM)Gângster Escreveu:
(13-01-2020, 07:50 PM)Billythekid Escreveu: Essa pergunta pra mim é engraçada, pois há 30 anos, 90% dos homens já vem nascendo mortos.
A arrecadação dos estados no mundo inteiro já atingiram acima dos trilhões
O estado toma quase tudo dos pais de família
O estado praticamente proíbe o pai de família a gerar riqueza
O estado já está proibindo o cara de ser homem
A vida da maioria dos homens hoje, acaba assim que ele nasce
Sugiro que troque o seu Nickname pra não haver confusão.
Sugiro que voce olhe quanto tempo cada um tem de registro no fórum antes, para ver a quem voce deva sugerir
Responda-o
#19
Há de se considerar também que o que tem gente burra ou pouco autoconsciente é um absurdo, imaginar que é tudo preto no branco assim; ou é um; ou é outro só gera ser humano bitolado, depressivo e que se engana achando que tá se desenvolvendo, como se a única coisa que englobasse o desenvolvimento fosse o intelecto e o dinheiro na conta... santa estupidez.

Vai lá trocar uma ideia maneira com o caixa eletrônico, depois enfiar a rola no plástico ou se rasgar na mão.

Na idade X faz isso, na Y faz aquilo.
Para.

Como se pra passar num concurso maneiro fosse preciso passar por um deserto sexual. Ou que pra comer buceta precisa ser um vagabundo sem futuro.
Ou que pra conseguir ler uma quantidade decente de livros precisa abrir mão das séries do netflix.

Porra, não fode.

Como o texto bem cita, tudo é questão de foco; claro que o foco maior de tempo e energia deve ser em determinadas áreas, mas vilipendiar outras com a desculpa de desenvolvimento pra mim mais parece querer tampar com a peneira a não resolução de problemas.

O maluco não consegue foder uma boceta sem pagar aí vem com papinho de que não tem tempo porquê tá "se desenvolvendo", mas pinga dois salários mínimos na conta e não para de ficar pagando de intelectualizado pela interwebs.
"É preferível arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfo e glória, mesmo expondo-se à derrota, do que formar fila com os pobres de espirito, que não gozam muito nem sofrem muito, porque vivem nessa penumbra cinzenta, que não conhece vitória nem derrota."
Responda-o
#20
(16-01-2020, 03:21 PM)iSko Escreveu: Há de se considerar também que o que tem gente burra ou pouco autoconsciente é um absurdo, imaginar que é tudo preto no branco assim; ou é um; ou é outro só gera ser humano bitolado, depressivo e que se engana achando que tá se desenvolvendo, como se a única coisa que englobasse o desenvolvimento fosse o intelecto e o dinheiro na conta... santa estupidez.

Vai lá trocar uma ideia maneira com o caixa eletrônico, depois enfiar a rola no plástico ou se rasgar na mão.

Na idade X faz isso, na Y faz aquilo.
Para.

Como se pra passar num concurso maneiro fosse preciso passar por um deserto sexual. Ou que pra comer buceta precisa ser um vagabundo sem futuro.
Ou que pra conseguir ler uma quantidade decente de livros precisa abrir mão das séries do netflix.

Porra, não fode.

Como o texto bem cita, tudo é questão de foco; claro que o foco maior de tempo e energia deve ser em determinadas áreas, mas vilipendiar outras com a desculpa de desenvolvimento pra mim mais parece querer tampar com a peneira a não resolução de problemas.

O maluco não consegue foder uma boceta sem pagar aí vem com papinho de que não tem tempo porquê tá "se desenvolvendo", mas pinga dois salários mínimos na conta e não para de ficar pagando de intelectualizado pela interwebs.


Gargalhada Gargalhada Gargalhada

Matou a pau...

A vida é bem menos linear do que as pessoas gostariam que fosse.
Sinceramente, acredito muito no esforço focado em algo por um período... mas agora, dizer que NUNCA faz X por causa de Y, as vezes é uma forma de se enganar.

Qual é o caso de cada um aqui, nunca saberemos... então seguem as infinitas discussões.
Mas independente disso, na frente do espelho você não vai conseguir se enganar.
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)