Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[DEBATE] COMO VOCÊ BOICOTA O SISTEMA?
#21
Os tópicos do Ságitário seguem um padrão especulativo do tipo vou plantar um verde para colher um maduro e dar lições de moral. O cara vai postando o tópico em pedacinhos e fazendo revelações, só para calibrar e medir a galera nas respostas.
Já sei que é troll. Dodgy

Um cara vivido e pai de 40 anos já deve ter tomado bastante no rabo para perceber que tem muitos fdp a volta, a detecção tardia da malicia e dos comportamentos erráticos e nada éticos dos HUEBR  é uma ingenuidade tardia e incompatível, tanto o é que o War se atentou para esse detalhe.
Esse deveria estar no quadro "Homem Honrado" https://www.youtube.com/watch?v=YKEd2jag4Xs
Responda-o
#22
(10-09-2015, 09:11 AM)Awaken Escreveu:
Citação:1.      Primeiramente parto do princípio de que aquele que nunca acredita, nunca será enganado. Não acredito em ninguém.

Eu também não acredito em você, muito menos no que você está dizendo... você não acredita em mim e em nada do que eu estou dizendo, você não acredita na real porque ninguém aqui é sério, ops... achamos uma brecha.
Em alguém você confia, senão você nem estaria aqui.
Esse lance de "não confiar em ninguém" é uma paranóia realista de mania de perseguição, é quase mulher que acha que assovio na rua é estupro. É tipo: "Ah, a mulher falou X ao invés de Y, ela é vadia..."
Rapaz, te digo uma coisa, para você ter relações sociais, em alguém você tem que confiar, o problema não é confiar em si,  isso sempre foi dito na real  você pode confiar nas pessoas,  o que você não pode é colocar as pessoas em um pedestal de santidadade. Firmeza?

Hohoho, é tipo aquela piadinha do "não existe verdade absoluta". O cara vem falar isso e vc responde de pronto: "então o sr. é um mentiroso". O bacana, todo ofendido pergunta o porque. Vc só responde, "ora, vc acabou de me dizer que não existe verdade absoluta, logo, o que o senhor fala é mentira!"

É uma delícia quebrar as permas de caras que vem achando que são espertos rs
Responda-o
#23
Eu considero a ideia do boicote boa quando vc boicota determinadas escolhas das pessoas, e não as pessoas propriamente.

Já alguns confradres dizendo que não boicotam nada. Mas não é verdade, pois sabemos muito bem que existe boicotes a determinados pessoas que insistem em alimentar esse sistema inconsequente.

Quem são? Simples: feminazis, esquerdistas militatantes, comunistas, gente vigarista e pilantra, militante gayzista,  petralhas, etc.

Mas como eu disse, são pessoas que tem consciência clara do que estão fazendo e escolhem mesmo assim esse caminho inconsequente.

Por exemplo: a ideia de boicotar um gay militante é excelente, mas quando vc boicota todos os gays apenas por ser gays, aí já é meio doentio. Afinal, tem muitos caras gays gente boa, conservaadores, e não o fato de eles serem homossexuais e vamos rejeitá-los. Agora quando vem com a militância esquerdistas deles, mentindo descaradamente com dados fajutos para aceitarem a agenda cultural marxista dele e impor isso à sociedade na marra (sem ao menos discutir cara a cara), aí não dá.

Ex2: A ideai de boicotar mulher por si só é doentio. Mas quando vc boicota pessoas como mordentes, vadias, feminazis e esquerdistas, vc boicota em função das escolhas delas e que vc não quer carregar para sua vida as consequência das decisões delas.

Ex 3: Esquerdistas militantes: Dependendo do esquerdista, se for aquele que tem vontade de mudar o mundo e vc percebe que realmente o cara tem uma intenção boa, dá pra relevar. Agora quando o cara passa a fazer parte de um sistema que cria esse caos aí em função de um mente revolucionária que quer moldar a sociedade e as pessoas a seus gostos, pouco iimportando se isso irá prejudicar elas, em função do que eles consideram um sistema perfeito (mas que na prática nunca foi bem sucedido), ai não dá, é caso de boicote mesmo.

Enfim, o seu grandre problema Sagitário, e que vc não boicota determinadas escolhas da pessoas, mas vc boicota cataegorias de pessoas pelo que elas são. Ai meu caro, ai não dá.

Me lembro que no ano passado a galera juriada com nordestinos por muitos votaram no PT. Mas o que o pessoal esquecem é que tem pessoas por lá que não votaram no PT, sem falar que esse grupo populacional que moram em São Paulo foram contra o PT nesse Estado.

O que sugeriram essas mentes brilhantes? Boicotar nordestinos... Ai velho, aí é doença mesmo. Em vez de boicotar escolhas (até porque o MG e RJ também foram maiorias que votaram com o PT), preferem boicotar indiscriminadamente as pessoas apenas por fazer parte de um grupo social, sem ao menos levar em conta as escolhas delas.

Quando vc diz que não vai se relacionar com nenhuma mulher por boicote, isso sim é REVOLTA, porque vc tá tão enfurecido e revoltado com o sistema que vc não consegue mais distinguir quem é quem e colocam todas em uma pacote só.

E como eu disse antes, quem boicota tudo, boicota nada.

Como tu vai estimular atos que te agradam se tu boicota a tudo e a todos?
Responda-o
#24
Não vi de que modo você está boicotando o sistema.

Mais parece que você está é fugindo do sistema e se superprotegendo dele, aparenta medo do sistema e não superação ou mesmo boicote.

Boicote é o cara tocar o foda-se, fazer o que quiser e não se prejudicar em nada (algo que só ricaços e milionários podem fazer, e mesmo assim podem colher algumas consequências disso). Eles usam o sistema totalmente a favor deles, utilizam-se de relações sociais, sendo cínicos, oportunistas e duas caras pois sabem as vantagens que isso traz nas relações sociais supérfluas de hoje.

Você aí diz que foge de ocasião social, devolve utilitarismo e tal, isso não é boicotar o sistema, é apenas proteger-se dele. Boicotar o sistema é não depender dele, é usar o sistema para autofavorecimento. Você ainda é preso ao sistema, todos em maior ou menor grau são. Parem de ser iludidos achando que estão acima dessa merda toda, porque na verdade ainda está todo mundo preso nisso. Tanto é assim que o pessoal não para de falar em crise, preocupado com todo o tipo de consequência que isso vai acarretar na vida pessoal, profissional, etc.

Isso não é boicote, é uma ilusão besta pra tu se sentir bem e achar que está superando isso tudo, quando está somente evitando de olhar pra realidade, teus problemas e enfrentá-los de uma vez por todas.
Responda-o
#25
Não existe outro meio para vencer o "espírito" desse  mundo senão desapegando-se dele.

Essa é minha experiência pessoal. E um detalhe: ao desapegar-se você acaba atraindo as pessoas, porque no fundo todos têm dentro de si o desejo de algo mais elevado, mesmo sem o saber. Daí elas veem em você uma luz.

O desapego gera um desprezo de tudo ao redor, não forjado, mas verdadeiro...você passa a despreocupar-se com tudo aquilo que é valor para uma sociedade corrompida/estragada até o talo. É um desprezo no bom sentido, não por ofensa, mas porque se tem outros valores bem mais elevados.

Primeiro há uma luta contra você mesmo, contra seus maus hábitos, suas inclinações às coisas ínfimas, contra seu engajamento demasiado nessa sociedade materialista e ultra-secular, contra as ilusões do bem estar falso.....pós-luta vem o momento do conhecimento de si mesmo, do entendimento do que realmente vale a pena, do que como as coisas de fato são, do conhecimento delas, do valor que se deve dar a cada coisa...logo depois disso, por fim, vem o momento da humildade e da paz interior. É nessa fase que você realmente se sente desapegado, sem ansiedade, você passa a desprezar não de maneira forçada as coisas vãs do sistema, mas de maneira suave e natural, já que tem consciência do que são e porque são assim ou assado. 

A ansiedade já não mais existindo nada te oprimirá para baixo e nada te fatigará para cima. E aí está o verdadeiro boicote do sistema. 

As pessoas do seu ciclo social começam a notar (e sentir) seu desapego e começam a incomodarem-se contigo. Se sentem incomodadas porque sabem que você está se elevando, conseguiu verdadeiro progresso enquanto homem, está se soltando. Acaba que você se torna luz para elas e, estranhamente, de uma maneira ou de outra começam a te servir, porém não no sentido negativo, mas de modo que seja bom pra você e pra elas ao mesmo tempo.
http://ask.fm/amicussapientiae

A suma felicidade do homem está na contemplação da verdade. (S. Tomás de Aquino)
Responda-o
#26
Sobre o item 4, não vá muito atrás do pensamento do Pobreta não. Tem muita coisa que ele escreve q tá longe da filosofia realista, além de ter uma visão derrotista qdo ele detalha este "modo zumbi"

Responda-o
#27
(10-09-2015, 01:06 PM)Minerim Escreveu: Os tópicos do Ságitário seguem um padrão especulativo do tipo vou plantar um verde para colher um maduro e dar lições de moral. O cara vai postando o tópico em pedacinhos e fazendo revelações, só para calibrar e medir a galera nas respostas.
Já sei que é troll. Dodgy

Um cara vivido e pai de 40 anos já deve ter tomado bastante no rabo para perceber que tem muitos fdp a volta, a detecção tardia da malicia e dos comportamentos erráticos e nada éticos dos HUEBR  é uma ingenuidade tardia e incompatível, tanto o é que o War se atentou para esse detalhe.

Não confrade, não é questão de ficar trolando não. É que a conversa vai evoluindo e a gente vai interagindo.
Claro que já me ferrei bastante. Foi por isso mesmo que fiz este tópico. Só acho que o título desse tópico não ficou bom, pois talvez a palavra certa não seria "boicotar o sistema", mas como viver neste mundo "estando cansado do sistema".
"Homem Marmito"® is trademark of Marmito Man Corporation ™
Responda-o
#28
(11-09-2015, 12:10 PM)Teophilo Escreveu: Não existe outro meio para vencer o "espírito" desse  mundo senão desapegando-se dele.

Essa é minha experiência pessoal. E um detalhe: ao desapegar-se você acaba atraindo as pessoas, porque no fundo todos têm dentro de si o desejo de algo mais elevado, mesmo sem o saber. Daí elas veem em você uma luz.

O desapego gera um desprezo de tudo ao redor, não forjado, mas verdadeiro...você passa a despreocupar-se com tudo aquilo que é valor para uma sociedade corrompida/estragada até o talo. É um desprezo no bom sentido, não por ofensa, mas porque se tem outros valores bem mais elevados.

Primeiro há uma luta contra você mesmo, contra seus maus hábitos, suas inclinações às coisas ínfimas, contra seu engajamento demasiado nessa sociedade materialista e ultra-secular, contra as ilusões do bem estar falso.....pós-luta vem o momento do conhecimento de si mesmo, do entendimento do que realmente vale a pena, do que como as coisas de fato são, do conhecimento delas, do valor que se deve dar a cada coisa...logo depois disso, por fim, vem o momento da humildade e da paz interior. É nessa fase que você realmente se sente desapegado, sem ansiedade, você passa a desprezar não de maneira forçada as coisas vãs do sistema, mas de maneira suave e natural, já que tem consciência do que são e porque são assim ou assado. 

A ansiedade já não mais existindo nada te oprimirá para baixo e nada te fatigará para cima. E aí está o verdadeiro boicote do sistema. 

As pessoas do seu ciclo social começam a notar (e sentir) seu desapego e começam a incomodarem-se contigo. Se sentem incomodadas porque sabem que você está se elevando, conseguiu verdadeiro progresso enquanto homem, está se soltando. Acaba que você se torna luz para elas e, estranhamente, de uma maneira ou de outra começam a te servir, porém não no sentido negativo, mas de modo que seja bom pra você e pra elas ao mesmo tempo.

Talvez fosse válido o confrade fazer um tópico sobre isso. Esse desapego que você conquistou, foi necessária a inclusão da parte espiritual, ou você acha possível conquistar o desapego sem incluir a área espiritual?
"Homem Marmito"® is trademark of Marmito Man Corporation ™
Responda-o
#29
(11-09-2015, 12:11 AM)THOTH Escreveu: Não vi de que modo você está boicotando o sistema.

Mais parece que você está é fugindo do sistema e se superprotegendo dele, aparenta medo do sistema e não superação ou mesmo boicote.

Boicote é o cara tocar o foda-se, fazer o que quiser e não se prejudicar em nada (algo que só ricaços e milionários podem fazer, e mesmo assim podem colher algumas consequências disso). Eles usam o sistema totalmente a favor deles, utilizam-se de relações sociais, sendo cínicos, oportunistas e duas caras pois sabem as vantagens que isso traz nas relações sociais supérfluas de hoje.

Você aí diz que foge de ocasião social, devolve utilitarismo e tal, isso não é boicotar o sistema, é apenas proteger-se dele. Boicotar o sistema é não depender dele, é usar o sistema para autofavorecimento. Você ainda é preso ao sistema, todos em maior ou menor grau são. Parem de ser iludidos achando que estão acima dessa merda toda, porque na verdade ainda está todo mundo preso nisso. Tanto é assim que o pessoal não para de falar em crise, preocupado com todo o tipo de consequência que isso vai acarretar na vida pessoal, profissional, etc.

Isso não é boicote, é uma ilusão besta pra tu se sentir bem e achar que está superando isso tudo, quando está somente evitando de olhar pra realidade, teus problemas e enfrentá-los de uma vez por todas.

Concordo plenamente. A palavra "boicote" não foi muito feliz. Realmente estou incluso dentro do sistema e não tenho condições de viver acima dele. Na verdade minha intenção era dizer "como viver neste mundo estando cansado do sistema".
Quando disse viver, não quis falar de coisas objetivas como trabalho e dinheiro. Estas coisas você se desenvolve e busca o que é seu. Isso pra mim é tranquilo.
O que eu quis dizer foi sobre as interações sociais, entre amizades e mulheres.
"Homem Marmito"® is trademark of Marmito Man Corporation ™
Responda-o
#30
Como bem sabemos, a Real salva vidas. Muitos entram aqui procurando um tipo de ajuda, orientação ou conforto. Fiz essa compilação com a contribuição dos confrades. Quem sabe pode ser útil pra quem esteja passando por um momento de desânimo nas interações interpessoais:

1. Tratando as pessoas com justiça, ligando o foda-se pra opinião alheia e guardando minhas opiniões politicamente incorretas para mim mesmo, pois divulgar isso por ae só vai te levar a boicotes sociais e profissionais. (Loki)

2. Se afastar daqueles que te fazem se sentir um bosta e buscar sempre crescer pessoalmente, investindo em você com um passo de cada vez, porém sempre constante, entenda de uma vez, a vida é o que é, as pessoas são como são e você não é especial nem privilegiado (War)

3. Ser humano tem uma natureza binária entre o mal e o bem, e nós nunca saberemos se eles estarão a favor ou contra nós. O que vc deveria fazer, sabendo desse cenário, é não transferir sua saúde mental e crescimento pessoal para eles, evitando depender o máximo que possível deles. Isso não quer dizer que temos que evita-los, a não ser se for uma criatura chata pra kct. (Don Welzo)

4. Se relaciona com outras pessoas, vai fazer outras amizades, outras mulheres, enfim, aumenta teu círculo social e desenvolva teu traquejo social. Esse negócio de fica no modo zumbi só acho válido quando vc tem algum objetivo muito grande, como passar em concurso. (Don Welzo)

5. Quando vc boicota tudo e a todos, vc não boicota ninguem. E vou mais longe, vc acaba boicotando a si mesmo. (Don Welzo)

6. Interaja na medida do possível; tem coisa que não é pro meu bico na vida e nem por isso vou deixar de fazer minhas trapalhadas. (Minerim)

7. Não é para você ficar paranoico dentro de casa com fobia tocando punheta, são duas masturbações uma física e outra psicológica, assim você vai ficar deprimido, com a alma gelada no iceberg da escuridão. (Minerim)

8. A questão não e boicotar o sistema e sim ser safo e não cair em armadilhas da matrix como : gastar mais do que tem em baladas imbecis sem se divertir, namorar vadias que de botaram uma galha e te humilharão por causa disso e assim vai...( Rajada )

9. Ganhando dinheiro, pq dinheiro significa liberdade, significa mandar um foda-se pro "sistema. (Mr. Rover )

10. Para você ter relações sociais, em alguém você tem que confiar, o problema não é confiar em si,  isso sempre foi dito na real  você pode confiar nas pessoas,  o que você não pode é colocar as pessoas em um pedestal de santidadade. (Awaken)

11. Ao contrário do que muitos pensam isso não é um problema da modernidade. Falar inclusive que no passado ainda tinham mulheres direitas é um erro, (Awaken)

12. Se lembra do ditado de Salomão? "Mais vale o bom nome do que as muitas riquezas"? Com quanto mais mulheres você fizer o utilitarismo, mais distante ficará do objetivo de um relacionamento estável, pois em todos os relacionamentos utilitaristas as mulheres vão roubar um pouco da sua força e você vai cair como Sansão.
Sozinho, cego e no meio dos outros machos em ascensão. (Awaken)

13. Cara, o mundo gira em torno de amizades, se você não sair de casa e ficar de cu doce só pra não ser antissocial, oportunidades podem fugir de você. (Awaken)

14. Manter pensamentos e sentimentos ruins dentro de si só vai te levar pro buraco; as pessoas são o que são, imperfeitas e movidas por seus interesses, mas se vc viver com escuridão te preenchendo, não pode esperar encontrar uma luz. (RolandDeschain)

15. Trata-se de valorizar quem realmente se importa contigo e tocar o baile; a maioria das outras pessoas não dá a mínima pra vc ou pro que vc faz, então a flexibilidade deve ser usada na interação com elas. Retribuir gentilezas, ignorar agressões tanto quanto for possível e cultivar os melhores sentimentos. (RolandDeschain)
"Homem Marmito"® is trademark of Marmito Man Corporation ™
Responda-o
#31
(11-09-2015, 03:05 PM)Sagitario Escreveu: Talvez fosse válido o confrade fazer um tópico sobre isso. Esse desapego que você conquistou, foi necessária a inclusão da parte espiritual, ou você acha possível conquistar o desapego sem incluir a área espiritual?

Só de falar em desapego se inclui a "área" espiritual. Apesar de que acho estranho essa dicotomia entre áreas, já que o homem enquanto homem é inclinado muito mais às coisas elevadas que às ínfimas.

Sem a Graça Divina o desapego é falso e impossível. Mas em relação a isso não se deve ter um comportamento de quietude, pelo contrário, deve ser feito tudo o que depende de si mesmo para que se alcance o desapego. Isso é antigo e sempre foi praticado em ambientes cristãos. O nome é ascese.

Em relação ao entendimento do porquê o desapego não só é desejável, mas dito também como obrigatório (pelo menos pela doutrina cristã), é que todo o homem deve ser reorientado para o fim último para o qual existe: a união com a Sabedoria. Isto é, nada do que é igual ou menor que o homem pode ser fim para ele.

Quaisquer bens de ordem material e físico, ou até mesmo moral e honorífico, jamais devem ser tratados com cobiça, já que a cobiça é a desordem do desejo. Tais bens são relativos em relação ao bem último, e embora possam ser desejados e mesmo necessários, jamais devem ser cobiçados.

Assim, o prazer-mór ou status de um homem deve estar sempre voltado para algo maior que ele e apropriado a ele obviamente. Qualquer bem igual ou menor que a pessoa e que a faça desejá-lo como a um fim em si mesmo devido ao prazer ou status que proporciona, na verdade a rebaixará, tirando sua dignidade de homem enquanto homem e seu convite às coisas mais elevadas.

Um exemplo prático é quando alguém toma como a um fim um carro, ou uma casa, ou o desejo de riqueza, ou o desejo de ser famoso, ou o desejo desta ou daquela profissão ou função, ou o desejo de poder sobre as pessoas, como o poder político, ou o desejo de relacionar com aquela mulher linda (ou aquele homem destacado, no caso das mulheres), ou desejo de ser reconhecido com uma boa pessoa, isto é, desejo de ser honrado, etc...............repare que todas essas coisas podem ser desejadas ou serem até mesmo necessárias, entretanto, nelas não se deve apegar como a um fim, como se nelas estivessem o prazer maior ou o status do ser humano. Repare também que a maioria das pessoas, independente de idade, sexo e condição financeira se apegam a um ou alguns desses bens como se fossem o fim para o qual existem, já que toda a sua vida é praticamente gasta em obtê-los, embora muitos não admitam. Porém na prática confirma-se isso. E de fato você vive para aquilo que seu coração tem como tesouro.

Da paz interior e da contemplação da sabedoria, prazeres inigualáveis, não goza o homem que tem como tesouro de seu coração bens menores ou iguais a ele. E na maioria das vezes nem percebe que há prazeres maiores e melhores do que os proporcionados por aqueles bens que julgam ser os mais desejáveis para si enquanto propriamente homem que é. Daí trata a felicidade como algo subjetivo, dependente da opinião de cada um, e relativiza os fins. É UM APEGADO, CEGO E TEM SUA DIGNIDADE DE HOMEM ENQUANTO HOMEM MACULADA.
http://ask.fm/amicussapientiae

A suma felicidade do homem está na contemplação da verdade. (S. Tomás de Aquino)
Responda-o
#32
(14-09-2015, 04:09 PM)Teophilo Escreveu:
(11-09-2015, 03:05 PM)Sagitario Escreveu: Talvez fosse válido o confrade fazer um tópico sobre isso. Esse desapego que você conquistou, foi necessária a inclusão da parte espiritual, ou você acha possível conquistar o desapego sem incluir a área espiritual?

Só de falar em desapego se inclui a "área" espiritual. Apesar de que acho estranho essa dicotomia entre áreas, já que o homem enquanto homem é inclinado muito mais às coisas elevadas que às ínfimas.

Sem a Graça Divina o desapego é falso e impossível. Mas em relação a isso não se deve ter um comportamento de quietude, pelo contrário, deve ser feito tudo o que depende de si mesmo para que se alcance o desapego. Isso é antigo e sempre foi praticado em ambientes cristãos. O nome é ascese.

Em relação ao entendimento do porquê o desapego não só é desejável, mas dito também como obrigatório (pelo menos pela doutrina cristã), é que todo o homem deve ser reorientado para o fim último para o qual existe: a união com a Sabedoria. Isto é, nada do que é igual ou menor que o homem pode ser fim para ele.

Quaisquer bens de ordem material e físico, ou até mesmo moral e honorífico, jamais devem ser tratados com cobiça, já que a cobiça é a desordem do desejo. Tais bens são relativos em relação ao bem último, e embora possam ser desejados e mesmo necessários, jamais devem ser cobiçados.

Assim, o prazer-mór ou status de um homem deve estar sempre voltado para algo maior que ele e apropriado a ele obviamente. Qualquer bem igual ou menor que a pessoa e que a faça desejá-lo como a um fim em si mesmo devido ao prazer ou status que proporciona, na verdade a rebaixará, tirando sua dignidade de homem enquanto homem e seu convite às coisas mais elevadas.

Um exemplo prático é quando alguém toma como a um fim um carro, ou uma casa, ou o desejo de riqueza, ou o desejo de ser famoso, ou o desejo desta ou daquela profissão ou função, ou o desejo de poder sobre as pessoas, como o poder político, ou o desejo de relacionar com aquela mulher linda (ou aquele homem destacado, no caso das mulheres), ou desejo de ser reconhecido com uma boa pessoa, isto é, desejo de ser honrado, etc...............repare que todas essas coisas podem ser desejadas ou serem até mesmo necessárias, entretanto, nelas não se deve apegar como a um fim, como se nelas estivessem o prazer maior ou o status do ser humano. Repare também que a maioria das pessoas, independente de idade, sexo e condição financeira se apegam a um ou alguns desses bens como se fossem o fim para o qual existem, já que toda a sua vida é praticamente gasta em obtê-los, embora muitos não admitam. Porém na prática confirma-se isso. E de fato você vive para aquilo que seu coração tem como tesouro.

Da paz interior e da contemplação da sabedoria, prazeres inigualáveis, não goza o homem que tem como tesouro de seu coração bens menores ou iguais a ele. E na maioria das vezes nem percebe que há prazeres maiores e melhores do que os proporcionados por aqueles bens que julgam ser os mais desejáveis para si enquanto propriamente homem que é. Daí trata a felicidade como algo subjetivo, dependente da opinião de cada um, e relativiza os fins. É UM APEGADO, CEGO E TEM SUA DIGNIDADE DE HOMEM ENQUANTO HOMEM MACULADA.

Uau... Muito boa resposta.
The absence of virtue is claimed by despair






Responda-o
#33
Os ornamentos de mármores diversos e ouro, obras de arte de artistas famosos (alguns perseguidos pela própria igreja) e tantas outras coisas na Basílica de São Pedro são um belo exemplo de desapego pelo material.   Rolleyes
Responda-o
#34
Muito bons os comentários do Teophilo, embora eu seja um materialista convicto.

Essa filosofia do desapego é bem parecida com o taoísmo e com o epicurismo. Parte integrante das mesmas eu diria.
Responda-o
#35
Peço encarecidamente que não comecem discussões religiosas.

Que tiver sua fé, mantenha. Quem for ateu, mantenha.

Sigamos em frente com o objeto do tópico.
Responda-o
#36
(14-09-2015, 09:52 PM)Mr. Rover Escreveu: Os ornamentos de mármores diversos e ouro, obras de arte de artistas famosos (alguns perseguidos pela própria igreja) e tantas outras coisas na Basílica de São Pedro são um belo exemplo de desapego pelo material.   Rolleyes

Pedimos que não comecem discussões religiosas aqui. 

Eu mesmo sou católico e anteriormente arrumaria treta no tópico por causa disso. Os que assim tiverem vontade de discutir tais assuntos (seja para críticas, ou para rebatê-las) utilizem-se das mensagens privadas.

Só terá esse aviso! Estão avisados!
Prossigam com o assunto do tópico.
Responda-o
#37
Ninguém esta começando discussão religiosa nenhuma, eu só apontei para o fato de que alguns confrades que são extremamente religiosos pregam o desapego material quando a igreja que eles seguem é vastamente rica e opulenta. E por centenas de anos cobraram a peso de ouro a absolvição de muitos dos seus fiéis.


Sem contar o fato de que é incoerente achar que está boicotando o "sistema" da sociedade mas ainda sim continua preso em dogmas religiosos. Na verdade não está boicotando nada, continua sendo um peãozinho no tabuleiro.


Não tem nada a ver com possuir fé. Ter fé e seguir regra de religião são duas coisas absolutamente diferentes. Tem muita gente que segue a religião mas não tem um pingo de fé. Graças ao bom Deus eu sou o contrário.



Mas não vamos continuar a falar disso, os moderadores já me ameaçaram. Eu só dei essa resposta aqui para que as pessoas possam entender o que eu quis dizer ali em cima. De volta ao trabalho agora. Boa tarde a todos.
Responda-o
#38
(14-09-2015, 09:52 PM)Mr. Rover Escreveu: Os ornamentos de mármores diversos e ouro, obras de arte de artistas famosos (alguns perseguidos pela própria igreja) e tantas outras coisas na Basílica de São Pedro são um belo exemplo de desapego pelo material.   Rolleyes

Arte sacra... não podem ser vendidas... doações... peças que são utilizadas simbolicamente...


Enfim... citação burra no lugar inapropriado, nem vale apena começar uma discussão religiosa com gente que não entende o catolicismo.
The absence of virtue is claimed by despair






Responda-o
#39
(15-09-2015, 02:09 PM)Awaken Escreveu:
(14-09-2015, 09:52 PM)Mr. Rover Escreveu: Os ornamentos de mármores diversos e ouro, obras de arte de artistas famosos (alguns perseguidos pela própria igreja) e tantas outras coisas na Basílica de São Pedro são um belo exemplo de desapego pelo material.   Rolleyes

Arte sacra... não podem ser vendidas... doações... peças que são utilizadas simbolicamente...


Enfim... citação burra no lugar inapropriado, nem vale apena começar uma discussão religiosa com gente que não entende o catolicismo.

Começaram a soltar as farpas??? Que foi que EU e THOTH falamos antes?

Não é censura, é evitar atritos e briguinhas desnecessárias a poluir os tópicos.

Rover, não precisa responder a isso.

Awaken, pare imediatamente. 

Tópico trancado até segunda ordem e posterior deliberação da moderação. Não nos façam punir ninguém.
Responda-o
#40
Esse show de alfinetação foi totalmente desnecessário da parte de todos vocês, parem com essa pauzisse no cu, ta todo mundo careca de saber que a religião não está na pauta do MR justamente por coisas como essa que aconteceram nesse tópico, será que nem em um espaço tão pequeno vocês conseguem manter uma certa cordialidade ? porra vcs sao do krlho tbm
Foi a guerra quem em mim despertou um animal 

Ask mais badass da rede Big Grin : ask.fm/warMR 
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)