Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Motivação Negativa: Críticas e humilhações fortalecem o espírito
#1
Ninguém jamais provou que elogios funcionam melhor para edificação do ser humano do que a crítica ou até mesmo a humilhação propriamente dita.
Introjetar no homem, desde a infância, que ele é um bosta ou um fracassado, é a melhor opção quase sempre. Pois quando surgir na vida alguma dificuldade (e certamente irá surgir), esse homem só terá duas opções a seguir, simplificando bastante o problema: superar a dificuldade ou ser vencido por ela.
Se for vencido, tudo bem. Afinal, ele é um bosta mesmo, ou seja, não terá prejuízos e sofrimentos psicológicos adicionais. Se ele vencer a dificuldade, no entanto, sua vitória será épica. Cada momento será saboreado com volúpia e regozijo. Como um herói regresso da guerra de Troia, ele será coroado com louros e desfrutará do sexo selvagem de mulheres exóticas. Este homem sentirá a genuína glória dos lendários guerreiros campeões.
Elogios, por outro lado, tornam as pessoas emocionalmente fracas, mimadas e com baixa tolerância as frustrações.
Críticas e humilhações fortalecem o espírito. Por isso eu gosto da motivação negativa, do tipo:
“Você é um verme. Nunca vai conseguir, seu merda. Lixo humano”.
No Japão esse método funciona muito bem...
Responda-o
#2
Negatividade funciona em certo nível. Quem cresce em ambientes negativos vai ter muita dificuldade de demonstrar empatia no futuro e vai reproduzir a brutalidade que aprendeu.

Dizer que o Japão, um país onde 44% da população entre 18 e 35 anos é virgem, é um exemplo de triunfo por meio das dificuldades é um tanto complicado.

Um pouco de casca grossa e um pouco de ternura não matam ninguém.
Responda-o
#3
(25-09-2019, 03:11 PM)Navegante Escreveu: Um pouco de casca grossa e um pouco de ternura não matam ninguém.

Isso me lembrou um velho slogan comunista atribuído a Che Guevara: Há que endurecer, mas sem perder a ternura. É isso?
Responda-o
#4
(25-09-2019, 03:11 PM)Navegante Escreveu: Negatividade funciona em certo nível. Quem cresce em ambientes negativos vai ter muita dificuldade de demonstrar empatia no futuro e vai reproduzir a brutalidade que aprendeu.

Dizer que o Japão, um país onde 44% da população entre 18 e 35 anos é virgem, é um exemplo de triunfo por meio das dificuldades é um tanto complicado.

Um pouco de casca grossa e um pouco de ternura não matam ninguém.

Certeiro...

As pessoas as vezes insistem em tentar "enlatar" a vida... mas a verdade é que tudo flui em um conjunto imenso de aleatoriedades.
Precisamos ser adaptáveis... cada situação pede uma reação diferente.

A gente não trata a mãe como trata o amigo... não trata o amigo como trata o inimigo e por ai vai.
O mundo é de quem se adapta.

Sobre o tópico, conceito do anti-frágil:
O antifrágil está para além do resilienteO resiliente resiste aos choques e permanece o mesmo; o antifrágil aperfeiçoa-se.
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#5
Se um fator ou conjunto de fatores/ações deliberam contra si, parece lógico que tal conclusão jamais poderia ser chamada de motivação.

O que pode se chamar motivação é a reação do indivíduo frente a tais ''fatores'', mas não necessariamente negativos, até pelo risco de, se for assim, criar-se um false bias.

E tal reação emerge de valores aprendidos, experienciados, e ruminados (''bufalamente'' falando por assim dizer) até chegar ao ponto de tal modo reativo ser parte de sua psiquê, da mentalidade do indivíduo.

Cabe também, reapresentar outro conceito já sedimentado, ei-lo a seguir...

Não se deve desanimar tanto com as críticas recebidas (que podem ser falsas) assim como também não se deve animar-se com os elogios recebidos.
"Só os canalhas precisam de uma ideologia que os absolva e justifique." (Rodrigues, Nelsson)
Responda-o
#6
O ódio é um ótimo combustível, realmente.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)