Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Modo de Criação e Formação da Minha Personalidade
#21
(28-09-2019, 01:02 AM)Hombre de hielo Escreveu:
(26-09-2019, 10:04 PM)Bean Escreveu: A vida como ela é.
Tempos modernos do poste mijando no cachorro. Só por receberem comida e um teto já deveriam agradecer... Agora querer dar role na moto alheia por ser pai já é demais mesmo. Seu pai está mais que certo.

Fazer filho é uma forma de ter mão de obra e garantir que alguém cuide de você quando tiver mais velho... Isso não é fachada apenas como a roda gira.

Tu com este pensamento, teus pais serão beneficiados... que garantia tu terá que teus filhos pensarão o mesmo?

Nenhuma, realizar algo esperando a garantia de retorno é um dos grandes males atualmente.

(28-09-2019, 07:27 AM)Jagunço Escreveu:
(26-09-2019, 10:04 PM)Bean Escreveu: A vida como ela é.
Tempos modernos do poste mijando no cachorro. Só por receberem comida e um teto já deveriam agradecer... Agora querer dar role na moto alheia por ser pai já é demais mesmo. Seu pai está mais que certo.

Fazer filho é uma forma de ter mão de obra e garantir que alguém cuide de você quando tiver mais velho... Isso não é fachada apenas como a roda gira.

Dar comida e casa é obrigação de quem bota filho no mundo, pelo menos até ele aprender a se virar só.

Quanto a ensinar habilidades, ou os pais ensina em casa ou deixa ir aprender só no mundão. No meu caso, em muitos aspectos, não tive nem um nem outro, fiquei imobilizado.

O pais devem mesmo educar os filhos para que eles possam cuidar deles na velhice, coitado dos que não fizer isso. Mas na cabeça perturbada  do @Hombre de hielo o que os pais fazem é sabotar a vida do filho para que possam explorar dele.

Agora vai dizer que não pediu pra nascer também ? Crie vergonha na cara.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#22
Quem tem que criar vergonha na cara é aqueles que querem dar uma gozada no pelo e não assumir a bronca depois dos 9 meses..
Se você não estiver disposto a ser forte e não for interiormente corajoso, é melhor desistir de ser macho e virar uma borboleta... [Nessahan Alita]
Responda-o
#23
Musica para @Jagunço  que culpa tem seus pais senão perceberam a revolução cultural e tecnológica em curso aplicada as massas?

Continue assim e acabará se declarando Incel Mesa Gargalhada


Já fez seu photoshop teste?

[Image: images?q=tbn%3AANd9GcSYmPhJI9EESeny9obs5...xit3XXGYOE]


[Image: images?q=tbn%3AANd9GcS3w72GlcMYfXBB97VDB...pmVDea3nMS]

[Image: 845ad921-3081-4d4e-a878-24fb05a6e20b-m.jpg]





Responda-o
#24
O engodo da família.

Amigos, família é uma instituição superestimada e, precisamente por essa razão, as pessoas são envolvidas em muitas sombras. 

Estamos sempre bebendo a água do "honra teu pai e tua mãe"... No entanto, há muitas pessoas (não generalize, por favor, obrigado) que estão entoxicadas com essa água, a princípio tão pura.

Vamos a um ex. ilustrativo. No filme "Senhor dos Aneis: O Retorno do Rei" há uma parte muito interessante do enredo envolvendo o Regente de Gondor: Denetthor. Denetthor II era pai de Faramir e Boromir. O segundo morreu atingido por uma flecha, protegendo um hobbit no filme "A Sociedade do Anel". Era o filho preferido de seu pai. Isso ficou claro quando Denetthor foi avisado do morte de Boromir. Sua reação foi de profunda tristeza e gritante desprezo pelo filho sobrevivente: Faramir. Destarte, o Regente expediu uma determinação absurda: enviou Faramir e seus soldados para retomar a cidadela infestada dos inimigos Orcs. Seu anseio era claro: ele desejava a morte de Faramir. Por quê? Porque seu filho tão amado, Boromir, havia morrido. Faramir, um filho indesejado não merecia a vida... Faramir, honrador de pai, saiu a guerrear e, como era de se esperar, voltou gravemente ferido...

Pois bem.

O homem precisa entender os valores de forma racional. "Honra teu pai" não significa: "honra teu pai a qualquer custo", amigo! Sua família é tóxica? Seus pais são narcisistas e estão mais preocupados com a estética familiar, do que com o seu bem? Fuja deles! Mas olha, não os odeie, apenas os aceite e, sobretudo, siga seu caminho, afinal, você é o único e exclusivo responsável pela sua vida.
Responda-o
#25
(28-09-2019, 07:27 AM)Jagunço Escreveu:
(26-09-2019, 10:04 PM)Bean Escreveu: A vida como ela é.
Tempos modernos do poste mijando no cachorro. Só por receberem comida e um teto já deveriam agradecer... Agora querer dar role na moto alheia por ser pai já é demais mesmo. Seu pai está mais que certo.

Fazer filho é uma forma de ter mão de obra e garantir que alguém cuide de você quando tiver mais velho... Isso não é fachada apenas como a roda gira.

Dar comida e casa é obrigação de quem bota filho no mundo, pelo menos até ele aprender a se virar só.

Quanto a ensinar habilidades, ou os pais ensina em casa ou deixa ir aprender só no mundão. No meu caso, em muitos aspectos, não tive nem um nem outro, fiquei imobilizado.

O pais devem mesmo educar os filhos para que eles possam cuidar deles na velhice, coitado dos que não fizer isso. Mas na cabeça perturbada  do @Hombre de hielo o que os pais fazem é sabotar a vida do filho para que possam explorar dele.

Coitado, por quê? E se teu futuro filho não cuidar de ti na velhice, como fica? Tu terá tido um prejuízo familiar! Perturbado só porque estou denunciando uma evidência que tu tá sendo cozinhado? Deve ser difícil de acreditar que todos aqueles bons momentos que tu passou com teus pais foram uma ilusão e que as palavras de um estranho (eu) valem alguma coisa! A única diferença desse caso pro teu é a proximidade do grau de parentesco. Não vou martelar mais, pois a tendência é que tu continue na defensiva... agora tu tem que acordar por si mesmo!


@Bean, o casal tem várias maneiras de impedir de colocar filho no mundo... o filho não tem como impedir sua vinda ao mundo, portanto, sim, o filho não pediu pra vir ao mundo!
Responda-o
#26
Ó céus ó vida.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#27
Os pais, principalmente o pai, sua ausência ou presença e o modo de criação influenciam.

Ausência gera MSOL e uma sociedade com filhos de MSOL é decadente. MSOL é resultado da escolha feminina errada. Não por falta de instrução, mas porque a mulher gosta do "errado", então eu digo que elas são irracionais. Mas me equivocaria ao dizer que mulheres são irracionais quando os caras que elas escolhem não possuem a personalidade subserviente do Jagunço. Ele não representa proteção a elas ou medo aos outros machos.

"Mas no passado..."

No passado o número de MSOL era menor porque era de interesse dos senhores da sociedade (engenheiros sociais com capital) usar mecanismos para repreender esse instinto feminino. Então tudo que elas queriam era o homem trabalhador e bom cidadão. A maioria não gosta de ouvir isso porque a maioria aqui é trabalhador e bom cidadão também. Isso não é um defeito, mas não é qualidade para a mulher sem represálias da Igreja e Conservadorismo. Culpe elas, não eu por dizer essa verdade.

E o segundo ponto são as conexões neurais criadas (VEGETA). Isso é biologia. Você só se desvia das conexões neurais se for um ponto fora da curva e geralmente acaba se tornando muito bem sucedido. Alpha mental igual Ralph Lauren que era zoado por não ter roupas para ir pra escola e depois virou o que virou. Mas é ponto fora da curva, igual Ayrton Senna. Não é realidade (não confunda com crença limitante), apenas uma questão de distribuição normal.

Eu posso culpar meus pais por ser um bunda mole? Posso! Mas internamente. Só que ao identificar que sou um bunda mole por causa dos meus pais, daqui um tempo eu não posso mais culpá-los. Porque cabe a mim me mudar e me desenvolver agora que sei do problema. Não precisa ser o extremo oposto de tudo que você é Jagunço, isso seria revolta. Você não precisa sair falando "não" para todo mundo, apenas questione as pessoas e se você quiser dizer "sim", então diga sim. Sinta-se bem, apenas seja HOMEM. Claro que as pessoas vão sentir um choque de primeiro momento quando você mudar, porque é conveniente pra elas você ficar quietinho e fazer tudo que elas pedirem.
Responda-o
#28
Após ser banido por Satanás, CR7 volta em grande estilo. Se dizendo mais maduro e arrependido. 

Hitler teve mais dignidade e hombridade. Deu cabo de si próprio. 

Todo aquele que usar este nome CR7 seje perseguido até os confins da terra. Neste fórum usuário banido não prospera.
"Homem Marmito"® is trademark of Marmito Man Corporation ™
Responda-o
#29
Quando eu tinha 8/9 anos por aí, morávamos num barraco de madeirite, tínhamos visitas na casa esse dia e mamãe queria mostrar paras as visitas que os filhos eram educados.  

Me tranquei com a minha irmã que era bebê ainda e toquei fogo no quarto, desesperado vendo o fogo subir e meu pai bater na na porta não sabia o que seria pior, morrer queimado la dentro ou ter que encarar o velho, pra proteger minha irmã eu entrei no meio da chama pra tirar ela de lá e queimei todo o antebraço, nesse momento meu pai arrombou a porta.  Eu não lembro o que doía mais, se era minha pele derretendo ou as lapadas de fio que ele dava no meu corpo.  

Ele me fez andar mais ou menos dois km todo queimado e cheio de marcas de surra pra poder fazer um curativo nas queimaduras (mesmo tendo como me levar de carro)  foram 30 dias tendo que ir e voltar a pé  de casa ao posto / posto casa pra fazer curativo das queimaduras,  os curativos eram torturas pois grudavam na pele ferida e eu ia e vinha chorando e ele falando na minha cabeça " isso são consequências dos seus atos, pense bem  antes de fazer merda"... Até hoje eu não chego perto de fogo, fogos de artifícios, fogão, churrasqueira, porque me lembro bem da dor que passei nasqueles dias. Hoje papai seria preso,  mais foi uma lição pra vida toda e eu entendo perfeitamente a lição que ele quis me passar. 

 Não consigo entender a revolta de vocês por algo tão idiota,   a culpa que Vcs colocam nos pais pelo seus fracassos,  um pai não quer o mau do filho, nunca!  A fraqueza, a covardia, a falta de auto estima, tudo isso esta relacionado a voces x vocês mesmos,  levante as mãos para o céu e valorize seus pais, eles fizeram o melhor, Vcs é que não souberam ou não aproveitaram a bênção que deus deu dando-lhes a oportunidade de terem sido criados em uma família certa, tradicional e com valores, coisa rara de se ver hoje em dia.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)