Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Movimento Realista x Filosofia MGTOW
#1
  Confrades, trago neste post a opinião de Márcio de Andrade do Blog "Quebrando os Mitos" a respeito do movimento realista e a filosofia MGTOW. 

Meu desejo aqui, tentando não polemizar, é mostrar a visão de uma pessoa de fora das correntes tratadas, espero que sirva de reflexão para nós de alguma forma.

Márcio de Andrade aborda diversos assuntos em seu blog, especialmente a espiritualidade. O que me chamou a atenção é que ele estudou sobre as filosofias em questão, creio até que já tenha participado delas em algum momento de sua vida. Segue post do Blog com grifos meus:



Não tenho muito acompanhado os materiais que são divulgados pela Real e do MGTOW, senão perderia muito tempo analisando tudo, mas sempre vou pelos principais tópicos. Um critica o outro, mas na essência é a mesma, sair do domínio de uma mulher, ser desapegado delas, vivendo assim uma vida mais tranquila.

O movimento MGTOW acusa os Guerreiros da Real de consermanginas, que são aqueles que acreditam na mulher exceção, uma “mulher honrada” para constituir uma família. Em certo ponto eles estão certos, mas no inicio da Real não acreditava na mulher exceção, falava-se muito em se relacionar com prostitutas (Comentário meu: Na parte em negrito eu não acreditaria nisso se não tivesse revisitado o velho material que o Libertador está disponibilizando no projeto segunda-feira das relíquias, muitos desses não foram publicados para não influenciar negativamente os novatos). Muitos falam que a Real tem várias vertentes, mas isso é um engano, porque a Real é uma só, o que aconteceu foram alguns Confrades modificaram a filosofia para adaptar a sua realidade.

Muitos criticam a Real, mas esquecem de que fomos nós que começamos tudo na época do Orkut, pior são aqueles que criticam Nessahan Alita, esquecendo-se também, sem ele não existiríamos. Se a Real não faz parte da vida de vocês, pelo menos respeitem onde começaram.

[Image: uQ1NnbV.jpg]
Muitos GdRs ainda sonham em casar com uma princesa.


Critico também esse negócio da Real em acreditar na “mulher exceção” e “mulher honrada” numa época onde o feminismo fez uma lavagem cerebral em escala mundial. Na realidade a sociedade não conhece o poder da propaganda e marketing, onde conseguem mudar totalmente o comportamento das pessoas. Por isso, que devemos trabalhar e se desenvolver para nós mesmos, não queira mudar o mundo, porque não iremos mudar os pensamentos dos outros. Nunca queira mudar os pensamentos dos outros, porque isso só despertará a raiva e o ódio, você que deve mudar a si mesmo.

Já perguntaram para mim se sou a favor ou contra relacionamentos, sempre dou a mesma resposta: “Não sou favor e nem contra, cada um sabe o que é melhor para si mesmo. O que sou contra é ficar fazendo propaganda, por exemplo, se namoro quero que todo mundo namore, se não namoro quero que todo mundo não namore! A Real não é para ditar regras, mas sim mostrar a realidade, se relacionar ou não é uma decisão pessoal sua!”.

Já vi GdRs antigos xingar os outros dizendo: “Não querem casar seus filhos da puta? Até quando vão continuar a comer putas? Não vão constituir família?”, para mim ele apelou, obrigando os outros a se relacionarem. No MGTOW ocorre a mesma coisa só que ao contrário: “Otário, mangina, querem casar ? Vão se foder!”, na realidade entendo os pensamentos deles, mas não se deve interferir na decisão do próximo.

[Image: qXcnwzw.jpg]
Red pill: Homens de status têm todos os motivos do mundo para não se relacionar.

Na minha opinião como observador acho que ambos os lados estão confusos, querem convencer a si mesmos que estão certos, um lado os GdRs querem um relacionamento, onde preferem não perder a fé na mulher, no outro lado não querem se relacionar porque já perderam totalmente fé nelas. Como escrevi no outro texto sobre MGTOW: homens simples não devem ter preocupação de perder coisas para as mulheres, mas homens de status social a têm, por isso não critico o comportamento deles.

Mas, o que está em jogo é a sua saúde mental, entrar em paranóia a tal ponto ter fobia de mulheres. Chegar a tal ponto de não querer chegar perto de uma mulher, ter aversão total delas, podendo até mesmo se prejudicar profissionalmente. Nós precisamos nos relacionar com as pessoas, por questões de sobrevivência, mas se pegar raiva das mulheres, poderá ser prejudicado no ambiente de trabalho ou na faculdade, quando for fazer um trabalho em grupo, pois em vez de realizar a tarefa, vai ficar lembrando das coisas e vai jogar as coisas na cara delas, queimando assim o seu filme.

Esse negócio de pegar raiva das mulheres pode levar para homossexualismo, pois já vi várias postagens defendendo essa prática como forma de protesto contra as mulheres (Também acharia esse coment extremo se não tivesse ouvido falar do caso do Don Segreto, no Fórum do Búfalo). Por isso, muitos acabam traindo a Real, por não saber superar a fase do ódio, então pensa: “Melhor ser mangina do que ser viado!”. Muitos já estão loucos e não sabem, tem um traidor assim, que não fala mais coisa com coisa.

Cada homem deve buscar o seu ponto de equilíbrio, observando sempre as consequências dos seus pensamentos, atos e ações, raciocinando sempre para chegar ao ponto te livrar do sofrimento. Não resolvendo os problemas das paixões irá destruir a sua vida, o feminismo é uma guerra psicológica, que visa destruir a mente do homem e não o corpo, gerando assim vários tipos de bloqueios, impedindo assim o seu desenvolvimento.


Sejam Felizes e Superem as Paixões.
Márcio de Andrade



Comentários de leitores:


Comentário 1
A real é um movimento muito disperso, as vezes parece uma batalha de ego masculina, parece que competem pra ver quem é o lider mais fodão que fala mais palavrão ainda mais os que chamam o leitor de paspalhão, por isso muita gente não leva a sério.
Parece que estão lutando entre si pra decidir quem é o macho alfa que vai ficar com a lendária mulher exceção. Não agem como movimento organizado nem tem um plano de ação, não tem objetivo definido nem meta, por isso a real não sai da teoria. Mas a culpa mesmo é dos homens que só sabe mostrar força na agressividade em vez da estrategia. Se os homens fossem estratégicos, Nessahan Alita nem precisaria ter escrito aqueles livros. O que impede os homens de ser estratégicos são as paixões, a falta de frieza racional e os instintos de agressividade.


Comentário 2
Acredito que devemos sempre ter em mente o nosso papel de homem e não de babaca de mulheres. A real é excelente para abrir a nossa visão, só temos que tomar cuidado para não virarmos fanáticos!


Comentário 3, com resposta do Márcio
Em primeiro lugar mgtow não é nem sequer um movimento, é uma filosofia de vida. Quando um homem se torna mgtow ele não precisa necessariamente desistir das mulheres, porém ele precisa perceber que o casamento é uma instituição falida e que a sociedade é misándrica e ginocêntrica. O que um mgtow simplesmente tem que perceber é que ele não é capaz de mudar o sistema por si só. Na verdade para um mgtow foda-se caso o sistema mudar ou não o que importa é que ele deve seguir seu próprio caminho e foda se a sociedade
Márcio: Isso que você disse, era assim no principio da Real, tocar um foda-se para a sociedade e para as mulheres, o que falo para tomar cuidado para não entrar na paranoia. Sei que o MGTOW e a Real ambos são uma filosofia de vida, mas a partir do momento que tem um grupo que divulga as suas ideias, se torna um movimento.


Comentário 4
A Real se tornou politizada, some isso a disputa de egos/macheza e essa baboseira de juvena vs old school, isso é um saco, acho o MGTOW mais interessante (apesar de eu mesmo não ser um), não gosto de cagadores de regras, que são um tipo comum nessas comunidades, o melhor mesmo é absorver os bons conteúdos desses sites e vazar.
  Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
  Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
Responda-o
#2
Esse site deve ser paralelo ao movimento da Real ou deve haver algum grupo residual nos porões da internet, posto que eu não vejo nada de verdade na maioria dos comentários sobre, a saber, disputa entre o mais macho alfa (2019 e ainda usam essa expressão), buscar a mulher honrada e etc.

Pelo contrário, tenho visto tópicos precipuamente sobre desenvolvimento pessoal, relatos de superação, política, levantamento de peso, teorias da conspiração etc.

Não quero alimentar a cisão (se é que existe) entre os movimentos, mas a real me proporcionou conhecer diversos sites, artigos e essencialmente me apresentou uma nova visão de mundo.

Nessas andanças pela internet, vejo mais uma aversão pelas mulheres por parte do MGSOJA, ops, MGTOW do que a real.

Vá em qualquer vídeo desse movimento e veja o nível de distanciamento que os homens estão tendo das fêmeas. Diabólico.

É preciso ter tino. Nós sabemos que vivemos numa era de perseguição ao homem, assim, não é vantajoso ter relacionamentos duradouros, mas é óbvio que é vantajoso ter tato com mulheres.

Transar, gozar na cara e não mandar mensagem antes de três dias após o sexo continuam sendo ações vitais para um homem.

Homem.

Aliás, já viram que a maioria dos MGTOW parecem com mosquitos? Ou seriam herbívoros?
Responda-o
#3
Leigos, insistem em resumir a Real em falar sobre mulheres e relacionamentos. 

Vejo o momento como uma Real 2.0. Já superou-se as questões acerca desse tema, assuntos foram discutidos a exaustão. Eu vejo uma preocupação entre os moderadores e membros mais antigos em focar em outras questões práticas da esfera masculina, principalmente sobre treino, trabalho e investimentos, como o camarada disse acima.

Chega a me entristecer ver essas comparações rasas entre real e movimentos oportunistas como MGTOW ("mimimi não é movimento", não é o que parece, tem líderes que são Youtubers teen, tem missionários que vem aqui pregar a palavra de maneira irritante).

Dessa vez os Zé graça tem razão, vocês estão preocupados demais com MGTOW.

Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#4
Atrelou a real a relacionamentos apenas, na mesma medida do MGTOW que é basicamente sobre casar ou não se casar. Não acho que esse comentário tenha algum valor.

Eu sempre digo e repito que o maior patrimônio da real vai muito além de relacionamentos e vadia/mulher exceção, e isso muito poucos que estão de fora enxergam porque bem na verdade, cada um enxerga o quer ver. Para os críticos e observadores aleatórios, isso aqui sempre vai ser um monte de caras falando de mulher então é só isso que vão ver.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#5
Odeio ler esse tipo de post. Alguns consideram isso " Meter a Real" mas a verdade que esses MGTOW são um bando de frustrados/revoltados com mulheres , mergulhados na prostituição e masturbação , outros viram monges. Ah vá se danar !

E querendo ou não , por experiência própria , você começa ler muito essas porras , acaba que você traz isso para a vida real , você se torna um desses caras , achando que as mulheres são tudo vadias e blabla , sua mãe é vadia ?

Toma no cú !
Além disso, ore para que a vontade de Deus seja feita! Não a sua.
Responda-o
#6
O movimento gay e o Mgtow tem o mesmo efeito na sociedade. 

A real de agora não é a mesma do tempo antigo, mudou a liderança. A Real antiga era igual o Mgtow, não tinha muita diferença. 

A Real de agora é mais focada em desenvolvimento pessoal, os assuntos de relacionamentos são mais para os iniciantes.

A Real antiga foi a responsável por N.A ter sumido e ter parado de fazer livros, pois eles rejeitaram N.A.

Quem tem as comunidades antigas no orkut em que N.A participava, sabe que caras como Mó Humirde, Travis, foram os que rejeitaram N.A para se terem a liderança para eles, mas tiraram um homem muito mais inteligente do que eles. 

N.A queria criar um grupo de estudos sobre a psique humana e não um movimento semi Mgtow que era  real antiga. 

Agora com a real moderna, esses da real antiga migraram para o Mgtow, por isso rivalizam. 

A Real de agora se trata de desenvolvimento pessoal, aperfeiçoamento social, cuidar da saúde, educação financeira, etc. 

Mas eu queria que N.A voltasse e fizesse o grupo de estudos que ele queria fazer inicialmente, sobre a psique humana.
Responda-o
#7
Vocês falam da real como se fosse a descoberta do fogo ou invenção da roda. Esse negócio de "desenvolvimento pessoal" é mais que nossa obrigação, até parece que ninguém aqui estudava, trabalhava ou treinava antes de ler NA. Isso sem falar que existem homens como meu avô e meu pai que sabem muito sobre comportamento feminino sem nunca ter ouvido falar de NA ou nada parecido, aí quer dizer que eles não se "desenvolveram" por isso?

Pela milésima vez: essa divisão é estúpida (Real x mgtow), tá parecendo torcida organizada essa porra. Um homem pode conhecer a real (ter lido NA e semelhantes, entendido e aplicado) e pode decidir por não se casar nem ter filhos pra não se lascar com a justiça ou perder seu patrimônio ("mgtow"), ou seja lá qual outro motivo. Os cara pode "ser" OS DOIS se vocês pararem de alimentar essa divisão besta de chamar quem não quer se casar de fracassado com mulher, por isso os caras devolvem chamando vocês (nós?) de conservadores manginas. É engraçado ler que quem não quer se casar está "fugindo da luta", que luta, kct? PQP!

Quando "eles" dizem que evitam mulheres, é no sentido de flertar, mostrar interesse, devido à onda de que tudo é assédio/estupro. E não que o cara vai sair correndo se uma enfermeirA vier lhe atender. É tratar mulheres igual uma parede, restringindo-se somente ao contato profissional  e nada mais.

(26-08-2019, 10:35 PM)Fairchild Escreveu: Comentário 4
A Real se tornou politizada, some isso a disputa de egos/macheza e essa baboseira de juvena vs old school, isso é um saco, acho o MGTOW mais interessante (apesar de eu mesmo não ser um), não gosto de cagadores de regras, que são um tipo comum nessas comunidades, o melhor mesmo é absorver os bons conteúdos desses sites e vazar.

Perfeito comentário. Lucidez total.
Visitante? Crie sua conta clicando aqui para ter acesso a áreas exclusivas.


Responda-o
#8
"Vocês falam da real como se fosse a descoberta do fogo ou invenção da roda. Esse negócio de "desenvolvimento pessoal" é mais que nossa obrigação, até parece que ninguém aqui estudava, trabalhava ou treinava antes de ler NA."

A diferença é que o matrixiano médio trabalha e estuda pra pega muié! Gasta tudo que ganha em balada, carro e bebida pra atrair sub-mediana m$ol. Eu, e muitos que estão aqui, só foram ter noção do que é I.F. e a importância de traças objetivos por sí próprio e muitos outros conceitos de desenvolvimento pessoal depois de conhecer a Real.

Se com você não foi assim, não tome como verdade universal. Ou prefere continuar falando sobre como pegar e lidar com mulher e nada mais?


"Isso sem falar que existem homens como meu avô e meu pai que sabem muito sobre comportamento feminino sem nunca ter ouvido falar de NA ou nada parecido, aí quer dizer que eles não se "desenvolveram" por isso?"

Repito, tu tá tomando tua vida como verdade universal. É só olhar os relatos pra ver que nem todo mundo é como teu pai e teu avô.



"Um homem pode conhecer a real (ter lido NA, entendido e aplicado) e pode decidir por não se casar nem ter filhos pra não se lascar com a justiça ou perder seu patrimônio ("mgtow"), ou seja lá qual outro motivo."

Deixa eu entender, se eu decidir não me casar, obrigatoriamente sou MGTOW? Não, obrigado.

"Os cara pode "ser" OS DOIS se vocês pararem de alimentar essa divisão besta de chamar quem não quer se casar de fracassado com mulher, por isso os caras devolvem chamando vocês (nós?) de conservadores manginas. É engraçado ler que quem não quer se casar está "fugindo da luta", que luta, kct? Os caras estão vivendo sem se preocupar com mulher e pronto."

Eu queria concordar, mas o problema é que vocês (MGTOW) vem aqui encher o saco, começaram com a patifaria de "hur dur CUCKSERVADORES", "escravocetas e manginas" só por que o cara não se recusa a pegar mulher e não quer saber de traps. A tua acusação sobre divisão cabe pro outro lado da moeda.

Concordo que essa discussão é ridícula e que o melhor a se fazer é ignorar esses caras e deixar que o tempo mostre se estão certos ou não. Inclusive esses tópicos sobre o assunto encheram o saco.

Mas o interessante são alguns, como você, que vem aqui cagar regra pra geral, como se tivessemos alguma obrigação para com esses caras. eu vejo vários vindo aqui, como testemunhas de jeová, digo, testemunhas de MGTOW, anunciar o evangelho ultrapassado "hur dur não se envolvam com capivaras, não deem nem bom dia", "realista são todos manginas que acreditam em exceção".

"Quando "eles" dizem que evitam mulheres, é no sentido de flertar, mostrar interesse, devido à onda de que tudo é assédio/estupro. E não que o cara vai sair correndo se uma enfermeirA vier lhe atender. É tratar mulheres igual uma parede, restringindo-se somente ao contato profissional  e nada mais."

Isso, vamos todos morrer na punheta, entrar pra ala Don Segreto ou falir na zona. Dispenso.

Da mesma forma que devemos deixar os caras na deles, me deixem pegar mulher, se vocês não gostam, tem quem goste. Façam como os fundadores dos fóruns realistas, criem um espaço MGTOW e vão pra lá, e parem de encher o saco com esse papo de incel voluntário.

Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#9
(27-08-2019, 03:43 PM)Gorlami Escreveu: Eu queria concordar, mas o problema é que vocês (MGTOW) vem aqui encher o saco, começaram com a patifaria de "hur dur CUCKSERVADORES", "escravocetas e manginas" só por que o cara não se recusa a pegar mulher e não quer saber de traps. A tua acusação sobre divisão cabe pro outro lado da moeda.
(...)
Mas o interessante são alguns, como você, que vem aqui cagar regra pra geral,
(...)

@Gorlami  Carapuça serviu?

Quem trouxe o tópico pra cá foi o @Fairchild, reclame com ele, nunca criei nenhum tópico sobre o tema nem chamei ninguém pra "fazer parte" de nada. Por mim esse assunto já está encerrado, tão chato e complicado quanto explicar cores a cego. Achem o que quiser, interpretem como queiram.
Visitante? Crie sua conta clicando aqui para ter acesso a áreas exclusivas.


Responda-o
#10
(27-08-2019, 04:33 PM)Reddington Escreveu:
(27-08-2019, 03:43 PM)Gorlami Escreveu: Eu queria concordar, mas o problema é que vocês (MGTOW) vem aqui encher o saco, começaram com a patifaria de "hur dur CUCKSERVADORES", "escravocetas e manginas" só por que o cara não se recusa a pegar mulher e não quer saber de traps. A tua acusação sobre divisão cabe pro outro lado da moeda.
(...)
Mas o interessante são alguns, como você, que vem aqui cagar regra pra geral,
(...)

@Gorlami  Carapuça serviu?

Quem trouxe o tópico pra cá foi o @Fairchild, reclame com ele, nunca criei nenhum tópico sobre o tema nem chamei ninguém pra "fazer parte" de nada. Por mim esse assunto já está encerrado, tão chato e complicado quanto explicar cores a cego. Achem o que quiser, interpretem como queiram.

Carapuça serviu?

Devolvo a pergunta.

Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#11
@Gorlami Você citou minha resposta primeiro, estou sendo educado e voltando para lhe responder já que colocou palavras onde não tinha.
Cuidado pra não se doer na próxima postagem, abraços.
Visitante? Crie sua conta clicando aqui para ter acesso a áreas exclusivas.


Responda-o
#12
(27-08-2019, 04:38 PM)Reddington Escreveu: @Gorlami Você citou minha resposta primeiro, estou sendo educado e voltando para lhe responder já que colocou palavras onde não tinha.
Cuidado pra não se doer na próxima postagem, abraços.

Tranquilo, paro de "me doer" quando tu parar de atacar a Real pra passar a mão na cabeça de MGTOW.

A porta é a serventia da casa. Tu deveria saber bem disso.

Passar bem.

Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#13
Eu sempre digo e repito que o maior patrimônio da real vai muito além de relacionamentos e vadia/mulher exceção, e isso muito poucos que estão de fora enxergam porque bem na verdade, cada um enxerga o quer ver. Para os críticos e observadores aleatórios, isso aqui sempre vai ser um monte de caras falando de mulher então é só isso que vão ver.

A Real fomenta redes e circuitos de contra revolução cultural, bem vindo a deep war cultural e assimétrica. Quantos assuntos, temas, filosofias e personalidades de direita não foram impulsionados pela Real ao longo da última década? 

Os leite com pera MGTOW não conhecem a história da Real. Os juvenas vivem do recorta, copia, cola e traduz dos conteúdos kibados dos gringos e da Real. A Real promove a evolução do individuo e não um curral de condicionados a oralidade de terceiros.
Anuncie aqui!!!
Responda-o
#14
Pelo pouco que li sobre MGTOW, nada mais são do que os solteirőes convictos e estes sempre existiram.
"Escola? E o aprendizado com os próprios erros? A experiência te faz professor de si próprio".
Responda-o
#15
(27-08-2019, 07:54 PM)Bilidequedi Escreveu: Pelo pouco que li sobre MGTOW, nada mais são do que os solteirőes convictos e estes sempre existiram.

Faz sentido, Confrade! Dos adeptos MGTOW com poucos argumentos até os mais eloquentes, parecem que pautam suas convicções exclusivamente neste ponto.
  Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
  Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
Responda-o
#16
Eu não costumo postar, só consumir os conteúdos da Real mas hoje quero compartilhar minhas congratulações ao OP e postar algumas considerações. A discussão é bem pertinente, concordo com o que foi dito e acho meio cabulosa a discórdia que está crescendo entre GdR e MGTOWs.

Descobri a real há cerca de 1 ano, quando estava na fossa (da qual ainda estou saindo) e essa fossa foi causada, em boa parte, por problemas com relacionamento. Depois de ler por dias à fio aos conteúdos do LR e do FdB, sou bem diferente de quem era, pois já tinha esses comportamentos dentro de mim só estavam inativados por ocasião de sociedade/educação/meio em que vivi.

O que quero dizer é que descobri que meu lugar ao sol é algo entre os MGTOWs e a Real, mas faço isso de uma forma meio velada, aplicando os conceitos de cada uma que façam sentido para mim.

Agora, que passei dos 30, acho bem longe da minha realidade acreditar em Unicórnios e Princesas. Sim, eu sei que elas existem mas a probabilidade de encontrar e conquistar uma, no meio em que vivo, é remota, então não consigo levar os conceitos dos GdR à ferro e fogo, seria como me iludir e viver em uma frustração constante me enganando e desviando o foco do desenvolvimento pessoal.

Do outro lado, considero os MGTOWs radicais pra porra, tudo caminha para relacionamentos (profissionais, afetivos, etc) cada vez mais caóticos e é bom estar ciente e preparado do que acontece além dos nossos olhos, o que acho surreal são alguns conceitos dos caras que não me fazem a cabeça, como evitar qualquer interação com mulheres, homossexualismo como forma de protesto, etc, etc.

A Real e os MGTOWs tem muita coisa legal mas a essência é se manter o caminho do meio e focar no desenvolvimento. É como um confrade disse há alguns posts atrás, o pessoal foca APENAS em mulheres/relacionamentos quando o caminho é focar totalmente no desenvolvimento pessoal.
Responda-o
#17
A MGTOW é um erro, a humanidade precisava caminhar para a conciliação e não para a cisão dos sexos.

Ter coragem é aceitar que homens erram e mulheres erram e ambos podem construir algo positivo apesar disso. MGTOW é uma declaração de fracasso, da incapacidade de superar o fato de que a pessoa não consegue se relacionar.

Ser solteiro não é errado; já abandonar relacionamentos por achar que as mulheres são malvadas é uma infantilidade inconcebível.
Responda-o
#18
(28-08-2019, 03:39 PM)Navegante Escreveu: A MGTOW é um erro, a humanidade precisava caminhar para a conciliação e não para a cisão dos sexos.

Ter coragem é aceitar que homens erram e mulheres erram e ambos podem construir algo positivo apesar disso. MGTOW é uma declaração de fracasso, da incapacidade de superar o fato de que a pessoa não consegue se relacionar.

Ser solteiro não é errado; já abandonar relacionamentos por achar que as mulheres são malvadas é uma infantilidade inconcebível.

Gabaritou !

Eu lembro muito bem que um membro aí pra cima que não quero citar nome falou aqui no chat desse fórum uma vez que ele era muito feio e desengonçado com mulheres. Na hora eu pensei que esse era o motivo de ele atacar mulheres no fórum e parece que agora achou seu grupo de vez , os mgtow Gargalhadaha
Além disso, ore para que a vontade de Deus seja feita! Não a sua.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [DEBATE] Pobretão explica as diferenças entre a sua filosofia e o movimento da Real Bern 7 2,331 10-09-2015, 08:24 AM
Última Postagem: Awaken

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)