Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[REFLEXÃO] Os Limites da Superação
#1
Embora a matéria infracitada seja de 2009, a tenho guardada desde então, pois na época, nos foi apresentada como uma valiosa ferramenta motivacional em uma graduação que eu fiz e que até hoje julgo de grande valia a todos nós.

-x-

Às vezes passo a refletir e me questionar o quanto somos imensos diante de nossas limitações e ao mesmo tempo como podemos ser pequenos diante de nossa grandiosidade.

De um lado, há pessoas que desperdiçam tempo justificando seu desinteresse e falta de proatividade, criando uma incapacidade física, mental e profissional.

Suas maiores criatividades se baseiam em argumentos para justificar que não conseguem algo que mal tentaram fazer e justamente por isso, ficaram distantes de o conseguirem. O mais decepcionante é quando algumas pessoas utilizam em seus argumentos o insucesso e fracasso de terceiros como referência, chegando a comentar: “bom, pelo menos fui melhor que fulano” ou ainda, “mas beltrano é pior que eu”.

É irônico, mas essas pessoas criativas em justificativas de fracasso jamais argumentam algo como “não consegui o resultado desejado porque não tive coragem de seguir” ou “eu tenho certeza de que não consegui porque não tive interesse em testar meus limites” e milhares de outros comentários.

A superação não depende de classe social, cor ou educação. Sua superação depende de ter um objetivo em sua vida e acreditar em algo. Superar uma dificuldade não quer dizer que terá todo o sucesso no dia seguinte. Significa alcançar um pequeno sucesso diariamente, uma vitória a cada momento.

Obviamente precisando vencer várias dificuldades e paradigmas, e de repente poderá até ter medo. Você deve ter medo de desistir e não de continuar. Ir de encontro ao que acredita é o que fará a grande diferença para sua realização e superação.

Pesquisando na internet temos a opção de conhecer vários textos ou vídeos sobre pessoas que se superaram. Há pessoas da terceira idade fazendo acrobacias com enorme grau de dificuldade e mais perfeitas que muitos adolescentes. Há outras sem os membros inferiores e superiores, que vivem sem depender de ajuda, que trabalham, cozinham, nadam, enfim, têm qualidade de vida melhor do que uma pessoa com o corpo perfeito. Isso porque não procuram criar justificativas e vivem em busca de soluções para serem auto-suficientes, enquanto a maioria se encontra dependente, não realizando algo enquanto alguém não o entregar prontinho em suas mãos.

Um fato é verdadeiro: o ser humano somente comprova sua capacidade quando realmente precisa dela. A maioria busca, infelizmente, problemas onde eles não existem. Há aqueles que somente controlam suas finanças depois de terem perdido tudo, outros valorizam os entes queridos quando passaram por momentos traumáticos, outros organizam melhor seu tempo quando a falta de tempo foi responsável por prejudicá-los em algo. Quaisquer que sejam as necessidades de superações, ao meu ver as limitações são muito mais psíquicas do que reais. Há muito mais preocupação em se identificar um motivo para não fazer algo do que em ver os bons resultados que serão obtidos caso seja realizado.

Exija mais de você! Exija mais tempo para aproveitar a convivência com os familiares, exija mais tempo para realizar sua tão desejada viagem, mais esforço para aprender o idioma que está estudando, mais dedicação no esporte, mais interesse em seu aprendizado. Exija mais disposição para ser feliz! Exija, exija e exija!

Seja mais disposto a evoluir e se superar. Seja mais disposto a entender e acreditar. Acredite que suas aptidões podem se revelar muito além do que você conhece e teste os limites de sua capacidade física e mental. Mas teste principalmente os limites de sua capacidade de perseverar! Seu poder de superação está muito além de seus músculos, bens e recursos financeiros. Sua maior superação dar-se-á quando acreditar que você realmente é capaz!


-x-

Um Forte Abraço!
Responda-o
#2
É o que eu tenho dito em todos os tópicos.

As pessoas querem sucesso, prazer sempre, mas nunca o sacrifício, isso é em todas as áreas da vida e ao invés dessas pessoas estarem aumentando a sua exigência, praticando uma constante melhoria, elas estão simplesmente "deixando a vida levar".

Esse texto aí do confrade parece aqueles de autoajuda, mas é bem realista. Você tem que ter sentido, fogo, esforço.

Senão nada em lugar nenhum um dia vai mudar.
The absence of virtue is claimed by despair






Responda-o
#3
@Awaken, de primeiro momento, lhe agradeço pela confiança em ler e comentar (...com propriedade!) tão assertivamente a proposta desta postagem, a qual lhe peço consentimento para destacar duas citações suas do seu próprio tópico findo (...fantástico como sempre!) que me chamaram muito a atenção e vão de encontro ao que eu quis trazer com este.

(...)

Citação:É daí que surge a nova geração de homens que me preocupa, uma geração de homens que simplesmente desistiu, desistiu de ser para apenas ter.

(...)

Citação:A geração que diz "faça o que der na telha" precisa ouvir mais "tenha coragem em se posicionar", a lógica do sacrifício está na promoção do bem, é isso que move policiais, o exército, e é o que deveria reger todo o desenvolvimento.

(...)

Este texto eu tinha o tinha guardado de muito tempo, desde a época do início da minha primeira graduação, e sim, embora soe como um conglomerado de "auto ajuda", achei pertinente trazê-lo para cá e reforçar esta proposta do empenho árduo.

Quero também aproveitar o ensejo para citar com muito respeito e admiração o confrade @Ares nesta ocasião, pois ele também já vem falando sobre isso com muita sensibilidade e propriedade.

Um Forte Abraço!
Responda-o
#4
O que eu percebo de uma maneira em geral é que as pessoas preferem ficar na zona de conforto reclamando da vida, é muito fácil apontar o dedo na cara dos outros, vide o bordão "mandando a real", culpando o mundo, "toda mulher é vagabunda", procurando soluções fáceis, drogas, anabolizantes, fanatismo político e religioso, do que simplesmente levantar a porra da bunda e fazer alguma coisa. 

[Image: DqrXPM5X4AEzcfn.jpg]

Esse ano foi o que eu mais participei e contribui com esse fórum, é claro que eu também fui beneficiado e ajudado pelos confrades, entretanto vejo que o fórum é um micro-universo do mundo cotidiano que nos cerca e aqui vemos constantemente um bando de chorões, a real é nada mais nada menos que estoicismo re-envelopado em uma linguagem huehue br, mais mesmo a "real" se torno uma fuga e mesmo a "real" se torna matrix para aqueles que não estão dando 100%. 



[Image: DiYgs-PXUAIUuUf.jpg]

O nosso destino não é apenas ser vítima das circunstâncias, não é apenas ficar parado enquanto um caminhão vem nos atropelar, o que eu vejo aqui é muita gente se escondendo dos seus próprios fantasmas eu prego dentro da minha ideologia que você deve jogar luz em todos os seus medos e conflitos interiores, o que eu vejo é que a nossa cultura nos propicia a sermos um bando de covardes, tudo esta favorável a zona de conforto mais infelizmente não tem saída no final só sobra você e o caminho a ser seguido e para isso é preciso coragem, humildade e trabalho duro, o resto é só choradeira.

[Image: Metodo-DeRose-A-Parabola-Do-Lenhador.jpg]

The End !
Spoiler Revelar
"Sou reacionário. Minha reação é contra tudo que não presta." Nelson Rodrigues

“O Marx é uma besta”. Nelson Rodrigues

“O grande acontecimento do século foi a ascensão espantosa e fulminante do idiota”. Nelson Rodrigues

“O socialismo ficará como um pesadelo humorístico da História”. Nelson Rodrigues
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)