Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[REFLEXÃO] Pt. 2 - O que você precisa saber sobre relacionamentos
#21
(15-01-2021, 11:52 AM)Fernando_R1 Escreveu: Opa jovem

O voltar para ex é complicado porque quando uma parada está legal ninguém termina nada e aliás a sua ex-namorada poderia estar ciscando em outro terreiro, o esquema dela deu errado e ela resolveu voltar ... o drama, o choro e os lamentos, em grandíssima parte dos casos, são lágrimas de crocodilo usadas apenas para sensibilizar o homem.
Esse negócio de termina e volta, tapas e beijos, nada mais é do que a dama testando os limites do mandrião.

Se houve término foi por um bom motivo. Um homem deve refletir sobre suas ações e decisões. Se vai terminar, que seja para nunca mais voltar, termine por motivos claros e concretos.
Agora que voltaram, ela sabe que sempre pode chorar que em um mês ele a aceita de volta, sua palavra não tem peso. Só posso julgar pelos fatos que foram apresentados e ninguém aqui pode agir pelo rapaz, mas eu também não vejo esse tipo de situação com bons olhos.

Como o Troglodita disse, esteja ciente que seu castelo de areia pode desmoronar a qualquer momento - ou não. Mas minha recomendação, e quem tem ouvidos ouça, é pensar melhor antes de agir. Tomar decisões por impulso fica reservado às mulheres movidas pelas emoções e para os juvenis inexperientes.

A vida não perdoa, errou? Irá pagar pelo erro com juros e correções.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#22
@Héracles Plantou a semente da discórdia e vazou kkkkkkk Pelo que eu to vendo o pessoal não gostava muito do meu chará.

@Fernando_R1 Sim, é complicado, foi uma decisão que pensei muito antes de tomar. Acho que os riscos seriam os mesmos de qualquer outra relação, estaremos sempre sujeitos à isso.

@Bastardo Fico feliz que tais comentários te deram mais hombridade e te fizeram evoluir. Porém cada caso é um caso e cada cachorro que lamba sua caceta.

@Gorlami Jamais recomendaria um confrade à voltar com ex também, porém como eu disse, tive meus motivos e creio neles. Houve um bom motivo sim para o término porém hoje esse motivo que resultou num problema já foi resolvido. Como eu disse, minha namorada é fiel e uma garota bacana, porém tenho total ciência de que pode dar errado como em qualquer outro relacionamento, caso dê estarei pronto para pagar pelo meu erro. No momento estamos bem.
Responda-o
#23
(15-01-2021, 01:53 PM)Shelby Escreveu: @Gorlami Jamais recomendaria um confrade à voltar com ex também, porém como eu disse, tive meus motivos e creio neles. Houve um bom motivo sim para o término porém hoje esse motivo que resultou num problema já foi resolvido. Como eu disse, minha namorada é fiel e uma garota bacana, porém tenho total ciência de que pode dar errado como em qualquer outro relacionamento, caso dê estarei pronto para pagar pelo meu erro. No momento estamos bem.

Vamos ver como essa frase envelhece. No seu caso, boa sorte, não tenho nada a acrescentar.

Mas aos demais que lerão este tópico, lembrem-se:

“Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida.”
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#24
Anotem aí.

Você ta namorando com a guria que é um CU, não tem sexo, te faz de capacho, te humilha e os cacete a quatro.

Ai tu "se desenvolve" e volta com a mesma guria ?

ORRA ta maluco ? Tem um milhão de garotas por aí e tu volta com a mesma que te tratava mal ?

O que ganhou com isso ? Uma pessoa que te respeita, te dá e o que mais ? orra isso você tem de qualquer uma...

Isso é MANGINISMO CRONICO AGUDO de vira lata... não querer se envolver e tal com a meninas da faculdade é DESCULPINHA, tu que não teve coragem de tocar a vida e voltou de quatro para a EX.

Uma vez EX nunca mais tu olha na cara, volta a conversar, falar, olhar facecu, instagram e cia.*

Seja homem, terminou pra que ? PRA VOLTAR evoluído ? Pra dizer que manda?

Muito bonito dizer mas na prática não serve pra nada.

*OBS para os paspalhos.

Existe uma e somente UMA exceção no caso da pessoa ser mãe do seu(s) filho(s).
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#25
(15-01-2021, 08:13 PM)Bean Escreveu: Anotem aí.

Você ta namorando com a guria que é um CU, não tem sexo, te faz de capacho, te humilha e os cacete a quatro.

Ai tu "se desenvolve" e volta com a mesma guria ?

ORRA ta maluco ? Tem um milhão de garotas por aí e tu volta com a mesma que te tratava mal ?

O que ganhou com isso ? Uma pessoa que te respeita, te dá e o que mais ? orra isso você tem de qualquer uma...

Isso é MANGINISMO CRONICO AGUDO de vira lata... não querer se envolver e tal com a meninas da faculdade é DESCULPINHA, tu que não teve coragem de tocar a vida e voltou de quatro para a EX.

Uma vez EX nunca mais tu olha na cara, volta a conversar, falar, olhar facecu, instagram e cia.*

Seja homem, terminou pra que ? PRA VOLTAR evoluído ? Pra dizer que manda?

Muito bonito dizer mas na prática não serve pra nada.

*OBS para os paspalhos.

Existe uma e somente UMA exceção no caso da pessoa ser mãe do seu(s) filho(s).

Novamente, tive meus motivos e hoje estou de boa com meu relacionamento. Estou tranquilo, faço minhas coisas, continuo malhando, estudando e trabalhando, levando a vida numa boa, sem grandes preocupações. Tudo que você falou aí faz sentido e não aconselharia ninguém a voltar com ex, foi um risco que eu escolhi assumir.


E não estou com ela somente pra mostrar que eu mando, caso fosse isso estaria nessa apenas para inflar meu ego. O que eu quero é curtir e aproveitar momentos e experiências, como estou fazendo. Já não vale de nada ficar olhando pro passado e procurar aonde eu errei ou acertei. foco apenas em ser melhor no presente.
Responda-o
#26
já que a parte 1 foi upada, estou upando a parte dois destes breves disparos.
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#27
O mais importante não é como se portar num relacionamento ou saber dos joguinhos, mas sim como escolher uma mulher para se relacionar, isso sim é o mais importante. Nós, que estamos nesse universo da "real", sabemos de cabo a rabo como se portar num relacionamento, e se nós betarmos numa hora vai ser totalmente consciente porquê nós sabemos o que fazer e o que não fazer. Por exemplo, 70% do que foi dito aqui tá nos livros do NA... 

Agora, você estudar e olhar profundamente nas atitudes que sua futura namorada está tendo eu duvido que 50% dos caras aqui fazem isso. Alguns vem aqui ou em qualquer outro fórum e só pelo estilo que a mulher dele tem e se porta você se pergunta como que esse confrade iniciou um namoro com ela? Enfim!! 

O mais importante, SABER escolher sua futura namorada. 

Segunda coisa mais importante antes de um relacionamento que você entre der merda. Se pergunte, você está preparado? Mentalmente? Essa pergunta você deve fazer a si mesmo porque eu tenho certeza que muitos de nós aqui chegamos a um ponto de criar uma blindagem para entrar em qualquer relacionamento, pois o quanto nós chegamos a estudar sobre as mulheres e aprendemos sobre elas chega a um ponto de você querer ficar com elas simplesmente por pura vontade natural de coito. Então faça essa pergunta a si mesmo e eu digo isso porquê aconteceu comigo. 

Galera pode discordar, mas se você souber escolher uma mulher pra satisfazer suas necessidades naturais de coito, resenhar com ela, viajar, se divertir, que seja madura( isso é raro hoje em dia), que te deixe viver e ter seu tempo, que não te incomode e etc...  Juntando tudo isso, vai ser algo bom para você mesmo e você vai saber balancear isso, mas para isso, antes de tudo, você precisa aprender a escolher uma mulher. 

Sobre voltar com ex, hoje em dia depende do motivo. Meses atrás eu iniciei um namoro com uma mulher muito gente boa e digo a vocês, foram 6-7 meses ótimos que ela não me incomodou em NADA, absolutamente nada. Não tive um prejuízo financeiro, ela era herdeira afinal, o sexo era nota 10, me apoiava nos meus hobbies e objetivos, me dava presentes na mesma medida que eu dava a ela, ... Enfim, era ótimo, mas eu por pura safadeza, vontade de comer outras que nesse meio tempo estavam me aperriando e também por motivos próprios de estar me sentindo sufocado, como se fosse vontade de estar sozinho e aproveitar a própria companhia, terminei com a mesma por um motivo fútil que dava para ser resolvido conversando. Por fim, passaram alguns meses, comi papo de MUITA mulher, muita mesmo. Nenhuma delas transava no nível da minha ex e papo de 80-90% era imatura demais. Saí com mulheres de 26, 29, 18, ... Nenhuma tinha um portifólio bom para você levar o relacionamento pra frente, sabem? O mundo hoje tá complicado. Minha ex mandou mensagem pra mim um dia, o término não foi com brigas nem nada, ela chorou e etc, mas não me ameaçou ou aperriou. Decidi conversar com ela e esclareci diversas coisas, e hoje estou junto com ela novamente. Se eu balancear e ver que não está dando mais certo, termino, não tem problemas, temos que ser apegados a nós mesmo e não a outras pessoas.
Responda-o
#28
Um tópico bem interessante e engraçado de ler.

Passei por várias delas. Faz parte, o ser humano é feito de erros e acertos. Yaoming
Responda-o
#29
Seria engraçado voltar aqui e ler o rapaz chorando as pitangas pq deu ruim. Yaoming
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#30
(01-12-2021, 09:50 AM)Trglodita Escreveu: Seria engraçado voltar aqui e ler o rapaz chorando as pitangas pq deu ruim. Yaoming

Já que tu resolveu tocar no assunto... Passei por muitas coisas esse ano, por sinal bem ruins, sai de um bom emprego, sofri um acidente de carro, morei sozinho, precisei me mudar de cidade, enfim, aos poucos estou me reerguendo e quem sabe um dia isso renda um bom tópico. Ela me apoiou em todos os momentos citados anteriormente. Hoje não estamos mais juntos. Resolvi terminar pois a família dela começou a colocar o dedo no relacionamento e eu acabei tendo uma discussão com o pai dela. A discussão resultou numa situação em que ela possuía duas escolhas.

- Defender o lado do pai (O que resultaria no término, pois o pai dela me desrespeitou).
- Concordar comigo (Continuaria a relação e deixaria ela se resolver com o pai).

Ela escolheu defender o pai e usar o famoso joguinho de inverter a culpa para mim, nesse exato momento terminei a relação. Isso aconteceu já fazem alguns meses.

Não me arrependi em nenhum momento de nenhuma escolha tomada de minha parte, aprendi muito com tudo isso e pude colocar em prática muitas coisas aprendidas com a Real. Certamente estarei mais preparado para um próximo relacionamento.
Responda-o
#31
Temos um exércitos de Shelby no fórum kkkk.

Bom, no mais é isso.

Se tentou fazer o jogo de reversão de culpa, fez bem em terminar.
E outro ponto, brigar com o pai dela é uma situação irreversível praticamente... o relacionamento já começa na premissa errada.

A mina vai tentar tirar sua liberdade sob a eterna alegação de que "já sacrificou muito pelo relacionamento"...

Ai fodeu, você vira refém.

Segue a vida...
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#32
2 no Bandeirante.

O pior que já ocorreu algo parecido comigo também. Uma merda completa.
Responda-o
#33
Quando a família da moié é contra, tudo será muito mais delicado e problemático.

Melhor pular fora logo no início.

No começo o instinto de merda aventureiro em busca de emoções vai falar mais forte. Mas depois já era. Não dura, é igual quando se envolvem com vagabundos.
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#34
Quando a família é contra, qualquer possibilidade mínima de convívio com a donzela será grandemente afetada, mesmo que ela escolhesse de ficar ao seu lado na questão do pai, em certo tempo algo poderia se desgastar
Responda-o
#35
(16-12-2021, 02:05 PM)Shelby Escreveu:
(01-12-2021, 09:50 AM)Trglodita Escreveu: Seria engraçado voltar aqui e ler o rapaz chorando as pitangas pq deu ruim. Yaoming

Já que tu resolveu tocar no assunto... Passei por muitas coisas esse ano, por sinal bem ruins, sai de um bom emprego, sofri um acidente de carro, morei sozinho, precisei me mudar de cidade, enfim, aos poucos estou me reerguendo e quem sabe um dia isso renda um bom tópico. Ela me apoiou em todos os momentos citados anteriormente. Hoje não estamos mais juntos. Resolvi terminar pois a família dela começou a colocar o dedo no relacionamento e eu acabei tendo uma discussão com o pai dela. A discussão resultou numa situação em que ela possuía duas escolhas.

- Defender o lado do pai (O que resultaria no término, pois o pai dela me desrespeitou).
- Concordar comigo (Continuaria a relação e deixaria ela se resolver com o pai).

Ela escolheu defender o pai e usar o famoso joguinho de inverter a culpa para mim, nesse exato momento terminei a relação. Isso aconteceu já fazem alguns meses.

Não me arrependi em nenhum momento de nenhuma escolha tomada de minha parte, aprendi muito com tudo isso e pude colocar em prática muitas coisas aprendidas com a Real. Certamente estarei mais preparado para um próximo relacionamento.

A experiência que se tira disso vale muito, ainda mais que, ao que parece, você não teve prejuízos irreversíveis obtendo-a.

E família de muié é sempre um problema, e piora quando o homem não se impõe.

No mais, melhoras pra sua vida, muié é sempre o menor dos problemas.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [REFLEXÃO] O mínimo que você precisa saber para não ser um paspalho Héracles 19 6,819 07-07-2018, 11:21 PM
Última Postagem: gRILO
  [REFLEXÃO] Um homem precisa saber se defender de VERDADE Insight 20 3,416 19-06-2018, 11:00 AM
Última Postagem: Fernando_R1

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)