Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[DÚVIDA] Como superar o medo de entrar em conflito com alguém?
#21
Continue assim, e veja sua namoradinha te abandonar (ou te tornar um cuck), veja suas vitórias profissionais indo para outras pessoas, veja seus colegas de trabalho cagarem na sua cabeça, veja seus amigos sumirem ou te explorarem como um caixa eletrônico com pernas. Prossiga com esse comportamento e veja seus parentes dizerem na sua cara o quão fracassado você é.

Quer evitar tudo isso? Então trate de mudar a SUA postura o quanto antes, ninguém gosta de homens frouxos que culpam o mundo ou procurar a saída mais fácil. Maquiavel já deu a letra: FAÇA O QUE FOR PRECISO! Ser conformista é deixar o destino te levar pouco a pouco pro buraco e não fazer nada pra mudar isso.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#22
Tu tem medo de entrar em conflito com alguém ou tu tá em busca de melhor aceitação?

Não vai ser com psicólogos que tu vai resolver teu problema, tenha certeza disso!

Pessoas prestativas são usadas sem dó!
Responda-o
#23
Também já fui assim e posso dizer dentre as respostas, que irá ter que sair da zona de conforto e lutar consigo mesmo. Foi o que fiz e me trouxe grandes resultados. Reinvente-se. Não seja mais o mesmo TROUXA de antes. Não tem segredo. Pode demorar mas gradativamente evoluirá. Também concordo com relação ao psicólogo, economize seu dinheiro.
Responda-o
#24
A baleia azul é o maior mamífero do planeta, pesa mais de 160 toneladas e emite um som que é superior ao emitido por aviões a jato, é dócil feito um colchão d'água, em contrapartida, o dendrobates azureus, minúsculo como uma moeda de 5 centavos, tem uma toxina que pode lhe matar a um simples contato de pele. A diferença física entre esses dois animais é absurda porém, a baleia azul quase entrou em extinção por conta da caça ilegal no Pacífico, já a família de rãs dendrobateaes, consegue ser mais temida que um agrupamento mútuo de entidades demoníacas. Você consegue retirar algum insight disso?

 Tu precisas se empertigar, as malfazejas sociais sempre existiram e sempre existirão, cabe a tu, o próprio, mudar o semblante atual e aceitar as incumbências, colocando o "pau na mesa". O mundo externo é apenas o reflexo do teu mundo interno, o "visível" só existe por causa do "invisível", ambos se complementam, é como uma árvore, tu não enxergas a semente( o "invisível"), contudo, posteriormente, avista sem grandes embaraços, o caule, as folhas, os frutos ( o "visível), e esse é o padrão de comportamento mental, seus pensamentos são tão turvos que lhe retiram o "moral". Os outros não lhe desrespeitam, você mesmo o faz, eles apenas o imitam, seu descontentamento é consigo mesmo não com o próximo.

 Pensamentos geram sentimentos, que geram ações, que geram resultados, e esse é o típico e previsível padrão utilizado pela mente, se te desrespeitam, tudo é por conta de tua própria aquiescência. O modo como tu se enxergas, determina o modo como tu serás, não adianta mudar o que os outros veem, tu tens que mudar o que eles não veem, o "invisível", pois só assim terá de fato superado essas vicissitudes "cotidianescas", não é questão de "tamanho" ou mesmo "força", respeito é diferente de temor, ninguém respeita o submisso, nem o fraco, nem o derrotado, não que seja o teu caso, não importa, tu mesmo tens a resposta na mente. A questão é mais profunda, até quando irá tolerar esse tipo de comportamento partindo de si mesmo? Até quando irá permanecer atuando nos mesmos padrões malogrados de sempre?

 Tenha uma vida própria, delegue extenuações alheias, bem como pressões, tensões, desassossegos ou qualquer outro imbróglio que não lhe pertença. Redefina os limites de sua "atenção" ou de seu "desvelo" e limite o tempo disponível para essas pessoas "apedeutas", aproveitando para cultivar hábitos edificantes que lhe causarão o aumento da estima e do prestígio individual, não que seja o seu caso *2, mas a estima de um homem é diretamente proporcional a quantidade de projetos a qual ele está envolvido, tu estás envolvido em quantos? Não adianta reclamar, de nada adiantará, se está descontente com a própria vida, erga as mangas e arranja-te já, um jeito de mudá-las, o que não dá é reclamar de terceiros enquanto o problema faz morada dentro do teu próprio "eu interior".

 Alguns livros que poderão te ajudar:
48 Leis do Poder
Como convencer alguém em 90 segundos
A Arte de Argumentar - Gerenciando Razão e Emoção
O Magnetismo das Relações Sociais - Nessahan (Leitura obrigatória)

 Eu recomendaria que iniciasse nos estudos da Linguagem Corporal, nem que seja apenas de forma superficial...

 

 
OFF TOPIC- Você paga para desabafar com pessoas que apenas lhe inundam de perguntas e mais perguntas, ofertando conselhos rasos, superficiais e previsíveis ao ponto que poderiam ser recebidos de graça e sem grandes transtornos em qualquer esquina fétida de qualquer cidade do mundo? Você paga para desabafar com pessoas que  já  lhe estipulam os valores da próxima consulta, antes mesmo de tu terminar de desabafar?
 

Responda-o
#25
Seja homem !
"O primeiro passo para chegar em algum lugar, é decidir que você não quer ficar mais onde está "
Responda-o
#26
Leia "Não mais um cara bonzinho".

https://www.ronaud.com/download/Robert-G...tugues.pdf

O resto depende de você parar de ser trouxa, eliminar essa necessidade de aceitação e aprovação. Quanto mais o homem se abaixa, mais fica com a bunda de fora.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#27
Tenho um amigo que vive fazendo trabalhos da faculdade pra uma mulher.
Até em provas ele ajuda ela. Ela liga pra ele através da chamada de voz do whatsapp, e ele em casa fica passando as respostas pra ela.

Depois ele fica reclamando nos meus ouvidos que ela fica importunando ele, porque ela fica tomando o tempo dele com essas coisas, mas ele não toma atitude alguma pra dar um basta nessa situação.
Deixou ela montar nas costas dele uma vez ai já viu né....

Detalhe: eu esse meu amigo e essa mulher trabalhamos na mesma empresa.
Ela é uma mulher muito atraente, e acredito que meu amigo sofre de uma mistura de passividade e medo de dizer não com manginisse.
Ela tem um namorado, agora eu me pergunto.. Porque diabos ela não pede pro namorado ajudar ela nessas coisas ?? Porque tem o trouxão do meu amigo pra ajudar ela.

Inclusive ela já veio querer montar em mim pedindo ajuda com esses trabalhos de faculdade e tentou jogar alguns serviços dela pra cima de mim. Cortei ela no talo e não deixei criar raízes. A cara feia e o confronto são quase que iminentes mas faz parte do processo.
única maneira de vencer isso é indo pra cima confrontando e dizendo NÃO.
Responda-o
#28
Imagino que vc também seja acostumado a se explicar por tudo certo?

do tipo que nem necessita relatar algo mas vc se explica sempre: "me atrasei pq tinha muito trânsito sabe e tbm aquele elevador demora pra subir, sabe como é etc etc"

sempre avisando coisas bobas tipo "vou ali tomar água e já volto rapidinho"

acertei?
Responda-o
#29
Confrade, você parece sofrer com o medo de rejeição. Isso é comum por quem passou por traumas infantis como divórcio dos pais, crescer sem um dos genitores por perto. Sofrer traumas relacionados a alienação de determinados grupos sociais que você fez parte como igreja, escola, trabalho.
No subconsciente, dizer "não" te faz conjecturar retornar à passar pela perda ou alienação novamente. Por isso você ser tão submisso a sua namorada, pois também tem medo de perde-la por um simples "não".
Outra coisa, já tive um relacionamento de 1 ano e 8 meses com uma psicóloga. Ela era a última mulher que eu pediria conselhos pra qualquer coisa. Te garanto que está jogando teu dinheiro fora. Use o dinheiro da psicóloga pra investir em você de outras formas como Fazer academia, um curso profissionalizante ou alguma arte marcial.
Responda-o
#30
Cara eu também sou assim,não vou mentir!

Um cardiologista me disse algo que nunca esqueci.Estava comentando com ele sobre isso e olha o que ele me disse:

"QUANDO VOCÊ DIZ UM SIM PARA UMA PESSOA,VOCÊ ESTÁ DIZENDO UM NÃO PARA VOCÊ MESMO!
"O mundo é perigoso não por causa daqueles que fazem o mal,mas por causa daqueles que vêem e deixam o mal acontecer!" (Albert Einstein)
Responda-o
#31
cara, começa a se forçar a dizer uns "nãos". Eu já disse muito sim por comodismo, relaxamento, querer agradar. Agradar não é crime mas se tu SÓ DIZ "SIM" SEMPRE aí você se perde e pode acreditar: vai ficar triste atoa. Diga logo um NÃO à alguém
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [REFLEXÃO] Como lidar com o medo da perda de um ente querido? Joanna opressora 6 1,320 28-02-2019, 10:07 AM
Última Postagem: Trglodita

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)