Avaliação do Tópico:
  • 17 Voto(s) - 2.76 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Seção Nelson Rubens - Notícias Diversas
Ah, o judiciário brasileiro.... 

O mais nababesco do mundo, sustentado com o dinheiro dos trouxas pagadores de impostos contribuintes.

Existe classe mais socialmente inútil que essa? 
E pensar que nos meus tempos de gado já pensei em prestar concurso para isso!  Facepalm
Responda-o
Uma mulher foi presa em flagrante pela Polícia Militar (PM), na última sexta-feira (20), por injúria racial, lesão corporal e homofobia contra funcionários e clientes de uma padaria na Zona Oeste de São Paulo. Um vídeo que circula nas redes sociais a mostra ofendendo uma funcionária do estabelecimento comercial e agredindo um dos clientes (veja acima).

O caso ocorreu no Dia da Consciência Negra numa unidade da Dona Deôla, que lamentou o episódio em sua página no Instagram e classificou o ato como "repugnante" (veja abaixo a íntegra do comunicado). A Polícia Civil investiga o caso depois que duas vítimas registraram boletim de ocorrência contra a agressora no 91º Distrito Policial (DP), Ceasa.

Procurada neste domingo (22) pela reportagem, a advogada Lidiane Brandão Biezok, de 45 anos, se defendeu, alegando que foi provocada por dois clientes quando estava comendo um sanduíche. Disse que reagiu, admitindo que se excedeu e usou inclusive termos homofóbicos contra eles. A mulher ainda afirmou que não tem nada contra gays. E negou que tenha utilizado termos racistas contra as pessoas da padaria.

"Eu não tive a mínima intenção em ofender ninguém. Eu me senti acuada, me senti uma vitima ali de uma situação que eu não tinha como sair. Fui agressiva e estúpida mas não tenho nada contra homossexuais. Peço desculpas", falou a advogada.
A reportagem também não encontrou as vítimas para falar do assunto.




Treta do Politicamente correto

1-Feminista mal amada e  aparentemente embriagada  após um dia sem atenção de alfas.

2- Funcionários que se acham oprimidos pela cor da pele,  função e opção sexual

3- Bichas querendo causar provocando e querendo serem vitimas afim de chamarem atenção e consolidarem narrativas.

NO BRASIL TUDO GIRA EM TORNO DISSO.... Big Grin







[Image: e9641875a1994d0ba62f08a8a100f720.gif]
Telegram é o último reduto da liberdade de expressão.
Responda-o
ADORO quando tem tretas ENTRE os grupos de "minorias oprimidas".
Quem tem a carta de super-trunfo-das-minorias mais forte?

Negros
Gays
Feministas
Menor infrator (vítima da sociedade)
Nordestino (esse é bem fraquinho hoje em dia)
Mais um monte que não lembro

Provavelmente quem tem mais de uma carta, tipo lésbica-negra ou menor-gay... kkk
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Noticias de minuto Gangster 0 235 10-07-2019, 01:39 PM
Última Postagem: Gangster

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 3 Visitante(s)