Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Como se organizar pra concurso trabalhando num ambiente não rotineiro?
#21
Se eu fosse você sairia das forças armadas e focaria nos estudos. 

A experiência que você tem aí só vai servir para se certificar se é isso ou não que você almeja para a sua vida. 

Você tem que botar na sua cabeça que tem só mais duas chances de entrar na EsPCEx e só mais três chances de entrar na EN. Se eu fosse você cairia fora daí e estudaria igual um cavalo para entrar como OFICIAL.

Depois não adianta chorar o leite derramado. 

Olha o quão ridículo é o soldo de um soldado comparado aos oficiais (aspirante à oficial para cima): 

Spoiler Revelar
[Image: tabela_de_soldos_militares_2016.jpg]
Em tudo dai graças.

Responda-o
#22
(05-10-2017, 02:05 PM)Tyler Durden Escreveu:
(03-10-2017, 11:23 PM)Baralho Escreveu: E do concurso, nada de informação.

 O que você quer saber? eu fiz a prova, foram dois dias de exame que ocorreram no sábado e no domingo, dia 30 e 1° deste mês, 1° dia foi Português, redação, química e física e no 2° teve Matemática, Inglês, História e Geografia, se não me falhe a memória foram 100 questões e todas de múltipla escolha, a prova é muito bem elaborada, gostei bastante embora tenha feito apenas como simulado para o concurso que realmente quero, o tema da redação foi "A reintegração social do preso no Brasil" tema este que caiu subliminarmente em várias questões de interpretação textual, com relação ao tempo de prova creio ser de 4 horas e meia não lembro bem pois cheguei bem cedo por volta de 12 horas, os portões fecham as 12:30, no mais é isso, se quiser saber algo em específico só perguntar que eu ou o próprio Chivunk que tem mais experiência no ramo de concursos militares responderemos, abraço.

O post havia sido dirigido ao Chivunk que não tinha esclarecido se havia feito ou não a mesma prova que o confrade prestou.

Mas valeu pela explicação assim mesmo.  E boa sorte na convocação.
Responda-o
#23
(05-10-2017, 09:39 PM)Monarca Escreveu: Se eu fosse você sairia das forças armadas e focaria nos estudos. 

A experiência que você tem aí só vai servir para se certificar se é isso ou não que você almeja para a sua vida. 

Você tem que botar na sua cabeça que tem só mais duas chances de entrar na EsPCEx e só mais três chances de entrar na EN. Se eu fosse você cairia fora daí e estudaria igual um cavalo para entrar como OFICIAL.

Depois não adianta chorar o leite derramado. 

Olha o quão ridículo é o soldo de um soldado comparado aos oficiais (aspirante à oficial para cima): 

Spoiler Revelar
[Image: tabela_de_soldos_militares_2016.jpg]

Sim. O que mata na condição de soldado são os serviços. Ainda mas quando você acaba de se formar e sua turma é a mais nova do batalhão. Tudo de ruim a gente entuba -- impossibilitando conseguir estudar 100% todos os dias. 

Só estou esperando chegar fevereiro pra dar a baixa. Se pudesse dar baixa hoje, daria. O problema é que tem que cumprir o ano obrigatório. 

Mas da profissão, do militarismo em si, já tenho certeza de que é o que quero. Entrei só pra sentir a experiência de ser soldado -- de se fuder bastante tirando serviço, ouvindo merda de cara que não sabe um terço do que tu passa nos serviços... enfim..

Se Deus de fato me conceder a oportunidade de ser oficial, terei a consciência e a sabedoria de saber tratar um subordinado... Pois já vivenciei tudo o que ele estará vivendo.

Às vezes é foda senhores, psicológico abala... vontade de jogar tudo pro alto e mandar todo mundo pra puta que pariu é o que não falta.

Só não o faço pra não me arrombar, não tomar uma punição fudida e acabar me arrebentando de vez e perdendo minha futura carreira.

Mas é isso... dando o fim nesse tópico -- já decidi que vou dar baixa. 

Já estou com uns planos de conseguir dinheiro. Como eu fazia há algum tempo, importando roupas dos EUA.. etc.

Agradeço à todos que se dispuseram a falar algo e dar alguma ideia.
Responda-o
#24
Ok, apenas tome cuidado para quando chegar Fevereiro não odiar a profissão de militar e depois ficar de mimimi nos estudos.

Aprenda a usar todos os pontos, mesmo os negativo, a seu favor, não sei se é apenas a forma de escrever no fórum ou se realmente você quer dar essa impressão(ó vida, ó ceus) para os outros como uma possível desculpa para o futuro.

Agora um clichê: A vida não é um mar de rosas. Saiba que se você não estivesse ai estaria se fodendo em outro lugar, isso não é algo exclusivo para com você.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#25
Eu acho engraçado quando o pessoal comenta que quando ser oficial vai tratar de forma diferente os recrutas. Hoje vocês vivem na época do leite com pera, dos direitos humanos... não posso garantir, mas minha intuição diz que antigamente o trato com os recrutas deveria ser bem pior.

Galera que vai servir o exército tem que entender que vai ser preparado para as piores situações possíveis, não para ficar em um escritório grampeando papel. No exército você tem que se preparar para a GUERRA, independentemente da possibilidade dela acontecer ou não. O que é um stress psicológico da hierarquia comparada com o de uma guerra?
Em tudo dai graças.

Responda-o
#26
(09-10-2017, 09:19 PM)Monarca Escreveu: Eu acho engraçado quando o pessoal comenta que quando ser oficial vai tratar de forma diferente os recrutas. Hoje vocês vivem na época do leite com pera, dos direitos humanos... não posso garantir, mas minha intuição diz que antigamente o trato com os recrutas deveria ser bem pior.

Galera que vai servir o exército tem que entender que vai ser preparado para as piores situações possíveis, não para ficar em um escritório grampeando papel. No exército você tem que se preparar para a GUERRA, independentemente da possibilidade dela acontecer ou não. O que é um stress psicológico da hierarquia comparada com o de uma guerra?

Não é questão de tratar bem. Mas certas surubações que nada tem a ver não vejo necessidade.

Por exemplo: dia de serviço no RJ, sol de 50 graus na cabeça, estralando TUDO. Você já está surubado com a porra do colete, gandola e tudo o que lhe é previsto portar. Até aí OK.

Mas por exemplo, tem oficial que não deixa o cara levar ÁGUA pro posto. E faz isso só pra fuder o cara mesmo. 

Tem oficial que não gosta de soldado e faz de tudo pra atrapalhar o serviço ou o que puder do cara.
Responda-o
#27
(09-10-2017, 09:10 PM)Bean Escreveu: Ok, apenas tome cuidado para quando chegar Fevereiro não odiar a profissão de militar e depois ficar de mimimi nos estudos.

Aprenda a usar todos os pontos, mesmo os negativo, a seu favor, não sei se é apenas a forma de escrever no fórum ou se realmente você quer dar essa impressão(ó vida, ó ceus) para os outros como uma possível desculpa para o futuro.

Agora um clichê: A vida não é um mar de rosas. Saiba que se você não estivesse ai estaria se fodendo em outro lugar, isso não é algo exclusivo para com você.

Não, Bean. Não vejo necessidade disso. 

É e está sendo doído estudar e fazer tudo isso, mas quem não faz? No meio civil tem gente na mesma merda que eu, eu só estou no lado militar. Tenho que me virar e dar meu jeito de estudar independente do que aconteça. 

E é o que estou fazendo. 

Já assinei umas plataformas onlines, enfim... to comprando um material ou outro que falta e to estudando.
Responda-o
#28
Esse é o caminho, os estudos requerem dedicação, persistência e muito foco. Sobre plataformas onlines, fica essa sugestão de tópico:

https://legadorealista.net/forum/showthr...p?tid=1851

Um pequeno conselho é no caso de aplicar o dinheiro em material de estudos.

Livros, cursos, apostilas, revistas, livros e sites, necessitam de ser bem adequados e selecionados com muito, MUITO CRITÉRIO, pois dinheiro não sai da impressora, é um bem escasso.

Bons estudos.
Responda-o
#29
Chivunk,
Estudar para um concurso como a EsPCEx nesse ambiente é complicado. São 7 matérias de conteúdo muito extenso.
Na sua posição, mesmo com a pressão de ver minha mãe ralando pesado, daria baixa no fim do ano obrigatório e focaria todos os meus recursos na aprovação. É difícil, mas é necessário.

O que eu posso te passar sobre o concurso:
Todo o material ideal para estudar está na internet. Eu começaria procurando pelos que estão na bibliografia do concurso (ver a mais atualizada) e ver os que são mais didáticos (Iezzi em matemática, Tópicos ou Fundamentos de Física etc). Se tiver alguém que possa imprimir para você no quartel, melhor ainda, pois numa papelaria a média para encadernamento é 70 reais por livro.

Foque em qualidade e não em volume. Melhor saber muito sobre algumas matérias do que pouco sobre várias, pois as questões abrangem muitos conceitos de uma vez, mas de forma profunda.

Humanas se estuda com resumos e fichamento.

Deixe para resolver as questões de prova depois que tiver uma base considerável (3 ou 4 meses antes da prova, as últimas em forma de simulado). NÃO tente aplicar "engenharia reversa", isso não funciona em questões militares de ensino médio.

Muito exercício. Sempre. Principalmente as matérias que utilizam fórmula, para não esquecê-las.

Tenha um caderno ou fichário com o resumo do resumo.  Forma geométrica - fórmulas; Nome da revolta - Onde foi - Quem participou - O que reivindicava.

Alcançar seu objetivo é o que importa. Não importa se você fez uma potência no braço ou se você carteou uma questão. O que importa é a farda, e no seu caso, o orgulho que sua mãe vai sentir ao te ver com a platina no ombro.

Abraço e sorte.
Força e Honra!
Responda-o
#30
Fala confrade,

Já passei pela experiência de fazer concurso para a EsPCEX, na ocasião fiquei na lista de majorados e não fui chamado por míseros 0,09 pontos, ou seja, uma questão de matemática que acertasse eu estaria dentro.

Sobre a preparação, não tem choro, não espere você sair da FAB para começar a estudar, estude HOJE!
A prova da EsPCEX não é uma coisa de outro mundo e não possui nota de corte tão alta quanto EN, logo, se você se dedicar de verdade as chances de aprovação serão altas.

Quando prestei a prova o meu foco era EN ou engenharia em alguma federal, mas eu estudava meio nas coxas, dava o gás em um dia e ficava 2 sem estudar, focava muito em musculação, enfim, fui cabaço. Mesmo assim ainda fui classificado, e olha que sempre estudei em escola pública, nunca fui nenhum nerd.

Então, comece a estudar agora, bota a bunda na cadeira, otimize o seu tempo, faça pausas de 15 min a cada 1 hora de estudo para refrescar!

A medida que for avançando nas disciplinas vá fazendo exercícios do concurso, o exército costuma repetir MUITA questão de concursos antigos e cobra, na maioria das vezes, quase sempre os mesmos tópicos. Acredito que se tivesse feito alguma prova deles antes eu teria me dado bem, só fui tentar resolver a prova um dia antes dela com um canga meu e para a minha surpresa duas questões dessa prova antiga se repetiram no concurso que fiz.

Eu posso te indicar os livros que usava, não sei se ainda os tenho em PDF, mas são livros excelentes e que você os encontra em na internet.
Responda-o
#31
(19-09-2017, 11:28 PM)Henry Volk Escreveu:
Como se organizar pra concurso trabalhando num ambiente não rotineiro?

Sou militar da FAB recém formado, entrei pelo recrutamento e me formei soldado. Tenho 19 anos.

Viso ser aprovado pro concurso da EsPCEx, porém não sei como organizar de fato meu dia e isso é um problema.

Tenho todo o material necessário do edital, mas não sei como dividir isso. Ano passado estudei, mas estudei aos caralho bem dizer. Por diversos fatores:

1º - Não tinha disciplina
e 2º - Tinha dia que eu dava o gás e tinha dia que eu se quer encostava em livro, ou seja, falta de constância e falta de um norte propriamente dito.

E tem outras situações também

- Tem dia que tiro serviço 24h, minha escala está oscilando em 2/1 e 3/1 

Escala 2/1 = 1 dia de serviço 24h + 2 dias de expediente normal (quando estamos com dispensa somos liberados do expediente, mas atualmente estamos sem dispensa)

E

Escala 3/1 = 1 dia de serviço 24h + 3 dias de expediente normal (mesma situação de cima).


Atualmente estou ganhando em torno de 1k (sem passagem) -- e ano que vem, caso eu engaje o soldo bate 2k (com passagem)

A ideia não era engajar, como eu tinha comentado no chat e vários me aconselharam a ficar em casa e SÓ ESTUDAR, mas ficar em casa sem trabalhar, depois de ter trabalhado a primeira vez é foda. Sem falar que minha mãe é diarista, ver ela ficar sangrando e eu não contribuir em nada em casa dói na alma. E hoje, graças a Deus eu consigo auxiliá-la em algumas coisas em casa: seja nas compras, contas, etc.

A princípio devo alugar um apartamento perto do batalhão com mais 2 cangas meus que possuem o mesmo objetivo que o meu, visto que morar perto do batalhão eu gastaria menos tempo do dia em condução, e poderia estudar MAIS tempo.

Resumindo: gostaria de saber como posso me organizar pro concurso, sabendo-se que tem dias que tiro serviço 24h e tem dias que tenho de cumprir o expediente até 16h, mas como estou morando longe do batalhão sempre chego em torno de 18h/19h em casa. 

Sei que nessa batida consigo bancar até 0h estudando e acordar as 5h.

Mais que isso é suicídio, pois já tive a experiência do ano passado em ficar me forçando a dormir menos e estudar mais, e o desempenho só foi caindo com o tempo.

Agradeço desde já.

Boa noite. Henry meu cunhado também é soldado da FAB na Base Aérea de Guarulhos, a escala dele é puxar 24hs e 2 dias de expediente normal. Porém na escala de 24hs, ele tem 2h de descanso a cada 4h de serviço, nos dois primeiros intervalos iniciais ele aproveita e estuda [é estudante de engenharia] e dessa forma ele até conseguiu recuperar um pouco da matéria que perdeu durante os 40 dias de mata durante o recrutamento. Acredito que se você tentar conciliar dessa forma, de certo. Ele colocou o nome dele a uns 2 meses na lista para bombeiro, porém descobriu que isso é vender a alma pro diabo e esta torcendo para não ser chamado, então fica o bizu ai, não faça isso.
Responda-o
#32
Atualizando meu tópico e dando um parecer para os senhores:

Fiz o que me aconselharam e o que eu já pensava em fazer mas estava em dúvida; dei baixa!

Agora tenho mais tempo pra estudar e não tenho preocupações alheias e que me roubavam o tempo precioso de estudo.

Se eu ficasse, provavelmente me acomodaria com o soldo (que agora em março vai dobrar) e ia ficar cagando pro estudo como eu estava fazendo: estudava 1 dia e ficava 2 sem estudar.

Ademais, agradeço as dicas.

Abs!
Responda-o
#33
(06-02-2018, 12:52 AM)Henry Volk Escreveu: Atualizando meu tópico e dando um parecer para os senhores:

Fiz o que me aconselharam e o que eu já pensava em fazer mas estava em dúvida; dei baixa!

Agora tenho mais tempo pra estudar e não tenho preocupações alheias e que me roubavam o tempo precioso de estudo.

Se eu ficasse, provavelmente me acomodaria com o soldo (que agora em março vai dobrar) e ia ficar cagando pro estudo como eu estava fazendo: estudava 1 dia e ficava 2 sem estudar.

Ademais, agradeço as dicas.

Abs!

 
Fala confrade, esperando a atualização do tópico...  também estou me preparando pra algumas provas do gênero...
Responda-o
#34
(01-02-2018, 11:11 AM)macedonio Escreveu: Fala confrade,

Já passei pela experiência de fazer concurso para a EsPCEX, na ocasião fiquei na lista de majorados e não fui chamado por míseros 0,09 pontos, ou seja, uma questão de matemática que acertasse eu estaria dentro.

Sobre a preparação, não tem choro, não espere você sair da FAB para começar a estudar, estude HOJE!
A prova da EsPCEX não é uma coisa de outro mundo e não possui nota de corte tão alta quanto EN, logo, se você se dedicar de verdade as chances de aprovação serão altas.

Quando prestei a prova o meu foco era EN ou engenharia em alguma federal, mas eu estudava meio nas coxas, dava o gás em um dia e ficava 2 sem estudar, focava muito em musculação, enfim, fui cabaço. Mesmo assim ainda fui classificado, e olha que sempre estudei em escola pública, nunca fui nenhum nerd.

Então, comece a estudar agora, bota a bunda na cadeira, otimize o seu tempo, faça pausas de 15 min a cada 1 hora de estudo para refrescar!

A medida que for avançando nas disciplinas vá fazendo exercícios do concurso, o exército costuma repetir MUITA questão de concursos antigos e cobra, na maioria das vezes, quase sempre os mesmos tópicos. Acredito que se tivesse feito alguma prova deles antes eu teria me dado bem, só fui tentar resolver a prova um dia antes dela com um canga meu e para a minha surpresa duas questões dessa prova antiga se repetiram no concurso que fiz.

Eu posso te indicar os livros que usava, não sei se ainda os tenho em PDF, mas são livros excelentes e que você os encontra em na internet.


 Isso é muito chato, no caso eu tirei uma nota baixíssima em História e pasmem em Inglês e acabei não passando, Inglês está ficando cada vez mais difícil em provas militares, tem que saber a gramática... O bom da EsPCEX é que a prova é específica por assunto, não tem tanta contextualização assim como vejo em outras... Mas na minha humilde opinião a prova deveria ser padrão assim como o ITA/IME/AFA... exatas e línguas... Sem história e geografia... Pra quem é de exatas fica difícil estudar história, eu não tenho muita paciência, estou apelando para documentários e até que está ajudando além de poupar tempo é claro...
Responda-o
#35
(25-02-2018, 02:23 PM)Tyler Durden Escreveu: Fala confrade, esperando a atualização do tópico...  também estou me preparando pra algumas provas do gênero...

Fala Tyler! O que posso atualizar é o seguinte; 

sobre a baixa: ficava em dúvida se era certo ou não essa decisão e na real, foi bastante produtiva. Estou estudando em torno de 10h/dia e dormindo 5h por noite e está sendo ok pra mim. Defini horários fixos pra mexer no celular -- no meu caso, só mexo à partir das 20h pra responder alguma mensagem no Whatsapp e saio, não perco muito tempo.

o que estou estudando: defini estudar atualmente só matemática, português e inglês. No caso, 1 ciclo de 8h/dia. 

3h de Matemática
3h de Português 
2h de Inglês

Acima eu disse que estudava 10h/dia -- visto que, umas 2h do dia eu utilizo pra ficar matando exercícios.

Humanas estou estudando só aos finais de semana. Porém, agora em abril vou começar a encaixá-las no meio da semana junto com as matérias que eu considero mais importantes.

sobre mulheres: comi acho que só duas mulheres esse ano, estou evitando perder tempo -- e acho que o meu foco está tão grande que não viso ficar comendo ninguém agora. Se tiver que comer alguém ou fazer algo, faço aos sábados. Visto que, deixei meu sábado livre pro lazer.

redes sociais e coisas alheias: eu já tentei ter rede social. Mas não consigo, já tive anos atrás mas perdia muito tempo. Acho que já excluí umas 700 contas no facebook. Eu sempre crio, adiciono as mulheres/pessoas que conheço, mas me arrependo e excluo (esse ponto eu viso detalhar num relato futuro, é quase CERTO que tenho bipolaridade e ansiedade ''crônica'' -- se assim posso dizer). Logo, pra evitar essa ansiedade maluca e um misto de sensações ruins eu resolvi me abster desse âmbito virtual. Sem falar que o calo da real está tão grande, visto os alertas/dicas de realistas mais experientes, como por exemplo: o tópico do Mr Roover falando sobre Low Profile; que decidi usar só o Whatsapp para me comunicar. E diga-se de passagem, é a única coisa necessária pro homem hoje em dia. O resto é só vaidade e perda de tempo.

Estou pensando em fazer um diário de estudos, no estilo do @Bean e outros caras que relataram suas trajetórias pros concursos.

Mas como disse, vou ver ainda.

Eu só comecei a estudar de VERDADE esse ano, pois já tinha comprado todos meus livros e objetos/materiais que precisava. Logo, não fico mais empurrando com a barriga. 

Mas te dando uma ideia: dá o gás cara! E só ter em mente que se tu estudar ou não estudar, o tempo vai passar de qualquer jeito. Tenha paciência e faça por onde que vai dar certo... pelo jeito vi que tu é um cara novo, provavelmente deve ter em torno de 19/20 anos -- mesma faixa etária que a minha. 

As provas são difíceis mas só cobra o previsto, se fizer o básico bem feito e o ''ritual'' padrão de livros pra embasamento/aprofundamento vai passar.

Se tiver alguma dúvida ou não souber quais livros/cursos tem que fazer pra embasar/aprofundar, pode perguntar que eu vou responder. Tenho conhecimento de como se preparar pra prova porque tenho vários camaradas que já passaram na EN, EsPCEx, até mesmo no ITA/IME e eu mantenho o contato. Logo, posso te ajudar com as dúvidas que tiver.

No mais, é isso.

Abs.
Responda-o
#36
Deve ser bom ter 8 horas diárias pra estudar. No momento quando dá, é 1, 2 horas no máximo.

E nem é ironia não, é constatação mesmo, provas são difíceis mesmo, tem que investir, boa sorte.
Responda-o
#37
(27-02-2018, 02:58 PM)Henry Volk Escreveu:
(25-02-2018, 02:23 PM)Tyler Durden Escreveu: Fala confrade, esperando a atualização do tópico...  também estou me preparando pra algumas provas do gênero...

Fala Tyler! O que posso atualizar é o seguinte; 

sobre a baixa: ficava em dúvida se era certo ou não essa decisão e na real, foi bastante produtiva. Estou estudando em torno de 10h/dia e dormindo 5h por noite e está sendo ok pra mim. Defini horários fixos pra mexer no celular -- no meu caso, só mexo à partir das 20h pra responder alguma mensagem no Whatsapp e saio, não perco muito tempo.

o que estou estudando: defini estudar atualmente só matemática, português e inglês. No caso, 1 ciclo de 8h/dia. 

3h de Matemática
3h de Português 
2h de Inglês

Acima eu disse que estudava 10h/dia -- visto que, umas 2h do dia eu utilizo pra ficar matando exercícios.

Humanas estou estudando só aos finais de semana. Porém, agora em abril vou começar a encaixá-las no meio da semana junto com as matérias que eu considero mais importantes.

sobre mulheres: comi acho que só duas mulheres esse ano, estou evitando perder tempo -- e acho que o meu foco está tão grande que não viso ficar comendo ninguém agora. Se tiver que comer alguém ou fazer algo, faço aos sábados. Visto que, deixei meu sábado livre pro lazer.

redes sociais e coisas alheias: eu já tentei ter rede social. Mas não consigo, já tive anos atrás mas perdia muito tempo. Acho que já excluí umas 700 contas no facebook. Eu sempre crio, adiciono as mulheres/pessoas que conheço, mas me arrependo e excluo (esse ponto eu viso detalhar num relato futuro, é quase CERTO que tenho bipolaridade e ansiedade ''crônica'' -- se assim posso dizer). Logo, pra evitar essa ansiedade maluca e um misto de sensações ruins eu resolvi me abster desse âmbito virtual. Sem falar que o calo da real está tão grande, visto os alertas/dicas de realistas mais experientes, como por exemplo: o tópico do Mr Roover falando sobre Low Profile; que decidi usar só o Whatsapp para me comunicar. E diga-se de passagem, é a única coisa necessária pro homem hoje em dia. O resto é só vaidade e perda de tempo.

Estou pensando em fazer um diário de estudos, no estilo do @Bean e outros caras que relataram suas trajetórias pros concursos.

Mas como disse, vou ver ainda.

Eu só comecei a estudar de VERDADE esse ano, pois já tinha comprado todos meus livros e objetos/materiais que precisava. Logo, não fico mais empurrando com a barriga. 

Mas te dando uma ideia: dá o gás cara! E só ter em mente que se tu estudar ou não estudar, o tempo vai passar de qualquer jeito. Tenha paciência e faça por onde que vai dar certo... pelo jeito vi que tu é um cara novo, provavelmente deve ter em torno de 19/20 anos -- mesma faixa etária que a minha. 

As provas são difíceis mas só cobra o previsto, se fizer o básico bem feito e o ''ritual'' padrão de livros pra embasamento/aprofundamento vai passar.

Se tiver alguma dúvida ou não souber quais livros/cursos tem que fazer pra embasar/aprofundar, pode perguntar que eu vou responder. Tenho conhecimento de como se preparar pra prova porque tenho vários camaradas que já passaram na EN, EsPCEx, até mesmo no ITA/IME e eu mantenho o contato. Logo, posso te ajudar com as dúvidas que tiver.

No mais, é isso.

Abs.


 Completei 19 no finalzinho de 2017, então tenho esse ano e mais 2 pra tentar as provas militares, 3 se eu escolher o EsSa... Estou conciliando a faculdade com os estudos pros concursos... Vou te mandar uma MP pra conversamos melhor... vlw

Estou começando praticamente do zero em tudo, visto que estava parado nos estudos das matérias do ensino médio... Hoje meu professor da faculdade me deu os 3 volumes do Iezzi de matemática em mídia física, e também peguei emprestado na biblioteca da faculdade o livro do Jearl Walker de Mecânica, consegui alguns materiais do poliedro em mídia virtual e o resto está sendo na raça mesmo...
Responda-o
#38
(28-02-2018, 12:10 AM)Tyler Durden Escreveu:
(27-02-2018, 02:58 PM)Henry Volk Escreveu: Fala Tyler! O que posso atualizar é o seguinte; 

sobre a baixa: ficava em dúvida se era certo ou não essa decisão e na real, foi bastante produtiva. Estou estudando em torno de 10h/dia e dormindo 5h por noite e está sendo ok pra mim. Defini horários fixos pra mexer no celular -- no meu caso, só mexo à partir das 20h pra responder alguma mensagem no Whatsapp e saio, não perco muito tempo.

o que estou estudando: defini estudar atualmente só matemática, português e inglês. No caso, 1 ciclo de 8h/dia. 

3h de Matemática
3h de Português 
2h de Inglês

Acima eu disse que estudava 10h/dia -- visto que, umas 2h do dia eu utilizo pra ficar matando exercícios.

Humanas estou estudando só aos finais de semana. Porém, agora em abril vou começar a encaixá-las no meio da semana junto com as matérias que eu considero mais importantes.

sobre mulheres: comi acho que só duas mulheres esse ano, estou evitando perder tempo -- e acho que o meu foco está tão grande que não viso ficar comendo ninguém agora. Se tiver que comer alguém ou fazer algo, faço aos sábados. Visto que, deixei meu sábado livre pro lazer.

redes sociais e coisas alheias: eu já tentei ter rede social. Mas não consigo, já tive anos atrás mas perdia muito tempo. Acho que já excluí umas 700 contas no facebook. Eu sempre crio, adiciono as mulheres/pessoas que conheço, mas me arrependo e excluo (esse ponto eu viso detalhar num relato futuro, é quase CERTO que tenho bipolaridade e ansiedade ''crônica'' -- se assim posso dizer). Logo, pra evitar essa ansiedade maluca e um misto de sensações ruins eu resolvi me abster desse âmbito virtual. Sem falar que o calo da real está tão grande, visto os alertas/dicas de realistas mais experientes, como por exemplo: o tópico do Mr Roover falando sobre Low Profile; que decidi usar só o Whatsapp para me comunicar. E diga-se de passagem, é a única coisa necessária pro homem hoje em dia. O resto é só vaidade e perda de tempo.

Estou pensando em fazer um diário de estudos, no estilo do @Bean e outros caras que relataram suas trajetórias pros concursos.

Mas como disse, vou ver ainda.

Eu só comecei a estudar de VERDADE esse ano, pois já tinha comprado todos meus livros e objetos/materiais que precisava. Logo, não fico mais empurrando com a barriga. 

Mas te dando uma ideia: dá o gás cara! E só ter em mente que se tu estudar ou não estudar, o tempo vai passar de qualquer jeito. Tenha paciência e faça por onde que vai dar certo... pelo jeito vi que tu é um cara novo, provavelmente deve ter em torno de 19/20 anos -- mesma faixa etária que a minha. 

As provas são difíceis mas só cobra o previsto, se fizer o básico bem feito e o ''ritual'' padrão de livros pra embasamento/aprofundamento vai passar.

Se tiver alguma dúvida ou não souber quais livros/cursos tem que fazer pra embasar/aprofundar, pode perguntar que eu vou responder. Tenho conhecimento de como se preparar pra prova porque tenho vários camaradas que já passaram na EN, EsPCEx, até mesmo no ITA/IME e eu mantenho o contato. Logo, posso te ajudar com as dúvidas que tiver.

No mais, é isso.

Abs.


 Completei 19 no finalzinho de 2017, então tenho esse ano e mais 2 pra tentar as provas militares, 3 se eu escolher o EsSa... Estou conciliando a faculdade com os estudos pros concursos... Vou te mandar uma MP pra conversamos melhor... vlw

Estou começando praticamente do zero em tudo, visto que estava parado nos estudos das matérias do ensino médio... Hoje meu professor da faculdade me deu os 3 volumes do Iezzi de matemática em mídia física, e também peguei emprestado na biblioteca da faculdade o livro do Jearl Walker de Mecânica, consegui alguns materiais do poliedro em mídia virtual e o resto está sendo na raça mesmo...


 Consegui o livro do Atkins pra Química... peguei emprestado de uma biblioteca... To com muita dificuldade pra assimilar tanto conteúdo...
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Como se organizar Gorlami 23 2,993 18-01-2020, 01:55 PM
Última Postagem: Takedown
  WORK THE SYSTEM: APRENDA COMO FAZER MAIS TRABALHANDO MENOS Ceifador 1 471 03-11-2017, 10:17 PM
Última Postagem: Ceifador
  [INSTRUÇÃO] 6 DICAS DE COMO SE ORGANIZAR PARA ESTUDAR destruidor 7 2,045 28-01-2017, 10:05 PM
Última Postagem: RobertoRS

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)