Avaliação do Tópico:
  • 3 Voto(s) - 4 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Desenvolva uma mentalidade de campeão
#1
Segue aqui mais uma tradução que eu tinha feito há uns tempos atrás. 

Desenvolva uma mentalidade de campeão by Amir fazeli
 
“Observe seus pensamentos, eles se tornam palavras. Observe suas palavras, elas se tornam ações. Observe suas ações, elas se tornam hábitos. Observe seus hábitos, eles se tornam caráter. Observe seu caráter, pois ele se torna o seu destino.”
 
Se você olhar para as estatísticas de qualquer esporte, e para os atletas que dominam o topo desses esportes, você vai ver que não há muito separando-os fisicamente. Aquele que se destaca na sua modalidade não é nada menos do que um competidor nato. Certa vez tive o prazer de treinar meu amigo e primeiro treinador de wrestling Hassan Shahsavan. Hassan é um lutador de luta greco-romana a nível olímpico e lutava pelo Irã. Mas ele representou tanto Irã como Austrália em não só um, mas dois Jogos Olímpicos. Não tenho certeza do quanto você conhece sobre wrestlers, especialmente aqueles que vêm das nações dominantes, mas o que eu posso te dizer é o seguinte: não existe um ser humano mais difícil de matar do que um wrestler. A moral de trabalho e o limiar de dor que eles possuem são francamente ridículos. De qualquer forma, eu estive conversando com esse atleta um dia sobre competição de alto nível. Ele disse que a nível mundial, a capacidade de wrestling dos lutadores é praticamente a mesma. Eles são bastante semelhantes quando se trata de capacidades técnicas e físicas, a única coisa que dá uma vantagem sobre o outro é a mentalidade no tapete (área de luta).

Há aquela história de que quando Arnold Schwarzenegger chegou na América as pessoas olhavam pra ele e diziam, "Eu jamais quero ser como você", então ele olhava para elas e respondia, "Não se preocupe, você nunca será".
Isso claramente distingue a mentalidade de um atleta de poltrona para a de um atleta sério. E mesmo distingue a mentalidade de um atleta nivel nacional ou regional para a de um atleta de nível mundial, em qualquer esporte. Isso lembra aquele cara ou garota que vê você treinar dia após dia e lhe diz (quase com pena) que você é muito obcecado. Eles nunca entenderiam. Mesmo se você sentasse e explicasse o "porquê" para eles. Isso ilustra a ignorância na questão do que é preciso para fazer algo verdadeiramente incrível.

[Image: esm-4-1-1000x768.jpg]
 
Parece que nessa nova era onde a Internet coloca a informação na ponta dos seus dedos, as pessoas tem colocado a charrete na frente dos cavalos. A ampla exposição recente do powerlifting, weightlifting e outros esportes de força, é  uma coisa incrível que aconteceu. No entanto, com isso vieram junto algumas porcarias que não foram filtradas. Atletas recreativos vêem grandes pesos sendo levantados por outras pessoas muito parecidas com eles (mesma idade, mesmo peso) e pensam: "Bem, eu também posso fazer isso. Vou tentar". Eles entram em um esporte tradicionalmente reservado para homens e mulheres com uma mentalidade de gorila. Esses atletas recreativos tem expectativas muito pouco realistas sobre resultados e cronogramas, ou eles simplesmente confundem sua experiência de treinamento com aqueles que dominam o esporte, e pensam que podem aplicar os mesmos conceitos de treinamento - ou pior ainda, as mesmas rotinas de treinamento - e obter o mesmo resultado. Quantas vezes nos últimos tempos você ouviu sobre aquele bro que iniciou o "Método Búlgaro" depois de apenas 3 meses de treino, e logo em seguida se quebrou completamente? A maioria apenas segue a tendência sem  uma direção real.

Se você está apenas treinando recreativamente e está se divertindo com isso, você pode muito bem parar de ler aqui. Continue fazendo o que está fazendo e se divirta. Você realmente não se importa em tentar ser o novo recordista mundial ou ser campeão mundial no esporte de força que você escolheu. Você apenas gosta da sensação que o treino te proporciona e curte ficar progressivamente mais forte por mais demorado que for. 
Por outro lado, se você está treinando com intenções sérias, então sua mentalidade deve refletir isso, independentemente se os objetivos estiverem relacionados a composição corporal , força  ou explosão muscular. Mais cedo ou mais tarde, as coisas vão ficar difíceis. E quando isso acontecer, você será forte, resiliente e continuará seguindo em frente? O percurso vai te dominar ou você dominará o percurso? Isso pode vir na forma de dor física ou fadiga mental. É aqui que começam as histórias que você conta a si mesmo, achando motivo para parar de treinar.

No meu centro de treinamento, Adonis Athletics, nós vemos todas essas histórias. Ao longo dos últimos 4 anos e meio de operação, tivemos perto de 600 atletas que passaram pela nossa porta com diferentes objetivos. Quando eles vem até mim, uma das primeiras perguntas que faço é: "Em uma escala de 1 a 10, quão motivado você está para atingir seu objetivo?". A resposta é praticamente nunca menos do que um 8 para começar. Considero isso um nível de motivação saudável e alto. E o treinamento deles inicialmente reflete essa motivação. Eles estão lá dia após dia, apavorando e botando pra moer em um programa introdutório que visa apenas levá-los a uma melhor condição geral. Fácil, certo?
Logo, o foco do programa muda para atingir mais especificamente o objetivo final do atleta. Os pesos começam a ficar pesados. A duração dos treinos aumenta. O volume se torna vertiginoso - tudo planeado e executado adequadamente, é claro. Mais é exigido do atleta para levá-lo ao seu objetivo. De repente, eles estão fora de sua zona de conforto, e as desculpinhas começam a aparecer:
 
"Eu tenho fadiga adrenal".  Não, não tem.
 "Minhas costas estão doloridas, acho que estão quebradas". Não, não estão.
"Não estou conseguindo o peso que eu quero, para as repetições que eu quero. Talvez eu deveria tirar alguns dias de descanso".  Talvez você deveria seguir o programa e não o ego.
 
Logo, esses indivíduos quebram, e sua motivação vai de 10 para 1, simplesmente por causa de expectativas pouco realistas e/ou uma incapacidade de estabelecer metas adequadas e ser consistente.
Eles se esqueceram que a grandeza vem através de fazer as pequenas coisas repetidamente, e continuamente insistir até conseguir o que você quer - independentemente de se o que se busca é ser campeão mundial ou apenas perder 10kg de gordura. A única coisa que causa mudanças efetivas é o plano, e o quanto tempo você dispõe para esculpir o seu objetivo.
Pessoas bem sucedidas conseguem o sucesso virando as noites trabalhando, ou mesmo ocupando de forma efetiva todos os espaços de tempo possíveis. Você não viu o que eles estavam fazendo atrás das portas fechadas. O tempo extra que eles colocaram em prática. Os sacrifícios que eles fizeram, as lesões e dores que tiveram, tendo que aguentar tudo isso e achar uma maneira de continuar. A única coisa que você viu, foi alguém saindo do nada e derrotando todo mundo.

[Image: rs-michael-phelps-7ffe00e9-e0c3-4778-bf1...505182.jpg]

Eu lembro de um estudo mostrando o quanto em média um fisiculturista comum leva para ser pró. O estudo concluiu que o tempo entre a primeira competição amadora e a primeira participação em alto nivel como Mr Olympia, levou uma média de 10.1 anos. Sim,10.1 anos de treino regrado, dieta regrada e métodos de recuperação regrados. Enquanto isso você passou o tempo com o cu no sofá assistindo filminhos emotivos, enquanto comia nada além de sanduíches de queijo e tomate duas vezes por dia, e reclamava igual uma vadia por não conseguir ganhar massa muscular e força depois de 6 meses de treinos cagados.
 
Se você realmente quer ser bom no campo que você escolheu, não basta amar o treinamento que você faz. Você tem que ter a mentalidade para aceitar que as coisas vão ficar difíceis. Você não terá apenas dias que serão uma merda, as vezes você terá semanas que serão uma merda. Você terá dias em que sentirá que não tem capacidade momentânea pra agachar 90% pra algumas reps, e também terá dias em que vai se sentir sem vontade de concluir o HIIT no final do seu treino. Mas você fez a escolha, VOCÊ fez. Você se viu no espelho um dia e disse: "Eu quero ser maior, mais duro, trincado, mais forte, um campeão". Então, pelo menos, tente ver-se assim durante todo o trajeto. Uma vez que você faz isso, você constrói momentum (confiança extrema, veemência). Uma vez que você entra no hábito, ele criará um efeito dominó e, eventualmente você não vai querer parar, mesmo que lhe seja dada a opção. A parte mais difícil de empurrar um carro são os primeiros passos. Uma vez que as rodas estão girando, tudo o que você precisa fazer é manter o impulso
.
Se você está disposto a fazer o que é preciso, o próximo passo é adotar uma mentalidade adequada e estabelecer metas. Esse é o primeiro passo e provavelmente a parte mais importante da sua jornada. Primeiro, você precisa do seu "porquê". Quando seu "porque" é forte, você não vai desistir e você não vai parar. O porque é diferente para todos. Comece com um objetivo apropriado para o nível em que você está. Atletas que visam um objetivo muito grande perdem a motivação rapidamente.
Por exemplo, se você começou no powerlifting e suas marcas são competitivas apenas a nível regional, então não tenha o objetivo imediato de ser campeão mundial, é muito intangível. Ao invés disso, inicialmente vise o recorde nacional do agachamento, supino e levantamento terra. Vise aumentar em 50kg o seu total nos próximos 6 ou 8 meses. Tenha em mente entrar em 3 competições no próximo ano, e melhorar em cada uma. Essas são coisas fáceis de mensurar, e estão dentro do prazo planejado.
Se você imediatamente visa ser campeão mundial, isso será algo além do seu alcance. Você não tem nenhuma proximidade com isso, não tem noção do que precisa fazer para chegar lá. Você não cruzou as 50 pontes anteriores para estimar o panorama de quanto trabalho aquele objetivo requer. Você simplesmente não tem experiência suficiente.

Alguns anos atrás, um atleta veio até mim com a intenção de treinar para competir no powerlifting. Ele era muito jovem e muito talentoso, mas era igualmente sem noção e cabeça dura. Ele colocou na cabeça que não iria competir até conseguir nos treinamentos marcas para quebrar os recordes mundiais. Então ele chegaria na primeira competição, e levaria todos os recordes mundiais pra casa... Muitas pessoas explicaram para ele que não é assim que a coisa funciona. Veja bem, essa criança não tinha experiência para entender o que é preciso para chegar àquele nivel. A vida para ele era como se fosse o filme do Rocky. Ele eventualmente escolheu mudar seu treinamento para outro lugar com outros treinadores que lhe prometeriam esse unicórnio de uma idéia. Meses depois, chegou a notícia de que ele se machucou gravemente, tendo que ficar  afastado do agachamento e levantamento terra por tempo indefinido.
Não havia nada de errado com o objetivo dele: Ambição é incrível. Onde ele vacilou, foi na questão de não ter pago o preço para ser o chefe. Um general do exército é um general porque ele esteve em algumas batalhas armadas. Ele viu um filme passar na sua cabeça no momento em que quase perdeu a vida, e viu seus amigos morrerem em seus braços no campo de batalha. Ele sabe qual será o próximo passo. Ele sabe o que deve ser feito em seguida, para o que se preparar e como deve ser a sua mentalidade.

A melhor maneira para definir os objetivos é começar julgando realisticamente qual é o nível em que você está. Seus objetivos atuais são areia de mais para o seu caminhãozinho? Se a resposta for sim então reavalie seu objetivo. Uma vez que você estabeleça metas realísticas, se mexa e trabalhe até alcançá-las, depois estabeleça novas metas efetivas e continue. Suba de forma incremental até que sua meta seja de nível mundial, ou qualquer nivel importante relacionado ao seu objetivo. Então agora você tem o panorama da situação. Você percorreu a estrada que precisava percorrer, e adquiriu a experiência necessária para sentir e saber o que é preciso para você finalmente poder chegar ao seu objetivo mais alto.

Sim, você tem que ter um objetivo final claro em sua mente, algo grandioso que você deseja alcançar. Com tal objetivo em mente, então você precisa dividi-lo em pequenas partes e completá-las uma por uma, assim você não fica sobrecarregado e pode começar a percorrer a estrada para onde você quer ir. Depois de passar por um marco ou checkpoint, você olha para o próximo marco com o objetivo final ainda em sua mente. Comece com uma competição local a nível amador, sem ter em mente nenhum resultado específico, exceto o de treinar duro e entrar o mais pronto possível. Veja o que acontece. Quando você passa esse checkpoint, mire para a próxima competição a nível regional ou acima. Cada competição te dá mais experiência. É assim que você se previne de sobrecarregar-se reduzindo muito as chances de esgotamento mental e de lesões físicas. Este é o tipo de definição de metas que promovemos na Adonis Athletics, e é por isso que nossos atletas estão no topo de seus esportes com dominância e consistência.
"IT'S ALL ABOUT WORKING BODY, MIND AND SOUL" 

"Todo mundo tem um plano....Até tomar o primeiro soco"  M. Tyson
Responda-o
#2
Ótimo texto, já ganhou mais um like. Eu tenho um entendimento um pouco diferente sobre esse assunto, mas achei o "overall" muito bom. Gostaria de deixar umas citações aqui nesse tópico, que tem haver com o tema:


Citação:Um exame superficial sobre os levantadores memoráveis e de elite ao longo dos tempos deixará uma impressão muito definitiva a partir daí - não há uma maneira melhor para todos treinarem. A própria ideia de tal coisa é manifestamente ridícula...

Outra conclusão dessas constatações é o fato de que se você quer ser ótimo em algo, incluindo treinamento, você tem que fazer mais do que apenas o mínimo na academia.



Citação:Em uma meta-análise de milhares de atletas e artistas de elite em uma variedade de disciplinas que vão do hóquei ao violino, os pesquisadores descobriram que "as diferenças individuais, mesmo entre os artistas de elite, estão intimamente relacionadas com as quantidades de prática deliberada. O talento é realmente o resultado de uma prática intensiva prolongada por um mínimo de 10 anos" (Ericsson et al, 363). FONTE: http://complexoherculeo.blogspot.com.br/...e-sao.html

A mente e a vontade deliberada é que comandam tudo.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#3
(09-08-2017, 10:26 AM)Héracles Escreveu:
Citação:Em uma meta-análise de milhares de atletas e artistas de elite em uma variedade de disciplinas que vão do hóquei ao violino, os pesquisadores descobriram que "as diferenças individuais, mesmo entre os artistas de elite, estão intimamente relacionadas com as quantidades de prática deliberada. O talento é realmente o resultado de uma prática intensiva prolongada por um mínimo de 10 anos" (Ericsson et al, 363). FONTE: http://complexoherculeo.blogspot.com.br/...e-sao.html

A mente e a vontade deliberada é que comandam tudo.

entao o senhor quer dizer que nao existe talento ? que qualquer pessoa normal pode se tornar foda em alguma coisa se realmente se empenhar pra valer por 10 anos ?

essas pessoas que dizem por ai que nasceram talentosas seriam portanto pessoas que praticaram de forma intensa algo especifico desde pequenos ?

eu sempre achei que esses genios da matematica, fisica, computaçao naseceram com algo diferente na cabeça ou esse conceito se aplica so a musculaçao e esportes ?
"A paixão é como o álcool. Entorpece a consciência, elimina a lucidez, impede o julgamento crítico e provoca alucinações, fazendo com que o ser amado seja visto como divino." Como lidar com Mulheres - Nessahan Alita
Responda-o
#4
(09-08-2017, 01:57 PM)Melâncton Escreveu: entao o senhor quer dizer que nao existe talento ? que qualquer pessoa normal pode se tornar foda em alguma coisa se realmente se empenhar pra valer por 10 anos ? 

Bem, eu não acredito muito nesse papo de "talento". Não da forma que é posta para nós. A verdade é que o ambiente que vc foi criado vai influenciar no seu dito "talento" para atividade x ou y. Mas a vontade humana não tem barreiras. O talento na verdade é o nutrimento (não é a mesma coisa que nutrição, mas envolve isso também) que o individuo recebeu.  

Citação:Sua estatura física é um resultado direto da comida que seus pais te alimentaram enquanto você crescia e seu nível de atividade física. Isso chama-se nutrimento/nutrir , filhos da puta, e não "natureza". Se você é um merda, é porque seus pais te treinaram para agir dessa forma (mesmo que inconscientemente) e você decidiu continuar no caminho que eles escolheram para você. Aquelas pessoas que você visualiza quando você pensa "aberração genética" são apenas pessoas criadas em um ambiente que os fez ser o que são. A saber:


Nikola Tesla, um dos inventores mais prolíficos e pessoas mais inteligentes de todos os tempos, foi constantemente forçado a estudar e fazer exercícios de memória quando era criança. Devido a isso, um treinamento rigoroso, Tesla foi capaz de fazer cálculos complexos em sua cabeça ainda muito jovem, e ele memorizou a maior parte do que ele aprendeu através de exercícios mentais rigorosos que seu pai ensinava. Quanto ao seu lado inventivo, sua mãe era uma inventora que criou uma série de dispositivos para ajudá-la nas tarefas domésticas, que Tesla credita com inspiração para o seu lado inventivo (PBS).


Alexander Karelin, que foi apelidado de "The Experiment", cresceu na Sibéria, o filho de um motorista de caminhão e uma trabalhadora de escritório. Como ele viveu na Sibéria, a vida de Karelin estava longe de ser considerada confortável. Ele cresceu incrivelmente forte esquiando para todos os lados e arrastando árvores que derrubou com as próprias mãos entre a tundra e sua casa para ter lenha. Este estilo de vida acostumou-o ao treinamento duro e pesado, que ele inicialmente usou para conduzir barcos a remo através dos rios cheios de gelo e correndo por horas na neve na altura da cintura . Ele continuou seu treinamento brutal ao longo de sua carreira, e eventualmente, acumulou um registro na luta greco-romana de doze campeonatos europeus, nove Campeonatos Mundiais e três medalhas de ouro olímpicas, vencendo todos os jogos que ele participou por treze anos, e permanecendo dez anos, sem abrir mão de um  único ponto (Karelin).


Mais informações, aqui: http://complexoherculeo.blogspot.com.br/...borgs.html
 

(09-08-2017, 01:57 PM)Melâncton Escreveu: essas pessoas que dizem por ai que nasceram talentosas seriam portanto pessoas que praticaram de forma intensa algo especifico desde pequenos ?

Eu acredito que sim, mas essa é uma opinião PESSOAL minha e não está baseada em infinitos estudos científicos renomados, antes que venham encher o saco. Apesar que tem bibliografia sobre isso, mas eu não tenho paciência para procurar.  Isso se baseia em experiência de vida e não em teorias.


(09-08-2017, 01:57 PM)Melâncton Escreveu: eu sempre achei que esses genios da matematica, fisica, computaçao naseceram com algo diferente na cabeça ou esse conceito se aplica so a musculaçao e esportes ?

Tem pessoas que tem uma bioquímica cerebral diferenciada desde o nascimento. Caso dos psicopatas, dos super dotados, etc, isso segundo a ciência diz. Mas existem infinitos casos de fracassados sem diferencial nenhum que chegaram ao topo. Por isso eu acho que a VONTADE HUMANA é o maior diferencial.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#5
(09-08-2017, 02:17 PM)Héracles Escreveu:
(09-08-2017, 01:57 PM)Melâncton Escreveu: entao o senhor quer dizer que nao existe talento ? que qualquer pessoa normal pode se tornar foda em alguma coisa se realmente se empenhar pra valer por 10 anos ? 

Bem, eu não acredito muito nesse papo de "talento". Não da forma que é posta para nós. A verdade é que o ambiente que vc foi criado vai influenciar no seu dito "talento" para atividade x ou y. Mas a vontade humana não tem barreiras. O talento na verdade é o nutrimento (não é a mesma coisa que nutrição, mas envolve isso também) que o individuo recebeu.  

Citação:Sua estatura física é um resultado direto da comida que seus pais te alimentaram enquanto você crescia e seu nível de atividade física. Isso chama-se nutrimento/nutrir , filhos da puta, e não "natureza". Se você é um merda, é porque seus pais te treinaram para agir dessa forma (mesmo que inconscientemente) e você decidiu continuar no caminho que eles escolheram para você. Aquelas pessoas que você visualiza quando você pensa "aberração genética" são apenas pessoas criadas em um ambiente que os fez ser o que são. A saber:


Nikola Tesla, um dos inventores mais prolíficos e pessoas mais inteligentes de todos os tempos, foi constantemente forçado a estudar e fazer exercícios de memória quando era criança. Devido a isso, um treinamento rigoroso, Tesla foi capaz de fazer cálculos complexos em sua cabeça ainda muito jovem, e ele memorizou a maior parte do que ele aprendeu através de exercícios mentais rigorosos que seu pai ensinava. Quanto ao seu lado inventivo, sua mãe era uma inventora que criou uma série de dispositivos para ajudá-la nas tarefas domésticas, que Tesla credita com inspiração para o seu lado inventivo (PBS).


Alexander Karelin, que foi apelidado de "The Experiment", cresceu na Sibéria, o filho de um motorista de caminhão e uma trabalhadora de escritório. Como ele viveu na Sibéria, a vida de Karelin estava longe de ser considerada confortável. Ele cresceu incrivelmente forte esquiando para todos os lados e arrastando árvores que derrubou com as próprias mãos entre a tundra e sua casa para ter lenha. Este estilo de vida acostumou-o ao treinamento duro e pesado, que ele inicialmente usou para conduzir barcos a remo através dos rios cheios de gelo e correndo por horas na neve na altura da cintura . Ele continuou seu treinamento brutal ao longo de sua carreira, e eventualmente, acumulou um registro na luta greco-romana de doze campeonatos europeus, nove Campeonatos Mundiais e três medalhas de ouro olímpicas, vencendo todos os jogos que ele participou por treze anos, e permanecendo dez anos, sem abrir mão de um  único ponto (Karelin).


Mais informações, aqui: http://complexoherculeo.blogspot.com.br/...borgs.html
 

(09-08-2017, 01:57 PM)Melâncton Escreveu: essas pessoas que dizem por ai que nasceram talentosas seriam portanto pessoas que praticaram de forma intensa algo especifico desde pequenos ?

Eu acredito que sim, mas essa é uma opinião PESSOAL minha e não está baseada em infinitos estudos científicos renomados, antes que venham encher o saco. Apesar que tem bibliografia sobre isso, mas eu não tenho paciência para procurar.  Isso se baseia em experiência de vida e não em teorias.


(09-08-2017, 01:57 PM)Melâncton Escreveu: eu sempre achei que esses genios da matematica, fisica, computaçao naseceram com algo diferente na cabeça ou esse conceito se aplica so a musculaçao e esportes ?

Tem pessoas que tem uma bioquímica cerebral diferenciada desde o nascimento. Caso dos psicopatas, dos super dotados, etc, isso segundo a ciência diz. Mas existem infinitos casos de fracassados sem diferencial nenhum que chegaram ao topo. Por isso eu acho que a VONTADE HUMANA é o maior diferencial.

formidavel

esse alexander karalin era karalhudo

a ciencia sempre diz que nada é culpa nossa, tudo esta fora do nosso alcance, mas to achando que nao é bem assim

se o cara faz algo errado, dizem que nasceu assim, como o psicopata, homossexual, travesti, fracote, gordo, vadias, colocam a culpa de tudo em fatores externos como na natureza, genetica, Deus, acaso, homens, so nao colocam a culpa no proprio individuo

incentivam comportamentos errados e livram os fracassados da culpa dizendo que eles SAO assim e nao podem mudar

e tambem inibem as pessoas a terem sucesso dizendo que os genios e talentosos nasceram especiais assim, se vc nao nasceu assim entao nem adianta tentar

estao destruindo naçoes inteiras com estas ideias, incentivando comportamentos errados e inibindo comportamentos bons

os topicos do forum estao me dando uma visao nova de mundo, tem muita coisa formidavel aqui

grato pela explanaçao  Joinha
"A paixão é como o álcool. Entorpece a consciência, elimina a lucidez, impede o julgamento crítico e provoca alucinações, fazendo com que o ser amado seja visto como divino." Como lidar com Mulheres - Nessahan Alita
Responda-o
#6
Sempre me surpreendo como esse papo de DOM, Pré Disposição natural para alguma coisa, talento nato ou como você é inteligente e fulano é burro porque a vida quis assim....

Nós somos frutos do nosso meio (por isso viver em puteiro não é boa ideia) possuímos o livre Arbítrio para escolher e somos escravos das consequências.

Leiam Biografias de pessoas FODAS e vejam como TODAS elas faziam algo por horas, semanas, meses e ANOS até chegar no que as pessoas dizem DOM ou Talento.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#7
Mais um texto foda do Bill. Já te enviei mais 1 bitcoin realista.

(08-08-2017, 10:50 PM)Bill Kazmaier Escreveu: Eles se esqueceram que a grandeza vem através de fazer as pequenas coisas repetidamente, e continuamente insistir até conseguir o que você quer - independentemente de se o que se busca é ser campeão mundial ou apenas perder 10kg de gordura. A única coisa que causa mudanças efetivas é o plano, e o quanto tempo você dispõe para esculpir o seu objetivo.
Pessoas bem sucedidas conseguem o sucesso virando as noites trabalhando, ou mesmo ocupando de forma efetiva todos os espaços de tempo possíveis. Você não viu o que eles estavam fazendo atrás das portas fechadas. O tempo extra que eles colocaram em prática. Os sacrifícios que eles fizeram, as lesões e dores que tiveram, tendo que aguentar tudo isso e achar uma maneira de continuar. A única coisa que você viu, foi alguém saindo do nada e derrotando todo mundo.

Eu quero destacar esta parte pra complementar.

Não devemos desprezar as pequenas coisas, esperando um grande feito para começar a agir. Porque desprezar as oportunidades diárias, descuidando das coisas pequenas que deveriam ser executadas dia após dia, é que muitos deixam de realizar muita coisa grande que poderiam ter feito.

Fazer algo grandioso está mais ligado a fazer pequenas coisas de forma disciplinada e constante do que sair do nada e fazer um único ato heroico, como alguns pensam. Muitos deixam de fazer muita coisa útil porque consideram as coisas como pequenas demais comparadas com a grandeza e habilidade que eles supostamente possuem.

Trechos de um livro que li:


Citação:Poucos que prestam atenção na influência das pequenas coisas da vida sobre o desenvolvimento do caráter. Nada com o que temos de tratar é realmente pequeno. As circunstâncias variadas que deparamos dia após dia, são destinadas a provar nossa fidelidade, e habilitar-nos a maiores encargos. Pelo apego aos princípios nas transações da vida usual, a mente se habitua a considerar as exigências do dever acima das do prazer e da inclinação. Espíritos assim disciplinados não estão a vacilar entre o direito e o que não o é, como a vara a tremer ao vento; são fiéis ao dever porque se educaram aos hábitos de fidelidade e verdade. Pela fidelidade naquilo que é o mínimo, adquirem forças para serem fiéis em coisas maiores.

[...]

Cada ato da vida, por pequeno que seja, tem sua influência para o bem ou para o mal. A fidelidade ou a negligência naquilo que aparentemente são os menores deveres, pode abrir a porta para as mais ricas bênçãos ou para as suas maiores calamidades. São as pequenas coisas que provam o caráter.

Imagine um atleta de alto nível igual o do texto, para ele estar naquele nível, ele abre mão de diversas coisas pequenas, não fica fazendo exceções, ele é disciplinado na alimentação, no descanso, no treino, em todas as pequenas coisas que compõem o todo. Por exemplo, se ele for na festa de aniversário do filho e ele dedicar o primeiro pedaço do bolo pra ele, apesar de ser algo supostamente pequeno, é muito provável que ele vai recusar e vai continuar seguindo o cronograma dele, sem exceções. Porque se ele quer ser o melhor, ele precisa ter atenção firme e consciente às pequenas coisas, ele tem que ser firme nos menores detalhes. Eu tive o meu momento de clareza mental e consegui fazer isso por um período curto de tempo, com foco total nas pequenas e grandes coisas, e o resultado foi excelente. No meu relato AQUI. Mas depois que passei acabei perdendo o foco e a disciplina porque o objetivo terminou.


Mas a mensagem é: Quem é forte no mínimo se torna forte no muito. Se você quer alcançar algo grandioso um dia, tem que começar a ser grandioso nas pequenas coisas. É como diz o texto. Se quer ser um campeão comece a agir como um campeão, pensar, viver, comer e treinar como um campeão.
A maior necessidade do mundo é a de homens - homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.
Responda-o
#8
(09-08-2017, 10:26 AM)Héracles Escreveu: Ótimo texto, já ganhou mais um like. Eu tenho um entendimento um pouco diferente sobre esse assunto, mas achei o "overall" muito bom. Gostaria de deixar umas citações aqui nesse tópico, que tem haver com o tema:


Citação:Um exame superficial sobre os levantadores memoráveis e de elite ao longo dos tempos deixará uma impressão muito definitiva a partir daí - não há uma maneira melhor para todos treinarem. A própria ideia de tal coisa é manifestamente ridícula...

Outra conclusão dessas constatações é o fato de que se você quer ser ótimo em algo, incluindo treinamento, você tem que fazer mais do que apenas o mínimo na academia.



Citação:Em uma meta-análise de milhares de atletas e artistas de elite em uma variedade de disciplinas que vão do hóquei ao violino, os pesquisadores descobriram que "as diferenças individuais, mesmo entre os artistas de elite, estão intimamente relacionadas com as quantidades de prática deliberada. O talento é realmente o resultado de uma prática intensiva prolongada por um mínimo de 10 anos" (Ericsson et al, 363). FONTE: http://complexoherculeo.blogspot.com.br/...e-sao.html

A mente e a vontade deliberada é que comandam tudo.

Excelente contribuição, só posts fodasticos no blog. Eu tenho uma visão semelhante a essa. Sempre trago à tona o pilar da mentalidade. Pois é a partir daí, da percepção que temos das coisas, que define como vai ser o desenrolar fisicamente. A maioria do gado é limitada mentalmente por fraquezas, condicionamentos, padrões pré estabelecidos por algum viadão teórico. Acreditam que o que pensam é a verdade, sem nunca ter testado nada eficiente e insano na parte prática. Então ficam presos a conceitos, juntamente com a falta de vontade inata, e assim se desenvolve a espécie homo moloides.


(09-08-2017, 01:57 PM)Melâncton Escreveu: entao o senhor quer dizer que nao existe talento ? que qualquer pessoa normal pode se tornar foda em alguma coisa se realmente se empenhar pra valer por 10 anos ?

essas pessoas que dizem por ai que nasceram talentosas seriam portanto pessoas que praticaram de forma intensa algo especifico desde pequenos ?

eu sempre achei que esses genios da matematica, fisica, computaçao naseceram com algo diferente na cabeça ou esse conceito se aplica so a musculaçao e esportes ?

Na minha opinião o que se chama de "talento" em si não é nada mais do que um pequeno diferencial físico ou mental que ja veio de nascença. Mas isso só faz alguma diferença a nivel médio ou baixo, e comparado a outros indivíduos não treinados que não tenham estruturação semelhante. Não é nada que vai colocar alguém a um patamar razoável de performance, muito menos levar a atingir algo grandioso apenas por ter nascido com o cu pra lua. 

Por exemplo, em artes marciais o atleta que tem uma envergadura maior, teoricamente tem vantagem sobre outro de envergadura menor... Mas em muitos casos isso não se comprova, pois é sempre uma miríade de fatores que determinam o todo. Então há atletas que tem envergadura maior que se esforçaram e aprenderam usar isso a seu favor, bem como tem os de curta envergadura que para compensar essa "desvantagem" desenvolveram outras habilidades e capacidades com muito treinamento e aplicação prática, chegando a um alto nivel de rendimento.

No powerlifting é a mesma coisa, teoricamente braços curtos = supino bom e terra ruim, e braços compridos e pernas curtas = terra bom e supino ruim. Isso é levado em conta devido as alavancas e amplitudes... Bem como outras combinações biomecânicas teorizadas. Mas na prática muitas vezes se vê algo totalmente contrário. Muitos atletas que tem a biomecânica favorável, não tiram proveito disso por diversos fatores, e a falta de empenho é o principal. 

Aquela velha frase tem um cerne de verdade: "O esforço sempre vence o talento quando o talento não se esforça". É tudo questão de disciplina, determinação e esforços, aliados a inteligencia no planejamento.

(09-08-2017, 08:46 PM)Bean Escreveu: Sempre me surpreendo como esse papo de DOM, Pré Disposição natural para alguma coisa, talento nato ou como você é inteligente e fulano é burro porque a vida quis assim....

Nós somos frutos do nosso meio (por isso viver em puteiro não é boa ideia) possuímos o livre Arbítrio para escolher e somos escravos das consequências.

Leiam Biografias de pessoas FODAS e vejam como TODAS elas faziam algo por horas, semanas, meses e ANOS até chegar no que as pessoas dizem DOM ou Talento.


Fato. Esse vitimismo sórdido que chega ao ponto de ter que encontrar explicações esotéricas e metafísicas pra justificar o próprio fracasso, é uma das faces da cultura cagada que temos hoje no mundo todo.
"IT'S ALL ABOUT WORKING BODY, MIND AND SOUL" 

"Todo mundo tem um plano....Até tomar o primeiro soco"  M. Tyson
Responda-o
#9
Spoiler Revelar
(09-08-2017, 09:52 PM)Libertador Escreveu: Mais um texto foda do Bill. Já te enviei mais 1 bitcoin realista.

(08-08-2017, 10:50 PM)Bill Kazmaier Escreveu: Eles se esqueceram que a grandeza vem através de fazer as pequenas coisas repetidamente, e continuamente insistir até conseguir o que você quer - independentemente de se o que se busca é ser campeão mundial ou apenas perder 10kg de gordura. A única coisa que causa mudanças efetivas é o plano, e o quanto tempo você dispõe para esculpir o seu objetivo.
Pessoas bem sucedidas conseguem o sucesso virando as noites trabalhando, ou mesmo ocupando de forma efetiva todos os espaços de tempo possíveis. Você não viu o que eles estavam fazendo atrás das portas fechadas. O tempo extra que eles colocaram em prática. Os sacrifícios que eles fizeram, as lesões e dores que tiveram, tendo que aguentar tudo isso e achar uma maneira de continuar. A única coisa que você viu, foi alguém saindo do nada e derrotando todo mundo.

Eu quero destacar esta parte pra complementar.

Não devemos desprezar as pequenas coisas, esperando um grande feito para começar a agir. Porque desprezar as oportunidades diárias, descuidando das coisas pequenas que deveriam ser executadas dia após dia, é que muitos deixam de realizar muita coisa grande que poderiam ter feito.

Fazer algo grandioso está mais ligado a fazer pequenas coisas de forma disciplinada e constante do que sair do nada e fazer um único ato heroico, como alguns pensam. Muitos deixam de fazer muita coisa útil porque consideram as coisas como pequenas demais comparadas com a grandeza e habilidade que eles supostamente possuem.

Trechos de um livro que li:


Citação:Poucos que prestam atenção na influência das pequenas coisas da vida sobre o desenvolvimento do caráter. Nada com o que temos de tratar é realmente pequeno. As circunstâncias variadas que deparamos dia após dia, são destinadas a provar nossa fidelidade, e habilitar-nos a maiores encargos. Pelo apego aos princípios nas transações da vida usual, a mente se habitua a considerar as exigências do dever acima das do prazer e da inclinação. Espíritos assim disciplinados não estão a vacilar entre o direito e o que não o é, como a vara a tremer ao vento; são fiéis ao dever porque se educaram aos hábitos de fidelidade e verdade. Pela fidelidade naquilo que é o mínimo, adquirem forças para serem fiéis em coisas maiores.

[...]

Cada ato da vida, por pequeno que seja, tem sua influência para o bem ou para o mal. A fidelidade ou a negligência naquilo que aparentemente são os menores deveres, pode abrir a porta para as mais ricas bênçãos ou para as suas maiores calamidades. São as pequenas coisas que provam o caráter.

Imagine um atleta de alto nível igual o do texto, para ele estar naquele nível, ele abre mão de diversas coisas pequenas, não fica fazendo exceções, ele é disciplinado na alimentação, no descanso, no treino, em todas as pequenas coisas que compõem o todo. Por exemplo, se ele for na festa de aniversário do filho e ele dedicar o primeiro pedaço do bolo pra ele, apesar de ser algo supostamente pequeno, é muito provável que ele vai recusar e vai continuar seguindo o cronograma dele, sem exceções. Porque se ele quer ser o melhor, ele precisa ter atenção firme e consciente às pequenas coisas, ele tem que ser firme nos menores detalhes. Eu tive o meu momento de clareza mental e consegui fazer isso por um período curto de tempo, com foco total nas pequenas e grandes coisas, e o resultado foi excelente. No meu relato AQUI. Mas depois que passei acabei perdendo o foco e a disciplina porque o objetivo terminou.


Mas a mensagem é: Quem é forte no mínimo se torna forte no muito. Se você quer alcançar algo grandioso um dia, tem que começar a ser grandioso nas pequenas coisas. É como diz o texto. Se quer ser um campeão comece a agir como um campeão, pensar, viver, comer e treinar como um campeão.

Exato. Muitos consideram que um determinado detalhe impacta pouco nos resultados então negligenciam vários pontos. Mas quando se juntam dezenas de detalhes, que são as pequenas coisas extras que podemos fazer pra nos aprimorar diariamente, a magnitude do impacto é perceptível e o rendimento sobe.

A tua assinatura ja resume tudo "Eu não quero desculpas, quero resultados".
"IT'S ALL ABOUT WORKING BODY, MIND AND SOUL" 

"Todo mundo tem um plano....Até tomar o primeiro soco"  M. Tyson
Responda-o
#10
Up!
Responda-o
#11


"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#12
@Bean

Vídeo muito bom.

E boa indicação de canal no YouTube.
Viajante, vá dizer aos espartanos que aqui, pela lei de Esparta, nós repousamos.

Responda-o
#13
Para quem usa Netflix, recomendo o documentário "Eu Sou Bolt", o qual trata da carreira do maior atleta stricto sensu de todos os tempos, abordando seu início, sua preparação antes das competições, o modo como lida com a pressão durante as mesmas, além de deixar bem clara a importância essencial do aspecto mental na performance de um atleta. 

De outro lado, nos permite notar algo que o Héracles disse em um de seus comentários que li ontem, se não me engano, falando sobre o função entre talento e vontade humana, com a prevalência dessa última. Este raio-x na carreira do Bolt, perpassando por todos os aspectos e momentos da mesma, indicam que foi justamente a vontade, ou melhor, a aplicação desta, em níveis incomensuráveis, que possibilitou-lhe desenvolver o maior/melhor atleticismo humano. Digo isso porque, como se percebe no documentário, Bolt não possui(a) as ferramentas físico-atléticas ideais e mesmo adequadas para o tipo de prova e exercício em que competiu. 

A sua elevada altura e, sobretudo, envergadura, somadas ao fato de que o corredor de curtas distâncias necessita de muita explosão (e, por consequência, altos volume e densidade musculares); ou seja, para manter a quantidade de músculo necessária em um corpo de 1,95m de altura, o seu peso também é grande. Em suma, ele foi o campeão e recordista extremo que conhecemos basicamente competindo contra as leis da aerodinâmica.

Agora isso, voltando ao título do tópico, o documentário nos possibilita ver todo o processo de preparação da mentalidade de um grande e verdadeiro campeão.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)