Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Bitcoin & Altcoins - O Mundo das Criptomoedas
Ok, aí vai minha breve opinião sobre as criptomoedas, sintam-se a vontade para concordar ou discordar. Eu penso que o mercado de criptos é artificial e altamente especulativo: uma aposta arriscada no anarcocapitalismo. Pegue qualquer uma dessas moedas e tente comprar um x-tudo com elas para ver se alguém aceita. Ninguém vai aceitar porque as moedas virtuais nasceram sem alicerce financeiro algum. Eu pago, sei lá, 0,20 centavos em um pão porque eu sei que dentro da realidade salarial brasileira, dos insumos utilizados, da mão de obra despendida, é isso que um pãozinho francês vale. Agora tente converter isso em etherium, monera ou bitcoin... com quantos satoshis pago um pão francês?

O único modo de determinar esse valor é nós remetendo ao mercado "antigo" de reais, dólares e euros para determinar quanto vale um pão. Notem que só é possível atrelar valor às moedas virtuais por via das moedas reais. O que acontece: estão querendo suprimir um sistema financeiro fortemente estatal por um que seja livre das amarras do Estado, e francamente, eu não acho isso uma boa idéia. Anarcocapitalismo pode favorecer um mercado clandestino fomentado por sistemas financeiros livres de controle e o finado Silkroad é um exemplo emblemático disso que estou falando.

Altcoins estão em alta e estão dando dinheiro unicamente porque há quem compre e há quem venda. Numa ponta vem um cara e compra mil bitcoins por mil reais e vende elas pelo décuplo do valor de compra. Se essas moedas fosse um investimento realmente sólido, é de se estranhar que elas estejam vendendo elas ao invés de reter.

Não existem pessoas que ficaram ricas com bitcoins pelo simples fato de que pouquíssimos estabelecimentos aceitam essa currency. Aqui no Brasil mesmo, dá para contar nos dedos, e essas empresas passam bem longe de fornecer serviços e produtos essenciais, viu. As pessoas estão ficando ricas porque compram as altcoins por um preço x e vendem por preço 10x (ironicamente voltando ao sistema financeiro convencional).

Isso está mais para uma modinha do que qualquer outra coisa. Modinha essa que inclusive hiperinflacionou o mercado de GPUs. Mas é isso aí... vida que segue.

A Real sob uma perspectiva científica.
Um novo artigo a cada semana (ou não).
Responda-o
Pensava assim também Uber mas isso não passa de uma opinião de alguém que não conhece nada do mercado e das propostas das criptomoedas.

Se venderem o x-tudo por boleto ou cartão indiretamente é possível pagar com cripto, mas isso seria de uma burrice sem tamanho.

O que tornas as criptos interessantes é exatamente o nascimento delas, tem que gostar muito de pagar impostos para não gostar dessa descentralização do poder financeiro mundial.

Favorecer mercado clandestino ? Qual a necessidade disso uma vez que conseguir algumas malas com milhões de reais não é nada impossíve.

O dinheiro se dá justamente quando alguém compra e alguém vende.

Tudo é especulação exceto tesouro direto.

Ninguém aceita vender pão em troca de ações.

Quem, por esses pensamentos, deixar de especular no mundo cripto está perdendo a chance de ganhar uma boa bolada e não sabe.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
Eu não invisto em bitcoins por não entender nada sobre isso.

Pra mim parece que a coisa toda é assim: alguém inventou algo que na verdade não é nada (uns bits de computador) mas que tem um valor x. Outras pessoas procuram adquirir esse nada e conforme a demanda aumenta o valor também aumenta. Mas ainda assim continua sendo nada. 
Aí você argumenta: "as moedas oficiais são a mesmíssima coisa, só tem valor porque as pessoas acreditam no valor delas. Tirando isso é só um pedaço de papel ou metal.'' Verdade, mas é aí que está o sentido da coisa, essas moedas são aceitas como objeto de troca por bens e produtos. Já as criptomoedas não, pelo menos por enquanto. Quando as criptomoedas passarem a ser universalmente aceitas como moedas de troca aí pra mim a coisa vai mudar de figura.

Não estou dizendo que não dá pra especular e ganhar dinheiro com as criptomoedas.  Malandro é quem entrou nisso lá no começo, ganhou uma grana com a valorização, vendeu e saiu. E se vai subir ou cair daqui pra frente eu não sei. Mas a lógica da coisa me parece ser a que eu me referi, estão apostando num fantasma, um pedaço de nada, e isso não faz muito sentido pra mim. Se estiver enganado me corrijam.

"Ninguém aceita vender pão em troca de ações."
Verdade, mas ações é uma coisa e moeda é outra. Ações não são aceitas como moeda de troca, até porque a legislação e a burocracia não permite isso. Mas ações é participação no capital de empresas reais que estão vendendo algo na economia real, dando lucro ou prejuízo.
Spoiler Revelar
A morte é certa, a vida não.      [Image: tumblr_mgk3h53KQS1rqv473o1_1280.jpg]
Responda-o
Ação é especulação, tudo é especulação exceto tesouro direto.

A descentralização e a desburocratização é o que faz a magia das criptomoedas.

Algumas moedas irão fazer muito mais pela economia do que meras ações como exemplo é possível citar os contratos eletrônicos e a tecnologia blockchain.

Irao perder dinheiro por acreditar em uma crença limitante, infundada e irreal. Dinheiro
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
(19-05-2018, 03:37 PM)Ogro Escreveu: Eu não invisto em bitcoins por não entender nada sobre isso.

Pra mim parece que a coisa toda é assim: alguém inventou algo que na verdade não é nada (uns bits de computador) mas que tem um valor x. Outras pessoas procuram adquirir esse nada e conforme a demanda aumenta o valor também aumenta. Mas ainda assim continua sendo nada. 
Aí você argumenta: "as moedas oficiais são a mesmíssima coisa, só tem valor porque as pessoas acreditam no valor delas. Tirando isso é só um pedaço de papel ou metal.'' Verdade, mas é aí que está o sentido da coisa, essas moedas são aceitas como objeto de troca por bens e produtos. Já as criptomoedas não, pelo menos por enquanto. Quando as criptomoedas passarem a ser universalmente aceitas como moedas de troca aí pra mim a coisa vai mudar de figura.

Não estou dizendo que não dá pra especular e ganhar dinheiro com as criptomoedas.  Malandro é quem entrou nisso lá no começo, ganhou uma grana com a valorização, vendeu e saiu. E se vai subir ou cair daqui pra frente eu não sei. Mas a lógica da coisa me parece ser a que eu me referi, estão apostando num fantasma, um pedaço de nada, e isso não faz muito sentido pra mim. Se estiver enganado me corrijam.

"Ninguém aceita vender pão em troca de ações."
Verdade, mas ações é uma coisa e moeda é outra. Ações não são aceitas como moeda de troca, até porque a legislação e a burocracia não permite isso. Mas ações é participação no capital de empresas reais que estão vendendo algo na economia real, dando lucro ou prejuízo.

Blockchain é uma revolução.  Seu dinheiro sem controle estatal, sem rastreio. Estou fazendo uma reserva de emergência em BTC comprando p2p (de pessoas), a coisa fica irrastreavel com alta liquidez. Ja ganhei muita grana especulando também, alias, não somente eu aqui do forum.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
Estou em duvida sobre qual tipo de carteira usar, pesquisei, mas aparecem muitas, de muitos tipos, e fico confuso, queria comprar uma quantidade média de bitcoins, mas está difícil entender como se faz isso. Se alguém puder ajudar.
Responda-o
(23-05-2018, 05:28 AM)Navalha Escreveu: Estou em duvida sobre qual tipo de carteira usar, pesquisei, mas aparecem muitas, de muitos tipos, e fico confuso, queria comprar uma quantidade média de bitcoins, mas está difícil entender como se faz isso. Se alguém puder ajudar.

Muita gente deixa na Blockchain mesmo (https://www.blockchain.com).

Compra pela BitcoinTrade. Da sua conta do banco pra conta Bitcointrade, com seus reais na BTCtrade compra BTC. Pode deixar ali também, ou transfere pra sua carteira BTC criada na Blockchain.

Ou compra P2p. paga alguém que tenha BTC e essa pessoa te transfere as moedas pra sua wallet blockchain.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
É bom deixar uns trocados em exchange pra fazer uns trades bacanas, vendendo na baixa e comprando na alta (vou avisar que é ironia porque sempre tem uns malucos Yaoming).

E também para aprender um pouco como o mercado funciona, mas também se quiser deixar na carteira e só olhar para o dinheiro novamente ano que vem nada contra.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
Valeu pelas respostas, queria deixar em uma carteira segura a maior parte deles, só para caso valorizem muito, como tem gente que diz que ainda vai, eu não fique chupando o dedo.

Ano passado eu iria comprar em outubro, se tivesse feito, teria muitos dinheiros hoje, mas fui atropelado por um zé ruela, e acabei por perder o fio das coisas.

Diz que carteira offline é mais segura, e é bom deixar só um pouco em carteira online para os trades né? 

A blockchain não é aqueles lugares onde meio que guardam o dinheiro para você? Não existe o risco de invasão?
Responda-o
Está confundindo termos, exchange não é carteira.

https://livecoins.com.br/exchange-nao-e-wallet/

https://medium.com/@otaviobonder/porque-...07fee538f3

https://medium.com/@osuissa/bitcoin-cryp...b7260f6e68

Não gosto de carteira offline.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
Citação:Não gosto de carteira offline.

Por que?
Responda-o
Porque ai você vai precisar guardar em um local seguro, contra incêndio, assalto, enchente... vai precisar cuidar da temperatura, umidade, controlar quem chega perto ou não...

Se tivesse um cofre e ninguém soubesse quem sabe optaria por carteira offline.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
(23-05-2018, 05:13 PM)Bean Escreveu: Porque ai você vai precisar guardar em um local seguro, contra incêndio, assalto, enchente... vai precisar cuidar da temperatura, umidade, controlar quem chega perto ou não...

Se tivesse um cofre e ninguém soubesse quem sabe optaria por carteira offline.

Realmente, faz sentido, mas as carteiras online não tem o risco de serem invadidas?
Responda-o
Sim, principalmente Exchange. Nada é 100% seguro, cada forma de carteira tem seus prós e seus contras e vai de cada um avaliar de acordo com o caso concreto.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
(19-05-2018, 03:37 PM)Ogro Escreveu: Eu não invisto em bitcoins por não entender nada sobre isso.

Pra mim parece que a coisa toda é assim: alguém inventou algo que na verdade não é nada (uns bits de computador) mas que tem um valor x. Outras pessoas procuram adquirir esse nada e conforme a demanda aumenta o valor também aumenta. Mas ainda assim continua sendo nada. 
Aí você argumenta: "as moedas oficiais são a mesmíssima coisa, só tem valor porque as pessoas acreditam no valor delas. Tirando isso é só um pedaço de papel ou metal.'' Verdade, mas é aí que está o sentido da coisa, essas moedas são aceitas como objeto de troca por bens e produtos. Já as criptomoedas não, pelo menos por enquanto. Quando as criptomoedas passarem a ser universalmente aceitas como moedas de troca aí pra mim a coisa vai mudar de figura.

Não estou dizendo que não dá pra especular e ganhar dinheiro com as criptomoedas.  Malandro é quem entrou nisso lá no começo, ganhou uma grana com a valorização, vendeu e saiu. E se vai subir ou cair daqui pra frente eu não sei. Mas a lógica da coisa me parece ser a que eu me referi, estão apostando num fantasma, um pedaço de nada, e isso não faz muito sentido pra mim. Se estiver enganado me corrijam.

"Ninguém aceita vender pão em troca de ações."
Verdade, mas ações é uma coisa e moeda é outra. Ações não são aceitas como moeda de troca, até porque a legislação e a burocracia não permite isso. Mas ações é participação no capital de empresas reais que estão vendendo algo na economia real, dando lucro ou prejuízo.

Que absurdo! Quanta heresia!  Yaoming Yaoming Yaoming Yaoming

Ogro, você não está vendo as coisas pela perspectiva visionária. Leia os textos que postei algumas mensagens acima. Eu traduzi eles justamente porque achei muito bom. Tá certo que as minhas traduções não são das melhores, mas é o que tem pra hoje.  Big Grin

(19-05-2018, 01:02 PM)Über Escreveu: Eu penso que o mercado de criptos é artificial e altamente especulativo: uma aposta arriscada no anarcocapitalismo. Pegue qualquer uma dessas moedas e tente comprar um x-tudo com elas para ver se alguém aceita. 

(19-05-2018, 03:37 PM)Ogro Escreveu: Verdade, mas é aí que está o sentido da coisa, essas moedas são aceitas como objeto de troca por bens e produtos. Já as criptomoedas não, pelo menos por enquanto. Quando as criptomoedas passarem a ser universalmente aceitas como moedas de troca aí pra mim a coisa vai mudar de figura.

Como não? Existe um mercado bilionário que só aceita bitcoin e criptomoedas. Quase todos os projetos de ICOs e de blockchain só podem ser comprados, vendidos e negociados usando criptomoedas. São empresas reais, com funcionários reais, com lucros reais, mas que só podem ser negociados com criptomoedas. É óbvio que existem as fraudes no meio como ocorreu no boom do pontocom também.

Inclusive no meio dessas ICOs já tem algumas que é possível você comprar coisas no dia a dia como um pão em qualquer estabelecimento utilizando criptomoedas em um cartão visa ou mastercard. Como a PundiX ou a STK. O estabelecimento recebe na moeda que ele quer (real, dólar) e você paga na moeda que quiser (bitcoin, ethereum). A Wanchain está trabalhando para tornar possivel a integração de diferentes blockchains o que vai ajudar muito no desenvolvimento de toda a rede.

Existem também caixas eletrônicos em que é possível sacar seus bitcoins em real e dólar para usar.

Imagina que coisa linda o seu dinheiro não poder ser confiscado porque está em carteiras virtuais ou físicas e nenhum governo pode bloqueá-las. Imagina você não ter problemas de evasão de divisas. Pode viajar para qualquer lugar do mundo sem ter que ficar carregando um valor baixo de dinheiro. Pode investir em empresas de qualquer lugar do mundo sem ter que pagar impostos e preenchendo toneladas de papeis de burocracia. Mandar dinheiro para parentes no exterior na quantidade que quiser, de 1 real a mais de 100 milhões de reais, sem ter que prestar contas a ninguém. Ter uma moeda deflacionária (que o valor aumenta com o tempo) porque não pode ser emitido moedas novas em vez de guardar o seu dinheiro em uma moeda do governo em que ele emite o quanto quiser e que além disso com qualquer problema na justiça ou pensão eles podem confiscar a sua conta do banco.

Existem inúmeras vantagens que estão fazendo as pessoas migrarem para manter o seu dinheiro guardado em criptomoedas. E não é só uma questão de especulação, setores inteiros da economia estão se reestruturando para implementar o sistema blockchain nas suas industrias porque estão se mostrando mais eficientes, maior controle, menor custo e mais transparência. Eu poderia citar uma dezena de projetos que já estão em ascensão e que estão remodelando as industrias inteiras e também criando nichos completamente novos de mercado.

(19-05-2018, 01:02 PM)Über Escreveu: Isso está mais para uma modinha do que qualquer outra coisa. Modinha essa que inclusive hiperinflacionou o mercado de GPUs. Mas é isso aí... vida que segue.

Eu acho que é como a internet, independente de as pessoas aceitarem, gostarem, entenderem ou não, daqui alguns anos (vou profetizar aqui), por bem ou por mal, vai estar todo mundo usando. E muitos nem vão saber como funciona, como a internet em que as pessoas usam whatsapp, youtube, facebook, mas não entendem nada da tecnologia por trás que permite isso acontecer, com o blockchain vai ser a mesma coisa, conforme essas ICOs e criptomoedas forem simplificando processos e tornando mais fácil de usar, e integrando sistemas, as massas vão entrando sem nem perceber direito. Muitos dos que vão usar no futuro nem vão precisar saber o que é endereço blockchain, ERC-20, NEP-5, Id de transação, tokens, ICOs, e etc. Isso é coisa do nosso tempo arcaico em que tudo é novo e está sendo formado agora, estamos na época do faroeste em que as estradas estão sendo pavimentadas. Eles, que chegarem depois, simplesmente vão pegar seu smartphone, apertar um botão, enviar o dinheiro pro amigo, ou pro dono da loja, receber o produto e está tudo certo.

Continuando a minha profecia, acho que depois de algum tempo os governos vão emitir as próprias criptomoedas estatais, e com elas vão pagar os servidores públicos, receber impostos, pagar benefícios sociais e tudo mais. E com o tempo o próprio dinheiro físico vai saindo de circulação até deixar de ser usado e emitido. E o setor bancário vai se remodelar por completo sendo bem diferente do que é hoje. Assim como o rádio mudou com o surgimento da televisão.
“A honra, a integridade e a verdade precisam ser guardadas, custe o que custar ao próprio eu.” Obreiros Evangélicos, pág. 447
Responda-o
Esse breve livro explica muito bem o bitcoin: http://www.informatrader.com.br/datafile...itcoin.pdf

Mesmo conhecendo desde 2012 eu só fui ler esse ano (ou final do ano passado, não sei agora) e fiquei impressionado. Pra quem entende o que é inflação e pra entender isso recomendo o https://www.mises.org.br/Ebook.aspx?id=92, por si só a característica antiinflacionária do bitcoin já bastaria para ele ser uma tremenda inovação. Mas ele vai além. Além do excelente comentário do Libertador, os livros que citei são altamente recomendados.
  • Sem a visão de um objetivo um homem não pode gerir a sua própria vida, e muito menos a vida dos outros.
Leia: Nuvem de Giz
Responda-o
(23-05-2018, 05:37 PM)Bean Escreveu: Sim, principalmente Exchange. Nada é 100% seguro, cada forma de carteira tem seus prós e seus contras e vai de cada um avaliar de acordo com o caso concreto.

Uma carteira fisica pode ser apenas uma carteira offline no computador, ou ter um HD externo se torna obrigatório?

Estou com o seguinte plano, colocar parte em uma carteira offline, e parte em uma online, assim eu administro bem os riscos, acha o plano bom?

A online usaria para fazer trades mais frequentes, e a outra só para deixar lá valorizando até eu ficar milionário e gastar todo meu dinheiro com drogas e putas, terminando minha vida em grande estilo, jogado em alguma rua, com gonorreia e AIDS.
Responda-o
Primeiro compre BTC, aproveita que desceu bastante, e depois vê o que faz.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
(23-05-2018, 09:23 PM)Navalha Escreveu:
(23-05-2018, 05:37 PM)Bean Escreveu: Sim, principalmente Exchange. Nada é 100% seguro, cada forma de carteira tem seus prós e seus contras e vai de cada um avaliar de acordo com o caso concreto.

Uma carteira fisica pode ser apenas uma carteira offline no computador, ou ter um HD externo se torna obrigatório?

Estou com o seguinte plano, colocar parte em uma carteira offline, e parte em uma online, assim eu administro bem os riscos, acha o plano bom?

A online usaria para fazer trades mais frequentes, e a outra só para deixar lá valorizando até eu ficar milionário e gastar todo meu dinheiro com drogas e putas, terminando minha vida em grande estilo, jogado em alguma rua, com gonorreia e AIDS.

Não tem nada a ver uma coisa com outra, o que conta é a chave privada que pode até ser impressa em uma folha de papel (não recomendado), o resto são apenas clientes que te permitem fazer transações.

Carteiras Offline ou HD são aquelas instaladas em seu computador ou em dispositivos onde você armazena a chave, tem sua senha e lá seus fundos estão seguros não dependendo de serviços online como nas carteiras de exchanges ou carteiras de mercado que podem sair do ar de uma hora pra outra.

Todo fundo que você não pretende mexer em curto prazo, deixa na carteira offline ou HD, o resto você pode movimentar em serviços online desde que se verifique a credibilidade destes e saiba operar.

Simples.
Responda-o
Estou pensando em baixar uma carteira por esse site aqui https://bitcoin.org/en/download 

Isso é a carteira "fisica", certo? Depois vou criar uma carteira no blockchain, que o confrade @Trglodita indicou, para compras as moedas, passar para a física enquanto não tenho que mexer nelas, creio que estou no caminho certo, mas se alguém puder me elucidar melhor, li o tópico inteiro, mas é tanta recomendação que o cara se perde Big Grin pretendo ler as recomendações com mais calma com o passar dos dias, mas por hora o plano é esse, se estiver fazendo alguma cagada homérica, peço humildemente que avisem  Big Grin     


Obrigado a contribuição de todos.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)