Avaliação do Tópico:
  • 3 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
O Efeito do Açúcar nas Artérias
#21
Doce é meu calcanhar de aquiles na alimentação.

Lembro que no ensino fundamental eles distribuíam vidros de mel de 200ml na escola estadual onde eu estudava, exatamente desse da imagem. Antes do final da aula, questão de 2 horas, eu já tinha tomado todo o mel. Meus colegas ficavam impressionados por eu não enjoar nem sentir dor de barriga.

                                                                 [Image: mel.jpg]

Barras de chocolate de 125g e essas bolachas não resistia e  comia de uma vez só, não conseguia comer às prestações.

                                      
Spoiler Revelar
[Image: 71570.jpg]  [Image: Bolacha.jpg]
  

Apesar de comer muito doce sempre, minha glicose se mantém normal, medi mês passado, tá na casa dos 80.

Agora que sou um realista, estou parando de ingerir em excesso esse veneno chamado açúcar, que além de causar doenças te faz parecer um porco cevado.
Responda-o
#22
Tá mas, então, se o cara comer carboidrato umas duas horas de ir treinar, ainda vai permanecer fodido? No texto diz que é necessário fazer exericícios logo após para que não destrua as artérias, não entendi direito porquê. E no caso, se eu comer uma pizza ou uns 4 pães, esperar uma hora, e ir treinar, já foi tempo de detonar as artérias? No caso, o correto seria só tomar um achocolatado e partir logo em seguida para o treino, por exemplo?
Responda-o
#23
O excesso de sódio é pior!
Responda-o
#24
(25-09-2020, 07:32 PM)Reale Escreveu: Tá mas, então, se o cara comer carboidrato umas duas horas de ir treinar, ainda vai permanecer fodido? No texto diz que é necessário fazer exericícios logo após para que não destrua as artérias, não entendi direito porquê. E no caso, se eu comer uma pizza ou uns 4 pães, esperar uma hora, e ir treinar, já foi tempo de detonar as artérias? No caso, o correto seria só tomar um achocolatado e partir logo em seguida para o treino, por exemplo?

O certo seria cortar o máximo carboidratos simples e de alto indice glicêmico alto, cortar o máximo de açúcar possivel e por ai vai, mas cortar bastante e fazer dieta low carb é ruim para o longo prazo, ainda mais se pratica alguma atividade fisica como musculação, carboidrato está totalmente ligada a desempenho e performance.
Responda-o
#25
Descobri sobre os malefícios do açúcar e sobre a farsa de gordura fazer mal em janeiro de 2016. Fiquei em 2016 e 2017 inteiros consumindo zero carboidratos, apenas comendo proteína e gordura animal. Dieta praticamente 100% carnívora. Nada de carne magra, só carnes gordas, banha de porco, bacon, etc. e aliado a isso fazia jejuns naturais de 16 a 24 hora todos os dias, pois gordura sacia MUITO. Ia pra academia e fazia treino de força com 6 horas de jejum numa boa, pois almoçava 12:00h e treinava 18:00h. O corpo leva em média 6 semanas pra se adaptar usando a gordura como fonte de energia, nesse período é recomendado não treinar. Tirando fisiculturistas, praticamente ninguém precisa de carboidratos pra treinar. A gordura pode ser o combustível. Diversos ciclistas profissionais e até alguns jogadores da NBA não consomem carboidratos, mas sim gordura animal como fonte de energia. É uma questão de troca de combustível.

Resultado: no final de 2017 eu estava com 79kg pra 1,84m de altura, com 10% de BF e um corpo bem bacana pros meus objetivos, bem distribuídos. Estava magro, definido e super saudável. De vez em quando fazia jejuns de 36 a 48h, e duas vezes fiz de 60h pra limpar o corpo. Minha mente estava aguçada e eu me sentia muito bem.

De 2018 até atualmente em 2020 eu acabei descambando e voltando pro vício do açúcar, mesmo tendo condições de comer picanha todo dia, acabei perdendo pro vício e voltei ao velho estado de quando achava que a gordura era a vilã. Entre altos e baixos, hoje estou com 91,5kg com uma pança zuada, apesar de continuar treinando, pois devido ao vício do açúcar meu corpo tem acumulado gordura devido aos estouros que dou na insulina quando consumo essa porcaria de açúcar. Tem sido difícil ficar mais que 5 dias sem atacar doces, lanches, etc. vício total. Açúcar não é brincadeira de criança, vicia MUITO mais que cigarro.

A meta é me concentrar, tomar vergonha na cara e voltar aos níveis de 2016 e 2017. Tenho saudade daquele estado de saúde e daquele corpo na faixa dos 80kg. Estar magro e forte ajuda muito pro estado de espírito.

Aos que querem aprender mais sobre os malefícios do açúcar, recomendo:

- Site do Dr José Carlos Souto: https://www.lowcarb-paleo.com.br/

- Tudo que vocês acharem do Dr. Souto no YouTube podem ver, também. Esse cara é um excelente médico e cientista comprometido com a verdade.

- Vídeos do médico canadense Jason Fung e seu livro “Código obesidade”

- Os livros: “por que engordamos e como evitar isso” do Gary Taubes e principalmente o “Gordura sem medo” da Nina Teicholz. Este mostra de onde vem toda a farsa política e econômica de que gordura faz mal, baseado num estudo patético do colesterol de um cara extremamente influente nos EUA, chamado Ancel Keys.

É isso

Viva a carne vermelha. Morte ao açúcar.
Responda-o
#26
Baita tópico, informações extraordinárias.

O relato do camarada @Jagunço me descreve também.

E tenho um agravante. A maioria das pessoas têm um ponto fraco: uma parte consome muita comida doce, a outra muita comida salgada.
Eu não tenho preferência, consumo muito as duas e se dependendo do que for, a gente come misturado também.

O Dr. Uronal tem uma frase interessantíssima e é verdade, que é a seguinte: 0,5cm a mais de circunferência, significa também menos saúde (claro, falando de obesidade, obviamente). E vejo isso na prática. Não sou obeso, mas devido a falta de exercícios regulares e péssima alimentação, por mais que eu não sinta nada, minha disposição é bem menor. Percebi também que quando consumo muita açúcar, me bate uma falta de vontade absurda durante todo o dia.

Para vocês terem uma ideia, quem gosta de café doce não gosta do meu café, pois dizem que tem muita açúcar.
Ah, e faço igual o Jagunço, não consigo comer barra de chocolate nem bolacha (aqui em MG é bolacha) aos poucos. Como tudo de uma vez e não importa a quantidade (não importava, pois essa farra vai acabar, caraio).

Ontem eu li esse tópico e hoje, pela primeira vez em 24 anos de vida, fiz café sem açúcar. Amargou que nem o diabo, mas bebi. E me exercitei também.

Enfim, esses tópicos sobre nutrição e treinamento são importantíssimos, quero manter essa pegada agora.
Os gordinhos que me perdoem, mas homem pançudo/banhudo é RIDÍCULO, ESCROTO, VERGONHOSO. Não merece respeito. Portanto, a hora de mudar meus hábitos é agora.


edit***: estou o dia todo sem consumir açúcar e minha disposição está um pouco melhor do que os outros dias, acho que amanhã devo sofrer um pouco mais por conta da abstinência, mas sem dúvidas a disposição e energia também irão aumentar gradativamente.
Mateus 21:22
Responda-o
#27
(25-09-2020, 07:32 PM)Reale Escreveu: não entendi direito porquê.

No texto está explicado. O efeito nas artérias acontece no momento que a glicose entra na corrente sanguínea. Quanto mais e glicose, e maior o tempo que ela permanecer na sua circulação, mais prejudicial vai ser. Por isso o exercício é uma válvula de escape, pois transforma essa glicose prejudicial aos tecidos em energia. Pesquise um pouco sobre DIABETES, e como a glicemia alta corrói todo o organismo, talvez tudo fique mais claro na sua mente.

O tempo que a glicose é liberada no sangue varia pelo tipo de carboidrato, os de IG alto são mais rápidos.

É isso.

Achocolatado? Que porra tem haver isso? Facepalm Travolta

Para de frescura mermão


(26-09-2020, 02:33 AM)Hombre de hielo Escreveu: O excesso de sódio é pior!

Ah pronto ... era só o que faltava...


(26-09-2020, 07:44 PM)hjr_10 Escreveu: acho que amanhã devo sofrer um pouco mais por conta da abstinência

Não corte o açúcar ou carboidrato drasticamente, que com certeza você não vai aguentar muito tempo e vai cair num efeito rebote que vai te jogar num vício pior do que já está. Eu já falei sobre isso em algum texto.

Nesse começo, tente fazer das guloseimas doces uma espécie de prêmio. Quando você cumprir com suas obrigações, você come algo que gosta. Se for para ir treinar, também é válido algum doce. Aos poucos você vai reduzindo a quantidade.

Usar frutas doces (como a banana, melão) também ajuda um bocado.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#28
Tópico muito interessante.

Ao ler, até que não estou tão ruim no hábito de consumir carboidratos em excesso. Agora o açúcar refinado, esse cortei de vez.
Responda-o
#29
Rapaz, depois que cortei alimentos industrializados da minha vida só tive benefícios, açucar nem sei o que é isso a meses, ainda peco um pouco por que como umas paradas tipo pão integral, um doce ou outro as vezes, mas no geral emagreci demais sem grandes esforços, e eu nem era gordo, mas fiquei de normal pra trincado, so ajustando ai a dieta, como muitas frutas, mel, carne e ovos
Oitavo anjo do apocalipse
Responda-o
#30
Provavelmente eu já disse em algum lugar, mas repetindo:

açúcar (carboidratos simples) é/são basicamente energia. quanto menos energia a sua vida demandar (pouca atividade física), menos deve consumir... pq o excesso vai te foder de algum jeito ou de outro. Ponto.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)