Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[RELATO] Balada - Uma das maiores mentiras da Terra
#41
(27-06-2017, 01:34 AM)Hombre de hielo Escreveu:
(27-06-2017, 12:55 AM)TheOak Escreveu: ...

A principal motivaçao dele ter entrado com a açao nao foi pela injustiça em si, mas sim pela inveja do poder da xana!


Claro, claro!

Mas ele precisava de um argumento pra conseguir brigar por essa questão do preço, e foi bem esperto em usar isso da igualdade de gênero. As mulheres estão insuportavelmente falando no empoderamento feminino e blá blá blá, de repente ele pegou no Tendão de Aquiles das donzelas, pois preços diferentes é uma afirmação fortíssima contra essa força das fêmeas.

Esse argumento bem bolado, por mais que não seja a real preocupação dele, comoveu muita gente. Juíza, advogados e até o Fantástico, pico de audiência da Tv aberta no domingo, apoiou.



Se eu conseguisse usar alguma brecha nesse feminismo doentio pra fazer algo pelo bem dos homens honrados que têm que pagar a conta das vadias, eu faria feliz.

Porra! Eu não tenho que pagar caro pra que as donzelas possam "gastar com o salão de beleza" pra ficarem alimentando o próprio ego a custa de betas...
Responda-o
#42
Tanta gente precisando de remédio, leito e cirurgia neste país, e um sujeito entra com ação porque o ingresso da baladinha lixo é diferente pra homens e mulheres. Se foder mesmo.

Claro que eu discordo da diferença de valores, mas existem coisas mais importantes a merecer atuação da justiça.

O problema do Brasil é o brasileiro.
"Primeiro vêm os sorrisos, depois as mentiras; por último, o tiroteio" - Roland de Gilead
Responda-o
#43
Pelo que eu entendi, "distorceram" o que o cara fez, ele não fez isso por causa de balada, ele queria ir a 1 ou 2 shows mas percebeu que o ingresso masculino era bem mais caro, reclamou por isso, ai aproveitaram e emendaram com balada, talvez ele mesmo fez isso, mas ele fez pq achou injusto ter que pagar mais caro pra ir assistir um show de música simplesmente por ter um pênis, dai ele aproveitou e usou a tal "igualdade" que elas tanto buscam. É só ver pela cara dele, ele não tem cara de quem frequenta balada.
Responda-o
#44
Volte ao topo. Talvez salve alguns otários.
[...]
Responda-o
#45
Oxe!

Não sabia que meu relato havia tomado essas proporções. Se eu soubesse teria escrito de um jeito menos porco e informal. Big Grin
Responda-o
#46
(03-07-2017, 06:33 PM)Ermac Escreveu: Oxe!

Não sabia que meu relato havia tomado essas proporções. Se eu soubesse teria escrito de um jeito menos porco e informal. Big Grin

Confrade, te deixei um like nesta postagem, mas foi pelo tópico.

Textos e relatos sempre são bem vindos aqui, e vivências então, tem muito valor.

Apesar de já estar muito bom, caso queira fazer um novo tópico, atualizado e reorganizado, me avise que dou um jeito de "fundir" os tópicos depois, deixando apenas o novo.

Qualquer coisa me mande uma MP. E seja bem-vindo em nossa casa.
[...]
Responda-o
#47
Faça isso mesmo Emarc, vai ajudar mais ainda a galera, o seu tópico já teve mais de 5 mil visualizações neste primeiro mês que foi postado.
“A honra, a integridade e a verdade precisam ser guardadas, custe o que custar ao próprio eu.” Obreiros Evangélicos, pág. 447
Responda-o
#48
Que balada é "puteiro de mulher" e deve ser abolida, todo realista sabe. Mas eu não imaginava o quão abominável eram as entranhas da coisa.
"A maior maldição que pode se abater sobre uma criança é mãe piranha e pai covarde. Daí advém todo o declínio do Ocidente."
Palhaço, Canal Brasileirinhos.
Responda-o
#49
Peço licença aos senhores para acrescentar a esse tópico o que postei no Fórum do Búfalo relacionado a esse tema:

BOEMIA X BALADA

HOMEM SOLTEIRO QUANDO SAI A NOITE:

BOEMIA: VAI PRA BOATE/PUTEIRO
BALADA: VAI PRA BALADINHA

BOEMIA: É BOÊMIO
BALADA: É BALADEIRO

BOEMIA: USA CAMISA SOCIAL, RELÓGIO, PERFUME DE TIOZÃO, SAPATO, BIGODE E CHARUTO CUBANO
BALADA: USA BABY LOOK COR DE ROSA PRA DESPONTAR OS MUSCULUS, CALÇA JEANS PREGADA NO RABO, NIKE SHOX 500 MOLAS, BARBINHA DE SERTANEJO E CORDÃO DE PRATA FALSIFICADO

BOEMIA: BEBE CERVEJA, UÍSQUE, FUMA CHARUTO CUBANO
BALADA: BEBE CAIPIFRUTA, BEBIDAS MODERNAS COLORIDAS E FUMA CIGARRO DE MACONHA

BOEMIA: MANDA NA PORRA TODA, É AMIGO DO DONO DO BORDEL/BOATE, FICA RODEADO DE MULHERES, COME TODO MUNDO QUE TIVER LÁ
BALADA: CHEGA PAGANDO DUZENTAS BEBIDAS PRA BALADEIRA ARROGANTE, PUXANDO SACO, DANDO CANTADA DE MOLEQUE DA FACULDADE, NÃO TEM MORAL NENHUMA NO LUGAR, O MÁXIMO QUE CONSEGUE É UNS BEIJINHOS FULEIRAS COM BAFO DE VODKA

BOEMIA: MULHER ENTRA DE GRAÇA
BALADA: MULHER ENTRA DE GRAÇA ATÉ AS 23 HORAS

BOEMIA: SÓ OUVE BOLERO, NELSON GONÇALVES, ALTEMAR DUTRA
BALADA: OUVE MÚSICA ELETRÔNICA REMIXADA DA ANITTA

BOEMIA: NEM LEMBRA NO DIA SEGUINTE
BALADA: POSTA NO FEICIIII FINGINDO QUE ARRASOU FESTA, SENDO QUE NÃO PEGOU NINGUÉM E AINDA TORROU A CARTEIRA

Na época da boemia, os homens realmente se divertiam. Hoje na época da balada quem manda é a mulher.
Responda-o
#50
(03-07-2017, 06:56 PM)Tesla Escreveu:
(03-07-2017, 06:33 PM)Ermac Escreveu: Oxe!

Não sabia que meu relato havia tomado essas proporções. Se eu soubesse teria escrito de um jeito menos porco e informal. Big Grin

Confrade, te deixei um like nesta postagem, mas foi pelo tópico.

Textos e relatos sempre são bem vindos aqui, e vivências então, tem muito valor.

Apesar de já estar muito bom, caso queira fazer um novo tópico, atualizado e reorganizado, me avise que dou um jeito de "fundir" os tópicos depois, deixando apenas o novo.

Qualquer coisa me mande uma MP. E seja bem-vindo em nossa casa.

(03-07-2017, 07:21 PM)Libertador Escreveu: Faça isso mesmo Emarc, vai ajudar mais ainda a galera, o seu tópico já teve mais de 5 mil visualizações neste primeiro mês que foi postado.

Valeu pessoal!

Eu na verdade devo a organização desse relato lá no FdB já faz 2 anos, o Senna havia sugerido e eu fiquei devendo, até hoje não fiz, não achei que ia ter grande importância até porque tinha muito material sobre e era um assunto batido. Hoje fui ver e já espalhou por outros fóruns por aí. Parece que o calcanhar de Aquiles de muitos irmãos são as baladas. Haha!

Queria colocar algumas observações sobre como propagandas são nocivas e vídeos de como falsificar bebidas. Vou tentar relatar minha experiência de forma mais completa e organizada e postar nas duas casas.
Responda-o
#51
quando o cara passa com um carrão na frente de uma balada :



"A paixão é como o álcool. Entorpece a consciência, elimina a lucidez, impede o julgamento crítico e provoca alucinações, fazendo com que o ser amado seja visto como divino." Como lidar com Mulheres - Nessahan Alita
Responda-o
#52
Fui algumas poucas vezes (umas 3 ou 4) nesse antro de lixo chamado balada, entre os 17-21 anos, e ja foi suficiente pra perceber o quão deplorável e inútil é esse ambiente. O modus operandi das pervas é sempre o mesmo, previsível e limitado, mas suficiente pra atrair e ludibriar hordas de manginas sedentos e que saem mais pobres e fracassados do que entraram. Sem falar no uso descarado de "doce", "bala", todo esse tipo de porcaria alucinógena. Aí você vê um retardado usando óculos de sol numa baladinha verminosa, e ja sabe do que se trata.


Essa questão das bebidas é corriqueira mesmo. Tinha um camarada meu que era barman de uma que eu fui uma única vez, e ele relatou práticas parecidas com a do tópico. Nessa oportunidade consegui pegar umas bebidas extra com ele sem pagar (deve ter marcado na comanda de alguem), e foi a única vez que não tomei muito prejuízo  Delícia Agora ja fazem 6-7 anos que não passo nem perto desses covis de castração, mas provavelmente nada mudou, a não ser pra pior.
"IT'S ALL ABOUT WORKING BODY, MIND AND SOUL" 

"Todo mundo tem um plano....Até tomar o primeiro soco"  M. Tyson
Responda-o
#53
Puta que o pariu! Que nojo esse negócio das bebidas.
Ainda bem que eu parei de frequentar essas porras de baladas.
E eu nem ia só pra tentar arrumar mulher, também sim, mas eu ia mais porque os amigos também iam e eu ia junto.

Caralho! Já devo ter bebido muita cerveja babada. Caralhooo!
Responda-o
#54
Eu ia bastante, tinha meses que eu ia uma semana sim outra não e achava bem divertido.
Na questão das bebidas eu sempre tomei em garrafas fechadas, ficava só na Heineken na maioria das vezes, uma dica é ficar atento na hora que o cara for abrir pra ver se não foi só colocada a tampa por cima.
E sobre ficar tomando fora, acho que isso é neura, o que mais tem em balada é mulher se jogando pra cima.
http://ask.fm/VirideMR

A vida é insignificante se não está inspirada por uma vontade indomável de superar os limites. - José Ortega y Gasset
Responda-o
#55
(03-07-2017, 06:33 PM)Ermac Escreveu: Oxe!

Não sabia que meu relato havia tomado essas proporções. Se eu soubesse teria escrito de um jeito menos porco e informal.


Parabéns ao Maddox que trouxe o relato pro LR, e principalmente ao confrade Ermac, pelo tópico, desde lá no fdb alertando muitos parças a não comprometerem seu financeiro e sua sanidade em ambientes tão tóxicos.

E, @Ermac, não subestimes a importância de um tópico como esse, muitos cidadãos antes de conhecerem a real,  tinham outro conceito, até favorável sobre esse tipo de ambiente, e sabotavam seu próprio desenvolvimento sem saber.
Responda-o
#56
Conheço esse texto das antigas. Muito bom.
Quando mais novo ia nas baladas e ficava de canto, nunca foi minha praia balada (agora, show underground eu me acabava).
Vale lembrar a matéria do cabrini no conexão repórter mostrando que pessoas feias,  mesmo com dinheiro pra pagar entrada, eles não deixam entrar. 
É foda....
Responda-o
#57
(27-05-2018, 03:35 AM)Ernane Carreira Escreveu: Conheço esse texto das antigas. Muito bom.
Quando mais novo ia nas baladas e ficava de canto, nunca foi minha praia balada (agora, show underground eu me acabava).
Vale lembrar a matéria do cabrini no conexão repórter mostrando que pessoas feias,  mesmo com dinheiro pra pagar entrada, eles não deixam entrar. 
É foda....

Mesma coisa, fui poucas vezes na vida, algumas pra acompanhar amigos, outras por curiosidade e uma vez por causa da minha EX que chamou pra ir junto, parece festa do feromônio, até tentava entrar na bagunça mas acabava ficando de canto ou no bar bebendo tentando curtir a atração, mas não é nem de longe uma experiência prazerosa que compense.

Quem vai pra pegar mulher só se fode, tem que ficar se acotovelando com um monte de machos pra chegar em alguma vadia do ego inflado, corre risco de pegar mulher de alguém, arrumar treta, tomar toco e passar vergonha e uma série de outras coisas vergonhosas.

Mas... mesmo assim é bom ir pelo menos uma vez na vida pra ver como é.
Responda-o
#58
Ambiente conflagrado, música alta, conversas inaudíveis e bebida inflacionada.

Dispenso.
Responda-o
#59
O destacado até sai em vantagem nesse tipo de lugar pois come as vadias baladeiras . Porém o dinheiro gasto e a ilusão que vivem é muito mais danoso que apenas um "fora" que o mediano recebe. Conheço um colega de faculdade que é considerado destacado que come várias mulheres de balada, porém está quebrado financeiramente por gastar em bebidas muitas vezes bancando alguma vadia, e recentemente pegou uma DST. Já alertei ele sobre o buraco que ele está se metendo mas o próprio em suas palavras disse: "eu faço este investimento em baladas para inflar o ego."
O homem que tenta ser bom o tempo todo está fadado à ruína entre os inúmeros outros que não são bons.
Responda-o
#60
(27-05-2018, 03:15 PM)Nicolau Maquiavel Escreveu: O destacado até sai em vantagem nesse tipo de lugar pois come as vadias baladeiras . Porém o dinheiro gasto e a ilusão que vivem é muito mais danoso que apenas um "fora" que o mediano recebe. Conheço um colega de faculdade que é considerado destacado que come várias mulheres de balada, porém está quebrado financeiramente por gastar em bebidas muitas vezes bancando alguma vadia, e recentemente pegou uma DST. Já alertei ele sobre o buraco que ele está se metendo mas o próprio em suas palavras disse: "eu faço este investimento em baladas para inflar o ego."

Defendo a ideia de que todo homem deveria ir pelo menos uma vez na vida em uma balada, pelo menos para observar e ver com os próprios olhos, não apenas ir, mas tentar participar e ver a real nua do falso glamour.

Sobre o texto destacado, o mesmo acontece com meu primo, um destacado egolatra que trabalha em um emprego medíocre, investe tudo o que ganha em sua aparência se injetando com todo tipo de bomba, corpo tatuado, roupas caras, frequenta as melhores baladas, come muitas mulheres, se entope de drogas, principalmente balinha, troca o dia pela noite, enfim.

Tudo parece lindo, certo?

Pelo menos é o que a família pensa, está aproveitando a vida, mas em uma análise um pouco mais profunda se vê que ele não se preocupa com futuro, apenas com o presente e com as aparências, essa vida hedonista pode ser prazerosa mas a longo prazo tem um preço muito alto pois um dia a aparência se vai, as energias se vão e por não ter investido seu tempo em um desenvolvimento concreto como homem e ter investido apenas nas aparências pelo status social, conforme a idade avança e o tempo começa a cobrar seu preço não lhe restará nada além de uma vida difícil e memórias.

Quando as cortinas se fecham e as luzes da balada se apagam ele volta pra casa pra dormir em um quartinho na lage da casa do meu tio, isso com 34 anos nas costas.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 7 Visitante(s)