Avaliação do Tópico:
  • 5 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[RELATO] Loucuras do Libertador - O Teste Físico
#21
- Libertador, deixo aqui meus parabéns por este relato altamente construtivo.

- Confesso que ao ler, levei alguns tapas na cara. Sua determinação e força mental fizeram você superar os obstáculos até aqui.

- No aguardo de como será o desfecho da saga.
Responda-o
#22
Continuando...

No último dia antes da prova, eu estava subindo a escada com dificuldade, andando com dificuldade, e a minha irmã preocupada até me perguntou: "Libertador, como você acha que vai correr amanhã se nem andar você está conseguindo?!" Eu respondi: "fica tranquila, pra cada dia o seu problema."

Continuei com a alimentação forte, continuei acordando cedo e dormindo cedo pra acostumar meu corpo, pois no dia da prova eu teria que acordar as 5:15 da manhã para chegar a tempo no local do TAF, então queria meu corpo acostumado a isso. Continuei com as compressas e exercícios de mobilidade pras articulações. Continuei com o tratamento para regularizar o intestino. Continuei com tudo normalmente como se estivesse tudo sob controle.

E a minha família extremamente preocupada e ansiosa, dava pra ver nas reações deles. Todo mundo tenso, menos eu. Eu continuei gerenciando os meus pensamentos, mas agora, os pensamentos ruins quase não apareciam mais. Eu fiquei em um estado de auto motivação quase que automático. Neste último dia, eu estava calmo, não sei como, mas eu estava bem tranquilo. A ansiedade e o stress se foram desde a oração da noite anterior.

Eu não usei anti-inflamatórios antes, pois acredito que eles atrasam a recuperação, pois a inflamação é importante no processo de recuperação do corpo, porque o corpo produz prostaglandinas e outras substâncias importantes na recuperação que são bloqueadas com os medicamentos anti-inflamatórios. Mas na noite anterior, eu tomei um comprimido anti-inflamatório forte pra agir internamente, e o general Gangster me indicou um anti-inflamatório em gel muito bom, comprei e eu passei bastante gel nas minhas articulações lesionadas, para no dia seguinte amanhecer melhor, sem dor.

Um detalhe importante nesta última noite antes da prova, foi que o Realista Héracles me aconselhou a consumir tudo o que eu pudesse para aumentar a minha motivação bem perto do momento da prova, porque quando a força acabasse seria a mente que susteria o corpo.

Segue um trecho da mensagem que ele me enviou:

Héracles Escreveu:TAMBÉM tem o fator mental que talvez determinará o seu sucesso ou fracasso na prova. A mente é quem manda, por mais que o corpo diga que não aguenta mais. Por isso, deixe para consumir todas as coisas que te motivam, apenas no dia da prova, músicas, vídeos, frases, se inspire de forma absurda e tome algum energético ou algo do tipo no dia das provas. Veja coisas de vencedores, assista coisas de vencedores, pense como vencedor e não tenha contato em hipótese alguma com aquelas pessoas que vc sabe que são pessimistas e tem baixa auto estima. De um jeito de não cruzar o caminho deles no dia da prova. 

Fui para o meu quarto, procurei vídeos motivacionais bons aqui no fórum e não achei, então, depois da prova eu fiz este tópico: Vídeos Motivacionais
Com o objetivo de formarmos um acervo com vídeos motivacionais fodas para momentos como esse. Postei no tópico alguns dos vídeos que assisti antes da prova.

Pesquisei pela internet e também pesquisei os videos que eu tinha salvo no meu computador e assisti vários vídeos motivacionais, eu queria estar altamente motivado para a prova, e fui selecionando os melhores para que eu assistisse novamente de manhã cedo, depois, ainda nesta última noite, eu fiz uma oração forte a Deus, pedindo para Ele me mandar força lá do alto quando a minha acabasse, que me ajudasse a me manter firme mesmo quando eu quisesse parar.

[Image: Oracao-Devocional-4.jpg]

Pedi para Ele me ajudar a ir até o meu limite, e se o meu limite não fosse o suficiente pra passar, que Ele fizesse um milagre e me ajudasse a ir além. Lembrei do versículo Bíblico de Isaías 40:31. E depois da oração, eu dormi que nem uma pedra durante a noite.

[Image: os-jovens-se-cansam-e-se-fatigam-e-os-mo...9-4954.jpg]

Quando acordei na manhã seguinte, no dia da prova, as 5:15 da manhã, senti o frio na barriga do desafio que se aproximava, eu sabia que para vencer eu teria que fazer um tempo que nunca tinha feito antes, eu precisava quebrar o meu próprio recorde na corrida naquele dia, e teria que fazer isso lesionado, e se o o gigante não caísse? Me deu uma pontada de medo quando pensei nisso, mas gerenciei meus pensamentos novamente antes que a coisa saísse de controle e a ansiedade pudesse voltar, naquela manhã, o sol não tinha nascido ainda, levantei da cama para ver como estava as lesões e, infelizmente, eu ainda sentia as dores nas articulações pra andar, mesmo com os anti-inflamatórios e analgésicos.

[Image: 3-motivos-que-provocam-les%C3%A3o-na-ati...sica_1.jpg]

Tomei outro comprimido forte do anti-inflamatório, apliquei muito mais gel nas articulações, bastante mesmo. Meu intestino amanheceu ruim, com disenteria, tive que usar o vaso logo de manhã, isso mesmo, infelizmente, além de lesionado, eu teria que correr com o intestino ruim naquele dia, e o intestino consome muita energia do nosso organismo, se ele está ruim, então a coisa complica, principalmente na corrida e na natação.

[Image: INTESTINO.png]

Pensei em desanimar ou reclamar, mas me lembrei novamente da frase: "Não quero desculpas, quero resultados". E me mantive firme, e não pensei mais a respeito desses problemas.

Me arrumei, tomei café da manhã: banana amassada com aveia, linhaça e mel, e comi também um pouco de batata doce cozida, preparei a mochila com os documentos e a roupa da prova.

Agora, eu estava pronto pra sair de casa e enfrentar o meu gigante.

[Image: 7f8ceb8889db1eeacdec0daf40f84979.jpg]


Continua em breve.
A maior necessidade do mundo é a de homens - homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.
Responda-o
#23
Ac
Relato fuderoso
Parabéns libertador
"A solução está não desejar nada, não exigir nada, não esperar nada!" - (N.A)
Responda-o
#24
Foda como sempre.

Os relatos do Libertador são exemplos de garra, comprometimento e força de vontade.

Independente deste teste, pressinto que tua grande vitória está mais próxima do que nunca. Parabéns, confrade!
"A maior maldição que pode se abater sobre uma criança é mãe piranha e pai covarde. Daí advém todo o declínio do Ocidente."
Palhaço, Canal Brasileirinhos.
Responda-o
#25
Respostas aos comentários:

Spoiler Revelar
(07-06-2017, 03:29 PM)Bean Escreveu: Se ainda continua com a flora intestinal zoada, fécula de batata(tem que procurar uma marca boa sem contaminação) e banana verde crua ajudam a regular.

Estou com a flora intestinal ruim ainda sim, valeu pela dica, vou dar uma pesquisada nisso.

(07-06-2017, 03:58 PM)Monarca Escreveu: Você poderia postar quais foram as indicações do Hérculles?

Vou primeiro contar o relato na ordem certa, destacando só as dicas mais relevantes do Héracles, para não desvirtuar a história. Depois eu posso postar as dicas no tópico dos concursos, para quem for fazer o TAF também.

(07-06-2017, 05:10 PM)Gorlami Escreveu: Seus relatos são inspiradores Libertador! Pleno de lições úteis.

Obrigado Gorlami!

(07-06-2017, 09:04 PM)GhostRider Escreveu: Esse Libertário é muito determinado!  Pqp!

Eu não sou Libertário.

(07-06-2017, 10:17 PM)Seth Gecko Escreveu: A corrida quase que não dava conta. Fiz com 11:30. Mais 30 segundos e eu estava fora. Corpo cansado toda hora querendo parar. Comecei a rezar no meio da prova a pedir a Deus forças.

Sei bem como é isso, é uma luta da mente contra o corpo.


(08-06-2017, 08:36 AM)Héracles Escreveu: Só passando aqui para dar meus parabéns pela iniciativa do tópico e pela saga, que eu acompanho desde o inicio. Por ter a coragem de dar a cara a tapa e se desafiar. É desse tipo de relato que a real precisa.


fuckyou

Valeu confrade! A sua ajuda foi fundamental!

(08-06-2017, 06:48 PM)OldMan Escreveu: Uma coisa que ajudava muito (na época que praticava esportes) era natação.

Ela tem um poder revigorante e de recuperação muscular MUITO forte, principalmente se feita em ritmo médio.

Muitas vezes saía destroçado da academia ou futsal, então no outro dia de manhã ia nadar durante uma hora, em ritmo médio.

As dores sumiam.

Uma possibilidade de treino pra recuperação muscular de ligamentos e tendões, sem impacto é a bicicleta e talvez caminhar na areia fofa (não é pra quem mora em Brasília-DF, rs).

Por exemplo:

Logo no dia do TAF adiado começar a fazer natação em ritmo médio e bicicleta, no dia seguinte fazer os dois em ritmo mais forte e aumentar o ritmo de forma crescente ao passar dos dias até o penúltimo dia.

E por fim, se fosse o caso pensaria na possibilidade de fazer infiltração no local das dores, a título temporário; afinal, chegar a 30 metros do topo do Everest e ter que voltar é foda.

Valeu pelas dicas, eu não tinha bicicleta, mas fiz bastante natação nos últimos dias, como relatei.

É triste mesmo ter que chegar tão perto e falhar. Mas acontece e faz parte do aprendizado.

(09-06-2017, 03:51 AM)Gattuso Escreveu: O Libertador é um cara muito foda
Dá pra sentir a garra que esse cara tem, ele leva o desenvolvimento a sério, além disso escreve muito bem, realmente está comprometido com sua sobrevivência
Ele é diligente, não olhei no olho desse cara pra precisar saber que ele almeja algo a mais na carreira
Vc vai ter sucesso cara é só questão de tempo e nao chorar quando tomar pancada

Obrigado Gattuso, Mó Humirde, Dr. Nessahan, espero que você esteja certo, que seja só uma questão de tempo para eu ter sucesso. Smile

(09-06-2017, 10:50 PM)Diamante Escreveu: - Libertador, deixo aqui meus parabéns por este relato altamente construtivo.

- Confesso que ao ler, levei alguns tapas na cara. Sua determinação e força mental fizeram você superar os obstáculos até aqui.

Valeu, Diamante. O objetivo do relato é justamente esse, ajudar os realistas do fórum, encorajar os outros a também correr atrás dos seus sonhos por mais difíceis que sejam. Todos aqui estamos lutando por um futuro melhor. Vamos se ajudar então.

(10-06-2017, 12:07 AM)Tauros Escreveu: Ac
Relato fuderoso
Parabéns libertador

Valeu, Tauros!

(10-06-2017, 09:45 PM)VOLVO Escreveu: Foda como sempre.

Os relatos do Libertador são exemplos de garra, comprometimento e força de vontade.

Independente deste teste, pressinto que tua grande vitória está mais próxima do que nunca. Parabéns, confrade!

Obrigado Volvo, saiba que você me ajudou muito com aquelas dicas de concurso que me passou no EDR.
Que Deus te ouça, espero que o seu pressentimento esteja certo e que minha grande vitória esteja mais próxima do que nunca! Big Grin
A maior necessidade do mundo é a de homens - homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.
Responda-o
#26
Continuando...

Antes de sair, minha família se juntou, todos estavam tensos e preocupados comigo, pegamos a Bíblia para ler um versículo aleatório e abrimos neste versículo:

Citação:Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo Eu não me esquecerei de ti. Isaías 49:15

Pelo versículo, eu acreditei que Deus ia me ajudar lá na corrida e que Ele não ia esquecer de mim nesta hora. Fizemos uma ultima oração em família e saímos.

Na ida para o local da prova, eu estava em concentração total enquanto minha irmã dirigia o carro pra mim, fiquei assistindo os melhores vídeos motivacionais que selecionei na noite anterior, e fiquei orando ao meu Deus. Me perguntaram o que eu estava fazendo, o que eu estava vendo, eu expliquei que quando a força acabasse, seria a motivação que me ajudaria a continuar em frente, por isso, estava assistindo uns vídeos que me motivassem.

O sol estava nascendo quando cheguei no local de prova, já tinha candidatos na fila aguardando o horário para entrar, o clima estava bem tenso, todos sérios e compenetrados, liberaram o portão e começaram a receber os candidatos, os familiares não podiam entrar, aguardei a minha vez e entreguei os documentos, e meu intestino continuava ruim, enquanto assinávamos os termos lá, perguntaram se alguém queria ir no banheiro e fui novamente ao banheiro, isso não era um bom sinal, mas eu não usaria nada como desculpas. "Eu não quero desculpas, quero resultados." Eu repetia essa frase mentalmente de vez em quando.

Começou a primeira etapa, foi a prova das barras, os fiscais explicaram as regras, e eu fui o terceiro a ser chamado para realizar as barras.

[Image: barra-fixa.jpg]


Quando chegou a minha vez, eu fiz as oito barras com tranquilidade, já que nos testes eu conseguia fazer quase 12, isso era bom, pois eu poupei a minha energia para a corrida. Passei na prova e fiquei aguardando os outros candidatos executarem o teste. E vi candidatos sendo reprovados na minha frente.

[Image: teste-barra-fixa-policias.jpg]

Logo que terminei as barras eu comecei a me aquecer pra corrida, eu não tinha tempo a perder, fiquei cerca de 15 minutos aquecendo pesado pra começar a corrida, todo mundo sentado e parado, esperando o fiscal avisar a hora de ir pra pista de corrida, porém eu estava em pé, ali, aquecendo as pernas, fazendo alongamento ativo, lubrificando as articulações para diminuir as dores da lesão quando começasse a corrida, mas as dores ainda estavam fortes.

[Image: lesi%C3%B3n-corredor.jpg]

Fiquei preocupado, mas eu iria correr mesmo assim e dar o meu melhor, não importa o que acontecesse. Até que liberaram a pista, nos chamaram, organizaram os candidatos, os fiscais me colocaram novamente em terceiro, deram as instruções, se preparam para dar o apito inicial, e nos preparamos para a largada.

[Image: ?u=http%3A%2F%2Fguiafitness.com%2Fwp-con...mo.jpg&f=1]

E então eles apitaram! A corrida começou! Era agora a hora da verdade!

Assim que ouvi o apito, fui tentar correr na velocidade de todos, mas minhas pernas não conseguiram acompanhar, mesmo com todo o aquecimento, com a pomada e comprimidos anti-inflamatórios, a lesão estava lá, firme e forte. Larguei em terceiro lugar e em menos de 50 metros eu já estava em último. Isso me deu um desanimo e uma frustração forte na hora, mas na mesma hora, eu disse pra mim mesmo a frase que ouvi na oração daquela noite: "Não quero desculpas, quero resultados".

Me lembrei que eu havia me comprometido a dar o meu melhor não importa o que acontecesse, e segui com a minha decisão de correr o mais longe que conseguisse, mesmo que fosse mancando, e continuei devagar, literalmente, mancando, porém firme, eu estava correndo no meu limite da dor. Em um momento de fraqueza, olhei em volta e a expressão de todos os fiscais ali era: "Esse aí já era". Mas o que me importava? Parei de olhar em volta e foquei em mim. A minha luta era comigo mesmo.

[Image: iStock_20006927_XLARGE-p61.jpg]

A corrida eram 6 voltas de 400 metros, eu precisava correr cada volta em no máximo 2 minutos para conseguir ser aprovado. A minha melhor volta nos treinos, havia sido em 1 minuto e 53 segundos. Ou seja, 7 segundos de vantagem, mas normalmente nas outras eu cansava e perdia velocidade e acabava não conseguindo fazer todas na média de 2 minutos.

Durante a corrida, eu completei a primeira volta ainda em último e fiz no tempo de 2 minutos e 23 segundos. Quando eu olhei pro relógio, vi que eu havia feito a volta só com 23 segundos a mais, e que se eu corresse cada uma das voltas restantes em 1 minuto e 55 segundos, ou seja, praticamente no meu melhor tempo em todas elas, eu ainda conseguiria vencer, eu tinha uma chance, uma chance real de vencer. As dores foram diminuindo e eu fui conseguindo acelerar mais na corrida.


Citação:"Se você quer ser bem sucedido, precisa ter dedicação total, buscar o seu último limite e dar o melhor de si." Ayrton Senna

Nesta segunda volta eu passei a primeira pessoa, ele era o penúltimo da prova, agora eu não estava mais em último, ele que era o último, e completei essa volta em 2 minutos e 3 segundos, eu ainda tinha os 23 segundos de prejuízo para recuperar da primeira volta e agora mais 3 segundos de prejuízo da segunda volta, as dores diminuíram mais e eu acelerei mais o ritmo, a partir deste momento, eu fui passando aos poucos alguns dos concorrentes. Eu comecei a ficar bem cansado, dava a impressão que a qualquer momento eu iria cair no chão, mas continuei me esforçando pra ir acelerando aos poucos, porque eu queria tentar recuperar o atraso, afinal, era tudo ou nada.

Continua em breve.
A maior necessidade do mundo é a de homens - homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.
Responda-o
#27
Joelhos precisam de um descanso mais sério pois estamos sempre sobre eles .
Faço corrida 2 a 3 vezes semana e quando faço paragens longas nos treinos sinto dores nos joelhos mesmo parado.

Continue com esse Espirito Libertador , é preciso quebrar a barreira da dor ou até ignora la neste tipo de objetivos .
Responda-o
#28
Continuando...

Lá pela terceira volta, as dores da lesão estavam ficando mais fracas, mas eu estava muito cansado, e pensei em diminuir o ritmo, meu corpo pedia pra diminuir, pra eu conseguir respirar melhor, pra recuperar o fôlego, mas eu sabia que se reduzisse o ritmo, eu perderia a prova e até cheguei a pensar: "Tudo bem, eu fiz a minha parte, corri pra valer, mesmo lesionado e com o intestino ruim, todo mundo que me acompanhou vai entender que eu me empenhei pra valer", mas eu estava novamente dando desculpas a mim mesmo, novamente eu repeti a célebre frase: "eu não quero desculpas, quero resultados", me recusei a parar e continuei firme na velocidade.

No inicio da quarta volta eu achei que não ia conseguir completar a volta, eu sentia que eu não aguentaria mais correr nem 50 metros, não sei se vocês já passaram por isso, mas é muito difícil continuar correndo rápido quando você acha que não aguenta mais, e finalmente, disse para mim mesmo: "Agora chega! Eu já dei o meu melhor, é melhor parar, meu corpo não aguenta mais, eu não aguento mais, eu estou exausto", mas aí me veio uma luz e eu pensei: "Se meu corpo não aguentasse mais, ele não estaria correndo ainda, eu já teria desmaiado", e decidi continuar, e decidi que só iria parar de correr se o meu corpo desmaiasse, se eu não desmaiasse é porque eu ainda conseguia continuar correndo mais um pouco, mais alguns metros. Lembrei da frase que o realista Héracles me mandou por Mensagem Privada há poucos dias atrás: "A mente é quem manda, por mais que o corpo diga que não aguenta mais." Eu não ia permitir que minha mente desistisse antes do corpo. Eu estava exausto, mas continuei firme, da quarta volta em diante a corrida ficou totalmente psicológica, era o corpo contra a mente e a mente contra o corpo.


Citação:O seu desejo será contra ti, mas a ti cumpre domina-lo. Gênesis 4:7 - Bíblia Sagrada


Eu estava gastando toda a minha energia em continuar correndo e não lembro o tempo da terceira, quarta e quinta volta.

[Image: Hollingsworth-copy.jpeg]
Quando eu estava na quinta volta, o primeiro lugar passou por mim, eu era oficialmente um retardatário, tentei acelerar e colar nele, e consegui por uns 5 segundos, depois ele foi se distanciando aos poucos, eu tentei  a todo custo não deixar ele se distanciar, mesmo eu estando exausto, e passei vários concorrentes nessa volta em que estava tentando acompanhar ele. Quando ele terminou a corrida, eu tinha acabado de completar a quinta volta, agora faltava só mais uma, a última volta e o tempo ainda não tinha acabado.

Assim que completei a quinta volta, o fiscal-chefe da prova deu um grito pra mim: Essa é  a sua última volta!! Ele gritou animado como uma forma de me motivar, acho que ele e alguns fiscais a essa altura já estavam torcendo para mim, não olhei ao redor para saber, não tinha condições de distrair o meu foco, mas olhei imediatamente no relógio e eu vi que faltavam cerca de 1 minuto e 45 segundos ou 1 minutos e 50 segundos para eu completar a última volta, eu estava muito cansado e não lembro o tempo exato, e se eu completasse a volta antes desse tempo, eu seria aprovado, eu ainda tinha chances de vencer, era só eu correr mais rápido do que já havia corrido em qualquer treino antes, orei a Deus e tentei tirar forças de onde eu não tinha, meu corpo estava completamente exausto, mas mesmo assim eu acelerei, e corri como se não houvesse amanhã.

[Image: giphy.gif]

Curiosamente, naquele momento decisivo, em que tudo estava em jogo, aconteceu uma coisa que mexeu muito comigo emocionalmente, por algum motivo, eu comecei a imaginar a minha família ao meu lado correndo comigo, me incentivando, e dizendo para eu continuar em frente.


Não consegui achar uma imagem que desse para ilustrar este momento, então exercite a imaginação também.


A minha irmã tinha ido comigo para estudar na biblioteca desde o primeiro dia, por meses a fio, ela ia estudar para os concursos dela e eu para estudar para os meus, mas a gente saia de casa juntos, mesmo quando eu tava desanimado, ela me animava, quando ela estava desanimada, eu animava ela, um apoiando o outro. O meu pai tinha pago algumas contas da minha casa quando o meu dinheiro acabou, para que eu não parasse de estudar, também me ajudou comprando o curso com os materiais do concurso pela internet e os medicamentos para o tratamento do intestino. A minha mãe tinha me ajudado muito também.

E naquele momento, eu imaginei todos correndo ali comigo ao meu lado e me incentivando, eu não estava mais sozinho naquela última volta, isso me deu muita força, eu estava correndo mais que eu julgava ser possível, passei uns 5 concorrentes nesta última volta, quando eu comecei a curva eu achei que não iria conseguir terminá-la, mas consegui, quando comecei a reta, eu achei que não ia conseguir chegar até o final dela, mas consegui novamente, eu estava tentando correr naquela velocidade só mais 20 metros e quando alcançava, só mais 15 metros, só um pouquinho mais, porque se eu diminuísse a velocidade mesmo que fosse só um pouco, eu perdia a prova.

E eu terminei a última curva e comecei a última reta, o apito não tinha sido tocado ainda, eu estava muito cansado e fiquei com medo de olhar para o relógio e isso me atrapalhar de alguma forma, então continuei correndo, corri pra valer mesmo, e bati o meu recorde de velocidade na última volta, completei em cerca de 1 minutos e 35 segundos ou 40 segundos, não sei o tempo ao certo, porque quando eu passei a linha de chegada, eu não lembrei de olhar pro relógio, só cai exausto em um canto pra respirar e descansar.

[Image: exhausted.jpg?w=645]

Eu fui o último a cruzar a linha de chegada e a completar a prova antes do apito, eu estava muito cansado, e assim que completei a prova, cerca de 5 a 10 segundos depois, tocou o apito final. A prova estava encerrada. Foi épico.

Deitei no chão, exausto, as minhas pernas estavam ardendo e as coloquei pra cima e só pude ficar uns poucos minutos estirado no chão respirando sem parar, e sem acreditar que eu havia realmente conseguido. Caramba! Eu fiz mesmo isso! Eu realmente consegui!
Eu estava feliz demais e, ao mesmo tempo, cansado demais pra comemorar. Eu sentia que tinha conquistado o impossível, porque, pra mim, naquele momento, naquelas circunstâncias, aquilo era o impossível . Eu derrubei o gigante.

Libertador Bolt!
[Image: giphy.gif]

Ninguém ali sabia que eu estava correndo lesionado, mal de saúde, que eu tinha acabado de quebrar meu próprio recorde, que eu tinha acabado de superar os meus limites de todas as formas. Foi uma vitória silenciosa.

Eu recobrei os meus sentidos e pensei que ainda era cedo pra comemorar, fiquei com receio de comemorar antes da hora, pois eu ainda tinha a natação e as minhas forças tinham acabado lá no final da terceira volta da corrida, nem faço ideia de como consegui terminar a corrida, mas agora eu ia precisar de mais força ainda pra fazer a natação. Eu derrubei o gigante, mas ainda faltava matar ele.

Fomos conduzidos para a natação, eu fui mancando bastante, as dores da lesão estavam voltando, tentei descansar da corrida o máximo que pude, mas eu ainda estava muito exausto, eles estavam chamando em grupos de 6 candidatos para nadar, fiquei torcendo para não me classificarem no primeiro grupo, e os fiscais vieram e anunciaram os nomes.

Eu fui chamado para nadar justo no primeiro grupo, diminuindo o meu tempo de descanso em relação aos outros candidatos. Sendo assim, eu tive cerca de 10 a 12 minutos de descanso da corrida pra natação. Entrei na piscina, a água estava gelada, uma chance alta de dar choque térmico nos candidatos, me preparei e aguardei o fiscal dar a largada. Estes últimos segundos antes da largada são sempre tensos, e o fiscal finalmente deu a largada e todos começamos a nadar, eu nadei o máximo que consegui.

[Image: ?u=http%3A%2F%2Fhd.wallpaperswide.com%2F...t2.jpg&f=1]

Mas aquela piscina não acabava, parece que, naquele frio todo da água, e depois da corrida, meus músculos estavam bem mais pesados que o normal, demorei bem mais do que estava acostumado e nadei com bem mais dificuldade do que nos dias de treino, eu estava com dificuldade de respirar do inicio ao fim da natação. Quando terminei a prova, sem fôlego, ainda na água, virei pro fiscal com o cronometro nas mãos que estava na minha frente e que marcou o meu tempo e perguntei: "Qual o meu tempo? Qual é o meu tempo?", ele respondeu: "Respira, respira, calma, respira". Eu questionei desesperado de novo: "Qual o meu tempo? Fiz em quanto tempo?". Ele falou novamente pra respirar, pra eu ter calma, até que ele viu que se não falasse logo eu não ia parar de perguntar, e então ele respondeu...


Continua em breve. Big Grin

A próxima parte é a última!
A maior necessidade do mundo é a de homens - homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.
Responda-o
#29
Continuando...

Está é a parte final:

Então, o fiscal me respondeu: "você fez a prova em 53 segundos! Você passou!" Eu passei confrades da Real! Eu fui aprovado!

[Image: Rafael-Nadal-Wallpapers-Tennis-Champion-13.jpg]

Sai da prova tonto, outros dois concorrentes do meu grupo estavam sendo socorridos pelos bombeiros, eles tiveram um choque térmico, ou algo do tipo, durante a prova, e estavam estirados no chão com os fiscais e bombeiros em volta cuidando deles. Eu não fiquei para ver, mas pouco tempo depois eles saíram andando devagar. De cada seis que estavam fazendo a natação, dois passavam mal no final e eram socorridos. Acho que era por conta do choque térmico de ter saído da corrida quente e entrado naquela agua gelada. Graças a Deus eu não passei mal. 

Sai de lá mancando de dor, tonto e mais feliz que qualquer outro, era como se tivesse ganho uma medalha de ouro nas olimpíadas. Eu tinha enfrentado tantos problemas, tantas adversidades, tinha sido tão difícil, parecia que tudo estava contra mim, parecia impossível, porém, eu continuei lutando, fui lá com esforço e finalmente eu venci. Eu matei o meu gigante. Assinei o último documento e sai para comemorar a vitória.

Eu matei o meu gigante!

[Image: ?u=https%3A%2F%2Fcnarte.files.wordpress....71.jpg&f=1]

A sensação de felicidade que estou sentindo não dá pra descrever. É incrível quando você faz algo que parece que vai além das suas forças, além dos seus limites, além das suas capacidades, e você dá o seu melhor e finalmente consegue vencer.

Eu sempre orei a Deus pedindo para ele me dar força, sabedoria e coragem. Todas as noites peço isso. Mas, algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vida. Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem nenhum obstáculo, ele nos deixaria aleijados. Nós não seriamos tão fortes como poderíamos ter sido. Eu pedi força e Deus me deu dificuldades para me fazer forte. Eu pedi sabedoria e Deus me deu problemas para resolver. Eu pedi coragem e Deus me deu gigantes para enfrentar. Eu não recebi nada do que pedi, mas eu recebi tudo o que precisava.

Acho importante ressaltar que é nos momentos difíceis que a nossa força é realmente testada e desenvolvida. É assim que Deus trabalha. Eu chamo isso de a "Escola das Aflições".

Quer exemplo mais clássico do que o Inferno da Paixão? Ninguém se torna um realista de verdade se não tiver passado pelo inferno da paixão. É lá que ele é purificado, que ele é batizado para sair da Matrix, é lá que tiramos lições que mudam a nossa forma de enxergar o mundo para sempre. Quem nunca passou por isso, não consegue entender a Real.

Eu já tinha lido o livro "Como lidar com Mulheres" de Nessahan Alita, cerca de 2 a 3 anos antes de conhecer a minha Bruxa Madrinha, e o livro não fez sentido nenhum pra mim. Mas, assim que eu passei pelo inferno da paixão, eu reli o livro inteiro, e tudo fazia completo sentido naquele novo momento, eu conseguia enxergar e entender tudo que o livro falava, pois eu tinha sido batizado pelo inferno da paixão, e agora eu estava pronto para finalmente assimilar todo aquele conhecimento. Eu só fui compreender de fato a Real depois de ter passado pela Escola das Aflições. Foi doloroso mas foi importante para o meu desenvolvimento como homem.

Citação:Eis que Eu mesmo te refinei; Eu te provei na fornalha da aflição. Isaías 48:10 - Bíblia Sagrada

Então, eu acredito que alguns são postos por Deus na fornalha da aflição para que eles próprios possam ser purificados e para que seu exemplo possa inspirar outros. É no calor da fornalha que a escória se separa do verdadeiro ouro do caráter. Então, se você está passando por um severo sofrimento amoroso, dificuldades financeiras imensas, ou está passando por uma grande aflição emocional e não entende o porquê, deixa eu te dizer uma coisa que eu aprendi:

Deus sabe o que é necessário para purificar a gente, a fornalha é para purificar, não para destruir. Ele vê que alguns têm capacidades que poderão ser utilizadas para grandes obras no futuro e põe tais pessoas a prova, e por meio de sofrimentos severos, decisivos, que somos disciplinados.

De forma que prove nosso caráter, que revele defeitos e fraquezas que têm estado ocultas ao nosso próprio entendimento. E assim, obtemos oportunidades de corrigirmos tais defeitos e sermos preparados para desempenhar grandiosos propósitos no futuro para o qual nos foram dadas as nossas capacidades.


Citação:Filho meu, não menosprezes a correção que vem do Senhor, nem desmaies quando por ele és reprovado; porque o Senhor corrige a quem ama e açoita a todo filho a quem recebe.
Além disso, tínhamos os nossos pais segundo a carne, que nos corrigiam, e os respeitávamos; não havemos de estar em muito maior submissão ao Pai espiritual e, então, viveremos? Pois eles nos corrigiam por pouco tempo, segundo melhor lhes parecia; Deus, porém, nos disciplina para aproveitamento, a fim de sermos participantes da sua santidade. Hebreus 12: 5-10

As mesmas provações que da maneira mais severa provam a nossa fé, e fazem parecer que Deus nos abandonou, devem levar-nos para mais perto de Cristo, para que possamos depor nossos fardos a Seus pés. O Senhor está disposto a ajudar-nos, a fortalecer-nos e abençoar-nos, importa, porém, que passemos pelo processo de purificação até que todas as impurezas de nosso caráter sejam consumidas. O fato de ser-nos pedido que suportemos aflições, prova que Jesus vê em nós alguma coisa muito preciosa, que quer desenvolver. Se não visse em nós coisa alguma, não gastaria tempo em refinar-nos. Ninguém se dá ao trabalho de podar espinheiros. Cristo não lança em Sua fornalha pedras sem valor. É o minério valioso o que Ele prova. Assim como o ferreiro põe no fogo o ferro e o aço a fim de lhes aumentar a dureza e a resistência. Lembre-se disso quando tiver passando por grandes aflições.

Também quero ressaltar outro ponto importante, e que eu considero que faz a diferença, o gerenciamento de emoções e pensamentos.

Alguns no momento das adversidades, continuam lamentando seus ferimentos, suas dores, sua morte certa, até que as suas forças se desaparecem. Se temos consciência de nossas fraquezas e limitações, não devemos empregar as nossas forças em lamentações por causa delas, mas devemos sim empregar a nossa força em continuar em frente, em avaliar as nossas forças, em lutar o melhor que puder.


Citação:Toda disciplina, com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza; ao depois, entretanto, produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça. Por isso, restabelecei as mãos descaídas e os joelhos trôpegos; e fazei caminhos retos para os pés, para que não se extravie o que é manco; antes, seja curado. Hebreus 12:11-12 Bíblia Sagrada

Eu tinha vários motivos para ficar lamentando, pois eu raramente fico doente, no máximo pego uma gripe a cada 3 anos, mas fui pegar uma intoxicação alimentar perto da prova, depois tive uma febre forte faltando três semanas, o que atrapalhou muito o meu treino, pra piorar, faltando poucos dias me lesionei dos joelhos e tornozelos e, no dia da prova, pra fechar com chave de ouro, tive uma disenteria. Eu tinha tudo para ficar desesperado e pra ter desistido de tudo, mas eu decidi não ficar reclamando das minhas desvantagens e de todos esses imprevistos, e gerenciei os meus sentimentos e pensamentos para focar em fazer o melhor que eu pudesse, independente do que acontecesse, eu decidi que iria o mais longe que eu conseguisse. E trabalhei mentalmente o máximo possível para me manter fiel ao meu ao meu propósito.

São nessas horas difíceis que temos que ser fortes, permanecer firmes no objetivo, e é assim que nos tornamos mais fortes ainda, são nessas horas que os nossos limites são forçados ao extremo e, consequentemente, ampliados. São nessas horas que temos que nos esforçar pra valer para gerenciar os pensamentos e sentimentos, em nos superar para vencer. Quanto mais pesado vai se tornando o fardo, mais a nossa força é testada. E em cada provação que enfrentamos, nos tornamos mais preparados para enfrentar a próxima.

Esta é a hora em que devemos suportar a pressão que tiver que ser suportada. E a vitória não consiste em esquivar-se das provações, ou em se livrar delas, mas em enfrentá-las heroicamente.

Citação:"A fortaleza do caráter consiste em duas coisas - força de vontade; e domínio de si mesmo. Muito jovem confunde paixão forte, desenfreada, com fortaleza de caráter; o fato, porém, é que aquele que é dominado pelas paixões é um homem fraco. A genuína grandeza e nobreza do homem, mede-se pela força dos sentimentos que ele subjuga, não pela dos que o dominam." (Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 602.)

Dominar os sentimentos, não envolve só o sentimento da paixão, mas todos os sentimentos e emoções que possam nos atrapalhar a alcançarmos os nossos objetivos, como o medo, a vergonha, o cansaço, a preguiça, o desanimo, entre outros. Durante o relato, vocês puderem constatar que eu tive que praticar o domínio próprio a exaustão, dominando sentimentos e até os pensamentos para não me atrapalharem.

O fato de eu ter lutado tanto pra vencer, tornou a vitória muito mais saborosa. Estou com aquela sensação de que lavei a alma. Como se tivesse sido purificado na fornalha da aflição. É bom demais.

O concurso ainda tem 3 etapas a serem feitas, o exame de saúde completo, o exame psicotécnico e o de antecedentes criminais. Eu não sei se passarei em todas, porque tudo pode acontecer, e se tem uma coisa que sempre acontece comigo, é o fato de surgir os imprevistos mais inusitados para dificultar as coisas (talvez eu não devesse orar toda noite pedindo mais sabedoria, força e coragem Big Grin , pra ver se diminui um pouco esses imprevistos que surgem), mas mesmo que reprove em alguma próxima etapa, nada pode tirar essa conquista pessoal, pra mim esta experiência serviu como um aprendizado poderoso, de como nós podemos ir mais longe do que acreditamos se tivermos disciplina e foco, se nós nos empenharmos pra valer, de como vale a pena se esforçar pelas coisas que se quer. E, principalmente, de como é importante não desistir diante das dificuldades.

O que posso dizer para vocês, com base no que passei, em mais essa dura experiência, é que, mesmo quando tudo diz que não, quando parece que suas forças acabaram, quando parece que tudo está contra você, mesmo que pareça impossível continuar, continue em frente, mesmo que o gigante pareça impossível de matar, enfrente-o, mesmo quando todos desistirem de você, e você fique só, continue acreditando em si mesmo, não recapitule, não invente desculpas, dê o seu melhor e você verá que consegue ir muito mais longe do que acreditava ser possível.

E se você chegar em uma situação em que até mesmo você começa a não acreditar mais em si mesmo, e que você não consegue mais ver saída para o problema que está enfrentando, e que comece a duvidar das suas capacidades, então faça como eu, se apegue fortemente a Deus e continue em frente assim mesmo. Teve momentos que eu mesmo duvidei da minha capacidade, achei que não conseguiria, mas decidi me apegar a Deus e continuar firme no meu objetivo.

Minha família estava lá fora me esperando, todos ansiosos pra saber o que aconteceu. Quando cheguei lá, compartilhei a vitória com eles.
A reação da minha família também foi interessante. Acho que eles estavam esperando para me consolar, pra me animar depois da derrota. E quando ouviram a história de como foi a corrida e o resultado final, eles ficaram perplexos, dava pra ver nitidamente o olhar de respeito e admiração, principalmente porque eles acompanharam todo o processo e torciam por mim, realmente queriam que eu conseguisse, mas eles mesmos não viam mais como possível vencer esta luta. Quando receberam a notícia disseram frases como: "Você foi muito macho, Libertador", "você é foda".

Dava pra ver claramente esse tipo de expressão neles:

Spoiler Revelar
[Image: giphy.gif][Image: giphy.gif]

Minha mãe disse que eu deveria escrever estas experiências para que não se percam com o tempo, pois acontece tanta reviravolta que parece coisa de filme.
Alguns amigos também tiveram essa reação de admiração, e outros, ficaram envergonhados, isso mesmo, dava pra ver no olhar deles, e um até me confessou, que estava envergonhado de si mesmo por ter me visto lutando tanto pelo o que eu acreditava ser importante, enquanto ele desistia tão fácil dos projetos dele. Vi outros recomeçando os seus projetos com afinco depois de acompanhar a minha experiência. Foi bom saber que, de tabela, a minha luta ajudou a motivar os mais próximos e que mexeu profundamente com alguns deles.

Enquanto outros, inclusive alguns familiares e "amigos", quando receberam a notícia fizeram essa expressão:

Spoiler Revelar
[Image: giphy.gif][Image: giphy.gif]

Tentaram disfarçar que estavam felizes, mas não conseguiram, ficou muito nítido a decepção e tristeza deles em me ver vencendo, deviam ficar rindo quando as coisas davam errado e deviam ficar torcendo pelo meu fracasso quase certo.


E me falaram coisas do tipo:
  • "Parabéns, mas se meus pais me ajudassem, eu também passava."
  • "Que bom que passou! Se eu tivesse tempo livre pra estudar, eu passava fácil também"
  • "Que bom pra você, mas sem querer te desanimar, o curso de formação é bem mais difícil, tem muita gente que desiste."
  • Um outro amigo que reprovou na prova escrita deste concurso: "Fiz o concurso só por fazer, nem tive tempo de estudar e este tipo de trabalho é bem ruim, nem vale a pena pra mim. Boa sorte lá, você vai precisar."
  • "Se eu fosse solteiro também passava, agora com mulher e filhos não tem como estudar pra esse tipo de concurso."
Eu só ouvia desculpas e mais desculpas deles. Todos que não tentam, tem uma desculpa, todos que desistem, tem uma desculpa. Todos que vêm os outros vencendo, tem uma desculpa para não estar lá junto. Em resumo, todo fracassado tem uma boa desculpa pra justificar a sua posição atual.

Eu mesmo já usei muitas desculpas na vida. E vou ser sincero com vocês, nesta saga, eu quase sucumbi no caminho várias vezes, tive meus momentos de fraqueza e desanimo, dando justificativas e desculpas para não continuar, afinal, é mais fácil ter uma boa desculpa pra justificar os nossos fracassos em determinadas áreas, do que simplesmente continuar em frente, mas respirei fundo e continuei em frente.


Citação:Muitos desejam realizar os seus sonhos, mas continuam a viver com as suas desculpas! Libertador - Junho de 2017


[Image: GV-691.jpg]

Agora, eu te pergunto, e você? Qual é a sua desculpa na vida?
  • Não treina musculação porque não tem tempo?
  • Não começa uma dieta porque pode acabar desistindo no meio do caminho?
  • Não faz faculdade porque trabalha muito?
  • Não investe o seu dinheiro porque ganha pouco?
  • Não arrisca porque tem medo de fracassar?
  • Não tenta porque tem medo do que os outros vão falar?
  • Não aprende inglês porque é difícil?
  • Não recomeça os estudos porque é cansativo?
  • Não sai do lugar porque não sabe por onde começar?
  • Qual é a sua desculpa?
O que você quer para a sua vida? Você quer se esconder atrás de uma boa desculpa ou você quer realizar os seus sonhos?

Quando você estiver a beira da morte, você quer olhar para trás e ver que teve excelentes desculpas para não fazer o que sonhava ou quer olhar pra trás e lembrar das grandes lutas que travou para alcançar os seus sonhos? O que você acha que vai te deixar mais orgulhoso?

Confrades do fórum Legado Realista, quando tiverem realizando um objetivo, ou mesmo, querendo iniciar um novo projeto importante na sua vida, e perceberem que estão começando a formular desculpas e justificativas para desistir, ou mesmo, pra adiar o seu sonho, lembrem-se e repitam esta frase poderosa para vocês mesmos:



Eu não quero desculpas, eu quero resultados!



Se curtiu o meu relato, e está cadastrado no fórum, clica em avaliar logo abaixo, e comente no tópico. E aproveite e leia o meu outro relato: Loucuras do Libertador - Estados Unidos da América.

Força e Honra.
Responda-o
#30
MUITO BOM!
Viajante, vá dizer aos espartanos que aqui, pela lei de Esparta, nós repousamos.

Responda-o
#31
Velho, um dos melhores tópicos, inspirador.

O grande lance é você, depois que chegar lá, não perder a pegada.

Parabéns mesmo.

Estou admirado.

Já cheguei perto de boas aprovações e depois de cair nunca mais tentei; hoje, por sua postagem, começo a repensar aquelas escolhas.

Queria que vc contasse a reação do SEU PAI.

Abraço.
Responda-o
#32
Relato excelente, serve de inspiração.
"Primeiro vêm os sorrisos, depois as mentiras; por último, o tiroteio" - Roland de Gilead
Responda-o
#33
Porra Libertador, parabéns! Muito bom!
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#34



Um dos melhores Relatos que li. Se superou ao máximo, ainda teve gente que tentou desmerecer ....
Parabéns pela perseverança, te desejo boa sorte nos próximos testes.
Dedico essa música como homenagem  Big Grin
Pode ficar tranquilo que eu já to virando rei. Eu to cansado de ser visto como só mais um neguin
Young Meyer Lansky/ Ballerhov Moissanite/ Mind Vril Quantum
Cafastor me apelidou de Rapper da Real/ M.O.B
She said…
"When you gonna find yourself a nine to five?
When you gonna settle for a normal life?
You just want somebody on the regular
Always checkin' for you on the cellular"
I ain’t never goin' back to nine to five
I would never settle for a normal life
Never been the one to keep it regular
But I told you this before, don’t pretend you didn’t know
Responda-o
#35
Parabéns pelo resultado e pela garra Libertador,essa tua caminhada inspira.Estou em busca de um cargo específico,sem nada físico,mas como a sua qt mais avanço e me motivo aparece dificuldade,mas aí é o diferencial:quem dá desculpa ou luta sedento pelo resultado.Espero que vc tenha êxito nas demais fases.
Responda-o
#36
Legal @Lib. Que bom que vc conseguiu. Parabéns.

Você não tinha me contado do resultado, fiquei sabendo agora com todo mundo aqui do fórum, e pra falar a verdade não fiquei tão surpreso assim. Pela última MP que vc me mandou, eu percebi que a meta estava muto próxima de ser batida, era apenas uma questão de dureza mental como eu tinha te falado, e dado toda a "enrolação" Yaoming  do relato, eu imaginei que vc tinha conseguido. 

Mas em todo caso, mais uma vez, parabéns. Fico feliz de ter ajudado nessa trajetória, nessa vitória.


(13-06-2017, 04:53 PM)Libertador Escreveu: "Que bom pra você, mas sem querer te desanimar, o curso de formação é bem mais difícil, tem muita gente que desiste."

Longe de mim querer te desmerecer, tanto que sempre te incentivei a tentar dar um jeito nos problemas, porém essa parte é bem verdade. Eu não sei muito bem das provas e testes, mas uma aluna minha dentista que namora um cara que entrou para os XXXXXs, me contava das provas que ele tinha que fazer e era pesado. Coisa hardcore mesmo, tipo correr molhado no meio da madrugada, no meio da lama, fazer escaladas, carregar coisas pesadas no menor tempo possível, enfim, extremamente difícil mesmo para o sujeito em questão, que é fissurado em esportes desde sempre.  Então se vc não gosta muito de se exercitar, é bom mudar seus estilo de vida desde já. As coisas que te passei já servem como um bom parâmetro para começar uma rotina consistente, que te transformem em um cara definitivamente ativo. É bom se acostumar se quiser mesmo virar XXXXX, essa prova foi só o começo @Lib.

Sabemos e acreditamos na sua garra, continue firme.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#37
(13-06-2017, 04:53 PM)Libertador Escreveu:
    (...)
  • Um outro amigo que reprovou na prova escrita dos bombeiros: "Fiz o concurso só por fazer, nem tive tempo de estudar e este tipo de trabalho é bem ruim, nem vale a pena pra mim. Boa sorte lá, você vai precisar."
    (...)

Essa frase é bem comum no mundo dos concursos, parece que a pessoa não aceita o resultado e fala isso como uma grande desculpa. Aí complementa com "se eu tivesse estudado teria passado, a prova estava fácil".

E Parabéns pela sua vitória!!! Continue firme e forte em busca de concluir as outras fases...
Responda-o
#38
(14-06-2017, 09:25 AM)V-Power Escreveu: Essa frase é bem comum no mundo dos concursos, parece que a pessoa não aceita o resultado e fala isso como uma grande desculpa. Aí complementa com "se eu tivesse estudado teria passado, a prova estava fácil".

Sobre essa inveja e desculpas que as pessoas dão, baseadas no sucesso alheio que esfrega na cara o próprio fracasso do sujeito, eu tenho uma série no blog que diz, que a sua, a nossa inépcia, não é obra do acaso.

Fracassados sempre tem a desculpa na ponta da língua.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#39
Eu ia negativar tua reputação só pelo tamanho desse relato kkkkk zueira, seu safado nem contou nada lá no grupo pegou geral de surpresa.
Fico feliz em ter ajudado de alguma forma com as técnicas de estudo, que serviram tanto pra minha aprovação (farei um relato também) quanto pra sua Libertador.

Agora é manter o foco na dieta e seguir o conselho do Héracles, manter a rotina de exercícios pq o período de treinamento é mais longo e puxado, mas se tu conseguiu passar lesionado, recuperado e com confiança vai conseguir chegar até o final.
Sobre o psicotécnico, se não enlouqueceu dando aula pras feminazis, vai passar brincando kkkk

Os haters e os fracos que chorem!
Esforça-te, pois, e sê homem. (1 Reis 2.2)

Responda-o
#40
(14-06-2017, 08:09 AM)Héracles Escreveu: Legal @Lib. Que bom que vc conseguiu. Parabéns.

Você não tinha me contado do resultado, fiquei sabendo agora com todo mundo aqui do fórum, e pra falar a verdade não fiquei tão surpreso assim. Pela última MP que vc me mandou, eu percebi que a meta estava muto próxima de ser batida, era apenas uma questão de dureza mental como eu tinha te falado, e dado toda a "enrolação" Yaoming  do relato, eu imaginei que vc tinha conseguido. 

Mas em todo caso, mais uma vez, parabéns. Fico feliz de ter ajudado nessa trajetória, nessa vitória.

Obrigado pelos elogios. Vamos que vamos.

Sobre a "enrolação", na verdade, eu consegui escrever o relato bem mais rápido desta vez. Consegui postar praticamente uma parte por dia, demorando só 7 dias pra terminar tudo. Pra você ter uma ideia, o relato que fiz dos Estados Unidos, eu demorei cerca de 25 dias pra conseguir terminar, porque só conseguia postar aos fins de semana.

(14-06-2017, 11:23 AM)MenteFantastica Escreveu: Eu ia negativar tua reputação só pelo tamanho desse relato kkkkk zueira.

Eu podia ter feito um relato mais resumido, suprimindo várias partes, mas eu preferi escrever de forma que desse para vocês acompanharam a luta mental que enfrentei e não só a dificuldade física. Porque de certa forma, todos passamos por esses conflitos mentais, momentos de indecisão, então achei pertinente relatar isso com mais precisão.

(14-06-2017, 11:23 AM)MenteFantastica Escreveu: Sobre o psicotécnico, se não enlouqueceu dando aula pras feminazis, vai passar brincando kkkk

Pois é! Espero que eu não tenha enlouquecido! Big Grin
Vou estudar pra fazer esse exame psicotécnico. O Monarca postou no grupo dos concursos um material completo de 400 páginas só com dicas e macetes pra passar nesse exame.
A maior necessidade do mundo é a de homens - homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
Big Grin [RELATO] Loucuras do Libertador - Estados Unidos da América Libertador 140 27,301 23-08-2019, 11:59 AM
Última Postagem: Libertador

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)