Avaliação do Tópico:
  • 2 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Teoria do Aquecimento global
#81
Não demora muito pra alguém defender o suicídio em massa pra proteger o planeta. O ser humano está cada vez mais imbecil e alienado, com um vazio existencial tão grande que precisa se engajar nessas causas pra se sentir melhor consigo mesmo e perante aos outros.

No meio em que vivo, esses idiotas que não usam canudinho por causa de tartaruguinha são muito consumistas, mas é preciso demonstrar virtude pros outros, mesmo que essa virtude não faça nenhuma diferença real.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#82
Com certeza uma das consequências do tão defendido aquecimento global vai ser o aumento dos impostos sobre as carnes. 

Hoje já está difícil ir a um mercado e encontrar carne fresca. A tendência é que os açougues de corte dos mercados sejam substituídos por ilhas de carne congelada, em futuro não tão distante. O problema disso é que quanto mais concentrado a distribuição de carne, melhor o controle do Estado. Os açougues de família vão perdendo espaço e a taxação dos grandes produtores fica mais fácil e controlável, tornando a vida do consumidor de carnes mais difícil. Lógico que a taxação já começa nas atividades iniciais de compra e venda do gado de corte, mas quando a produção é familiar sempre há uma válvula de escape. 


A taxação sobre as carnes de origem animal pode desestimular a pecuária de corte e tornar o produto ainda mais caro pela escassez. O Estado não pode dar a cara a tapa e dizer aos produtores "parem de produzir carnes, plantem soja", mas ele vai fazer isso ao taxar demasiadamente a carne. 

Tem cidades em que você não pode nem criar uma galinha no seu quintal! Você paga o dinheiro de uma vida para ter uma propriedade privada e uma casa própria e não pode criar uma galinha no quintal... que porcaria é essa?! Galinha é um dos bichos que mais garantem a sobrevivência de uma família, ela produz carne e ovo e se alimenta do que ciscar na terra (se você não tiver como alimentá-la). Sem falar que é um bicho que só fica no seu quintal, não é como os gatos que são criados por vizinhos e vêm cagar no seu quintal.

Mesa

E sobre essa lacração do canudinho... não tem nem o que falar. Acredito que se o Estado se preocupasse mais com saneamento básico e reciclagem do lixo produzido ele salvaria muito mais animais do que criando leis estúpidas que proíbem o canudinho. 
Viajante, vá dizer aos espartanos que aqui, pela lei de Esparta, nós repousamos.

Responda-o
#83
(09-08-2019, 12:28 PM)Mindingo Escreveu: É tipo o lance do racionamento do consumo de água para residências unifamiliares.

Pegue os dados do SNIS e vejam que se todas as pessoas do planeta economizarem descarga no banheiro não representa 0,0000001% de economia.

Aí a mídia faz campanha para fechar a torneira enquanto escova os dentes porque isso vai matar pessoas de sede no futuro.

Eles zombam da cara da população mundial.

Fazem propaganda e pressão para economizar no chuveiro fazendo o pessoal fazer papel de palhaço quase tomando banho de balde em prol do planeta, enquanto na verdade, sabem que com um investimento menor em pesquisas poderiam reduzir o custo do consumo de água em uma quantidade bem maior investindo em pesquisas em alguma área específica do processo de produção como os que o @Viride citou ou utilizando o investimento em implementação de pesquisas já descobertas como algumas que já são usadas em países com Israel, economizando assim muito mais água que qualquer campanha publicitária poderia fazer.

A mesma coisa vale para o tal do canudinho de plástico. É um item que causa impacto na cabeça das pessoas apesar de ser ineficiente. Eu acho que seria muito mais eficiente trabalhar com a questão do plástico em algum dos processos de fabricação, transporte, distribuição ou reciclagem, que demandam uma quantidade de produtos plásticos muito maior para entregar um produto final pronto do que um simples canudinho lá na ponta final do processo de consumo.

Mas, aí eles pensam, vamos fazer algo que realmente mude e tenha pouca publicidade e gastos ou vamos fazer algo que cause muito impacto e transtorno na cabeça das pessoas chamando a atenção para a nossa causa verde mas que custe bem mais caro e seja ineficiente? 

Aí escolhem a segunda opção que é o que interessa para eles. A impressão que dá é que esses ambientalistas políticos nunca se importaram com o planeta. Tudo isso pra eles é puramente ideológico. São os comunistas vestidos de verde.
A maior necessidade do mundo é a de homens - homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.
Responda-o
#84
Aquecimento "global" é uma das formas de inserir na cabeça das pessoas a idéia de que nós só parasitamos o planeta, quando na verdade nós somos a única espécie que podemos cuidar dele de verdade. Deus nos deu a função de sermos administradores, uma boa administração melhorará, uma má administração piorará.

A ganancia humana se reflete muitas vezes em destruição do meio ambiente sem pensar nas conseqüências, mas hoje, sabendo separar a pseudociência que contaminou o meio acadêmico, podemos encontrar conhecimento científico de verdade para combinar o desenvolvimento econômico e a preservação. O discurso em torno do meio ambiente eu vejo que se assemelha ao do movimento feminista, que no começo lutava por igualdade de direitos, mas depois dessa igualdade alcançada não se deu por satisfeito e hoje luta por privilégios.

O discurso de aquecimento global acabou gerando uma boquinha muito boa pros "xiitas" dessa área, também é uma área onde o dono da propriedade (capitalista) pode ser demonizado como destruidor do planeta do restante da população (proletariados). Conseguiram grandes feitos, como se sobreporem a soberania de muitos países, chegando ao ponto de cobrarem satisfações com arrogância, como fazem agora com o Bolsonaro, que os põe de volta no devido lugar. Estão sendo sempre alarmistas neste tema, mas eu diferencio preservação do meio ambiente e aquecimento "global", que a meu ver não estão interligados.

Durante toda a história da humanidade o planeta teve mudanças de comportamento que são totalmente independentes da intervenção humana, como foi o caso dos 7 anos de fartura e depois os 7 anos de fome, narrado na bíblia em Gênesis 41 e seguintes: https://www.bibliaonline.com.br/acf/gn/41

Segue abaixo uma notícia 2010, demonstração típica de alarmismo.

https://extra.globo.com/noticias/economi...W79UbOF1Bk
"E sete mulheres naquele dia lançarão mão de um homem, dizendo: Nós comeremos do nosso pão, e nos vestiremos do que é nosso;
tão-somente queremos ser chamadas pelo teu nome; tira o nosso opróbrio.
" - Isaías 4:1

Quer me perguntar algo? - Visite meu Ask.fm - [Backup]
Responda-o
#85
Eu acredito em aquecimento global por um motivo simples: evidências catalogadas. Aumento da temperatura em 1° C desde a revolução industrial, aumento do nível dos mares, aumento do gás carbônico, alterações no meio ambiente. Tudo isso está documentado em artigos científicos e publicados por revistas de ciências renomadas, como Nature, Astronomy and Geophysics, Revista de Geopolítica, etc. Todas com conceito A1, o melhor do meio acadêmico. Existem plataformas gratuitas para consultar dados confiáveis, como o ResearchGate, Google Acadêmico, CAPES. Há milhares de pesquisadores vivendo na obscuridade que dedicam toda uma vida inteira para a validação de teorias de outros pesquisadores que tiveram seu estudo descontinuado, para dar um avanço mínimo a ciência, para enfim uma meia dúzia de ignorantes na mídia ficarem papagaiando informações completamente absurdas, somente pra alimentar um ego que fracassou em algum momento na geração do conhecimento.
"Quando o beta se mete a ser cafa, o resultado nunca acaba bem". Sagitário
Responda-o
#86
Acho que seria besteirada da nossa parte se não acreditássemos que é possível ter alguma mudança das condições planetárias por conta de ação humana (o tal de aquecimento antropogênico), o negócio é só achar a proporção na qual isso vai acontecendo.

Não vou mentir que sou bem cético com relação a o que pode causar, mas existem muitos fatores que tem que ser levados em consideração. Mudanças ambientais drásticas como desmatamentos, excesso de dejetos jogados no meio ambiente, etc., podem ter um papel importante, mas não são tudo. Não pensem que o mundo e seus recursos são infinitos, que a gente é incapaz de mudar as coisas. Com certa tecnologia o homem muda montanhas de lugar se quiser, não subestimem esse poder.

Isso justifica esses alarmismos e tentativas de controle mundial desesperado? NÃO!! Você viver causando a menor quantidade de entropia é responsabilidade pessoal de cada um e acredito que até obrigação moral. Assim como você passar algum tempo numa biblioteca, por exemplo, teria de fazer silêncio, evitar bagunça e sujeira, respeitar aquele espaço.

Isso não quer dizer que tenha que vir ONU ou o escambau me dizer o que eu tenho que comer ou não. Ou que eu tenha que deixar de fazer qualquer coisa que eu faço. É preciso você saber o seu lugar, ter consciência do que tá fazendo.

Parem e pensem, a gente bem sabe que discurso ambientalista defendido por certas pessoas traz ganho pessoal para eles. Mas lembrem também que discurso que diz que não existe essa também atende a interesse de outras pessoas, como grandes fábricas, produtores, etc. Ninguém é inocente nessa porra.

Outra coisa importante que isso Não é questão de argumentação ideológica, de ser contra ou a favor, essas porras. Sua opinião nesse assunto e quão lógicos seus argumentos são NÃO VALEM BOSTA (os meus também, a saber). Isso é um problema estritamente científico. Se existe, isso tem que ser observado e medido, saber O QUÊ e QUANTO, a que níveis essas mudanças estão sendo provocadas, e POR QUAL motivo.

O ruim é que podem ficar várias décadas fazendo isso e nunca chegar numa resposta conclusiva, então vão se acostumando.

Outra coisa importante: Para conspiradores de plantão, que dizem coisas do tipo "Ah, mas já descobriram cura do câncer mas esconderam por que ganham mais com a doença"e outras bostas do tipo. ACORDEM! Quem não ia querer ganhar a fama de ter descoberto isso? Ganhar Nobel, dezenas de prêmios, produzir um tratamento que causasse um bem maior a humanidade e ainda muito dinheiro e reconhecimento com isso. Se gastam MUITOS MILHÕES tentando encontrar essa cura todos os anos, desde muitas décadas, e quem paga essa conta são justamente as farmacêuticas que vocês dizem estar supostamente "escondendo a cura". Tal pensamentonão faz nenhum sentido.

A mesma coisa é pra aquecimento global, terra plana, teoria da evolução, nomeie o boi. Você acha que alguém que encontrasse alguma prova definitiva não faria questão de mostrar isso? Que teria toda a fama e reconhecimento esperando? Muito é gasto em pesquisas o tempo todo e pra muitas questões ainda não há resposta conclusiva e ACABOU! Isso de que estão escondendo a verdade, uma conspiração de não sei quem para poder sei lá o quê, isso tudo é bobagem. Qualquer pesquisador no mundo quer encontrar a verdade em muitos passam a vida toda tentando achar isso. Quem achar essas provas primeiros vai ter o nome gravado para a eternidade, por isso é algo que TODOS querem.

O que eu sugiro, procurem o máximo de estudos, contra ou a favor, pesquisas científicas sérias, com métodos rigorosos, independentes se possível, analise esses dados e tirem suas conclusões. Qualquer coisa fora disso é ACHISMO.


Conclusão... Se há um aquecimento global? Talvez, acredito que SIM (muito menor do que dizem, óbvio). É esse alarme todo que estão fazendo? É ÓBVIO QUE NÃO.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#87
Aquecimento global sempre existiu e sempre irá existir, mas dizer que a culpa é exclusivamente das pessoas é ignorar ciclos do planeta...existiu era do gelo 20000 anos atrás quando não tinha indústrias...


Claro que jogar uma bomba termo nuclear não vai ajudar em nada nesse ciclo, mas no final das contas, o ser humano é apenas passageiro num vasto universo com suas regras...é como querer impedir que caia um meteoro na terra igual na época dos dinossauros, ai o cara descobre que a terra sempre entra num cinturão de meteoros a cada x anos e certamente outro irá atingir a Terra...


Pelo menos se tira algo muito bom desses alarmismos como as invenções...acho muito top energias alternativas como a solar e eólica, e certamente quando baratearem isso irei ter em casa para não ficar dependendo do governo para nada...um poço artesiano + energia solar e pode vir o apocalipse que eu vou estar tranquilo com ar condicionado ligado...
Responda-o
#88
Perdão a simplificação, mas fazendo um apanhado aqui nos últimos comentários (fora a o meu):

@Senna Raito,


Exatamente. Independente das nossas crenças, se há um propósito ou não (não posso falar em nome da religião, essa competência eu não tenho), concordo plenamente de que somos apenas nós os seres humanos capazes de administrar esse planeta em que vivemos. Não somos os parasitas, nós somos o que podem salvar ele, isso sim.

O alarmismo que muitos fazem por aí é só forma sofisticada de eco-terrorismo. É óbvio que tem gente que sai ganhando com esse discurso alarmista e nesse caso não podia ser diferente. Que nem a questão do tabagismo, foi mais um meio da qual foi utilizado para fazer experimentos de engenharia social nas últimas décadas. Eles vão testando e vão vendo o que funciona na hora de moldar o pensar da população.

Tanto que pode se observar que hoje em dia com as agendas sociais avançando novamente (e avanços nas tecnologias eólicas e solar, o fato de ter muito mais petróleo por fontes não-convencionais e pré-sal pra calar a boca de muito ativista besta), essas ecológicas e as religiosas tem sido deixadas de lado para a volta delas. Daqui há pouco inventam outra modinha.

@Bilidequedi

Aí está, se há algum lugar que tem que ser buscadas as informações, certamente não é a mídia. Jornalista é raça ruim, pois são especialistas em falar algo de que ignoram completamente. Eles estão apenas atrás de um furo de reportagem, uma notícia importante, uma polêmica e quando isso tudo não basta, muitos ainda tem uma agenda ideológica pra seguir ou o interesse de quem os financia para defender.

Há pesquisadores sérios e comprometidos em cada um desses órgãos que você citou, e apesar de podermos dizer que em tese pode haver um ou outro que não publique artigo x ou y, por questões de divergência ideológica, não é possível que absolutamente TODAS as publicações recebam esse tratamento. Se o cara não publica em uma, sempre terá a concorrente pra tentar, e tem gente doida para trazer dados fresquinhos que botem teorias famosas em cheque. O procedimento normal da revisão por pares nunca passa por uma pessoa só, e mesmo sem concordar, os caras tem que fazer uma avaliação imparcial para não manchar suas fichas. Muitos na verdade devem é gostar de trazer novos dados para a discussão, pois é por meio do debate das discordâncias que a ciência cresce.

@Chris Kyle 

Exato, o planeta tem diversos ciclos, mais ou menos regulares, e ainda acho que estamos longe de entender a fundo todos eles. Podemos estar num momento justamente em que algo diferente está acontecendo, algo que tenha saído de leve da previsão, afinal a gente pode ter os melhores modelos com os melhores dados e melhores algoritmos de física e inteligência artificial... e Ainda assim falhar na previsão do tempo de amanhã. O que dirá uma coisa em escala ainda maior.

O quanto o fator homem altera nessa equação ainda é incógnita desconhecida, tanto que não há dados ou teses conclusivas a respeito da ação do homem e como ela afeta o ambiente. Há inúmeros outros fatores muito maiores que levam a alteração climática (como o sol, ou a atividade vulcânica do planeta, coisas assim) e todos eles tem que ser checados e re-checados antes de chegar na gente. Também concordo que essa parte dos avanços nas energias renováveis é muito promissora e interessante, eu queria poder entender mais disso e saber se um dia elas poderiam chegar a ultrapassar as tradicionais. Vou ver se estudo mais sobre esse assunto no futuro.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 3 Visitante(s)