Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Série: Aprendendo a aprender 1.
#21
Músicas que eu gosto de ouvir estudando.

Mozart -
Spoiler Revelar





Vivaldi - 
Spoiler Revelar
 



Beethoven - Sinfonia nº 9/5
Spoiler Revelar


/

Moonlight
Spoiler Revelar


e esse aqui
Spoiler Revelar



Agora violão basicamente é:

Dilermando Reis
Spoiler Revelar


para mim é melhor do que as músicas clássicas.
Canal do Fabio Lima e as playlist de violão erudito/clássico
Spoiler Revelar


"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#22
boas dicas bean, vou baixar essas musicas para ouvir durante os estudos
"A paixão é como o álcool. Entorpece a consciência, elimina a lucidez, impede o julgamento crítico e provoca alucinações, fazendo com que o ser amado seja visto como divino." Como lidar com Mulheres - Nessahan Alita
Responda-o
#23
UP Supremo
Responda-o
#24
Muito obrigado pelas dicas confrades
Responda-o
#25
Este tópico respondeu algumas dúvidas que surgiram enquanto estava estudando.Ao praticar a leitura, me desfocava e pegava pensando em algo supérfluo.

Algum dos confrades já usou protetor auricular ? Ele auxilia bastante em minhas leituras e para dormir


Responda-o
#26
(11-10-2017, 10:11 PM)Iblack Escreveu: Este tópico respondeu algumas dúvidas que surgiram enquanto estava estudando.Ao praticar a leitura, me desfocava e pegava pensando em algo supérfluo.

Algum dos confrades já usou protetor auricular ? Ele auxilia bastante em minhas leituras e para dormir
Utilizo um fone bluetooth de boa qualidade e coloco um "ruido branco" para rodar enquanto estudo, tentei de tudo, essa é a forma que utilizo atualmente para me concentrar.
Responda-o
#27
Então, no caso de resistência a estudar sem música, uma boa alternativa pode ser música instrumental mesmo. Lógico que em um volume baixo, o suficiente pra abafar sons de rua, carros, sirenes, e afins, que só contribuem para dispersar o foco.
Responda-o
#28
topico formidavel e com videos e resumos formidaveis dos outros realistas

tem a parte 2 e 3 tambem

parte 2
https://legadorealista.net/forum/showthr...a+aprender

parte 3
https://legadorealista.net/forum/showthr...a+aprender
"A paixão é como o álcool. Entorpece a consciência, elimina a lucidez, impede o julgamento crítico e provoca alucinações, fazendo com que o ser amado seja visto como divino." Como lidar com Mulheres - Nessahan Alita
Responda-o
#29
Acabei de assistir um video desse Pierluigi Piazzi e achei sensacional. Notei que já vinha desenvolvendo a técnica de ler algo e escrever e consegui absorver melhor o conteúdo. Antes pegava apenas um livro de filosofia, lia 3 vezes o mesmo capítulo e mal conseguia aprender, escrevendo o quadro mudou e ainda consigo consultar minhas anotações para tirar dúvidas. Muito bom mesmo! Acompanharei o restante do material que o pessoal compartilhou e contribuirei no que for possível. Estudar é um dos hobbies que me faz mais ser útil quando não estou trabalhando.
Responda-o
#30
Já faz algum tempo que estou colocando em prática algumas técnicas de aprendizado para estudos direcionados, pensando nisto e aproveitando o "embalo" e o tempo livre, deixarei meu respaldo com base em minhas experiências a respeito do tema... recentemente estava lendo um livro do professor Pier e acabei lembrando deste tópico...

1- Sono

É o principal vilão das rotinas de estudo, é bem comum em horários de "pico"(ao acordar ou após uma refeição pesada), porém, não fazer nada pra mudar isso, é falta de sanidade. Passei um bom tempo tentando encontrar meios pra modificar isso, principalmente pela manhã onde a sensação de sono acarretava em leseira e preguiça. Descobri que é possível contornar essa situação através da respiração ou de banhos gelados\ "desconfortantes", eu testei as duas opções, se optar por banhos gelados, de forma óbvia certifique-se que a água esteja realmente gelada, do contrário, o sono sempre volta (não é necessariamente uma regra) e não vista blusa ou agasalho, se o fizer, o sono retornará (reitero, tudo é muito relativo). A técnica da respiração, consiste em ativar a porção correspondente ao sistema nervoso simpático do cérebro, de uma forma demasiadamente simplória, essa região é ativada quando teu corpo é submetido a alguma situação que envolva adrenalina. O processo é simples, basta "puxar" o ar para os pulmões e então prender a respiração até o limite (use o bom senso), se fizer corretamente, perceberá o aumento dos batimentos cardíacos e da sensação de "alerta geral do corpo" (adendo, use o bom senso, não me responsabilizo por eventuais testes gratuitos) relato apenas o que me fora útil. Reiterando ao tema anterior, o "SNS" redireciona o fluxo sanguíneo ao cérebro e ao coração permitindo essa sensação de alerta e consequentemente, maior concentração na atividade em que tu realizas.

2- Mapas mentais

Desconheço outra técnica superior em praticidade e resultados, somente a Feymann se aproxima... o segredo está nos desenhos e na ativação da memória visual, os desenhos ajudam a gravar todas as informações no córtex, os mapas ficam enraizados na mente, sua dificuldade será em esquecê-los... porém, não é eficiente para matérias que envolvam a área de exatas...

3- Ditados

Já repassei essa dica por aqui a algum confrade, a utilizo e me ajuda a gravar palavras com maior facilidade, a língua portuguesa não é só ortoépia e prosódia, a ortografia está aí para ser compreendida e fixada. Na internet tem alguns ditados virtuais onde o áudio da palavra é entoado e tu tens a missão de escrevê-la corretamente, por mais bobo ou trivial que essa ideia possa ser, dificuldades surgirão, e esse é o cerne do processo de aprendizado e da formulação de novas e complexas conexões neurais, escrever também é uma habilidade...


4- Ler

Ato obrigatório, no mínimo 20 minutos por dia, principalmente os clássicos mundiais, 10 minutos para livros nacionais, mais 10 minutos para livros estrangeiros (dei essa dica em algum tópico, vale alvitrar). Para quem tem dificuldades de concentração, já fui mestre nessa disciplina, inclusive tive que "ralar" muito para contornar essa situação, das duas uma, ou o livro é chato, ou teu cérebro não está sendo estimulado o suficiente, se for chato, troque-o, se está lendo devagar e pausadamente tentando entender cada palavra ou estrofe, mude o mais urgente possível, leia de forma rápida sempre procurando o aumento da intensidade, um livro de 600 páginas pode ser resumido em apenas 50, a extensão de um livro não remonta a quantidade de conhecimento que ele terá, mas sim o modo como ele fora escrito, relacione isso aos "nichos" do movimento barroco, quevedismo e gongorismo, escrever também é uma arte, e a "função artística" de um livro não é a de facilitar suas ideias ou mecanismos de interpretação, porém, qualquer livro é resumível.


5- Tédio

Nunca deixe o teu cérebro perceber que a disciplina ou o assunto em questão é "chato", se tiver chato, tente mudar a forma de estudar ou mesmo a abordagem metódica, faça isso o mais rápido possível, tudo o que é "chato" para o cérebro, não dura um só dia nos registros internos, porém, tudo o que é estudado com entusiasmo ou empatia, é registrado e arquivado, isso vale para as leituras, leitores assíduos guardam infinitas informações que chegam de "paraquedas" no cérebro e jamais saem, mesmo que por vezes, estas informações sejam inúteis, posso até dar um exemplo, tu sabias que em um focinho de um cão existem 1bilhão de receptores olfativos? Ou então que em uma de suas expedições marítimas, Fernão de Magalhães estava navegando em águas pacíficas, águas estas que posteriormente seriam atribuídas ao nome de "Oceano Pacífico"? E por último mas não menos importante, tu sabias que existem cerca de 20 sextilhões de moléculas de átomos em uma "cabeça" de alfinete? Se essas informações estão corretas eu não sei, mas todas ficaram enraizadas dentro de meus registros internos, esse processo é comum no quotidiano de leitores.

6- Cochilos
Sonecas de 15 a 30 minutos logo após a refeição mais pesada do dia me ajudaram a fixar melhor os conteúdos, é interessante citar(posso trazer isso em um tópico futuro quem sabe), a ocorrência dos tão famigerados e "desconhecidos" sonhos lúcidos, dias recentes acabei sonhando que resolvia cálculos matemáticos, como se não bastasse, acordei com a sensação de realmente ter resolvido de forma "física", é uma sensação instigante e complexa para ser descrita, aos que tiverem a oportunidade de vivenciar isso, vale apena, outro meio de se chegar é através da leitura, mas já escrevi a respeito em algum tópico...

Em outro momento oportuno, trago novos relatos...

aproveitando o "gancho"...


 

Responda-o
#31
(23-07-2018, 02:59 PM)Dallas Escreveu: 5- Tédio

Nunca deixe o teu cérebro perceber que a disciplina ou o assunto em questão é "chato", se tiver chato, tente mudar a forma de estudar ou mesmo a abordagem metódica, faça isso o mais rápido possível, tudo o que é "chato" para o cérebro, não dura um só dia nos registros internos, porém, tudo o que é estudado com entusiasmo ou empatia, é registrado e arquivado, isso vale para as leituras, leitores assíduos guardam infinitas informações que chegam de "paraquedas" no cérebro e jamais saem, mesmo que por vezes, estas informações sejam inúteis, posso até dar um exemplo, tu sabias que em um focinho de um cão existem 1bilhão de receptores olfativos? Ou então que em uma de suas expedições marítimas, Fernão de Magalhães estava navegando em águas pacíficas, águas estas que posteriormente seriam atribuídas ao nome de "Oceano Pacífico"? E por último mas não menos importante, tu sabias que existem cerca de 20 sextilhões de moléculas de átomos em uma "cabeça" de alfinete? Se essas informações estão corretas eu não sei, mas todas ficaram enraizadas dentro de meus registros internos, esse processo é comum no quotidiano de leitores.

Reforço este ponto levantado pelo @"Dallas" , que está correto na totalidade da postagem, mas este ponto é criticamente importante.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Blog Aforismoz - "Promessas"
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Série Aprendendo a aprender 3. Machado Annihilator 0 657 30-10-2017, 03:25 PM
Última Postagem: Machado Annihilator
  Série Aprendendo a aprender 2. Machado Annihilator 0 684 30-10-2017, 03:19 PM
Última Postagem: Machado Annihilator

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 2 Visitante(s)