Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[REFLEXÃO] Reflexão de filme utilizando a Real
#1
Reflexão de filme utilizando a Real
 
Senhores tentarei fazer uma reflexão a cerca da real utilizando como base um filme, no caso o filme intitulado em pt-br “sem limites” (Limitless). Lembrando que ainda sou novato neste recinto e desde já peço desculpa por algum erro.

Sinopse:
Brian Finch (Jake McDorman) é mais um rapaz comum de 28 anos, tentando encontrar algo em que realmente seja bom na vida. Ele encontra a solução de seus problemas quando é apresentado ao NZT, uma droga misteriosa que atua em sua cognição e libera a possibilidade de ele usar 100% da capacidade de seu cérebro. Ele então começa a trabalhar como consultor para o FBI, junto à Agente Rebecca Harris (Jennifer Carpenter), ajudando a resolver casos misteriosos com suas novas habilidades. Porém, ele também tem contatos clandestinos com o Senador Edward Morra (Bradley Cooper), que também é usuário de NZT e tem seus próprios planos para o protegido. 


Antes de ler recomendo que assistam ao filme, pois pode haver spoilers não intencionais no texto.

Utilizarei a seguinte teoria para desenvolver esse raciocínio: o tal remédio miraculoso apresentado no filme (nzt-48) seria como “a real”, o desenvolvimento pessoal, intelectual, social em forma de comprimidos de ação instantânea.
O começo do filme é meio que aqueles de traz para frente então irei ignorar, pulando essa parte somos meio que apresentados ao personagem principal nosso amigo inicialmente matrixiano Eddie Morra

[Image: limitless-1-007.jpg]

Até onde podemos entender sr Morra é um pseudo escritor quase falido, não tem desenvolvimento social, financeiro nem um trabalho descente, totalmente relapso com tudo que acontece a volta. Uma das primeiras cenas é o clássico termino onde sua belíssima namorada termina com ele pelo fato do mesmo não possuir nenhum ponto de status ou beneficio o qual a prenda, isso tudo claro sempre ferrando o melhor possível com o psicológico alheio, fazendo-o lembrar de fracassos e etc (o sorrisinho dela enquanto termina com ele é quase como se fosse o lado obscuro exposto).
[Image: abbie-cornish-as-lindy-in-limitless-2011.jpg]
 
Avançando um pouco mais nosso personagem já no fundo do poço , sem nenhuma perspectiva em foco acaba por esbarrar em alguém conhecido e esse lhe apresenta o “remedinho milagroso”, que como disse ao inicio vamos adotar como se fosse todo o desenvolvimento e aprendizado dos conceitos empregados no fórum em forma de comprimidos.
Como todos que acabam por conhecer a real não achamos ser  verdadeiro aquilo que acabamos de receber, que aquilo tudo (nzt-48) que foi dito a respeito não ira funcionar em nada, que não há solução, mas, como já se esta condenado que mal faria em se experimentar  tal coisa? Então tomamos o tal remédio.
Como disse o efeito mostrado no filme é quase instantâneo, nosso personagem tem seu desenvolvimento intelectual na melhor forma possível, ele perde a timidez, perde o tom de auto piedade, se torna confiante, sem impõe, usa sua inteligência a seu favor, não se intimida logo de primeiro resultado identifica um comportamento merda de uma mulher e o reverte (claro que como se trata de um filme ainda possui indícios de manginismo, como o fato de ele ajudar uma desconhecida) culminando numa foda.
Seu intelecto agora desperto deseja se organizar, possuir metas, ele começa por organizar seu ambiente e terminar seu trabalho, coisas as quais sempre deixava de lado ou não conseguia realizar. Ao acordar no dia seguinte o efeito descrito desaparece e ele começa a buscar indícios de como ter mais daquilo, quase que como se todo material que lemos nos fóruns e livros fosse recém-descoberto, ansiamos então por aprender mais, buscar mais textos, por mais livros tudo que nos devolva a aquele patamar pleno.
Pulando um pouco alguns trechos não relevantes do filme no nosso raciocínio temos novamente nosso personagem em posse de seu potencial máximo encapsulado, o qual mostra o desenvolvimento no comportamento, o auto controle, cuidado com aparência, desenvolver o aprendizado de novos idiomas, exercícios físicos diários, melhora na alimentação, maior motivação, melhor comportamento  e participação social. Como consequência dessas melhoras exponenciais vemos os resultados em melhores oportunidades, tanto sociais, como na carreira, mais oferta de mulheres novos caminhos, mais metas ambiciosas e até mesmo vejam só sua bela ex namorada decide voltar, quanto amor não é mesmo? Por isso a tecla tão batida nos textos deve ser observada com minúcia nesse exemplo senhores “DESENVOLVIEMENTO EM TODOS OS CAMPOS POSSIVEIS”.
[Image: limitless14.jpg]

Agora que sou um destacado você quer voltar né?

Mas como tudo devemos saber lidar com os excessos, nesta etapa do filme vemos efeitos colaterais do uso do remédio, algo como se fossem os extremismos adotados por alguns confrades, com o abuso o excesso sempre teremos os tais efeitos colaterais, mas se mantivermos o “uso moderado”  continuaremos nosso desenvolvimento, assim como mostra em boa parte do filme, evolução financeira , social e de carreira.
Como o desenvolvimento podemos adotar o titulo do filme para nossa vida, não teremos limites para evolução.
A Real salva vidas!
“Train yourself to let go of everything you fear to lose.” (Yoda)
Responda-o
#2
O Conde de Monte Cristo também é um filme que daria uma boa análise.
Responda-o
#3
Ficou boa a analise, eu já assisti esse filme e não tinha visto por esse lado.

A grande diferença é que no filme o NZT tem efeito instantaneo e acaba rápido, porém a Real tem um efeito de longo prazo.

O conhecedor da Real não muda da agua pro vinho, não sofre uma mudança drástica da noite pro dia. Ele vai se aperfeiçoando, se corrigindo aos poucos, afinal, ninguém fica musculoso em 3 meses, ninguém passa em um concurso foda em 6 meses, ninguém termina uma faculdade nova em 1 ano. Então o efeito da nossa pilula é mais demorado e bem mais duradouro que aquela do filme.
“A maior necessidade do mundo é a de homens — homens que se não comprem nem se vendam; homens que, no íntimo de seu coração, sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.” Ellen White, Educação, Pág 57.
Responda-o
#4
Libertador: Foi exatamente esse exercício que eu quis propor Libertador, a real como se fosse uma pilula de efeito instantâneo, todos sabemos que desenvolvimento seja ele em qualquer área não vem da noite pro dia.


Aragons: Não lembrava desse filme, realmente mostra que mesmo limitado o homem que tem vontade pode se desenvolver.
A Real salva vidas!
“Train yourself to let go of everything you fear to lose.” (Yoda)
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  A Real do Filme Vicky Cristina Barcelona Rick O'Connell 2 377 24-02-2021, 02:43 PM
Última Postagem: Rick O'Connell
  [Reflexão] A busca pelo protagonismo dentro da Real Hombre de hielo 17 2,444 21-10-2018, 07:05 PM
Última Postagem: Libertador
  [REFLEXÃO] A Real No Filme Sniper Americano e Suas Lições hunter88 23 4,172 17-07-2017, 06:09 PM
Última Postagem: Melancton

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)