Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Como a tecnologia pode atrapalhar seu desenvolvimento
#1
Como a tecnologia pode atrapalhar seu desenvolvimento

[Image: os-vicios-mais-conhecidos-e-o-novo-vicio-2.jpg]

A tecnologia é algo que ampliou nosso horizonte de informação, popularizando de vez o autodidatismo, a troca de informações a nível mundial e nos permitindo ter acessos a estudos e matérias necessárias para nossa evolução (como este blog), bem como momentos de recreação jogando jogos viris para aumentar nossa testosterona.

Porém, você se não tiver cuidado você pode se tornar uma presa fácil da tecnologia, através de:

Tecnologia 1: Redes sociais

É muito fácil se deixar levar pelas redes sociais e adotar uma série de comportamentos destrutivos que só consumirão o seu tempo.

Tempo para ler aquele livro você não tem, mas para ficar curtindo foto do rabo dos outros você tem. Tempo para treinar e ir à academia você não tem, mas tempo para ficar comentando e viralizando vídeo de “taca-le pau” você tem. Tempo para cozinhar e comer direito você não tem, mas tempo para dizer no Twitter que está cagando você tem. Então pare de dar desculpas e pare para pensar em como as redes sociais estão interferindo no fator tempo.

Ficar conferindo o perfil de ex-namoradas igual um paspalho cretino, se envolver em discussões aleatórias com idiotas noite adentro, comparações com outros, adquirir vício em ver em tempo real o que as pessoas andam fazendo, são algumas das coisas inúteis que as rede sociais te oferecem.

As pessoas costumam enxergar as redes sociais como uma simples ferramenta. Errado. Rede social é um negócio. Facebook é um negócio de milhões, Whatsapp é um negócio de milhões, Twitter é um negócio de milhões. E nós sabemos que ninguém faz um negócio desses para dar prejuízo.

As redes sociais são moldadas para prender os usuários pelo maior tempo possível, não há altruísmo e sim lucratividade, entenda que toda rede social fará de tudo para te prender o maior tempo possível pouco se importando com seu bem estar ou em te oferecer uma “ferramenta” (embora possa existir alguma utilidade para tentar justificar psicologicamente o uso). Se não há lucro, não há negócio, se não há negócio, não há rede social (Orkut).

O negócio deles é a fidelização de usuários travestida de funcionalismo. Isso implica que toda rede social irá procurar te jogar um caminhão de informações inúteis ao mesmo tempo e ampliar a rede para você fique preso nela sob a justificativa de que você precisa ter uma conta naquilo, o que além de produzir estafa mental, consumirá um tempo valioso que você poderia investir em outros campos.

Se você for um otário carente o caso é ainda mais grave, pois nunca foi tão fácil para as mulheres receber elogios. Na falta de tempo para maquiagem muitas jogam filtro nas fotos e o palerma fica lá curtindo, mandando mensagem para mulheres que nunca viu pessoalmente sem ter nenhum benefício com isso. Até mulheres casadas flertam virtualmente traindo emocionalmente os maridos, buscando as emoções de receber elogios de cafajestes e de se sentir “no mercado” enquanto o paspalho vai trabalhar achando que só porque sua mulher está em casa ela não o está traindo. Ela pode estar traindo você com um cafajeste com a internet que você paga, merdalhão.

Bem, pense se realmente ter perfis em redes sociais traz algo benéfico para sua vida. A comunicação por email ainda é bastante funcional, e para conversa em tempo real existem ferramentas mais objetivas e limpas sem que você precise ler um mar de informações inúteis e vídeos idiotas que ninguém pediu toda vez que entrar.

Em resumo, as desvantagens das redes sociais são:
  • Estafa mental (informações em excesso sendo compartilhadas a todo instante)
  • Estresse (discussões inúteis com gente imbecil sem qualquer conclusão)
  • Consumo elevado de tempo (as redes são estruturadas com facilidades para te prender nelas o maior tempo possível, além de existirem muitas redes disponíveis)
  • Falta de privacidade
  • Desvirtuação da realidade e frustração ao inevitavelmente comparar sua vida com outros (no Facebook todo mundo parece feliz, mora em Neverland, ninguém parece ter problemas e todos cagam chocolate suíço)
  • Ficar traçando os perfis das ex-namoradas enquanto os cafajestes traçam o que realmente importa
Se não ter perfil em rede social vai te fazer parecer esquisitão e alienado na sua turminha e você está incomodado com isso, então ao menos use ao máximo as restrições dos sites para não perder tempo. Crie um perfil limpo, ninguém quer ver suas fotos com seus amigos bêbados e nem aquela clássica foto com copo de caipiroska na mão para parecer descolado. Deixe de ser idiota seu merdinha.

Não fique entrando em qualquer grupo, entre apenas nos quais você realmente gosta e possa tirar dali coisas boas que lhe motivarão a melhorar. Não fique compartilhando e comentando paspalhices para tentar ser popular (você NÃO é engraçado) nem fique mendigando atenção de mulher achando que ela vai aparecer na sua casa de calcinha dançando o conga só porque você curtiu uma foto dela ou mandou uma mensagem. Você é só mais um na nuvem de betas que as orbitam. Seja homem e tenha dignidade ou eu irei aí arrancar essas suas bolas na enxada seu cretino.

Tecnologia 2: Pornografia


A tecnologia facilitou muito o acesso a pornografia. Embora a masturbação não seja algo totalmente prejudicial se você conseguir controlá-la, a pornografia é. Pornografia vicia facilmente, distorce sua visão de sexo e traz cansaço devido a exposição excessiva em horas na madrugada na tela do computador.

Em casos mais severos, traz até problemas de disfunção sexual devido a estafa e estimulação excessiva (o sujeito subconscientemente começa a mentalizar as cenas sexuais dos filmes na hora do sexo) além do já relatado desvirtuamento sexual (o cara passa a achar o sexo convencional monótono e vai sempre buscando algo diferente até chegar nas bizarrices). Você não precisa disso.

Existe um site americano chamado YourBrainOnPorn que explica os efeitos danosos da pornografia, divulga estudos e relatos de homens que foram prejudicados por ela e fornece métodos para “resetar” ou “rebootar” o seu cérebro.

Tecnologia 3: Jogos


Sei que você espera que eu vá fazer aqui um discurso politicamente correto de que jogos são prejudiciais e violentos da mesma forma que sua avó de 80 anos diria. Bem, eu não vou. Em geral os games são um entretenimento muito positivo e o entretenimento também faz parte do desenvolvimento pessoal.

Games – especialmente os de PC ou emuladores – são baratos em comparação com o que você gastaria em baladas e hobbies dispendiosos, te permitem administrar quando e como você irá jogar, permitem continuar seu progresso de onde você parou de forma que não fique preso.

O impacto negativo dos games no seu desenvolvimento somente reside somente em vício e manias, ou seja, se os jogos interferirem em seu profissionalismo (chegar atrasado em compromissos porque não conseguiu dar aquele headshot num zumbi), sua alimentação (comer lixo e fast food pra poder continuar jogando ao invés de cozinhar o que precisa), seus afazeres (ficar o dia inteiro no quarto jogando e procrastinando atividades enquanto sua casa cai aos pedaços) e sono (marmanjo ficar a madrugada inteira em clãs de MMORPG falando com adolescentes idiotas pelo headset) além do manginismo ao ficar idolatrando girl gamers. Nenhuma girl gamer cosplayer vai dar para você só porque você a elogiou na feira de anime seu paspalho. Também não vão arrancar as roupas e correr para o seu quarto só porque você deu a elas dinheirinho virtual e itens de graça só porque ela tem vagina. Tome vergonha moleque.

Se você não negligenciar o básico, games são uma boa válvula de escape para o estresse e ter um entretenimento barato.

Conclusão

Desenvolvimento pessoal demanda muito esforço e principalmente, tempo, que significa muito dinheiro para o Zuckerberg comprar ilhas e mansões. A mesma tecnologia que te permite baixar um livro também te permite ficar horas curtindo foto de mulheres que nunca irão transar com um frouxo carente que fica postando coraçãozinho na página delas em plena noite de sábado, ou então perder horas valiosas se masturbando para pornografia igual um chimpanzé.

Estabeleça prioridades e certifique-se de que está usando a internet para o bem, para agregar coisas à sua vida e masculinidade e não para perder tempo.

Postado por Doutrinador no dia 14 de Outubro de 2014.
“A maior necessidade do mundo é a de homens — homens que se não comprem nem se vendam; homens que, no íntimo de seu coração, sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.” Ellen White, Educação, Pág 57.
Responda-o
#2
Que texto incrível. A mesma tecnologia que nos destrói é a que pode potencializar o nosso desenvolvimento pessoal. Estou vítima dos três engodos: Redes sociais, pornografia e jogos. Mas me comprometo a mudar de vida e utilizar eles de forma correta.
Responda-o
#3
É impressionante como o ser humano é burro né mano.

Porra.

O negócio vem pra ajudar pra caralho, conhecimento disponível pra tudo que é lado de GRAÇA MANO! EBOOK A PREÇO DE BANANA!
Nos faz ganhar um tempo da porra, streaming, delivery, banco, viagens, conhecer gente nova, se conectar com gente que se identifica com os meus gostos que o teu.
Facilita o empreendedorismo, um mar de possibilidade de ganhar dinheiro.

Daí que que a imbecilidade humana faz?

Fica perdendo tempo em joguinho de balinha que explode, punhetando pra mina no Instagram que o moleque nunca nem vai sonhar em pegar.
Maratona um final de semana inteiro de série merda;
Fica deitado a porra do dia todo rolando feed;
Reclamando nos stories da vida como se alguém tivesse pouco se fodendo.

Alienados.

Não concentrada em nada. Disperso pra caralho. Não consegue focar dez minutos numa conversa. Acorda e vai dormir olhando pra tela.

O que era pra dar-nos tempo, está nos tirando.
O que era pra nos fazer economizar dinheiro, tá fazendo gastar mais com um canhão de possibilidade de consumo inútil.
E mais um monte de cocô.

Saber lidar com a tecnologia de forma coerente e saudável é um dos maiores desafio da nossa era, e tenho dito.
"É preferível arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfo e glória, mesmo expondo-se à derrota, do que formar fila com os pobres de espirito, que não gozam muito nem sofrem muito, porque vivem nessa penumbra cinzenta, que não conhece vitória nem derrota."
Responda-o
#4
[quote pid='82335' dateline='1575563116']
Spoiler Revelar
iSkoÉ impressionante como o ser humano é burro né mano.

Porra.

O negócio vem pra ajudar pra caralho, conhecimento disponível pra tudo que é lado de GRAÇA MANO! EBOOK A PREÇO DE BANANA!
Nos faz ganhar um tempo da porra, streaming, delivery, banco, viagens, conhecer gente nova, se conectar com gente que se identifica com os meus gostos que o teu.
Facilita o empreendedorismo, um mar de possibilidade de ganhar dinheiro.

Daí que que a imbecilidade humana faz?

Fica perdendo tempo em joguinho de balinha que explode, punhetando pra mina no Instagram que o moleque nunca nem vai sonhar em pegar.
Maratona um final de semana inteiro de série merda;
Fica deitado a porra do dia todo rolando feed;
Reclamando nos stories da vida como se alguém tivesse pouco se fodendo.

Alienados.

Não concentrada em nada. Disperso pra caralho. Não consegue focar dez minutos numa conversa. Acorda e vai dormir olhando pra tela.

O que era pra dar-nos tempo, está nos tirando.
O que era pra nos fazer economizar dinheiro, tá fazendo gastar mais com um canhão de possibilidade de consumo inútil.
E mais um monte de cocô.

Saber lidar com a tecnologia de forma coerente e saudável é um dos maiores desafio da nossa era, e tenho dito.
[/quote]

[Image: tenor.gif]
"Fiat justitia, et pereat mundus..."
Responda-o
#5
Estamos na melhor era de todos os tempos, somos os mais sortudos dentre todos os humanos que já passaram por aqui e só não seremos os únicos devido aos que virão no futuro, porém, esse comportamento completamente previsível de uma cota de pessoas me faz crer que não importa quantos avanços e desavanços ainda se desenrolem nesta maldita humanidade, boa parte da raça humana ainda estará acorrentada e integralmente fadada a homeostase e ao conforto, infelizmente.

 A tecnologia em si e demais adventos, até agora, apenas demonstraram a demoníaca preguiça da maioria das pessoas, coisa imunda e asquerosa da qual odeio com todas as minhas forças, tem-se tudo na ponta das mãos ou ao alcance dos olhos mas não se larga esta maldita preguiça do espírito... você tem um monte de ferramentas pra estimular a criatividade mas dificilmente vê alguém as usando. É sempre algo previsível e passivo, repulsivo, nojento, nauseabundo, ridículo e coloque todas os sinônimos que tiver no vocabulário. 

 E essa porcaria não deixa de afetar os que correm na margem oposta, você precisa conviver com um monte de preguiçosos repugnantes e fingir que tudo está bem com um sorriso amarelo enquanto a raiva interior fervilha o espírito. Você que age, que VIVE, que tem que conviver e trabalhar harmoniosamente com zumbis que roubam o oxigênio de quem tá fazendo a diferença no mundo. Você é o que trabalha e esses mortos-vivos se arrastam em sua cola, esperam de bandeja por tudo, não sabem criar, resolver problemas, tentar, NEM ERRAR, tem desgraçado que não tem a mínima coragem de ERRAR, prefere se esconder do erro, prefere se ocultar diante dos problemas do que ir lá e fazer nem que seja errado. 

 Quem tá na contramão tem que trabalhar em dobro pra sustentar esses vermes execráveis que têm medo da realidade, covardes. Fico puto de raiva quando tenho que trabalhar com pessoas assim, vazias, que só se importam com futilidades, com série, filmes, novelas, curtidas, redes sociais, engajamento, "RÁIPI" e essas frescuras modernas que você observa e ouve todos os dias, escrevam o que eu digo, no futuro, um monte de pessoas sentirá vergonha alheia dos seus respectivos passados vazios e fúteis, ridículos, eles vão perceber tarde que desperdiçaram o ouro puro, O TEMPO, coisa que não volta mais. 

 Nunca foi a tecnologia, esqueça isso.
 

Responda-o
#6
"Delete os aplicativos. Delete os jogos. Delete os feeds. Despeça-se dos seriados. Arranje tempo livre. Arranje um calendário. Cancele compromissos inúteis. Avise os amigos que você vai ficar mais em casa nos próximos meses. Comece algo. Comprometa-se. Passe do ponto em que não há volta. Trabalhe. Trabalhe com tanta paixão que será impossível não gostar do que você faz. Esqueça o medo. Esqueça o frio na barriga. Esqueça comentários negativos. Esqueça o WhatsApp. Esqueça o Instagram. Esqueça o que o resto do mundo está fazendo. Você está fazendo aquilo que ama, então não há lugar melhor para se estar. Escolha viver uma vida incrível. Ela é muito curta para não ser."
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Como a empolgação pode atrapalhar seu desenvolvimento Mandrake 1 647 05-10-2020, 04:57 PM
Última Postagem: Cafamante

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)