Avaliação do Tópico:
  • 3 Voto(s) - 4.33 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Sua inépcia não é obra do acaso PT. 1
#21
(26-10-2016, 09:10 AM)Hércules Escreveu: É isso mesmo @Libertador. Acrescentando...

O epigeneticista D. Baltmore chegou a conclusão que : 

Citação:"A pesquisa epigenética recente estabeleceu que a planta do DNA transmitida através dos genes não está firmada em pedra no nascimento, mas ao invés responde ao seu ambiente. Em outras palavras, genes não são destino. Influências ambientais, "incluindo nutrição, estresse e emoção", podem modificar os genes, sem modificar sua estrutura básica". 


Citação:"Tanto a epigenética como a ciência hormonal demonstram que o ambiente manipula corpo e mente. Através da dureza (nesse caso, musculação intensiva) é possível colocar uma distância considerável entre si e o ambiente da modernidade burguesa". (Mark Dyal)

Ou seja, como eu sempre digo nos meus posts, e quem treina a tempo já deve ter percebido mesmo que instintivamente, é possível sim por meio da força de vontade mudar sua constituição física e mental por meio do treinamento, a um ponto que vai muito além do que os bundas moles que acham que "genética" é o determinante final da vida humana poderiam acreditar. Energia e matéria são inseparáveis e a energia da nossa vontade, da nossa mente pode alterar nossa constituição física até um ponto que possa ser passado a gerações futuras, assim como a epigenética está provando.
 
Por isso esse de "negromorfo" e essas viadagens não passam de balela que homens medíocres inventaram para justificar a prórpria pau molência. O mais determinante será o ambiente ao qual vc se permite viver, como vc foi nutrido e qual a força mental que vc está disposto a empregar para mudar a sua realidade. Em outro tópico meu eu aponto que problemas genéticos nossos são provenientes de alimentação, de nutrição ruim dos nossos pais. Fato também provado cientificamente. Nossa fraqueza e INÉPCIA advém da forma como fomos nutridos e criados. A falta de dureza do ambiente nos atrofiou. E isso nós podemos alterar com a nossa vontade, e um dos meios é o treinamento resistido insano. Não se subestime a ponto de achar que seu destino está cravado em pedra e não pode ser alterado simplesmente pq vc teve "azar" na loteria genética. 

Temos condições de mudar nossa realidade a ponto de influenciar nossa herança genética, só precisamos pagar o preço para isso. Um ambiente caótico, barulhento, sujo com pouca exigência física e com nutrição ruim, gerara crias fracas e ruins. Um ambiente limpo, calmo, exigente fisicamente criará campeões. Se vc nasceu em um ambiente que mais se assemelha ao primeiro, vc deve e tem como obrigação mudar a sua realidade para que vc possa evoluir, pois vc ainda está vivo e como sabemos, seu destino não está crava em pedra, é passível de mudança. Se nascemos medíocres, fracos e burros a culpa não foi nossa, mas permanecer assim é culpa TOTALMENTE nossa.

Dureza em qualquer área faz com que sua constituição física mude em direção a excelência. Assim é no treino físico ou mental.  Como eu disse, genética só vai influenciar a medida que vc quer que ela influencie.

Eu achei esse assunto da epigenética muito interessante. Vou até pesquisar mais sobre isso porque talvez eu aborde isso na minha futura tese de mestrado ou doutorado já que isso tem tudo a ver com minha área.
A maior necessidade do mundo é a de homens - homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.
Responda-o
#22
Legal @Lib. não é bem a minha especialidade, mas confirma algumas coisas que eu sabia que eram verdades, mas não tinha como provar.

Realmente é bem interessante
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#23
UP para os juvenas que acham que a vida é cruel, e que tiveram azar na loteria genética
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#24
Mais um UP (foda-se) para postar essa notícia super interessante (pelo menos pra mim) sobre as descobertas que essa reNomadíssima cientista encontrou sobre a dieta cetogênica e a epigenética, segue trechos e o link;


Citação:A dieta desempenha um papel importante no gene expresso. Nós somos o que comemos e talvez o que nossa avó comeu. Discute-se se as modificações epigenéticas são transgeracionais. Dieta é o que faz a diferença entre a abelha-rainha em uma colmeia e os trabalhadores. Eles são geneticamente idênticos, mas a rainha come geleia real. Há muitos exemplos disso em estudos humanos e animais. Em 1945 houve uma grande escassez na Holanda. As crianças que foram expostas à fome nas primeiras 10 semanas após a concepção tinham metilação mais baixa do gene EGF (Epidermal Growth Factor) e tinham uma maior disposição para diabetes. Talvez os genes dessas crianças tenham aprendido a lidar com a fome com mecanismos de armazenamento. Células espermáticas de homens obesos têm distintas marcas epigenéticas em comparação com homens magros.


Citação:Nós seres humanos temos nossas próprias versões de geleia real. Doadores de metilo, como vitamina B12, vitamina B9 / folato e metionina são encontrados em uma variedade de alimentos vegetais e animais como vegetais de folhas verdes, nozes, carne e ovos.


Citação:Ela leu e seguiu uma dieta cetogênica. Em menos de um ano, seu sangue se transformou. Após a dieta, seus triglicérides caíram de 80 para 30. Seu HDL (colesterol bom) passou de 65 para 135. Consumir gordura não se correlaciona com a gordura em nosso sangue. Os triglicéridos provêm de carboidratos. Podemos ter um máximo de 1 colher de chá de açúcar no sangue. Quando vamos sobre isso, nosso corpo transforma o açúcar, incluindo frutose.


LINK: http://highintensityhealth.com/169-lucia...igenetics/
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#25
Isso é conhecido de muito tempo atrás, diria que antes da destruição propagada pela fraude da pesquisa do Ancel Keys, por volta de 1950.

Recomendo que leia o blog do Dr Souto (http://www.lowcarb-paleo.com.br/) principalmente suas postagens mais antigas, leia também os livros de Gary Taubes(Porque engordamos e o que fazemos para evitar), Dieta da Mente(David Perlmutter) salvo engano nesse livro ele comenta sobre amendoins e Barriga de Trigo(descarta o capítulo sobre pH) são três livros básicos e relativamente superficiais mas talvez mude um pouco a visão sobre alimentação.

Talvez você não tenha percebido isso antes não por falta de pesquisa ou estudo e sim pelo ambiente fechado e monopolizado de academia com suas grandes alimentações de 3h em 3h com sua contagem gritante de calorias e obviamente regado a whey protein misturado com farinha para potencializar a genética de cada um.

E o melhor faça uma dieta limpa com comida de verdade, chame como quiser, paleo, low carb, high fat... mas não necessariamente e principalmente no seu caso de baixa caloria, opte por uma alimentação com ou alto teor de gordura ou alto teor de carboidrato(desde que seja natural) e veja as transformações.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#26
Leiam Rupert Sheldrake: Rupert Sheldrake teoria dos campos mórficos (ou morfogenéticos).
David Goggins. A lei da semeadura não falha. A única coisa que a vida exige de nós é coragem. Somos prisioneiros dos nossos instintos e emoções e jamais seremos homens livres. A natureza se prepara para algo ainda pior.
Responda-o
#27
@Bean, eu não postei isso para ME convencer sobre os benefícios das dietas menos industrializadas. Tanto que já faz alguns anos que eu venho falando disso nos fóruns e no meu blog. Foi uma forma de dar um respaldo respeitável para as pessoas que ainda acham que dieta baseada no que o homem do paleolítico comia é apenas modinha ou algo do tipo. Essa é mais uma descoberta real nesse campo, fora que fala um pouco mais sobre epigenética que é uma coisa muito foda e interessante.

Essas dicas eu já apliquei na minha vida a tempo, espero que os demais confrades tomem consciência disso também, o quanto antes, principalmente se pensam em ter filhos e querem ser seres humanos mais eficientes.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#28
Muito legal!
Responda-o
#29
eu li no titulo que este texto é a parte 1, o senhor ja postou a parte 2 ?

porque nao consegui encontrar
"A paixão é como o álcool. Entorpece a consciência, elimina a lucidez, impede o julgamento crítico e provoca alucinações, fazendo com que o ser amado seja visto como divino." Como lidar com Mulheres - Nessahan Alita
Responda-o
#30
Não postei aqui no fórum, só no meu blog.


Spoiler Revelar
Citação:Nosso fracasso como homens não advém de nada que seja alheio a nossa própria vontade. Sucesso profissional é ótimo mas ainda não é tudo. Ser um homem livre é que é importante. E isso o homem beta jamais será, pq sua felicidade não está condicionada a sua vontade, mas sim ao que os outros vão pensar dele.Ele é um escravo das opiniões alheias e do próprio ego. 




Parte 2 AQUI
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#31
Fixado por 30 dias por ter sido eleito o 5° melhor tópico do fórum!
Responda-o
#32
Texto muito bom.
Responda-o
#33
Muito bom!
Cuidai, para que isso que agora julgais ser ouro puro, não se vos demonstre ser metal vil.

Conheça meu tópico: Evidências Bíblicas Arqueológicas.
Responda-o
#34
Esse tópico bota pra FUDER com qualquer "Pre-conceito"

UP nesta reflexão.


Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)