Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[POLITICA] Filipinas combate o narcotráfico
#1
Rodrigo Duterte prometeu erradicar o tráfico de droga em seis meses, autorizando a polícia a alvejar qualquer suspeito que resista à detenção
Nos últimos 59 dias, mais de 100 alegados traficantes de droga foram mortos pelas autoridades filipinas. Ainda antes de assumir oficialmente o poder, o que aconteceu na última quinta-feira, dia 30 de junho, Rodrigo Duterte, novo presidente do arquipélago, conseguiu iniciar a "caça à criminalidade" que efusivamente prometera durante sua campanha eleitoral.
"Façam o vosso dever e se, no processo, matarem mil pessoas estarão a cumpri-lo. Proteger-vos-ei", anunciou Duterte. A sua ordem parece estar a ser prontamente cumprida.
O líder conhecido como "o carrasco" já cumpriu uma das mais polémicas promessas da sua candidatura: autorizou a polícia a atirar para matar sobre os criminosos, particularmente sobre os suspeitos de tráfico de droga. Um dia depois de ter sido empossado, Duterte confirmou que os oficiais têm o direito de matar qualquer suspeito que ameace as suas vidas ao resistir à detenção. Apelou também à participação dos rebeldes comunistas na luta contra o tráfico, reporta a DW.
Citação:[Image: rrd_1_normal.jpeg]  https://twitter.com/RRD_Davao


http://www.dn.pt/mundo/interior/lider-fi...70790.html
Fumei 25 cigarros esta noite e você sabe da cerveja.

Buwkoski.

Buceta não machuca e não se faz sexo com a bunda.

Leg. Bean, fórum mundo realista.
Responda-o
#2
O problema das execuções extrajudiciais filipinas é que pessoas não relacionadas ao tráfico podem ser mortas sob a alegação de serem traficantes.
Irá crescer o mercado dos assassinos de aluguel, pois é só plantar umas drogas no cadáver e pronto, um "traficante" a menos.
Eu não confio nessa política.
Responda-o
#3
Sobre a questão da CIA e das drogas, basta lembrar do caso dos Contras na Nicarágua, que envolvia o tráfico de Cocaína. A Nicarágua até processou os EUA na Corte Internacional de Justiça e ganhou, mas os EUA, literalmente, mandou a Nicarágua e a Corte tomarem no cu e ficou por isso.

Sobre as Filipinas.
1) Não sou filipino;
2) Não moro lá;
3) Nunca estive lá;
4) Não sei como é a realidade lá.
Se o cara liberou uma ordem dessas é porque a situação deveria estar uma grande merda.

Na prática, ele simplesmente terceirizou toda a persecução penal, e jogou na mão da população a investigação, o processo e a execução da sentença. A priori, é possível inferior que excessos estariam/estão ocorrendo, mas aí ele deveria (e não sei se ele fez), botar o aparato residual do Estado para coibir tais práticas, controlando abusos e arbitrariedade.
Li semana retrasada uma matéria sobre isso no Globo, e parece que antes de conceder uma recompensa pela execução, eles estão investigando o morto para saber se o cara era traficante, se ele traficou e etc, até para evitar fraudes e arbitrariedades. Mas é plenamente possível que isto seja corrompível.
Na mesma notícia comentava que ele estava concedendo anistia aos drogados (lá é crime) se eles matassem o traficante que fornecia as drogas, inclusive, o cara recomendava que tacassem fogo na casa do traficante.

Sobre os grandes barões do narco-tráfico, estes estão associados com aquele governo e com outros, é evidente que nada acontecerá com eles. Aí só derrubando tudo e matando todo mundo indiscriminadamente.
Entretanto, seria utópico crer que pegassem os barões. Até mesmo países islâmicos teocráticos e fundamentalistas possuem associação com o narco-tráfico, como é o caso, por exemplo, do Afeganistão, tanto pré-Taliban quanto pós.


Em todo caso, por ter esculachado o Obama, o presidente filipino já merece meus respeitos. Nada contra o Obama. Tomaria uma cerva com ele e conversaria numa boa, é só divergência ideológica.

Ahhh, um detalhe. Se ele está anistiando e recompensando os homicídios, é evidente que ele liberou o porte e a posse de armas de fogo. Afinal, como irão matar líderes de organizações criminosas fortemente armadas?

Será interessante dar um tempo e analisar futuramente essas ações de Filipinas, após cessarem as hostilidades e os levantamentos de homicídios, consumo de drogas e crimes começarem a surgir, até para avaliar adequadamente tais medidas enérgicas. Isto poderá ser algo revolucionário ou até mesmo um grande fracasso no tocante às políticas de combate ao tráfico de drogas.
Responda-o
#4
Por falar no presidente das Filipinas, hoje ele rompeu relações diplomáticas com os EUA e reafirmou seu alinhamento com a China
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/1...china.html
Responda-o
#5
Esse Presidente da Filipinas é um ditador, eu acabei de ver um vídeo de uma manifestação perto da Embaixada dos Estados Unidos nas Filipinas, e a repressão foi mais brutal do que a da PM em São Paulo em 2013, o carro da polícia atropelou os manifestantes passando por cima de vários deles, o cacete varou geral, não poupou homens, mulheres, jovens, ninguém. 

Tudo bem, o povo estava se manifestando contra o envio de tropas dos EUA para lá, mas, essa repressão foi exagerada, nem em São Paulo e no Rio de Janeiro foi comparado a isso, pelo amor de Deus. 

O cara chegou a se comparar a Adolf Hitler, ele disse que se Hitler matou 6 milhões de judeus, ele ia matar 6 milhões de viciados e traficantes, bem que ele está perto desse objetivo, em 78 dias de governo o cara matou 3500 traficantes entre inocentes e culpados.
Responda-o
#6
Exista um componente histórico para o rompimento entre as Filipinas e os EUA, para quem não sabe os Estados Unidos já guerrearam e posteriormente dominaram as Filipinas, no século XX, até hoje eles mantém bases militares no país asiático. Gosto da cultura e valores americanos, mas é inegável que caras "fizeram merda até dizer chega" em outros países. Como a América é amiguinha das políticas politicamente corretas da ONU e quiseram meter o bedelho na soberania da ex - colônia receberam uma resposta inimaginável para nossa era leite com pêra.
Responda-o
#7
A guerra contra o narcotráfico continua e ativistas estimam que 20 mil traficantes e usuários já foram assassinados. Já o governo fala em 5.300 mortos.

Rodrigo Duterte é uma figura peculiar. Dizem que ele é o Bolsonaro asiático, só que bem mais radical .  Ele é odiado pela esquerda, não só pela política antidrogas, mas também pelas falas polêmicas. Abaixo algumas pérolas.

[Image: duterte.jpghttp:]

Sobre a guerra contra o tráfico:

Citação: "esqueçam as leis sobre direitos humanos. Se eu for eleito presidente, farei como quando fui prefeito. Traficantes, ladrões armados e vadios, melhor sumirem, porque vou matá-los. Vou jogá-los na Baía de Manila e engordar os peixes."

Essa foi engraçada: Gargalhada
Citação:No ano passado, Duterte ordenou a soldados que atirassem em guerrilheiras comunistas em suas vaginas, para desencorajá-las a se juntar ao Exército do Povo Novo, força rebelde insurgente que trava uma batalha no país desde 1969.

Ele não poupa nem a Igreja Católica

Citação:Também no ano passado, Duterte voltou a atacar os bispos católicos dos país ao afirmar que eles "são inúteis", encorajando os filipinos a matá-los. Posteriormente, o presidente afirmou que a Igreja Católica é a instituição "mais hipócrita do mundo" e 90% dos seus sacerdotes são gays.

Não encontrei nenhuma notícia que fala sobre a efetividade da política dele, mas ele é popular no país, contando com uma aprovação na casa dos 80%.

Não precisa ser nos moldes das Filipinas, mas o Brasil está precisando adotar medidas mais incisivas contra a bandidagem urgentemente.
A realidade nua e crua.
Responda-o
#8
O narco-socialismo é uma fonte de renda de autoridades e militares no Brasil, são cúmplices e promotores de cartéis, além é claro do corporativismo fraterno corrupção comunista que é federalizado até os municípios. Faltaria cadeia se todos os agentes públicos criminosos fossem presos.

Deveria ser aplicado o Código penal militar em tempo de guerra, vivemos numa guerra assimétrica constante e diante do grau de degradação institucional instalado nessa merda de prefeitura maçonico comunista apelidada de República federativa poderia ser aplicada até a pena capital. A lei e a ordem não estão estabelecidas.
Anuncie aqui!!!
Responda-o
#9
Pois é, mas se alguém fala da união de grupos masculinos para criação/formatação de um sistema político, começam a achar que estou delirando. Pior é quando alguém critica a democracia, vem as viúvas de Montesquieu e Locke encher a paciência nos tópicos...

A ala MGTOW só vai acordar quando russos ou chineses estiverem lhe comendo o rabo.

A ala realista só vai acordar quando não tiver mais mulheres para marmitar ou para sonhar em noivar.

E ala Men's right só vai acordar quando lhe disserem o que todo mundo já sabe: que os homens só são bem vindos para morrer na guerra e pagar impostos, fora isso tem mais é que ficar quietos.

Se os homens - verdadeiramente homens - não se levantarem, perderão o país e seus filhos serão ainda mais escravos.
No longo prazo a linguagem e a propaganda possui muito mais força do que as armas.

A mulher é a maior fábrica de cafajestes do mundo.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)