Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Juros compostos VS Felicidade
#1
Eae confrades, estou pensando umas coisas e espero que vcs ajudem no meu raciocínio.
Não quero discutir filosoficamente o que é felicidade, quando eu digo felicidade quero dizer "se sentir bem", quando vc se sente bem vc sabe que está bem, né? Então esse é o conceito.
 
Todo mundo pode ter uma aposentadoria boa, trata-se do poder dos juros compostos, se vc investir 100 reais por mês no tesouro direto ou similares, em 39 anos vc terá entre 360 mil e 700 mil; mais ou menos, esse montante rende mensalmente 2 500,00 reais à 6 mil reais mais ou menos, dá para viver de juros. Claro que quanto mais jovem vc for, maior é a força dos juros compostos.
 
O que é o que é, que se vc tirar do juros composto ele morre, e se vc tirar de vc mesmo vc também morre?

É o tempo, o juros composto "vive" em função do tempo, e nós vivemos em função do tempo; quero dizer que se não existir tempo isso significa que nós estaremos mortos, acho q  entenderam o q eu quis dizer.
Agora que entra o ponto chave; eu já disse que é fácil conseguirmos nos aposentar lá pelos 65,67 anos mais ou menos, com o tesouro direto ou similares, é claro que isso varia dependendo da realidade de cada um, idade, dinheiro, mas o negócio é que dá para curtir uma velhice saudável e até com alguns luxos, isso é simples.
 
Mas com 65, 67 anos eu estarei com gostos diferentes, e com um físico diferente. Talvez eu não tenha vitalidade para viajar como eu gostaria, talvez meu pau não funcione como eu gostaria; eu investi o meu TEMPO, no tesouro direto, e não no "agora". Então eu deixei de viver.
 
Machadation não seja extremista, dá para se divertir e investir na aposentadoria.
 
Depende de quanto o cara ganha, por isso o mais importante é quanto ganhamos, se vc consegue poupar 1000 por mês ao invés de 100, vc pode até se dar ao luxo de investir 500 na aposentadoria e 500 nos momentos alegres do "agora", pois isso seria o sensato, vc pensa no presente e também no futuro. Fato é que, juros composto precisa de tempo, não adianta o cara se comprometer a investir x todo o mês e mês sim, mês não, ele acabar usando o dinheiro para curtir o "agora"; ou depois de anos de investimento ficar tentado a comprar um carro à vista; então, ele não planejou direito.
[Image: images?q=tbn:ANd9GcSYD7mJJVFSW4UTw8nMQOg...gGBRLpa2Vw]

Poupamos para sermos felizes amanhã, mas não podemos sacrificar o hoje. Temos que pensar o que é viver bem para nós? E ainda o que é viver bem para nós em determinada idade? Com 20 anos, viver bem para a maioria dos caras é comer um monte de xota, com 65/70anos pode ser diferente, com 40 anos deve ser comer xota e mais alguma coisa.
Devemos conhecer a nós mesmos, e tentar conhecer o nosso "eu do futuro" assim fica mais fácil tomar alguma decisão
O dinheiro quando jovem vale muito mais do que o dinheiro quando idoso, ou não. Mas é mais fácil ter um montante quando idoso, pois até ficarmos velhos teremos muito tempo para "alimentar" os juros compostos.
 
As pessoas não querem somente se aposentarem de forma tranquila, querem carro, viajar, talvez casa própria, e se colocar no papel não dá, então devemos aumentar a nossa renda, mas até lá fazer o quê? Ou vc investe em livros ou poupa, o que fazer? Acredito que no caso, comprar livros é o melhor, pois maior conhecimento e maior QI = melhores resultados. Musculação ou poupar? Musculação é claro, falamos de saúde física e mental. Várias questões subjetivas podem surgir, e para respondê-las devemos conhecer a nós mesmos.
 
Em uma disputa entre emoção e razão, a emoção certamente ganhará, se um cara tem o sonho de ter um carro de luxo, ele poderá usar o dinheiro que poupou por anos na compra do carro, mesmo que a razão prove por A + B, que essa é uma atitude tola e infantil. Como identificar a linha que separa o pensamento subjetivo da tolice infantilizada? É importante um emocional forte, para não tomarmos decisões "juvenis". Fato é que o tempo é a coisa mais valiosa que existe, o dinheiro não pode comprar o tempo; é por isso que tempo vale mais do que dinheiro. Sabedoria é saber usar o tempo. E o tempo é a própria vida, e a vida é grandiosa.
 
Existem tantas coisas para fazer que nem sabemos... Talvez exista um outro modo de viver que faça com que sejamos mais satisfeitos com nós mesmo. Talvez virar índio e viver no mato vendo as tetas balançando, caçando e pescando. Mas para iniciar o processo de auto conhecimento é necessário ir lá dentro e descobrir o que nos satisfaz e não ter medo de largar tudo, largar a crença de que devemos perseguir o status e o poder e que essa é a única forma de estar satisfeito, essa não seria uma matriz? Mas existe uma grande distância entre conforto financeiro e magalomania. A megalomania sim é prejudicial, fugir do mundo? Só sendo índio, tem coragem? Tem motivo?

 [Image: 103.jpg]
[Image: slide_2.jpg]
Devemos poupar e investir todo o mês, nem que seja 10 reais, não que monetariamente 10 reais faça diferença, mas o hábito faz a diferença, o hábito nos lembrará da nossa meta.
Talvez tenha ficado um texto sem conclusão, mas acho q deu p entender o espírito da coisa kk
David Goggins. A lei da semeadura não falha. A única coisa que a vida exige de nós é coragem. Somos prisioneiros dos nossos instintos e emoções e jamais seremos homens livres. A natureza se prepara para algo ainda pior.
Responda-o
#2
Os caras pegam ideias gringas e as apresentam aqui como se elas tivessem capacidade de funcionar em qualquer lugar do mundo.
Aplique juros compostos num país que tem 2 dígitos de inflação, histórico de confisco das poupanças e de Planos econômicos fracassados, histórico de moratórias e crises recorrentes no BP.
É capaz do sujeito ficar 40 anos investindo e sair com menor poder de compra do que quando começou.
Responda-o
#3
Livre-se dos gastos desnecessários e veja sua conta bancária engordar naturalmente

Responda-o
#4
- Dois tópicos na ordem de leitura para elucidar a questão e esclarecer alguns pontos.

http://legadorealista.net/forum/showthread.php?tid=555

http://legadorealista.net/forum/showthread.php?tid=605
Responda-o
#5
Rapaz, depois de ler bastante sobre educação financeira e refletir passei a ser bem cético em relação à investimentos.

A minha visão sobre o assunto:

Quer começar a investir bem? Primeiro tenha uma boa quantia de sobra, ou então tenha uma boa fonte de renda que permita a você ter um padrão razoável de vida e ainda poupar uma boa parte.
Como diz o Gustavo Cerbasi, não adianta economizar miséria. Ele ainda recomenda usar o pouco que te sobra, investindo na sua educação. Pra que à curto ou médio prazo vc consiga adquirir uma habilidade que te faça ganhar mais dinheiro.

Então o que faço é investir em mim mesmo. Tanto na minha educação, quanto na minha saúde e lazer.
Sem saúde, não alcançamos nada.
E o lazer alimenta o espírito, além de podermos fazer bons contatos/ boas amizades durante as atividades.

Uma coisa importante também a se fazer enquanto isso é contabilizar o quanto vc gasta. É um bom hábito que vai te ajudar ainda no início quando a gente não faz muito dinheiro.
Firme, Sólido e Seguro
Responda-o
#6
"Quer começar a investir bem? Primeiro tenha uma boa quantia de sobra, ou então tenha uma boa fonte de renda que permita a você ter um padrão razoável de vida e ainda poupar uma boa parte.
Como diz o Gustavo Cerbasi, não adianta economizar miséria. Ele ainda recomenda usar o pouco que te sobra, investindo na sua educação. Pra que à curto ou médio prazo vc consiga adquirir uma habilidade que te faça ganhar mais dinheiro.

Então o que faço é investir em mim mesmo. Tanto na minha educação, quanto na minha saúde e lazer.
Sem saúde, não alcançamos nada.
E o lazer alimenta o espírito, além de podermos fazer bons contatos/ boas amizades durante as atividades.

Uma coisa importante também a se fazer enquanto isso é contabilizar o quanto vc gasta. É um bom hábito que vai te ajudar ainda no início quando a gente não faz muito dinheiro.
[/quote] "
 

ainda não tenho um pensamento formado sobre poupar e investir pois meus rendimentos começaram agora concordo com o confrade acima, tenho 18, faço faculdade gratuitamente, então os frutos do meu trabalho uso no lazer, afinal os estudos são necessarios, prazeros e mentalmente cansativos
Responda-o
#7
(25-07-2016, 03:17 AM)Aragons Escreveu: Os caras pegam ideias gringas e as apresentam aqui como se elas tivessem capacidade de funcionar em qualquer lugar do mundo.
Aplique juros compostos num país que tem 2 dígitos de inflação, histórico de confisco das poupanças e de Planos econômicos fracassados, histórico de moratórias e crises recorrentes no BP.
É capaz do sujeito ficar 40 anos investindo e sair com menor poder de compra do que quando começou.

Exatamente por isso funciona melhor aqui.

Aqui os juros são absurdos de altos, quem tem grana e é esperto aproveita.
Vai la viver de renda fixa nos EUA rendendo 0,5 ao ano...
Bode velho gosta de Capim Novo.
Responda-o
#8
~Movido para o espaço financeiro.~
[...]
Responda-o
#9
(25-07-2016, 02:35 AM)machadation Escreveu: Fato é que o tempo é a coisa mais valiosa que existe, o dinheiro não pode comprar o tempo; é por isso que tempo vale mais do que dinheiro. Sabedoria é saber usar o tempo. E o tempo é a própria vida, e a vida é grandiosa.

Real fodida!
Responda-o
#10
upppppppppppppppppppppp
David Goggins. A lei da semeadura não falha. A única coisa que a vida exige de nós é coragem. Somos prisioneiros dos nossos instintos e emoções e jamais seremos homens livres. A natureza se prepara para algo ainda pior.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Cancelar cartão para fugir dos juros destruidor 13 1,124 13-03-2017, 07:12 PM
Última Postagem: Ph da Real

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)