Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[FIXO] Compartilhe sua experiência sobre o seu casamento
#1
Introdução

Boa noite confrades, o casamento é um dos maiores investimentos que um homem faz em sua vida, se não o maior; logo precisamos aprender a investir, pois só tememos aquilo que desconhecemos. Acho que falta esse tipo de conhecimento no fórum.

Por isso peço aos confrades que compartilhem suas experiências sobre casamento nesse tópico, pois eu que nunca casei, fico deveras ansioso e preocupado com tal investimento que promete maravilhas, mas caso o investidor não esteja atento, pode acabar falido financeiramente e emocionalmente.


Vocabulário:


Os tipos mais conhecidos de amor humano são: Ágape, afinidade de ideais espirituais, Eros, atração física e desejo e Philos, afinidade mental e cultural.    

(  tirado do tópico: http://legadorealista.net/forum/showthread.php?tid=1167)



SOBRE O AMOR S2

Pensar em casar confrades se torna um pesadelo para mim, casar p/ quê? Para ter sexo? Se uma mulher só tem a xota para oferecer casar com ela é coisa de débil mental.

Seria eu um iludido? Pois espero para casamento além do amor Eros (essencial em minha concepção) também Philos e ágape, isso seria o que eu chamo de afinidade, para mim é essencial para um casal que queira constituir uma família, ao mesmo tempo sei que isso é raro.

Então vou vivendo a vida, pensando que talvez eu tenha grande chance de me tornar um solteirão, ou constituir família com o "melhor que eu achar" que na nossa sociedade está longe da "senhorita afinidade" minha amada kkk.


tenho 25 anos e não tive muitas experiências, então pergunto as confrades que já casaram como eles tiveram essa decisão? Se basearam no que? Conseguiram casar com uma mulher bacana, ela está longe daquilo que queriam? Ou simplesmente agarraram qualquer baleia feminazi peluda no suvaco com bigode, costeleta e pelo no braço?
Responda-o
#2
No antigo MR, abri um tópico intitulado "Aos Bem Casados", com questionamento semelhante. Se alguém tiver o backup daquele fórum, talvez ainda guarde as respostas que lá foram deixadas.

Acompanhando.
"Primeiro vêm os sorrisos, depois as mentiras; por último, o tiroteio" - Roland de Gilead
Responda-o
#3
- Também concordo com tua posição, não casaria com uma mulher somente para sexo. É preciso algo mais.

- Na minha concepção casamento é um negócio, regido por um contrato em comum acordo com um sócio (uma sócia neste caso) que deverá preencher determinadas características elegidas por você (assim como você terá de ter características elegidas por ela) mas também e principalmente características gerais necessárias de um bom sócio para que o negócio tenha longevidade como por exemplo, confiança, honestidade, lealdade, integridade, afinidade, etc.
Responda-o
#4
Opa.. acompanhando..
O amor supera tudo  Heart

Na vida real ou na internet?
Responda-o
#5
Casamento é uma celebração religiosa, onde um homem e uma mulher resolvem promover seu relacionamento mais adiante. Casamento no civil não é casamento, é um acordo de partilhas. Diferente do casamento civil, o casamento religioso não é invenção humana que pode ser definida e destruída conforme os caprichos egoístas dos homens. Apesar da sociedade hoje ser diferente das demais, o casamento tem o mesmo propósito: Procriação.

No casamento o homem tem seu papel, proteção e prover o necessário para sua prole, e a mulher zelar pela autoridade do homem para com o filho. Uma vez que uma das partes deixam de realizar o seu papel, o casamento está fardado ao fracasso. Você precisa ter em mente que o casamento precisa ter uma base, para que dê certo. A base de qualquer casamento é a fidelidade e respeito do homem para mulher e da mulher para com o homem. Os três amores são impossíveis de ser encontradas em uma pessoa, independente do sexo. O casamento é construido sobre a ótica do amor Eros.

O amor Eros por parte do homem é a questão sexual e passar adiante seus genes. O amor Eros por parte da mulher é em relação é o desejo de gerar uma prole. Prole do homem mais destacado possível. Não é errado a mulher exigir do homem questões básicas para que possa ter um lar com ele. Uma mulher saudável exige do homem coisas como: Segurança emocional e física, um trabalho que possa alimenta-la e alimentar sua prole, e o mínimo para pagar as contas. Se a mulher exige mais que isso para casar, pode esquecer. Ela é apenas uma interesseira, querendo o seus bens.

Também é correto o homem exigir quesitos básicos para casar com uma mulher. O homem saudável exige de sua mulher fidelidade, sexo e feminilidade. Por sermos seres altamente sexual, podemos exigir virgindade de nossas mulheres. Agora vamos trazer o casamento para os dias atuais. O mínimo que um homem pode fazer antes de casar hoje em dia, é fazer um acordo de separação de bens. Assim ele pode se proteger de interesseiras. Não devemos ficar nos preocupando com o futuro, devemos viver o agora. Para se casar hoje em dia precisamos ser muito mais seleto que antigamente, o casamento hoje em dia virou uma premiação final para mulheres promíscuas.


Nunca aceita trabucos, você tem valor. A mulher que precisa provar o seu valor, para se relacionar com você. Se ela provar se uma mulher com potencial de ser uma mulher virtuosa, você da continuidade com o relacionamento. O maior prêmio que você pode dar a ela é a sua presença. O erro de muitos homens é esquecer de si mesmo no relacionamento. Engordam, não tem mais pulso firme com a mulher. Assim como você deve ter pulso firme no relacionamento, você precisa ter no casamento. Você age da mesma forma que você aprendeu lendo os textos realísticos, e sempre se desenvolvendo.

A primeira coisa a ser feita depois que se casa é estabelecer padrões. Você precisa entender que você está no topo, você é o chefe da família. Por isso seus interesses devem vir sempre em primeiro, se isso for benéfico para os demais, seus filhos e esposas devem vir em segundo plano. Você precisa entender que sua parte no casamento é prover e proteger. A mulher zelar pela sua imagem como macho da Casa.
Spoiler Revelar

[Image: gaara_gif__for_gaara_week__by_animeandml...8dnle6.gif]

Responda-o
#6
Depois eu dou continuação se quiser.
Spoiler Revelar

[Image: gaara_gif__for_gaara_week__by_animeandml...8dnle6.gif]

Responda-o
#7
http://verdadesinconvenientesblog.blogsp...trine.html

Responda-o
#8
Casamento - Quem ganha com isso ?
Observando o Casamento por uma outra óptica.
Trechos Moderados do meu artigo inacabado, parcialmente escrito em 2010.

[Image: 263551-vampires-vampires.jpg]

Viver em um Mundo competitivo onde somos obrigados a tomarmos decisões rápidas a todo momento torna natural que as pessoas tenham tendência a buscarem referências externas para tomarem suas decisões , afinal de contas é da natureza humana “ imitar ” o que os outros estão fazendo, pois não querem nunca “serem diferentes ou ficarem para tráz ”( Aliás , ser diferente nessa sociedade moderna e desenvolvida é algo letal ). Essa condição humana natural tem levado muitas pessoas a cometerem verdadeiras loucuras tomando decisões precipitadas e fazendo escolhas importantes para suas vidas baseadas em modelos comportamental estereotipados e repletos de ambiguidades.
Infelizmente as pessoas não percebem que estas armadilhas nos são impostas de maneira sutil por meio da inserção de diversos “modelos de conduta politicamente corretos” que emocionam e leva a vítima a fantasiar situações mágicas extremamente agradáveis aos sentidos, e que as impele nas direções que seus criadores Maquiavélicos desejam sem se darem conta de que as suas vontades estão sendo manipuladas pelos interesses das classes dominantes.
A coação jamais é feita explicitamente ou por vias racionais para que o golpe não seja de pronto desmascarado
Toda a trama falsamente democrática é apresentada às pessoas em forma de atitudes padronizadas louváveis e as induzem a acreditarem que o casamento tornará suas vidas especiais e que serão aprovadas, admiradas, aplaudidas e invejadas por todo o povo.
Os indivíduos que se encontram sob os efeitos hipnótico das falsas promessas de felicidade sem fim que só pode ser encontrada e sentida por meio do casamento passa a acreditar fanaticamente que viverá uma vida nova onde tudo será belo e harmonioso para sempre... crê cegamente que o matrimonio santifica mulheres, portanto a sua esposa não mais enxergará qualidades atrativas em outros homens e que ela só sentirá desejos sexuais por ele...Subliminarmente todos nós somos levados a crermos nisso...
O casamento nos é apresentado como um paraíso na Terra, porém a atual situação do homem e o marasmo da maioria dos casados não são típicos de pessoas que vivem em um paraíso de delícias e frenezi como nos é prometido e somos ridiculamente levados a acreditar.
O dia-a-dia na limitadora e decepcionante vida de casado tem revelado a muitos homens que caíram em uma armadilha terrível e o quão estúpidos e ridículos eles foram por terem acreditado em todas essas infinidades de promessas vazias, inexistentes e humanamente impossíveis.

Canta melhor , o pássaro que entra na gaiola por livre vontade !
[Image: homem-de-neg%C3%B3cios-prendido-na-gaiol...158816.jpg]

O assédio matrimonial nos é imposto ainda anos da infância onde constantemente somos bombardeados com ensinamentos politicamente corretos já com a finalidade de inculcar-nos com tais costumes  padronizados que nos obrigará inconscientemente a seguirmos tais direções por serem elas corretas, aceitáveis e exigidas pela sociedade.
Na realidade, há um pré-condicionamento coletivo das mentes das pessoas por meio de técnicas neuro-linguística, onde os padrões comportamentais ambíguos e supostamente inocentes e benéficos coletivamente, são inseridos e bem divulgados na sociedade de forma que se tornem tradições que se incorporem na cultura do País.
Como podemos ver, política e religião sempre caminharam de mãos dadas ... na verdade esse foi o primeiro casamento da história.

Dessa união nasceram diversas outras organizações e manobras para dominar o povo e explorá-los a vontade por meio da criação e imposição de regras politicamente corretas e punições para os rebeldes.
Quando os cidadãos não se submetem aos abusos por medo da fúria de um Deus sanguinário e vingativo eles são obrigados a se submeterem  por meio da força bruta do poder judiciário.
Quando não cedem a nenhuma das duas modalidades de pressão, ele será condenado pela santa inquisição formada pela “opnião pública” que o difamará , perseguirá e o submeterá a todos os tipos de preconceitos, situações humilhantes e embaraçosas ( Grande massa demográfica de zumbís intolerantes, criados por meio de ensinamentos alienantes religioso-político utilitaristas inculcados em nossas mentes na escola, na igreja, por meio da televisão, rádio etc... ).
No campo religioso, a violência psicológica mais comum utilizada para forçar as pessoas seguirem a cultura do casamento mesmo contra a própria vontade, é feita por meio de ameaças de sofrimento eterno, onde um Deus assassino é amigo pessoal de todos os líderes religiosos e de quebra um fanático simpatizante das autoridades dos poderes judiciário e administrativo da nação, estando pronto para condenar ao sofrimento eterno nas profundezas incandescentes do inferno, todos aqueles que fizerem oposição aos costumes e regras ditadas pelos donos do planeta.
[Image: B4fXGt4CMAAfAsK.png]

Como já foi mostrado à exaustão, no Brasil, o regime Feminazista conseguiu promover o caos em diversos setores sociais e familiar por meio de “fofocas sem maldade, frases misândricas fanatizantes sem maldade, músicas com mensagens vitimistas revoltantes sem maldade, piadas difamatórias e ofensivas a honra dos homens sem maldade, novelas e filmes que divulgam falácias feminazi totalmente sem maldades e assim infinitamente de forma cada vez mais qualificada, por não haver punição, por ter apoio da sociedade e do P. J. e por não encontrarem resistência pela parte perseguida injustamente (no caso, o homem).

Não devemos temer as Feminazistas, as Leis que se adequaram aos interesses excusos delas e o “contingentezinho” de cornos que se deixam manipularem por acreditarem que “suas esposas” os ama até que elas se voltem contra eles e as realidades lhes caiam sobre suas cabeças chifrudas.
Temos muito mais a temer por parte do silêncio e desunião dos homens do que por parte dessa quadrilha legalizada.
  Posso garantir que o caro leitor já viu ao menos 1 caso ou ouviu comentários de casos, onde um homem foi prejudicado judicialmente em favor de uma mulher e foi obrigado a sair da sua própria casa  ( O povo e o "P.J." desconsidera o fato de que este homem já possuía o imóvel bem antes de conhecer a “ usurpadora ” ).


Quando um homem deixa a sua casa com tudo dentro por não aguentar mais as perseguições e infernizações promovidas por sua santa esposa – que já o provoca com essa intenção - , ele tem a sua imagem totalmente destruida e pisoteada pelos parentes da santinha, pela vizinhança, pelo pastor, pelo padre e etc ...

Ninguém dá a devida atenção ao fato de que este homem teve que sair da sua própria casa deixando para tráz todos os investimentos que fez em toda a sua vida para garantir conforto e dignidade para seus filhos e consequentemente para a sua agressora, restando a ele recomeçar na estaca zero independente da sua idade, estado emocional e saúde física.

O povo e o "P.J." desconsidera até mesmo o fato de que este homem já possuía o imóvel bem antes de conhecer e acolher a “ usurpadora ”.

Em minha vida, presenciei vários casos como este, onde em praticamente 100% deles a santinha sutilmente estimulou o ódio e o desprezo dos filhos contra o pai por meio de lavagens cerebral com difamações diversas, jamais mencionando que aquele pai estava ausente fisicamente, porém continuava mantendo a casa e assegurando qualidade de vida a todos que alí residem.

As mulheres usam filhos não somente para aprisionar homens ou dar golpes que lhes garanta renda e vida fácil... Elas costumam usar os filhos também em suas representações teatrais nos muitos litígios junto ao poder judiciário devido ao fato de que a palavra dos filhos pesam muito na decisão dos juízes que supostamente julgam tais casos, que afinal sempre têm desfechos favoráveis automáticos à vadia ingrata.

Isso torna as "certas audiências" um simples cumprimento dos protocolos de praxe que simulam um suposto julgamento justo dos fatos onde uma das partes litigantes naturalmente sairá derrotada por “não estar com a razão”... tentem advinhar qual o sexo da parte derrotada ?

Essas audiências demagogas ....

[Image: goulart%20medeiros%2052.jpg]

CONTINUA  ...
" Não confundam Grande Obra Prima do Mestre Picasso com Grande Pica de Aço do Primo do Mestre de Obra ..."
Responda-o
#9
Aquele que buscar se informar a respeito irá se deparar com os números esmagadores de derrotas masculina nos litígios ajuizados, o que nos mostra o quanto o poder público é influenciado pelo Feminazismo e privilegia as mulheres ao extremo, acarretando imensuráveis prejuízos aos homens, que são facilmente vencidos por estarem sozinhos, desamparados e psicologicamente encurralados pela opnião pública moldada pelo vitimismo e difamações feminazista.  

Curiosamente as estatísticas são mantidas no anonimato por não haver interessados em fiscalizá-las, o que representa apenas uma das razões que estimula e viabilizam essas atitudes exploratórias contra homens simplesmente por permanecerem impunes por terem amparo legal, por serem politicamente e socialmente bem aceitas e toleradas.

É visível a necessidade da criação de ONG`s para amparar homens vitimados por esse sistema de “exploração masculina legalizada”, confrontando as decisões judiciais visivelmente injustas com base nos arcabouços da presente legislação, e que também propicie a essas vítimas, total apoio psicológico visando previnir as consequências desencadeadas por suas compreensíveis explosões de fúria e indignação até que as mulheres, a sociedade e as autoridades consigam enxergarem o quão destrutivo tem sido o Feminazismo.

Os noticiários mundiais são as provas maiores de que tais consequências, em sua maioria com desfechos trágicos para mulheres aumentam a cada dia, desafiando e inutilizando a já inútil e redundante Lei Maria da Penha que já demonstrou NÃO INTIMIDAR nem mesmo velhos bêbados e muito menos garantir proteção às mulheres nos momentos em que estas estiverem arcando com as consequências dos próprios atos provocativos suicidas que corrompem o bom senso e a sanidade masculina.
As estatísticas de assassinatos de mulheres por vingança são gritantes e continuam aumentando gerando mais dinheiro provenientes do pagamento de fianças para os cofres públicos, garantindo bons lucros aos proprietários dos grandes e pequenos jornais e Só não enxerga quem não quer enxergar... Mulheres ou homens que se matam nesses intermináveis confrontos idiotas geram lucros para o governo por meio de recolhimento de fianças, para jornalistas por meio de venda de jornais, comerciantes por meio de velas, atestados, detetives e etc...
Logo podemos considerar quaisquer medidas governamental ou legislativa tomadas em prol da mulher como politicagem demagoga, cuja finalidade é mostrar ao povo um Estado que cumpre seus deveres constitucionais com seus cidadãos... como se ele fosse de fato preocupado com os filhos e filhas da Terra.
O vasto histórico de corrupção e impunidade  no governo nos deixa claro que a este só interessa poder... e poder só pode ser adquirido atravéz de dinheiro.
Mulher assassinada gera dinheiro, vira estatística e cai no esquecimento até mesmo dos próprios filhos, familiares e amigos... basta olharmos o que ocorre diariamente na sociedade para percebermos que as coisas são assim.
Façamos agora uma breve análise das fontes geradoras de lucros e seus beneficiários :
 
 O Governo
 
O governo têm lucros com a venda da arma e munições usadas pelo assassino; as fianças cobradas para dar liberdade ao criminoso, ganha nos impostos que incídem no comércio de caixões, véu, flores, sepultamento, fretamento de transporte, cafezinho e biscoitos servidos na cerimônia fúnebre, na energia elétrica consumida pelas lâmpadas que iluminam o local do funeral, na gasolina que é consumida pelos carros utilizados pelos presentes; na  água consumida pelos presentes; nos lenços e papel higiênico usados pelos enlutados; cobra impostos na transferência dos bens da falecida;
 
Os comerciantes
 
Faturam por meio da venda de armas, munições, facas, caixões, véu, flores, café, chás, biscoitos, combustíveis e mais uma infinidade de produtos e serviços.
 
Os jornalistas
 
Faturam por meio da venda de “ Furos de reportagem” para empresas jornalísticas diversas; venda de assinaturas de jornais vituais ou impressos e etc...

... Fim do trecho ... Se alguém puder complementar este artigo com mais informações , fiquem a vontade. Avante guerreiros ! 
" Não confundam Grande Obra Prima do Mestre Picasso com Grande Pica de Aço do Primo do Mestre de Obra ..."
Responda-o
#10
MAIS CONSIDERACÕES ...

Homens e mulheres são numerados como bois e vacas, onde a marcação não mais é feita a ferro quente ou tatuagem como antigamente mas por meio de registros individual (CIC, RG, BIOMETRIA e o escambal), pois se as marcações fossem feitas por ferro quente ou tatuagem, “ a tirânica manobra governamental” ficaria muito explícita e eles não poderíam chamar de “ Cidadania ” tais práticas maquiavélicas de encurralamento para opressão e exploração do povo.                                                                                                                                       A grande realidade é que a escravatura do Brasil-Colônia não deixou de existir com a assinatura da “interesseira e calculada Lei Áurea”... a escravatura apenas evoluiu e sofisticou-se , agora englobando todas as raças e etnias, onde todos nós já nascemos beneficiados pela “Lei do Ventre Livre” porém, em no máximo 12 anos de existência ou bem antes, iremos  “voluntariamente nos oferecermos como escravos” aos muitos senhores pertencentes à atual organização que compôem as “dinásticas classes dominantes” que mandam no País e exploram o povo . Agrupar homens e mulheres em “casais” e controlar tal associação por meio de registros em cartórios pagos pelas próprias vítimas é uma forma que o governo encontrou para ganhar mais dinheiro exploratório e obter um banco de dados com todas as informações individual necessárias para melhor  dominar . Essa modalidade de domínio governamental seria impossível se não existissem casamentos, pois o governo não teria meios para saber com quem seus escravos estão associados e possivelmente sonegando impostos. Nos casos de “busca e apreensão” de bens móveis e imóveis em nome do marido, este não poderia proteger suas posses por meio da transferência em nome da sua esposa, pois tal prática “justa” seria logo descoberta e frustrada pelo poder judiciário devido a existência de uma certidão de casamento, préviamente armazenada no grande banco de dados governamental ( Cartórios)  que revela aos “Feitores governamentais” quem é e onde está a sócia do homem extorquido por coação e ameaças regulamentadas na nossa “legislação  exploratória”.
Homens e mulheres são escravos do sistema (sarcasticamente denominados contribuíntes)  e obrigados a pagarem impostos e a se submeterem a mais uma infinidade de exigências autoritárias e abusivas, a troco de abandono, descaso, miséria e morte humilhante extremamente lenta e dolorosa.                                                                                                                                Duas receitas depositadas em conta conjunta atingem mais rapidamente as cotas tributáveis para a “subtração” do imposto de renda, o que obriga o casal a dar mais dinheiro ao Governo sob pena de ser perseguido e preso como bandidos... como se nunca tivessem pagado nenhúm dos mais de 20 tipos de impostos ocultos e declarados que todos nós somos obrigados a pagar diariamente.
É engraçado, irritante e acima de tudo revelador que os donos do planeta estão sempre adaptando suas políticas e os seus sangrentos interesses capitalistas selvagem à vontade de Deus...Tomemos como exemplo “os novos mandamentos de Deus”, que diante do grande desinteresse do Povo pelo casamento e a alta prática da união informal, se viu forçado a ser mais flexível e compreensivo conosco , e como prova da sua infinita bondade e tolerância, colocou  à nossa disposição duas novas opções para que nos casemos com mais facilidade, cuja a finalidade é apenas nos tirar do lamaçal do pecado. São elas o casamento gratuíto mediante apresentação de um atestado de pobreza ou uma certidão que enquadre o casal no regime de “União estável”.
Mas anteriormente nos foi ensinado que nas vontades e na palavra de Deus nada poderia ser acrescentado a qualquer tempo, afinal na palavra de Deus nada se tira e nada se acrescenta, pois passarão o céu e a Terra mas a palavra de Deus nunca haveria de passar...O que será que está ocorrendo com Deus atualmente ? Estejam certo que esses demônios exploram até a imaculada imagem de Deus e sua Santa palavra para obterem Êxitos em seus planos maquiavélicos enlouquecidos pela ganância por poder !
" Não confundam Grande Obra Prima do Mestre Picasso com Grande Pica de Aço do Primo do Mestre de Obra ..."
Responda-o
#11
Deus desistir de ler estes wall texts Gargalhadaha bom debate rapazes vou moderar estas teses de mestradis não kkk
Fumei 25 cigarros esta noite e você sabe da cerveja.

Buwkoski.

Buceta não machuca e não se faz sexo com a bunda.

Leg. Bean, fórum mundo realista.
Responda-o
#12
(24-05-2016, 01:06 AM)Cônsul Ragnarok Escreveu: Deus desistir de ler estes wall texts Gargalhadaha bom debate rapazes vou moderar estas teses de mestradis não kkk

O cara cria um tópico pedindo relatos de EXPERIÊNCIAS e os manolo me vem com a segunda edição da bíblia do casamento..
O amor supera tudo  Heart

Na vida real ou na internet?
Responda-o
#13
Ivan Martins? Esse bosta mangina e efeminado não deve ter ibope aqui, nem vou ler esse papiro quilométrico.
Anuncie aqui!!!!
Responda-o
#14
Acho que era pros casados e ex-casados colocarem seus relatos, Kina.

De qualquer forma, fica meu comentário: "Não faça de uma mulher da vida a mulher da sua vida".
Responda-o
#15
Sinceramente não considero o casamento um investimento. No tempo dos meus pais quase todo casamento era celebrado no regime de comunhão universal Depois as coisas evoluíram e a maior parte começou a ser feita através da comunhão parcial. União estável , para efeitos legais é equivalente a este último. Quer mesmo entrar nessa barca? Coloque os culhões na mesa e faça o contrato de separação total de bens. Bom negócio, só sob a ótica de colocar um herdeiro no mundo, e olhe lá...
Responda-o
#16
Evitem o embucetamento, senhores.



"Primeiro vêm os sorrisos, depois as mentiras; por último, o tiroteio" - Roland de Gilead
Responda-o
#17
valeu pessoal eu li essas teses de mestrado kkk, realmente a sociedade acaba forçando a gente, e tem esse negócio de mulher gostar mais da festa do casamento do que do casamento, valeu pela contribuição, muito bom esse testo knight.

Mas o objetivo era mais falar sobre experiências mesmo...
Responda-o
#18
- cabraman resumiu bem a questão em uma de suas respostas nos redutos da Real. Uma resposta que vi referente ao casamento que é interessante, a meu ver se enquadra com a proposta do tópico. 

(26-06-2016, 07:46 PM)cabraman Escreveu: A mulher do SEC XXI, graças ao feminismo é muito confusa em relação ao seu papel, vejam bem ela vive de coletar as vantagens do patriarcado e as do feminismo, sua unica motivação é um egoismo desenfreado buscando satisfação distorcida.

Eles querem carreira, status, filhos, etc. mas não se esforçam pra conseguir ou manter nenhum deles.

Acreditam que tudo lhes é devido.

Observem a vossa volta guerreiros.

Tolo é o jovem que sonha com matrimônio.

As donzelas só entram com a bycet@, síndrome de Cinderela e a quilometragem de vara.

e o pobre diabo com o desejo de ser pai de família, pois ele foi educado e treinado pra isso toda a sua vida

E agora com sua bussola moral avariada, ele tem de se conformar com uma rodada, baladeira como esposa.

- OBS: É o que acontece hoje em dia no contexto geral da situação.
Responda-o
#19
ja to lendo isso ai
Responda-o
#20
Vi esse relato na net e guardei talvez seja interessante pra alguém.

"Bom dia amigos,

Esse lance de ficar trabalhando ser melhor que ir para casa é pura realidade. Sou casado, e não me orgulho nem um pouco disso, só conheci a REAL quando já tinha filhos, dificultando assim o processo de separação.

Mas o que quero passar-lhes é o seguinte, NÃO EXISTE MULHER EXCEÇÃO. Na época eu achei que tinha achado a minha: branca, olhos verdes, cabelo comprido e bonito, virgem* (calma que chegaremos lá), prendada (quando vinha na casa dos meus pais fazia um monte de comida, só não lavava a louça). E depois que começamos a namorar as coisas só melhoraram, transávamos bastante, e até em locais proibidos, ou seja, era o céu na terra para um beta que nem eu.

Dei o mole de engravidar, por isso resolvemos casar, mas nessa época eu já não estava 100% contente com o relacionamento. O que acontece: durante todo o período de gravidez, ela não "podia" fazer nada, adivinha quem tinha que segurar as pontas? Fora que na época eu ainda estava na faculdade(que depois desisti) e "construindo" a nossa casa(todo dinheiro que eu tinha economizado desde os 10 anos foi embora e minha família me emprestou um monte também).

Depois do parto, tinha o resguardo, também não podia fazer nada, criança chorando o dia todo, A PORRA DO DIA TODO, depois de "normalizada" a situação, não podia fazer nada também por que cuidar do bebê era muito cansativo, e ela ficava triste por sentir sua "juventude" ir embora enquanto ela ficava em casa sendo mãe (Amigos, nessa época eu estava num sub-emprego degradante trabalhando de madrugada e dormindo de dia, e eu "tinha" que sentir pena dela).

"Ah Sr Beta Betoso, seu relacionamento só é ruim por causa dos filhos, eu pretendo me casar mas sem ter filhos", Meu irmão, em todos os aspectos o relacionamento fica uma merda. Tá ligado o sexo do namoro? Aquele que só em um olhar pro outro os dois já sabiam o que significava e rolava ali mesmo? ESSA PORRA NUNCA MAIS VAI ACONTECER, NUNCA, NUNCAAAA!

Pra você transar só com muitas, muitas preliminares, sempre aquela conversa de "não estou no clima", ou "talvez, se você me convencer..." sempre aquela conversa mole para que você tenha quase que implorar para comer a mesma buceta que você já vem comendo a anos, com a diferença que agora ela está mais peluda do que nunca(ou você acha que ela vai continuar se depilando pra sempre? ela só tira até aonde o biquíni pode pegar, de resto...)

Lembra que eu falei que ela cozinhava só na lavava a louça? Como a louça é uma tarefa "fácil" para nós homens, ela simplesmente NÃO lava a louça, e quando lava, parece que me fez um enorme favor, e praticamente fica jogando na cara o enorme "sacrifício" feito.

Eu JURO que não é trollagem, ela acaba de comer, levanta da mesa e vai pro sofá, véio, ela nem tira o prato da mesa, nem nada. É como se fosse "ah, já fiz a comida, não tenho que fazer mais nada..." e realmente não faz, fica a porra do dia todo na internet/tv/celular, e no fim do dia reclama que não sai de casa. Lembrando que esse "reclama" não é por querer emprego ou trabalho pra fazer, é querer que eu a leve para passear, em locais bonitos, caros e longe de nossa realidade.

Eu não tenho carro, mas as vezes meu pai me empresta o dele, e uma das coisas que me deixava mais puto era ela querer "passear de carro", e não podia ser pela cidade ou pelo bairro não, tinha que ser em lugar bonito, longe, pra poder tirar foto. PUTA QUE PARIU.

Fora todas as outras merdas que vocês já sabem de vida de casado:
- Boquete nunca mais, só se fizer 69, e olhe lá

(continua)

(continuação)

- Eu não fiz anal antes, agora então, impossível, mesmo se desse ficaria jogando na minha cara que fez aquilo só para meu prazer e blá blá blá

- Família dela se intrometendo na sua vida

- TOTAL falta de privacidade

- Você engorda por que todo dia ela quer comer "alguma coisa diferente", Sendo que isso só faz sentido se você comer a mesma coisa sempre, o que não acontece.

Lembrando, ela era a mulher exceção! Só pra terminar, lembra daquele virgem* lá de cima?

Realmente ela tinha sido uma santa na adolescência(por que era gorda e esquisita, eu dei sorte de pegar ela assim que emagreceu, mas ainda era meio gordinha), mas tempo depois ela me contou que quando tinha uns 8/9 anos um coleguinha dela "brincou" com ela(Não foi beijinho ou passada de mão não, foi tudo, eles viram filme pornô do pai do garoto e imitaram tudo, anal, oral... só não deve ter dito gozada).

Vocês devem pensar que eu fiquei puto e joguei a real na cara dela né? Mas como sou CASADO e sei que tenho tudo a perder, tive que "consolá-la" para não ter que esquentar mais ainda minha cabeça depois(sei que para quem é solteiro isso não faz o menor sentido, mas tudo que quero é chegar no fim do dia e poder relaxar sem esquentar ainda mais minha cabeça, foda-se tudo). Enfim, se tem alguém ainda querendo casar, mermão, tem que se fuder mesmo...

Obs1: Já tentei deixar a casa uma bagunça para ver se ela se toca e faz as coisas, resultado: não mudou nada, chegou a dar verme na pia da cozinha e baratas pela casa e ela nem aí, nojenta.

Obs2: Já tentei dar uma de "super marido" e fazer todo o serviço da casa de forma eficiente para ver se tinha algum sentimento de culpa e ela ajudasse, pfff, aí que ela deitou e rolou mesmo.

Obs3: Como sabem, separar com filhos não é tão fácil, por isso estamos juntos ainda, mas estou vendo as possibilidades."
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [RELATO] Relato Sobre Casamento. Escobar 27 2,363 16-11-2019, 05:16 PM
Última Postagem: Lucas Hood
  HIV: Compartilhe sua experiência Sagitario 46 3,038 14-11-2019, 03:20 AM
Última Postagem: Neo Solid
  Schopenhauer Sobre Casamento MajinBoo 18 1,605 24-03-2017, 07:21 PM
Última Postagem: Sociólogo

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 2 Visitante(s)