Avaliação do Tópico:
  • 2 Voto(s) - 4 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
REFLEXÕES REALISTAS
#1
Senhores, 

Partilho com vocês um texto que escrevi sobre a "Correta Interpretação da Realidade".
Este texto é uma reflexão minha que escrevi quando tinha 32 anos de idade e ainda hoje faz sentido. A Real (Realismo Sentimental) salvou a minha vida e continua me orientando, mas é um caminho feio, pois carece de beleza e romance, ainda assim, é o caminho verdadeiro (para mim, claro).

REFLEXÕES SOBRE A "CORRETA INTERPRETAÇÃO DA REALIDADE"

Pare de ser um piegas emocional que vê ou procura significado e beleza em tudo na vida.
A vida tem momentos de rara beleza e momentos e experiências espectaculares, capazes de tirar o fôlego. Um montanhista, um caminhante ou um astronauta poderão entender em pleno aquilo que quero dizer. Eles presenciam momentos de rara beleza e que nos enchem o coração de coisas que não conseguimos descrever por palavras.
Porém, não esqueça a outra faceta da realidade. A de que a vida é substancialmente fria, cruel, calculista e não está nem um pouco preocupada com as suas "emoçõezinhas" à flor da pele nem tão pouco vai lhe enviar um "anjo do céu", para o amparar a você nos maus momentos.

Falo da vida, mas poderia falar das mulheres, pois o princípio é o mesmo.

Se você sofre e se pensa em se matar ou em desistir de viver, então vá tomar no seu cu, pois você é um fraco de merda! Um imprestável. Quer desapaixonar? Seja Homem, porra! Se tiver que sofrer, sofra em silêncio e longe de todos. Não mostre a ninguém (NINGUÉM) que está sofrendo ou que está fragilizado por uma mulher. Essa nova mania de que, demonstrar os sentimentos é "coisa de homem"... Coisa de homem o meu p***! 

Coisa de homem é o oposto, é controle, é raciocínio, lógica, estratégia! Quem mostra tudo o que sente são os efeminados. Quem fica falando o tempo todo do quão sofre e do quão sofreu são as mulheres, não os homens. Os homens ficam calados pensando numa solução, procurando a lógica e o raciocínio, sempre! Lembre-se dos exemplos dos Vikings, dos Samurais e de outros tantos Cavaleiros ou Guerreiros da história. Imaginem se eles não se controlassem e se emocionassem na frente de batalha!?

Controle a SI mesmo! Vença sua estupidez e sua falta de racionalidade! Discipline-se!

Não seja um paspalhão, capaxo, bobalhão que só pensa em agradar as mulheres! Não publique nas redes sociais palavras e imagens de "superação" pois isso só demonstra o quão fraco emocional você ainda é. Um guerreiro sofre sim... Mas sofre em silêncio, no interior do seu castelo! Querer "dar uma" de que superou e está bem é sinal de que está dependente. As mulheres é que costumam fazer isso quando estão fu**** com algo. Quem realmente supera, nem fala mais nisso, porque nem lembra ou então já está tão absorvido num novo objetivo que já nem tem mais importância o que aconteceu e não fica falando que superou e que blá, blá, blá para todo o mundo nem postando frases idiotas de que "venceu" ou "superou". Se superou, otimo! Cale a boca e continue trabalhando!

Está sofrendo?! Feche-se na sua caverna se for preciso e volte apenas quando estiver "curado", como um HOMEM renovado. Chore o que tenha de chorar, em silêncio, como fazem os guerreiros! Não venha à procura de vingançazinhas idiotas nem de querer odiar todo o mundo pois isso é também uma infantilidade. A melhor vingança é o seu SUCESSO. Volte à luta e continue dando o melhor de si, dependendo dos seus objetivos.

Quer ser piloto?! Invista em si
Quer ser pintor? Invista em si
Quer ser musico? Invista em si
Quer ser professor? Invista em si
Quer ser policial/militar? Invista em si
Quer ser escritor? Invista em si
Quer ser arquitecto, Engenheiro, Mecânico, Cata Lixo, Piloto de Onibus, Frentista ou seja lá o que for... INVISTA EM SI !!!

Encare a realidade tal como ela é e não como você gostaria que ela fosse! Não confie demasiado e não seja desconfiado gratuitamente... Alcance o equilíbrio! Não faça floreados nem romantize todo o (santo) acontecimento da sua vida. Mantenha-se céptico! Pare de ser um tolo emocional, pare de acreditar que alguém vai amá-lo por quem você é. Isso nunca vai acontecer, porque você é HOMEM e portanto, será somente admirado pelo que você possuir e pelas emoções que conseguir criar na outra pessoa e não pelo que você é na sua essência.

Desenvolva a sua masculinidade e não permita que ninguém lhe diga que ser masculino é ser inferior. Mande tomar no cu se for preciso e continue seu caminho, na raça!
"Os únicos homens que possuem uma visão romanceada e idealista das mulheres são aqueles que tiveram poucas experiências em sua vida. Os demais, adquirem uma postura realista e não caem nas artimanhas."
Responda-o
#2
(02-04-2016, 02:53 PM)Sérgio Quintiliano Escreveu: Senhores, 

Partilho com vocês um texto que escrevi sobre a "Correta Interpretação da Realidade".
Este texto é uma reflexão minha que escrevi quando tinha 32 anos de idade e ainda hoje faz sentido. A Real (Realismo Sentimental) salvou a minha vida e continua me orientando, mas é um caminho feio, pois carece de beleza e romance, ainda assim, é o caminho verdadeiro (para mim, claro).

REFLEXÕES SOBRE A "CORRETA INTERPRETAÇÃO DA REALIDADE"

Pare de ser um piegas emocional que vê ou procura significado e beleza em tudo na vida.
A vida tem momentos de rara beleza e momentos e experiências espectaculares, capazes de tirar o fôlego. Um montanhista, um caminhante ou um astronauta poderão entender em pleno aquilo que quero dizer. Eles presenciam momentos de rara beleza e que nos enchem o coração de coisas que não conseguimos descrever por palavras.
Porém, não esqueça a outra faceta da realidade. A de que a vida é substancialmente fria, cruel, calculista e não está nem um pouco preocupada com as suas "emoçõezinhas" à flor da pele nem tão pouco vai lhe enviar um "anjo do céu", para o amparar a você nos maus momentos.

Falo da vida, mas poderia falar das mulheres, pois o princípio é o mesmo.

Se você sofre e se pensa em se matar ou em desistir de viver, então vá tomar no seu cu, pois você é um fraco de merda! Um imprestável. Quer desapaixonar? Seja Homem, porra! Se tiver que sofrer, sofra em silêncio e longe de todos. Não mostre a ninguém (NINGUÉM) que está sofrendo ou que está fragilizado por uma mulher. Essa nova mania de que, demonstrar os sentimentos é "coisa de homem"... Coisa de homem o meu p***! 

Coisa de homem é o oposto, é controle, é raciocínio, lógica, estratégia! Quem mostra tudo o que sente são os efeminados. Quem fica falando o tempo todo do quão sofre e do quão sofreu são as mulheres, não os homens. Os homens ficam calados pensando numa solução, procurando a lógica e o raciocínio, sempre! Lembre-se dos exemplos dos Vikings, dos Samurais e de outros tantos Cavaleiros ou Guerreiros da história. Imaginem se eles não se controlassem e se emocionassem na frente de batalha!?

Controle a SI mesmo! Vença sua estupidez e sua falta de racionalidade! Discipline-se!

Não seja um paspalhão, capaxo, bobalhão que só pensa em agradar as mulheres! Não publique nas redes sociais palavras e imagens de "superação" pois isso só demonstra o quão fraco emocional você ainda é. Um guerreiro sofre sim... Mas sofre em silêncio, no interior do seu castelo! Querer "dar uma" de que superou e está bem é sinal de que está dependente. As mulheres é que costumam fazer isso quando estão fu**** com algo. Quem realmente supera, nem fala mais nisso, porque nem lembra ou então já está tão absorvido num novo objetivo que já nem tem mais importância o que aconteceu e não fica falando que superou e que blá, blá, blá para todo o mundo nem postando frases idiotas de que "venceu" ou "superou". Se superou, otimo! Cale a boca e continue trabalhando!

Está sofrendo?! Feche-se na sua caverna se for preciso e volte apenas quando estiver "curado", como um HOMEM renovado. Chore o que tenha de chorar, em silêncio, como fazem os guerreiros! Não venha à procura de vingançazinhas idiotas nem de querer odiar todo o mundo pois isso é também uma infantilidade. A melhor vingança é o seu SUCESSO. Volte à luta e continue dando o melhor de si, dependendo dos seus objetivos.

Quer ser piloto?! Invista em si
Quer ser pintor? Invista em si
Quer ser musico? Invista em si
Quer ser professor? Invista em si
Quer ser policial/militar? Invista em si
Quer ser escritor? Invista em si
Quer ser arquitecto, Engenheiro, Mecânico, Cata Lixo, Piloto de Onibus, Frentista ou seja lá o que for... INVISTA EM SI !!!

Encare a realidade tal como ela é e não como você gostaria que ela fosse! Não confie demasiado e não seja desconfiado gratuitamente... Alcance o equilíbrio! Não faça floreados nem romantize todo o (santo) acontecimento da sua vida. Mantenha-se céptico! Pare de ser um tolo emocional, pare de acreditar que alguém vai amá-lo por quem você é. Isso nunca vai acontecer, porque você é HOMEM e portanto, será somente admirado pelo que você possuir e pelas emoções que conseguir criar na outra pessoa e não pelo que você é na sua essência.

Desenvolva a sua masculinidade e não permita que ninguém lhe diga que ser masculino é ser inferior. Mande tomar no cu se for preciso e continue seu caminho, na raça!

Excelente reflexão, e um prazer-te lo por aqui tbm confrade.
Fumei 25 cigarros esta noite e você sabe da cerveja.

Buwkoski.

Buceta não machuca e não se faz sexo com a bunda.

Leg. Bean, fórum mundo realista.
Responda-o
#3
- Excelente reflexão. É possível você nos explicar suas experiências para ter chegado nesta mesma reflexão?
Responda-o
#4
Esse negócio de sentimentalismo, tem levado muitos caras à ruína emocional, financeira, física, Mental...
O negócio, é tentar agir SEMPRE, pela RAZAO.

" A Razão mesmo sendo dura, é BOA conselheira".
Responda-o
#5
(02-04-2016, 04:20 PM)Diamante Escreveu: - Excelente reflexão. É possível você nos explicar suas experiências para ter chegado nesta mesma reflexão?

Com prazer Confrade

Sou Português e fui criado de uma forma tradicional. A minha mais conheceu o meu pai com 14 anos e estão juntos até hoje. Os meus pais nunca me impuseram uma crença. Tive uma infância boa, e sempre vivi rodeado de bons exemplos e bons princípios.


Até aos meus 26 anos de idade, tive os namoros normais, as "pegações" (como dizem no BR), típico de um jovem da minha idade. 

Sempre cresci com aquela ideia de que a mulher era um ser puro e singelo e de que deveria ser protegida dos "maus" os homens que as perseguiam e abusavam dela. Mal sabia eu na altura, como estava errado...

Uma coisa que hoje reparo com mais atenção, é o fato de que, sempre que eu me perdia de amores por uma mulher, eu não era amado na mesma proporção que amava ela e quando eu era amado dessa forma louca, não me sentia atraído ou interessado de forma correspondente. Na altura não ligava muito a essa questaõ, hoje sei exatamente porque isso acontecia. 

A minha devoção às mulheres era quase total e via-as como Deuses, perfeitas e imaculadas. Eu era daqueles rapazes inocentes que gostava de agradar e que achava que as histórias de amor dos filmes e das novelas era exemplos da vida real. Gostava de fazer promessas de amor, de escutar elas falarem, fazer juras de eterna paixão quando elas não esperava, porque acreditava que isso iria fazê-las gostarem de mim. Eu era um idiota, PQP (quando penso nisso.... aff maria).

Acreditava que dessa forma, seria amado e reconhecido como um homem bom, verdadeiro, honesto e raro. É claro que esses são os provedores, "pagadores de contas". Os que as fazem gemer são outro tipo de homens.

Apenas quero fazer um parênteses, para dizer que aquilo que vou dizer são apenas reflexões e que não existe uma "receita" para entender as mulheres ou para submetê-las à paixão. No jogo da paixão, existem inúmeras variantes que devem ser levadas em consideração. Cabe a nós conseguir identificá-las. 

Por exemplo, uma mulher que se comporta de determinada forma, não significa que uma outra mulher não vá agir de forma diferente. A questão principal é entender os "sinais" que elas dão (direta ou indiretamente) e saber ler as suas personalidades através do que elas fazem e interpretar corretamente esses sinais. Sobre isso, os livros do Alita, (sobretudo o 5º - Magnetismo) são essênciais. 

Porém, com o tempo e com as desilusões, infernos emocionais e sobretudo com a minha separação da minha ex-esposa em 2012 eu finalmente percebi o que estava a fazer errado. O meu (nosso) problema enquanto homens é a CRENÇA de que seremos amados. A devoção emocional é um vírus que assombra as nossas mentes. 

Fui percebendo que a questão era outra e que não importava o quanto eu era honesto, trabalhador e sincero, as mulheres não nos amam por aquilo que somos em nossa essência e não se sentem atraidas pelo homem em si, mas somente pelas suas qualidades e relevância social. Nem tão pouco desejam o sexo da mesma forma que nós desejamos penetrá-las. Isso poderá parecer frio, estranho e até um tanto ou quanto ofensivo se por ventura for a primeira vez que a pessoa escuta ou lê algo deste teor. A visão romanceada do amor passional é bem diferente disto que estou a escrever e remete-nos para uma postura completamente oposta (devota) a qual eu renuncio prontamente. 

Se um de vocês for na rua e vir uma bela mulher, você irá desejá-la nos seus braços naquele momento, independente se ela é rica, tem carro, casa, status, etc. Com a mulher, já não é bem assim. Se uma mulher, do nada, vier e tocar no seu penis e disse: "me coma, agora!" Você pega e come a garota, não importa se ela é pobre, magra, gorda, rica, ou o que for... Você a come!! Se um homem for perto de uma mulher e tocar a bct dela e falar: "quero te comer" e não tiver uma Ferrari estacionada, um terno da Hugo Boss e um milhão na conta, provavelmente você irá responder por assédio.  

Sou da opinião que no jogo da paixão não pode haver dois a amar. Há sempre um que ama e um outro que é o amado.

Esta condição poderá não ser tão óbvia, sobretudo para aqueles "casais de domingo" que você vê passeando os filhos no jardim e colocando fotos de felicidade e família no face.  Elas sabem disfarçar muito bem o seu desinteresse, sobretudo se tiverem bem na vida, trabalho, carro, filhos, despesas em conjunto, etc. Mas fique esperto se aparecer outro cara que mexa com o EMOCIONAL delas e as fizer sentirem-se mulheres e desejadas de novo, provavelmente você será trocado. A não ser que você esteja do lado de uma grande mulher, mas sinceramente, não acredito que ainda haja muitas por ai...

Eu costumo dizer: "Quer testar o amor da sua mulher/namorada? Fique pobre!"

Já escutei promessas de amor eternas e quando casei, minha ex-esposa, havia noites que adormecia do meu lado, com as mãos dela na minha cara, dizendo que me amava eternamente e que sem mim a vida dela não fazia sentido, etc, etc. Isso não a impediu de quatro anos mais tarde, ela ter me traído com um cara que quatro dias antes tomava cerveja com comigo e mais um grupo de amigos. Confrades ESTA É A REALIDADE. NÃO CONFIEM NAS MULHERES!

O homem é uma vitima de si mesmo porque não consegue sobrepor-se às suas paixões e impulsos animalescos e sexuais e é por isso que ele perde quase sempre nos relacionamentos. Portanto a solução é combater a sua própria ignorância e não a mulher. A mulher só faz aquilo que você permite. 


Durante muito tempo sofri por desconhecimento desta realidade. Cada vez que as coisas não corriam de feição e eu começava a sofrer pequenos tormentos, que aos poucos iam tomando proporções gigantescas no meu espírito e acabando por consumir-me. Eu achava sempre que havia algo de errado comigo ou que eu tinha sido incompetente em lidar com certas situações. Apenas anos mais tarde, na posse de determinado tipo de conhecimentos e de uma experiência mais profunda em relação às mulheres, é que me apercebi que talvez nem tudo fosse culpa minha. Este foi um processo doloroso que exigiu a passagem por diversos tipos de sofrimentos emocionais até que fosse percetível o óbvio. 

O jogo da paixão, ao contrário do que pensam os incautos e os crentes, é uma disputa de sentimentos, onde a mulher se esforça para submeter o homem à sua vontade, tirando partido das suas carências afetivas e sexuais. O objetivo é conquistar a nossa mente e o nosso coração, por forma a conseguir a submissão e o servilismo que se obtém naturalmente, como consequência do apaixonamento. As mulheres conseguem-no devido a uma incongruência psíquica, uma deficiência na forma como o homem é capaz (ou melhor, incapaz) de lidar com as emoções e os sentimentos. 


As necessidades das mulheres vão muito além do acasalamento e prendem-se sobretudo com o desejo de serem bajuladas e admiradas. (ainda que demonstrem repulsa quando o são, por homens comuns, pobres, fisicamente pouco atraentes, etc) e mais tarde, a criação dos filhos. Não sentem falta dos machos em si e não os desejam da mesma forma que nos as desejamos. Apenas escolhem aqueles com relevantes características de personalidade, status, poder, relevância social e outras utilidades e conveniências que os machos eventualmente possam possuir. Somos atraídos por elas de forma direta e somos amados indiretamente em termos de função e utilidade. Portanto, se não tivermos qualquer utilidade, (dinheiro, status, posses, poder, relevância, destaque, ou qualquer outro ponto gerador de fascinação) a nossa falta não será sentida. A meta existencial masculina é o acasalamento, garantindo assim a herança genética, enquanto que a feminina é a criação dos filhos o qual passa diretamente pela formação da família.

Para nós o sexo é a meta principal, para elas é somente um meio para chegar ao fim almejado: a criação dos filhos.

Por outras palavras, diria que o amor feminino é destinado aos filhos e não aos machos. 

A única forma de conseguirmos escapar do apaixonamento é através da tomada de consciência da nossa situação. Não existe uma receita transversal nem um determinado comportamento que seja infalível, se aplicado. Existem, no entanto, um conjunto de noções e reflexões que, quando lidas e gerenciadas de forma inteligente e desapegada, poderão levar-nos a tomar as decisões corretas e conseguir a admiração (e consequente entrega) das mulheres.

Relativamente ao apaixonamento em particular, devemos ter em conta que, qualquer coisa que desejamos ou queiramos num relacionamento, estará profundamente condicionada pelo nosso grau de apaixonamento. Quanto mais apaixonados estivermos, mais dependentes estaremos e portanto, mais difícil será para reverter a manipulação, pois estamos condicionados na psique. Lembre-se que a estratégia feminina por eleição para vencer as batalhas emocionais da paixão, é a indeterminação comportamental. Elas agem e falam de forma contraditória para nos confundir e impedir que saibamos o que realmente sentem por nós. Conheço inúmeros casos de mulheres que dizem querer um compromisso sério, namoro, casamento, etc mas ao mesmo tempo dizem que se sentem presas e precisam de liberdade. 


Portanto, acreditar que se pode ser feliz eternamente com uma mulher apenas dando-lhe amor, é uma forma de demência e de loucura. Existem muitos homens inocentes, estúpidos e ignorantes que ainda acreditam que serão amados, mesmo pobres e fudidos... E nunca chegam a perceber porque é que as suas 2600 ex namoradas lhe deram um chute na bunda! Não percebem porque têm a mente romantizada e cheia de porcaria que foram levados a acreditar desde crianças. 

Hoje estou solteiro, mas por opção. Terminei um relacionamento há cerca de 5 meses (precisamente quando comecei a dar mais atenção), mas continuo investindo em mim e naquilo que quero. Continuo treinando, estudando e planeando a minha vida e os meus projetos. A mulher nunca será um projeto ou um objetivo mas uma consequência natural do meu sucesso. 

Há muito mais para ser dito mas tentei fazer aqui um resumo bem pequeno daquilo que são hoje as minhas linhas orientadoras de pensamento. Qualquer duvida em concreto ou qualquer situação que queiram ver esclarecida, estou ao vosso dispor, senhores. 

Um abraço fraterno
"Os únicos homens que possuem uma visão romanceada e idealista das mulheres são aqueles que tiveram poucas experiências em sua vida. Os demais, adquirem uma postura realista e não caem nas artimanhas."
Responda-o
#6
Sinceramente eu não sei o que foi melhor.

Se foi a reflexão ou o relato de vida.

É por estas e outras que vale a pena fazer parte desta casa.

Excelente, seja bem vindo.
[...]
Responda-o
#7
(02-04-2016, 08:06 PM)Tesla Escreveu: Sinceramente eu não sei o que foi melhor.

Se foi a reflexão ou o relato de vida.

É por estas e outras que vale a pena fazer parte desta casa.

Excelente, seja bem vindo.

Obrigado Confrade! Aqui sinto-me em casa. Não sou muito ligado as questões politicas, religiosas ou de procura de status, atingir sucesso, dinheiro, carreira etc, porque as minhas linhas orientadoras de pensamento, são espiritualistas (não religiosas) e procuro sobretudo o preenchimento do ser. No entanto, no que diz respeito a assuntos relacionados com a postura masculina e interpretação de sinais femininos (e como desarticulá-los) estarei ao dispor da confraria para ajudar em tudo o que puder. 

Força e Honra
"Os únicos homens que possuem uma visão romanceada e idealista das mulheres são aqueles que tiveram poucas experiências em sua vida. Os demais, adquirem uma postura realista e não caem nas artimanhas."
Responda-o
#8
Excelente relato e excelente reflexão. Seja muito bem vindo.

Certeza que vou reler este tópico algumas vezes.
"Primeiro vêm os sorrisos, depois as mentiras; por último, o tiroteio" - Roland de Gilead
Responda-o
#9
(03-04-2016, 12:27 AM)Roland Escreveu: Excelente relato e excelente reflexão. Seja muito bem vindo.

Certeza que vou reler este tópico algumas vezes.

Muito obrigado Confrade. No que eu puder esclarecer, estou ao dispor. 

Força & Honra
"Os únicos homens que possuem uma visão romanceada e idealista das mulheres são aqueles que tiveram poucas experiências em sua vida. Os demais, adquirem uma postura realista e não caem nas artimanhas."
Responda-o
#10
Vixe...quase ia pensando que N.A resolveu aparecer por aqui....kkk
Responda-o
#11
Impressionante como anda as coisas em Portugal.

Mais impressionante é adesão rápida de um português as ideias de N.A.

Diga nos, como conheceu N.A e qual o diferencial que ele trouxe na tua vida?

O que sabe do masculinismo? O que sabe da Real?

Sabendo que um dos pilares da Real é o desenvolvimento pessoal e isso é algo perfeitamente comum na vida de europeu ou americano, já que a obsessão que vcs tem em ser produtivos é muito maior do que aqui no Brasil, que relevância tem pra ti a Real?
Responda-o
#12
Novinhos, leiam esse tópico e o relato!!!

Muito bom, cara. Parabéns. E esperando também pela resposta da pergunta do Don Welzo.
Responda-o
#13
Excelentes ensinamentos ... Nádegas a acrescentar ...
MAS VALE FRISAR O QUANTO SÃO EGÓICAS AS VADIAS DA ATUALIDADE ... Tolerancia Zero !




SE LIGUEM AE PASPALHOS CAVALHEIRESCOS , MANGINAS E AFINS ...
" Não confundam Grande Obra Prima do Mestre Picasso com Grande Pica de Aço do Primo do Mestre de Obra ..."
Responda-o
#14
Seja bem vindo confrade Manuel, quando se declarou da terra do Porto Graal logo fiz questão de ler seu texto em voz alta e com sotaque  da terra do ora pois.

 !!!!Curiosidade :O custo de vida em Portugal é menor do que o do BR atualmente.

Não poderia deixar de homenageá-lo com uma música.

E pra quem é descendente de portugueses está fácil tirar o passaporte comunitário.

O governo comunista e a academia de porcos comunistas do Brasil fazem questão de suprimir a história de Brasil e Portugal no sistema educacional, além de distorcerem fatos. Exaltam a africa, america latrina e o comunismo.




[Image: a-popularidade-de-roberto-leal-W320.jpg]

O índice de toxicidade cultural e vadiagem é menor entre as filhas do Porto, se comparado com a sodoma generalizada que é o BR e o profano liberado e incorporado pelas fêmeas daqui como ser e dever ser.

Sobre as questões de casal e casamento, no ultimo senso metade das famílias eram chefiadas por mulheres ou seja o negócio está fudido. Suspenderam o censo desde então  Big Grin 

Os casamentos no BR não duram , os betas e medianos pegam mulheres rodadas batendo pino, cabeça de puta louca sedutora, mulheres da luxuria e materialismo. 

O casamento é uma espécie de prisão temporária onde o lucro deve compensar , seja o social, financeiro e etc. A vadia de licença casamento olha para o marido beta e pagador de continhas, e fica irritada gratuitamente com a paz e felicidade da vida que levam. Ela vê no macho um pedaço de merda ingenuo e começa a implodir e sabotar a relação, desgastando até o fim.

A mulher com 10 anos de rodagem é masoquista e sadista, ela é acostumada com cafajestes e agressões emocionais e psicológicas, ela depende disso para existir, é uma insaciável emocional e material, e se a idade bate ela troca o divorcio pela geladeira comento igual a uma leitoa até virar uma baleia, pois sabe que não conseguirá macho melhor.

Por isso elas devem ser rejeitadas para monogamia, são as filhas do feminismo, megeras sagazes e manipuladoras, profanas, sem Deus no coração.

A mulher moderna é obcecada por uma indenização histórica sociológica associada ao instinto da necessidade do provedor, daí temos a promiscuidade hipergamica e a disseminação das modalidades da prostituição,  é doentio, uma síndrome vendida como "progressismo cultural", são induzidas a isso o tempo todo, principalmente a rejeitar machos conservadores e cristãos na juventude, pois estes são machistas. Smile
Telegram é o último reduto da liberdade de expressão.  https://www.youtube.com/watch?v=vHHhXSQFTpg  Sound relax


Responda-o
#15
(03-04-2016, 04:56 AM)Don Welzo Escreveu: Impressionante como anda as coisas em Portugal.

Mais impressionante é adesão rápida de um português as ideias de N.A.

Diga nos, como conheceu N.A e qual o diferencial que ele trouxe na tua vida?

O que sabe do masculinismo? O que sabe da Real?

Sabendo que um dos pilares da Real é o desenvolvimento pessoal e isso é algo perfeitamente comum na vida de europeu ou americano, já que a obsessão que vcs tem em ser produtivos é muito maior do que aqui no Brasil, que relevância tem pra ti a Real?

Bom,

Eu conheci a Real, no principio de 2013. Casei em 2009 com uma pessoa do Brasil e ela veio para Portugal viver comigo. Durante cerca de três anos, moramos aqui. Durante esse período.

No princípio de 2012 decidimos nos mudar para o RJ por causa da crise. Durante o tempo que moramos cá (Portugal) fui levado a crer que estava perante uma "mulher para o resto da vida". Não tinha quaisquer razões para duvidar da sua idoneidade. 

Não vou entrar em detalhes, até para proteger a minha privacidade, mas diria que (pelo menos, do meu ponto de vista) que a "nossa vida" era prometedora. Eu realmente tinha todas as condições para acreditar que tinha encontrado uma parceira, uma mulher e uma confidente para a vida. 

Porém, ao chegar ao Brasil, depois de ter gasto uma porrada de dinheiro com documentos, envio do recheio da casa por Navio etc, etc, etc... Eis que me deparo (após quatro meses) com uma situação que irei recordar como a "grande lição". 

Mais uma vez, não vou entrar em detalhes, porque acho que não vale a pena (até porque "bom entendedor, meia palavra basta" para entender o que aconteceu....)

Enfim, tinha acabado de chegar a uma pais estrangeiro, praticamente sem grana, sem trabalho e o meu mundo (literalmente) desabou. Não fosse os meus pais a me ajudarem e eu não sei como sería. Voltei sem NADA.

Foi então que começou o meu processo de autodestruição. Comecei por sofrer infernos emocionais de tal ordem que havia noites que tinha de colocar a o travesseiro na boca, para que a minha mãe não me escutasse chorando. Fui um periodo muito negro da minha vida... O que eu passei por conta de mulher, não desejo nem ao meu pior inimigo. Parece que a sua alma lhe foi roubada e você arde no inferno! É uma sensação de desolação e de ausência de tudo...

Durante esse tempo, nada procurei saber, nada procurei conhecer, apenas me focava nesse processo de "autodestruição". 

Como estive um per iodo sem trabalhar e sem grana, acabei sentindo uma espécie de chamamento para me refugiar na Natureza. Foi então que comecei a fazer caminhadas e retiros para o mato. De vez em quando eu pegava numa mochila com agua, comida e um abrigo e ia dormir para o meio do mato. Passei muitas noites só, acompanhado de um livro e tendo a Lua como companhia. Esse foi um período de reflexão, mas infelizmente, ainda sofria porque me faltava a compreensão do "porquê" de tudo aquilo ter-me acontecido. Eu ainda acreditava que tinha feito algo de errado com ela e isso alimentava esse "inferno emocional".

Comecei por paginas como "Orgulho Hétero" e "Ex. Otário" e foi numa dessas paginas que me deparei com um comentário que falava de uma frase de um tal de Nessahan Alita. Não demorou muito até que descobrisse os seus livros. Baixei todos eles e mandei imprimir. 

Quando ia para um retiro na floresta, pegava nos livros e levava comigo. Teve alguns dias em que montava a tenda (barraca) no meio do nada e ficava lá horas, apenas escutando os pássaros e lendo, lendo, lendo, lendo. Sentia-me muito bem sozinho, isso dava-me paz. 

Quando li o primeiro livro de Nessahan, uma magia operou em mim, dentro do meu ser. Tive aquilo que se pode chamar de uma "catarse espiritual". As minhas lágrimas secaram e surpreendentemente, NUNCA mais chorei. Foi como se aquele conhecimento me tivesse tocado na alma e me tivesse curado. Eu não sei onde Nessahan Alita está, mas se um dia eu pudesse me encontrar com ele, eu gostava de lhe dar um ABRAÇO, olhar nos olhos dele, apertar a sua mão e dizer: Obrigado!

Foi então que aos poucos me fui aprofundando mais e mais nos estudos de vários livros do género, porém, os do Alita, sempre foram (e ainda hoje são) a minha linha orientadora. Entretanto já tive relacionamentos, sobretudo um que me marcou mais e mais uma vez, as reflexões de Alita vieram a revelar-se verdadeiras. Não vou entrar novamente em detalhes, porque não gosto de expor a vida de pessoas que não podem proteger-se, mas apenas quero dizer que enquanto fui cético em relação ao relacionamento e mantive um controle emocional de mim mesmo e da relação, ela mantinha-se profundamente apaixonada por mim. Porém, depois que decidi deixar-me levar pela paixão e dizer-lhe que a amava e que a queria para todo o sempre, não demorou nem um mês para ela ter terminado.... Enfim, lição aprendida, rsrs. 

Hoje continuo estudando e procurando saber cada vez mais sobre a Real. Como já referi, estudo bastante sobre os relacionamentos e faço-o com gosto, já que é um tema que me atrai bastante. 

Relativamente ao desenvolvimento pessoal, sou uma pessoa que devido à minha forma de estar e de pensar a vida e a realidade, vejo essa busca por sucesso financeiro desmesurado de hoje em dia, como uma forma de demência. Não quer dizer que realmente o seja, eu apenas vejo dessa forma e isso vale o que vale... 

Sou uma pessoa espiritual e procuro por momentos, experiências e pessoas que me façam evoluir como um todo. Procuro um entendimento mais profundo e filosófico em tudo o que faço. Sou a favor da monogamia e não promovo a ideia da promiscuidade como alternativa ao fato de as mulheres (na sua maioria) não serem de confiança. Entendo-lhes os defeitos e não os tento combater. Prefiro combater a minha própria ignorância. 

Não me vejo dedicando a minha vida a um emprego 8h por dia ou a ser chefe ou dono de uma empresa (não critico quem o faça) meu objetivo é outro. (que prefiro manter em segredo). Se o dinheiro aparecer como uma consequência, melhor ainda, mas não faço disso um objetivo, porque considero que tal postura, é oriunda do Ego e portanto, também ela é uma forma de prisão. Em todo o caso, respeito e aceito quem o faça. 


Hoje continuo muito ligado à natureza e ao estudo das artes do pensamento e de tudo o que promova a minha evolução espiritual e de Consciência. Faço meus retiros e continuo lendo os meus livros. Nada me dá mais prazer do que montar uma tenda (barraco) numa montanha ou no meio da floresta e ficar ali a meditar e a tomar Consciência de mim mesmo e do mundo à minha volta. É uma forma de transformação profunda, apenas perceptível aos que a ela se dedicam. 
Sou Agnóstico Teista e não sigo qualquer religião, embora tenha alguma simpatia pelo Budismo, não sou seguidor.  Relativamente à politica, não me defino como "esquerda" ou "direita", porque considero que o problema da Humanidade é bem mais profundo do que mera politica. É uma questão de saber interpretar a realidade e eu acho sinceramente que as pessoas hoje em dia (cada vez mais) têm a sua psique sequestrada por tanta porcaria televisiva e de Internet, que simplesmente, foram impedidos de conseguir pensar correctamente. Ainda assim, tenho uma ligeira simpatia pela direita, mas em todo o caso, não me assumo como um "homem de direita" (nem de esquerda). Sou um livre pensador, tenho minhas ideias de politica, mas prefiro guardar para mim. 


Vejo muita rapaziada nova que continua a cometer muitos erros (é normal, pois estão a crescer e a aprender). Confundem muita coisa, muitos acham que a Real é misoginia ou algo semelhante a "PUA", enfim. Há de fato muita falta de compreensão acerca da Real e isso acontece porque (tal como já referi) esses jovens nunca abriram um livro na sua vida e os que abriram, não leram até ao fim ou então não foram capazes de ler e interpretar correctamente o que leram. Isso torna-se óbvio quando observamos o tipo de postagens, comentários e fotos que esses incautos postam no FB. 

É claro que todos já cometemos erros na vida (eu que o diga). Isso é perfeitamente normal, por isso que a minha postura em relação a isso é de compreensão e de até, alguma benevolência. Os mais jovens precisam errar para aprender, só espero que os erros que cometem, não sejam tão graves que acabem resultando em um prejuízo enorme e irreversível. 

Espero ter dado mais um pouco de informação a quem se interessar, sobre o meu trajeto na Real. 

Qualquer dúvida, estou ao dispor, como sempre. 

Abraços fraternos a todos os Confrades.
"Os únicos homens que possuem uma visão romanceada e idealista das mulheres são aqueles que tiveram poucas experiências em sua vida. Os demais, adquirem uma postura realista e não caem nas artimanhas."
Responda-o
#16
Eu leio o que esse cara escreve e me lembro do Alita.

Ou é ele ou tá muito internalizado nas obras. Até os objetivos deles são parecidos.

Temos o cover do Alita de Portugal.
[...]
Responda-o
#17
(04-04-2016, 12:54 AM)Tesla Escreveu: Eu leio o que esse cara escreve e me lembro do Alita.

Ou é ele ou tá muito internalizado nas obras. Até os objetivos deles são parecidos.

Temos o cover do Alita de Portugal.

Obrigado pelo elogio confrade.

Penso que esse fato, talvez se deva ao fato de me identificar bastante com a sua linha de pensamento e filosofia de vida. Além de que, leio muitos textos de Schopenhauer, Voltaire e até Levi, o que acaba por me dar uma perspectiva de vida muito semelhante à dele.

Tal como Alita, acredito plenamente que há muito mais na vida do que passar oito horas fechado num gabinete (ou mais), pagar uma prestação de casa, carro ou apartamento para o resto da vida. Comprar roupas caras e relógios de luxo para impressionar as mulheres e intimidar os machos rivais. Se assim fosse, não seriamos muito diferentes dos pombos na rua, que tentam impressionar as pombas com o arrulhar das suas gargantas. Enfim, acho que estamos a ser enganados à muito tempo, para acreditar que a vida é esta superficialidade do "Trabalha, compra, consome e morre.

Mas também compreendo que não posso exigir muito mais das pessoas, porque existe níveis de compreensão diferentes e cada um tem uma experiência de vida muito peculiar. Em todo o caso, o meu trabalho e empenho pessoal, é esforçar-me para contribuir para a erradicação da ignorância e pela promoção da Consciência e da verdadeira espiritualidade (sem dogmas) 

Esse é um trabalho de paciência, retiro e profundamente reflexivo que eu adoro fazer.
"Os únicos homens que possuem uma visão romanceada e idealista das mulheres são aqueles que tiveram poucas experiências em sua vida. Os demais, adquirem uma postura realista e não caem nas artimanhas."
Responda-o
#18
Eis um guerreiro forjado no fogo do sofrimento. Bem vindo confrade, sua presença aqui vai enriquecer muito o fórum.
Esforça-te, pois, e sê homem. (1 Reis 2.2)

Responda-o
#19
Bela reflexao. Objetivo, esclarecedor e em consonância com as prerrogativas do autor.... 

Muito bom...Seja bem vindo!! Tu tem muito a contribuir para o forum.
Responda-o
#20
Parabéns pelo seu relato confrade Cavaleiro da Real. É preciso humildade e coragem pra fazer um relato assim.
Sobre seu apreço pela natureza, dê uma olhada nesse post do Canal Búfalo: http://canal.bufalo.info/2012/01/dick-pr...u-destino/
Saudações.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)