Fórum da Real - Legado Realista
Inteligência Emocional, você tem? - Versão para Impressão

+- Fórum da Real - Legado Realista (https://legadorealista.net/forum)
+-- Fórum: Desenvolvimento Pessoal (https://legadorealista.net/forum/forumdisplay.php?fid=14)
+--- Fórum: Desenvolvimento Profissional e Acadêmico (https://legadorealista.net/forum/forumdisplay.php?fid=16)
+--- Tópico: Inteligência Emocional, você tem? (/showthread.php?tid=896)

Páginas: 1 2 3 4


Inteligência Emocional, você tem? - Madroox Mx - 10-02-2016

Inteligência Emocional, você tem?


O que adianta trabalhar nos seus músculos, adquirir saúde física se o seu mental o interior está deteriorado, negligenciado. Algumas pessoas vivem de forma automática, movidas por impulsos ou calor do momento, o que de certa forma é compreensível até certo ponto, não nos ensinaram trabalhar nas nossas emoções não é natural da nossa cultura por outro lado muito disso depende só de nós o trabalho é árduo e continuo mudança é interna e silenciosa. O que vemos todos os dias, pessoas totalmente desequilibradas instruído e comandando vidas alheias, e o pior é que esse mal é como uma doença, infecta as pessoas que não tem domínio sobre si não dominam suas emoções abdicando totalmente da razão, a emoção sempre acima, perdem as rédeas de suas vidas. Vivendo como verdadeiros animais puramente por instintos.


Ciclos da Inteligência Emocional:


Reconhecer → Rotular → Ação.


Inteligência emocional consiste em reconhecer sentimentos, pessoais e externos, situações e racionalizar sobre elas, posteriormente agir da melhor forma possível para cada situação.


Reconhecendo:
O que estou sentindo? Acima de tudo ser inteligente emocionalmente requer equilíbrio emocional. É saber reconhecer suas emoções e para tal nível, requer uma grande meditação uma alta manutenção emocional e isso acontece todos os dias, leva meses anos é o aprendizado constante, é elevar seus pontos positivos e trabalhas nas suas baixas.


Rotulando:
O que fazer? Após reconhecer o que está sentindo aqui entra a estratégia, o trabalho em cima dos sentimentos, analisando friamente cada ação, emoção, para posteriormente ser levado para ação.


Agindo:
Como agir! Ação vem como resultado das etapas anteriores, dependendo de como foi tudo elaborado, aqui determina para aonde e a intensidade dos resultados.


-Seja neutro, seja centrado, seja um destilador separe os sentimentos e direcione para a melhor forma possível. Mantenha a razão e emoção sempre juntas.


-Para que se torne natural, automático na sua vida nas suas ações é filtrando o melhor das coisas, absorvendo e colocando em prática. A boa noticia é que a inteligência emocional é praticada e desenvolvida todos os dias, tenha um olhar mais a fundo sobre tudo que acontece em sua vida.


-Trabalhe na sua inteligência emocional, adquira os benefícios e as aplicações são vastas; relacionamentos, família, trabalho, etc.


-Torne-se senhor das suas emoções se não fizer, alguém o fará e terá pleno domínio sobre você.


-Faça uma avaliação, você tem inteligência emocional? A inteligência funciona seguindo essas etapas que não pode haver deficiência em nenhuma delas, a união resulta na inteligência. Não adianta reconhecer, desenvolver e não praticar.







RE: Inteligência Emocional, você tem? - Diamante - 11-02-2016

- É o principal! Sem o psíquico equilibrado, tudo vem abaixo.

- Uma pessoa que poderá responder bem a este tópico será o Mandrake.

- Sobre o motorista do vídeo, o cara tem água gelada correndo nas veias. rs

* Edit 1: Valeu Madrooxx Mx. Por trazer este debate ao fórum.


RE: Inteligência Emocional, você tem? - destruidor - 11-02-2016

Nossa.. essa do motorista foi foda, ainda não consegui chegar nesse nível, ainda mais no trânsito, mas estou melhorando a cada dia.

Qualquer tolo poderia descer do carro, discutir, sair no tapa e no fim ambos iriam para a delegacia sem nenhum ter a razão. Felizmente ele foi sábio, gravou a agressão e agora pode processar o agressor, pois ele tem a razão a seu lado.

Esta ai o controle emocional.


RE: Inteligência Emocional, você tem? - destruidor - 11-02-2016

Texto retirado da Geração de Valor


Você domina suas emoções ao ponto de ouvir vários desaforos sem revidar?





Circulou nos últimos dias na internet um vídeo de uma mulher agredindo verbalmente e tentando humilhar uma jovem num shopping no Rio de Janeiro. Entre muitas barbaridades – que tive vergonha alheia de assistir – ela disse: ” Sua pobre ridícula”; ” Eu moro num triplex”; “Quem é você?”; etc.


Apesar do grande destaque negativo para esta senhora em 99% dos comentários – e que vem sendo repudiada merecidamente pela comunidade digital no dia de hoje – em minha avaliação, a grande protagonista desse episódio e que merece todo destaque foi a jovem que, dentre outras qualidades, foi extremamente equilibrada emocionalmente e não perdeu o controle, o que de fato desejava a senhora.

Num dos momentos quentes da discussão, a senhora, entre outras coisas, chama para briga, desafia, agride verbalmente, mete o dedo na cara, faz chacotas, mas a jovem, numa enorme demonstração de maturidade e com uma enorme inteligência emocional, calcula em sua mente as consequências de entrar nessa pilha, calcula que está em vantagem moralmente diante dos crimes que a senhora já estava praticando na presença de dezenas de pessoas e manteve-se firme, pedindo para chamar o segurança do shopping. Tudo foi gravado num celular por um outro cliente, que no final também foi agredido.

A maioria não levaria esse desaforo para casa, pensaria com o orgulho e deixaria a inteligência de lado. Consequência: no mínimo, iriam todos para a delegacia na mesma condição. No entanto, a jovem provou que, diante de uma crise, não perder a razão pode ser o seu maior trunfo. Isso faz a total diferença.

Eu não sei qual é o seu nome (jovem), mas você foi a grande protagonista do dia. Lá no início do texto, eu disse que a senhora estava “tentando” lhe humilhar. Disse “tentando” porque ela não conseguiu. Certamente, você, além de inteligente emocionalmente, sabe muito bem qual é o seu valor e mostrou que não é possível humilhar quem deixa o orgulho de lado e por sua própria conta é humilde. 
Para isso, a inteligência é que deve dar as cartas.

Realmente, humildade é uma questão de inteligência. Parabéns!

POR FLÁVIO AUGUSTO / 14 JUL. 2014


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Roland - 11-02-2016

O Magnetismo nas Relações Sociais aplicado na prática.

Não, não estou nesse nível de controle. Não ainda.

O melhor é ver que o agressor se irritou ainda mais por ver que a provocação não surtia efeitos. O motorista foi mito.

Não esquecendo que injusta agressão dá margem a legítima defesa.


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Chris Kyle - 11-02-2016

Hueahuhea, esse do carro foi engraçado pra caralho...até achei que o cara ia ser atropelado uma hora haahha...

Já aconteceu algo bem mais leve que isso comigo, um bêbado veio me encher o saco e mandei ele calar a boca e ele começou a me xingar cada vez se distanciando mais e mais como cachorro que dá latida e 3 passo para 3, late de novo...até quem tava em volta de mim começou a rir da situação...


Inteligência Emocional, você tem? - Artorias_ - 11-02-2016

O maior problema que vejo nesse ciclo da inteligência emocional não diz respeito à compreensão e aplicação do mesmo.
Mas sim em fazer isso em tempo hábil e em situação de stress.

Depois de a merda tá feita, nego refuta sobre as atitudes que tomou e qual seria a melhor saída.

Possivelmente em um caso análogo, por aprender com os erros, vc vá utilizar essa "saída" que elaborou anteriormente. A treta se dá em vc já ter essa sacada logo de cara, responder o agravo instantaneamente e de forma satisfatória.

Uma coisa de não sou muito adepto é a botar minha honra de lado.
Existem inúmeras situações, mas deixar baixo uma situação extrema como essas me parece um pouco de fraqueza tb.

Cara de homem não foi feita para se bater.



Enviado do meu iPhone usando Tapatalk


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Mandrake - 11-02-2016

Salve pessoal.. Incrivel a reação do cara no video neh?!

Eu mesmo , entendido desse assunto, nao consigo ser tão calmo desse jeito... Sou bem esquentadinho no transito...

Acrescentando ao Artorias, eu digo que cada um tem o seu limite.. Cada um de nós temos aquilo que o calo aperta e que nos machuca... Partindo do exemplo, nunca me aconteceu uma situção dessa no transito, do cara chegar a chutar meu carro... mas eu nao deixaria isso queto nao... Muito menos agressão fisica... Eu usaria meus conhecimentos de Krav Maga para pelo menos, me defender do agressor... nunca visando agredir, e sim me defender da agressão.

E tb o fato de que ninguem é saco de pancada de ninguem. ficar levando porrada sem se defender é coisa de covarde, medroso e fracote.

Homem tem que se defender do pior sim. Eu digo defender, não procurar encrenca, briga.

Por isso eu apoio molecada a fazer luta... pra nao sofrer bullying e ficar queto. Ter sua força e autoconfiança para se defender em momentos extremos.

Isso faz parte do conceito de um Homem. Da formação de um carater masculino.


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Mandrake - 11-02-2016

Agora vou contribuir sobre o tema do topico:


Inteligência Emocional é um agregado de capacidades e competências que influenciam a habilidade da pessoa em ter sucesso, lidando com as exigências e pressões do ambiente. É a habilidade de perceber emoções; acessar e gerar emoções para auxiliar os pensamentos; entender emoções; e efetivamente, regular emoções para promover crescimento intelectual e emocional.

Estudos feitos com 15 empresas globais e milhares de executivos, mostram que de 76% a 80% da efetividade de profissionais de alguma posição de liderança, vem das competências existentes no conceito da inteligência emocional. Estudos com profissionais de venda com alta competência emocional, vendem mais de 2 vezes do que os profissionais de competência media.

É fundamentada em cinco áreas:

EU ME CONHEÇO (SELF AWARENESS / AUTO CONSCIÊNCIA) – Identificam o que sentem, consideram estes sentimentos quando fazem decisões, tem confiança e avaliam suas habilidades de maneira realista (não subestimam, nem superestimam). Sabem se ver como os outros lhe veem. Sem a auto consciência a pessoa tem poucas chances de autogerenciamento ou de empatia.

EU ME GERENCIO (SELF MANAGEMENT) – Regulam e administram suas próprias emoções, pensam antes de agir, protelam gratificação para conseguir seus objetivos, tem resiliência para se recobrar de frustrações emocionais e possuem maturidade emocional.

MOTIVAÇÃO (MOTIVATION) – Eu me motivo e Eu motivo os outros. São persistentes e tem paixão por seus projetos – por razões intrínsecas, vão atrás de seus objetivos com energia.

EU CONHEÇO OS OUTROS (SOCIAL AWARENESS / EMPATHY) – Podem perceber o que os outros sentem, conseguem se conectar com tipos diferentes de indivíduos, conseguem adaptar a comunicação para combinar com as relações emocionais dos outros.

EU GERENCIO OS OUTROS (SOCIAL SKILSS / HABILIDADES SOCIAIS) – Sem saber, lidam com as emoções dos outros e interpretam os relacionamentos e interações de forma correta, conseguindo negociar e estabelecer cooperação, liderar.


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Mandrake - 11-02-2016

AUTO CONSCIÊNCIA EMOCIONAL – Reconhecer as próprias emoções.

AUTO AVALIAÇÃO CORRETA – Conhecer as próprias forças e limitações.

AUTO CONFIANÇA – Um senso forte do próprio autovalor e capacidades.

AUTO CONTROLE – Manter as emoções e impulsos de interferência sob controle.

CONFIABILIDADE – Manter alto padrão de honestidade e integridade.

CONSCIENTIZAÇÃO – Demonstrar responsabilidade ao se gerenciar.

ADAPTABILIDADE – Flexibilidade em se adaptar às situações novas ou aos obstáculos.

ORIENTAÇÃO DE REALIZAÇÃO – Ser dirigido a realizar de acordo com padrão interno de excelência.

INICIATIVA – Prontidão para agir.

EMPATIA – Entender os outros e se interessar ativamente por suas questões.

CONSCIÊNCIA ORGANIZACIONAL – Entender e empatizar em âmbito organizacional (dinâmicas, situações, políticas, etc).

ORIENTAÇÃO DE DESVIO – Reconhecer e preencher necessidades dos clientes (internas/externas).

DESENVOLVER OS OUTROS – Observar necessidades de desenvolvimento do outro e apoiar suas habilidades.

LIDERANÇA – Inspirar e guiar grupos e pessoas.

INFLUENCIA – Exercer táticas de influências interpessoais, persuasão.

COMUNICAÇÃO – Dar mensagens claras e convincentes.

CATALIZADOR DE MUDANÇAS – Iniciar ou gerenciar mudanças.

GERENCIAMENTO DE CONFLITOS – Resolver desavenças.

CONSTRUÇÃO DE ALIANÇAS – Criar relacionamentos construtivos.

COLABORAÇÃO E TRABALHO EM EQUIPE – Trabalhar com os outros para realizar metas em comum.


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Mandrake - 11-02-2016

Pessoal, eu utilizo nos meus atendimentos, esta Roda. Ela serve para avaliação do Estado Atual, e a partir deste, traçar metas especificas para melhorar a Inteligencia Emocional dos clientes.


[Image: IE.jpg?1455224292]


Funciona da mesma maneira da Roda da Vida.

Baseado no texto acima, faça uma pergunta reflexiva sobre cada camada, e se dê uma nota. Apos isso, veja o que vc pode melhorar de item por item, e o que o meio externo cobra melhorias de vc, em algum item em especial...

Apos isso, planeja ações, metas e objetivos que vão aumentar sua Inteligencia Emocional... Item por Item.


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Diamante - 11-02-2016

- Tópicos assim me dão um orgulho do caralh...! Debates assim, só enriquecem o fórum. 

- Valeu Mandrake, por postar uma analise técnica da situação.


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Mandrake - 11-02-2016

(11-02-2016, 07:09 PM)Diamante Escreveu: - Tópicos assim me dão um orgulho do caralh...! Debates assim, só enriquecem o fórum. 

- Valeu Mandrake, por postar uma analise técnica da situação.

Apenas contribuindo, confrade Diamante!

E aprendendo também... A proposito, agradeço o Madroox Mx, por ter criado um topico tão importante quanto este e ter compartilhado seu conhecimento tb... É disso que o MR precisa!! CONHECIMENTO!


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Madroox Mx - 11-02-2016

(11-02-2016, 06:42 PM)Mandrake Escreveu: Salve pessoal.. Incrivel a reação do cara no video neh?!

Eu mesmo , entendido desse assunto, nao consigo ser tão calmo desse jeito... Sou bem esquentadinho no transito...

Acrescentando ao Artorias, eu digo que cada um tem o seu limite.. Cada um de nós temos aquilo que o calo aperta e que nos machuca... Partindo do exemplo, nunca me aconteceu uma situção dessa no transito, do cara chegar a chutar meu carro... mas eu nao deixaria isso queto nao... Muito menos agressão fisica... Eu usaria meus conhecimentos de Krav Maga para pelo menos, me defender do agressor... nunca visando agredir, e sim me defender da agressão.

E tb o fato de que ninguem é saco de pancada de ninguem. ficar levando porrada sem se defender é coisa de covarde, medroso e fracote.

Homem tem que se defender do pior sim. Eu digo defender, não procurar encrenca, briga.

Por isso eu apoio molecada a fazer luta... pra nao sofrer bullying e ficar queto.  Ter sua força e autoconfiança para se defender em momentos extremos.

Isso faz parte do conceito de um Homem. Da formação de um carater masculino.

Compartilho do mesmo pensamento. Obrigado Mandrake pelo complemento era o que estava faltando. Se os caras investirem nesse lado do crescimento pessoal, os benefícios são incríveis e as respostas são em diversas áreas.


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Aragons - 11-02-2016

Milhares de anos antes de surgir o conceito de inteligência emocional, os hindus já falavam sobre isso:

Citação:24. aquele que, inalterável no prazer e na dor, vive no Eu, contemplando com a mesma indiferença o barro, a pedra e o ouro, mostrando-se o mesmo no prazer e desprazer, no elogio e no insulto, firme, 
25. indiferente na glória e na ignomínia, assim como em face do amigo e do inimigo, alheio a todo tipo de ação, esse homem superou as qualidades. 

Quem fica muito feliz com coisas boas também irá ficar muito triste com coisas ruins.
Sentimentos são como facas de dois gumes.


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Libertador - 13-02-2016

Tópico muito bom!

Esse trecho eu retirei de um livro que li porque gostei muito, e expressa esse mesmo ponto de vista:

"Muitos tomam erradamente as paixões fortes como caráter forte; mas a verdade é que aquele que é dominado por suas paixões é homem fraco. A verdadeira grandeza do homem é medida pela força dos sentimentos que ele domina, e não pelos sentimentos que o dominam."

Mas a pergunta que tenho é, o que vocês fazem de forma prática para desenvolver e aprimorar a inteligência emocional no seu dia a dia?

Sent from my GT-I9500 using Tapatalk


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Marcílio - 13-02-2016

(13-02-2016, 07:01 PM)Libertador Escreveu: Esse trecho eu retirei de um livro que li porque gostei muito, e expressa esse mesmo ponto de vista:

"Muitos tomam erradamente as paixões fortes como caráter forte; mas a verdade é que aquele que é dominado por suas paixões é homem fraco. A verdadeira grandeza do homem é medida pela força dos sentimentos que ele domina, e não pelos sentimentos que o dominam."

Que livro é esse?


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Libertador - 13-02-2016

É um livro religioso, chamado: "Patriarcas e Profetas". Conta a história dos personagens bíblicos com algumas reflexões.

Esse trecho em específico, é sobre a história de Sansão, ele foi o homem mais forte da terra, era o homem mais importante do país na época dele, ninguém conseguia o derrotar, mas foi derrubado por uma jovem, por não saber controlar seus sentimentos.

Sent from my GT-I9500 using Tapatalk


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Roland - 13-02-2016

(13-02-2016, 07:01 PM)Libertador Escreveu: Mas a pergunta que tenho é, o que vocês fazem de forma prática para desenvolver e aprimorar a inteligência emocional no seu dia a dia?

Respiro fundo algumas vezes quando quero destruir algo ou bater em alguém; tenho problemas com raiva, estou buscando controle nisso. Também tenho lido e relido O Magnetismo nas Relações Sociais; recomendo o livro a quem ainda não leu, é seguramente um dos melhores do N.A., mas por não falar de mulher, costuma ser ignorado.

Basicamente, persigo a dominação da revolta e também vencer o pessimismo, enxergando coisas boas do meu dia a dia, como tomar um café com minha família e ser grato por ter um bom intelecto.

Procuro ver as situações como se estivesse de fora, usando a racionalidade. Isso ajuda bastante, especialmente por não levar tudo para o lado pessoal; fiz isso incontáveis vezes e acabei em uma depressão do caralho.


RE: Inteligência Emocional, você tem? - Roberto - 15-02-2016

O motorista calmo é um perfeito exemplo de como funciona o magnetismo nas relações sociais. Concentrem-se no áudio e assistam aos primeiros 25 segundos do vídeo. Agora comparem com a voz dele a partir de 1:45. Percebam a tonalidade suplicante, desesperada e impotente. Nenhuma arma de fogo, nenhum golpe de arte marcial tem um efeito tão devastador quanto a defesa emocional.

A inteligência emocional é um fator determinante da hierarquia social porque a maioria das pessoas age em piloto automático: conversam sem raciocinar, trabalham em atividades mecânicas e repetitivas e não planejam a semana.

O sistema emocional tem a importante função de impulsionar as suas ações enquanto a parte racional do seu cérebro estiver dormente. As emoções são naturalmente submissas, e primeiro enviarão um impulso à parte racional do seu cérebro, agindo apenas se você continuar omisso após o alerta.

A ação motivada por emoções é impulsiva, instintiva, genérica e previsível. Imaginem-se no lugar do motorista do vídeo e saiam do carro. Garanto que vocês podem prever passo a passo o que aconteceria na sequência, inclusive a parte onde a polícia levaria ambos para a delegacia.

Para tomar o controle da própria vida e fazer prevalecer a racionalidade nas próprias ações, é necessário desenvolver a frequência e prevalência do raciocínio no cotidiano. Ou seja, fazer com que um percentual maior das próprias ações seja motivado e arquitetado pela racionalidade.

Por exemplo: você está sentado na postura correta enquanto lê o meu comentário? Quando você precisa ir ao banheiro, você vai imediatamente ou continua a ler até não agüentar mais? Você consegue trabalhar ou estudar por um longo período sem se distrair? Quando acontece algum desentendimento com um colega ou estranho, o seu foco continua nas suas metas?

É importante fracionar as suas metas em pequenos objetivos que você possa executar em curtos espaços de tempo, educar o seu piloto automático para executar naturalmente algumas tarefas produtivas (ex.: acordar em determinado horário, acostumar-se a estudar de três em três horas, melhorar a tolerância a ruídos etc.) e buscar um ponto de equilíbrio entre trabalho, estudos e lazer.

Eu tenho o costume de exercitar a racionalidade tanto nas tarefas pequenas, como a postura, maneira de andar e respiração, quanto nas questões mais complexas como a orientação de testemunhas para a audiência de instrução e julgamento. Inclusive, planejei o tempo de confecção deste comentário para postá-lo antes das 14h30 e assim não me atrasar pra um compromisso que tenho daqui a pouco. rs