Fórum da Real - Legado Realista

Versão completa: TDAH
Você está visualizando uma versão simplificada de nosso conteúdo. Ver versão completa com a formatação apropriada.
Boa tarde confrades,



Faz muito tempo que quero criar um tópico sobre essa delicada doença. Só quem sofre desse mal sabe  o quão difícil é levar a vida, e, mais difícil ainda, o desenvolvimento pessoal.


Então, neste diapasão, quero saber se algum confrade tem ou convive com alguém que tenha, qual as táticas que vocês usam para vencer esta barreira e medicamentos/tratamentos/terapias usadas para auxiliarem no controle/tratamento.

Espero trocar informações para ajudar e ser ajudado por quem tenha a doença ou por quem tenha conhecimento sobre a mesma.


Vou fazer um breve relato para vocês entenderem como foi comigo, como descobri e como vou tratando....


Quando não tinha conhecimento da doença eu era um péssimo aluno, eu sempre fiquei de recuperação e dependência em várias matérias e até cheguei a reprovar no primeiro ano do ensino médio. Meus pais sempre me chamavam de vagabundo e sempre acharam que eu tinha algum tipo de deficiência, pois meu aprendizado sempre foi lento e tinha enorme dificuldade em me concentrar para estudar e fazer tarefas que não me agradavam.

No final da adolescência, desenvolvi muita ansiedade e a situação foi piorando cada vez mais. Para desgraçar tudo comecei a fumar maconha e o resto vocês já sabem: vagabundagem e ociosidade.

Até que um belo dia eu encontro um artigo sobre TDAH, li tal artigo e pumba! Minha vida estava escrita ali! Fui de logo a um psiquiatra que me diagnosticou com o TDAH e me passou o medicamento ritalina. AQUI COMEÇA A MINHA VIDA.


No dia que comecei a fazer o tratamento e tomei o medicamento, foi um misto de tristeza e euforia, pois eu mesmo achava que era burro e descobri que não era, consegui me concentrar uma tarde inteira em um livro que não era de meu interesse, consegui hierarquizar os pensamentos e tarefas, me organizar, ser pontual, enfim, essa foi a parte da felicidade.

A parte da tristeza foi descobrir que tinha perdido 21 anos, que poderia ter descoberto essa doença antes. Foi uma reviravolta em minha vida, comecei a tirar boas notas em todas as matérias da faculdade, as pessoas ao meu redor(familiares principalmente) notaram a brusca mudança. O ruim foi as deficiências em meu aprendizado, vocês podem notar pelo meu português e escrita, mas quanto a isso estou correndo atrás do prejuízo lendo e estudando bastante.

Hoje eu levo uma vida normal, estou terminando o curso de Direito, tenho um trabalho fixo com boa remuneração, sou faixa roxa de jiu-jitsu, tenho um shape bacana com 95kg e 13% de gordura corporal, mantive um relacionamento por 5 anos que acabou a um ano e consegui sair por cima pelo fato de já estar inserido na real naquela época.

O ruim é que tenho que tomar a ritalina todos os dias, e quando o efeito dela passa me da um crash fudido, tipo uma depressãozinha, mas com o tempo to aprendendo a controlar e diminuir, o estudo da PNL também ajuda bastante neste sentido.


Enfim, peço desculpas se não entenderam alguma coisa e espero trocar informações sobre a doença e ajudar e ser ajudado.

Abraço de honra!
Cuidado com o que você fica tomando champz, todo remédio faz mal e essa anfetamina  causa dependência.
Pare de tomar isso e só tome remédio caso esteja com uma doença que seja uma real ameaça à sua saúde.

Tudo é lindo no começo.
(20-08-2015, 03:53 PM)Aragons Escreveu: [ -> ]Cuidado com o que você fica tomando champz, todo remédio faz mal e essa anfetamina  causa dependência.
Pare de tomar isso e só tome remédio caso esteja com uma doença que seja uma real ameaça à sua saúde.

Tudo é lindo no começo.

Meu amigo, tomo sob orientação médica, caso não tome o medicamento não produzo nada.

eu não sou maluco de tomar um medicamento tarja preta sem a devida orientação, e quanto a ritalina tenho diminuído gradativamente a dose, ultimamente só estou tomando quando meu trabalho exige muito e quando preciso tomar decisões na qual devo ser circunspecto.
Ademais, seria interessante participar deste tópico só quem tem o TDAH ou conheça a doença, caso não for acrescentar não poste.
Infelizmente, eu também possuo essa doença.

Descobri que tenho deficit de atenção devido a crises de ansiedade que me levaram a ir num psiquiatra. Logo que conversamos ele disse que eu deveria ter isso, fiz uma porrada de exames e foi comprovado que meu cortex pre frontal e o giro de cíngulo exerciam quase nenhuma atividade.

Também fiquei pensando em como poderia ter feito as coisas diferentes se tivesse descoberto antes. Nunca tive problema em tirar notas razoáveis no colégio e faculdade, mas não tinha disciplina para nada, nem para acabar um livro mais extenso.

Como já foi comentado, faça exames para diagnosticar a doença, não tome remédios baseado em artigos da internet. Os sintomas que tu descreveste pode ser devido a diversas coisas, se teu médico não pediu exames, ele está sendo inconsequente.  

Só para completar, a ritalina não tem todos estes efeitos que tu descreveste, me parece que está acontecendo um efeito placebo aí. A ritalina serve para te dar energia para conseguir realizar as atividade, vai de ti para onde será direcionada.
(20-08-2015, 04:55 PM)Opie Escreveu: [ -> ]Infelizmente, eu também possuo essa doença.

Descobri que tenho deficit de atenção devido a crises de ansiedade que me levaram a ir num psiquiatra. Logo que conversamos ele disse que eu deveria ter isso, fiz uma porrada de exames e foi comprovado que meu cortex pre frontal e o giro de cíngulo exerciam quase nenhuma atividade.

Também fiquei pensando em como poderia ter feito as coisas diferentes se tivesse descoberto antes. Nunca tive problema em tirar notas razoáveis no colégio e faculdade, mas não tinha disciplina para nada, nem para acabar um livro mais extenso.

Como já foi comentado, faça exames para diagnosticar a doença, não tome remédios baseado em artigos da internet. Os sintomas que tu descreveste pode ser devido a diversas coisas, se teu médico não pediu exames, ele está sendo inconsequente.  

Só para completar, a ritalina não tem todos estes efeitos que tu descreveste, me parece que está acontecendo um efeito placebo aí. A ritalina serve para te dar energia para conseguir realizar as atividade, vai de ti para onde será direcionada.

Isto amigo, também fiz uma porrada de exames. Já tomei outros medicamentos como o concerta e afins.
Inclusive fui em 3 médicos diferentes, gastei uma grana(e ainda gasto com isso). Eu não sou louco de me auto-medicar sem a devida orientação médica, seria suicídio a longo prazo.

Pelo visto você é uma pessoa muito resiliente, pois geralmente quem tem o TDAH vai muito mal no trabalho e estudos.

Você toma algum medicamento ou faz algum tratamento? 

Muito obrigado pela contribuição...
procure um terapeuta floral ou um homeopata. Se tiver grana procure um psicanalista, todo deveriam ir em um ....
Da uma olhada nos vídeos do doutor Ivandelio Sanctus. Acho que ele fala de TDAH em algum dos vídeos dele.
Rapaz, mesmo que eu aparentemente não tenha TDAH é muito provável que eu tenha um transtorno neurológico que pode ser considerado até pior: ASPERGER.

E a reação foi a mesma. A minha vida inteira descrita naquelas drogas de artigos. 

E é no psiquiatra que se consegue um resultado oficial?
(23-08-2015, 08:41 AM)Sidebottom Escreveu: [ -> ]Rapaz, mesmo que eu aparentemente não tenha TDAH é muito provável que eu tenha um transtorno neurológico que pode ser considerado até pior: ASPERGER.

E a reação foi a mesma. A minha vida inteira descrita naquelas drogas de artigos. 

E é no psiquiatra que se consegue um resultado oficial?



Amigo, eu fui diagnosticado por um psiquiatra. Entretanto, alguns confrades citaram a figura do terapeuta e outros profissionais da saúde. Eu te aconselharia um psiquiatra mesmo. Se você for, conte-nos como foi a experiência, qual foi o teu diagnóstico, se vai ou não precisar de medicação/terapia... Tô no aguardo....
Uhum. Mas é meio constrangedor ter que assumir isso pra família...Fora que não exsite cura [até onde eu saiba] pra esse tipo de distúrbio.
Até hoje desconfio que eu tenha isso

Enviado de meu XT890 usando Tapatalk
Vou descrever minha vida escolar: todo ano ficava de recuperação, reprovei o primeiro ano 2x. No ingles eu reprovava todos os livros e em vez de fazer 2 por ano eu fazia apenas um. No inglês fui ate o tn7 do ccaa, aprendi bem, mas não aguentei e pedi pra sair, mt vergonha. Heheheh

Enviado de meu XT890 usando Tapatalk
Na faculdade foi de boa, terminei as duas que fiz sem reprovações

Enviado de meu XT890 usando Tapatalk
Eu tenho e to pra marcar no psiquiatra a tomar ritalina novamente, tomei quando criança
UP!!