Fórum da Real - Legado Realista

Versão completa: A Dor do Coração Partido
Você está visualizando uma versão simplificada de nosso conteúdo. Ver versão completa com a formatação apropriada.
Páginas: 1 2
Eu estou cursando medicina e durante o curso é comum procurarmos áreas específicas de interesse.Como típico aluno da área eu me interessei por neurologia(afinal estou no inicio do curso kkkk).
Eis que me deparo com este vídeo : 
Spoiler Revelar


É curiosa a abordagem que o professor dá ao assunto, faz ligação entre dor física(como quebrar uma perna,nas palavras dele) e a dor emocional.
Recomendo também que além de assistir ao vídeo os confrades leiam os estudos referências que ele citou no vídeo.
Se liga nesse outro vídeo desse mesmo cara. Mas abra o link ao YouTube e se atente ao comentário da Vanessa Gonzaga, e as respostas das outras mulheres, e vejam a Real se desenrolando diante de seus olhos. O comportamento da mulherada diante do cara de aspecto destacado e de boa fala. Com direito a manginas famintos como cães sarnento, implorando por um pedaço de carne:

https://www.youtube.com/watch?v=xwbnmEN09Y4
(06-12-2017, 06:45 PM)Ogro Escreveu: [ -> ]Se liga nesse outro vídeo desse mesmo cara. Mas abra o link ao YouTube e se atente ao comentário da Vanessa Gonzaga, e as respostas das outras mulheres, e vejam a Real se desenrolando diante de seus olhos. O comportamento da mulherada diante do cara de aspecto destacado e de boa fala. Com direito a manginas famintos como cães sarnento, implorando por um pedaço de carne:

https://www.youtube.com/watch?v=xwbnmEN09Y4

Ia morrer de rir se o cara gravasse um vídeo andando num carro velho. No dia seguinte, as apaixonadas iriam sumir do canal...
Spoiler Revelar
(05-12-2017, 11:08 PM)Viride Escreveu: [ -> ]Eu estou cursando medicina e durante o curso é comum procurarmos áreas específicas de interesse.Como típico aluno da área eu me interessei por neurologia(afinal estou no inicio do curso kkkk).
Eis que me deparo com este vídeo :


É curiosa a abordagem que o professor dá ao assunto, faz ligação entre dor física(como quebrar uma perna,nas palavras dele) e a dor emocional.
Recomendo também que além de assistir ao vídeo os confrades leiam os estudos referências que ele citou no vídeo.


Cara, muito bom este canal! Muito bom mesmo! Valeu!
De nada, é sempre bom agregar conhecimento.
Abraço.
Eu já assisti uma palestra dele, fico admirado com sua confiança, seu domínio de fala, de conteúdo e de presença no palco, realmente você fixa toda sua atenção no que está sendo falado e claro, absorve bastante conteúdo, ele fala bastante coisa sobre como mudar os hábitos e muito sobre a estrutura cerebral, o que acho bastante interessante é que além dessas características que citei ele possuí um senso de humor bastante aprimorado o que permite um claro entendimento a respeito do assunto sem parecer algo monótono e chato, sem dúvidas uma das melhores palestras que já vi, recomendo que procurem os materiais disponíveis sobre o Pedro Calabrez e absorvam o que ele tem a repassar, tem muito material grátis e até no próprio Youtube como visto, muito bom.

Com relação ao comentário do @Ogro, análise muito precisa, já comentei antes e volto a repetir, nós realistas estamos a anos luz de distância de um mero homem comum matrixiano, é o que digo, aprendam a estudar, a analisar o mundo ao seu redor, absorvam tudo, fiquem sempre a espreita, façam a análise fria e calculista dos fatos, é sempre a mesma história, elas querem o destaque, o poder, esse cara está longe de um ideal "estético" masculino afrescalhado pregado pela mídia e pela sociedade feminista, sendo sincero, sem essa confiança extrema em si mesmo, talvez ele fosse apenas mais um estereotipo de Nerd estudioso e inteligente, minha primeira impressão foi essa, mas  o cara não só possuí uma inteligência acima da média, como também uma capacidade extrema de se expressar e claro, demonstra aspectos de liderança, confiança, auto estima e realização profissional, não é um modelo afrescalhado de homem moderno como muitos querem propagar, porém demonstra qualidades acima da média e isso como visto nos comentários do vídeo, é um imã de mulheres.

 O que dá pra retirar dessa análise, simples, a confiança é senão a coisa mais importante do processo de evolução, sem confiança não somos nada, timidez, insegurança, baixo auto estima e afins são atestos de fracasso, uma mulher possuí nojo de um homem fracassado, sem voz, sem liderança e confiança, não só as mulheres mas a sociedade inteira, homem sem confiança nem é considerado homem, é apenas um invisível social, ao meu ver a confiança deve estar sempre como pilar principal do processo de desenvolvimento.
(06-12-2017, 11:13 PM)Edward Norton Escreveu: [ -> ] O que dá pra retirar dessa análise, simples, a confiança é senão a coisa mais importante do processo de evolução, sem confiança não somos nada, timidez, insegurança, baixo auto estima e afins são atestos de fracasso, uma mulher possuí nojo de um homem fracassado, sem voz, sem liderança e confiança, não só as mulheres mas a sociedade inteira, homem sem confiança nem é considerado homem, é apenas um invisível social, ao meu ver a confiança deve estar sempre como pilar principal do processo de desenvolvimento.

Cara não é por nada não, mas to cagando pro que uma mulher está pensando disso, eu não sou como ele e nem quero ser e as mulheres tampouco o são.

Elas fazem exigências impossíveis mas no fundo só tem uma falsa beleza e com prazo de validade pra oferecer, não tem nenhuma confiança, liderança, alto auto estima e nada disso, são apenas fodidas e frustradas em empregos medíocres.

Agora se vc quis dizer que é bom ser isso tudo pra VIDA, eu concordo totalmente contigo, mas pra mulheres não.
(06-12-2017, 11:24 PM)Frank Castiglione Escreveu: [ -> ]
(06-12-2017, 11:13 PM)Edward Norton Escreveu: [ -> ] O que dá pra retirar dessa análise, simples, a confiança é senão a coisa mais importante do processo de evolução, sem confiança não somos nada, timidez, insegurança, baixo auto estima e afins são atestos de fracasso, uma mulher possuí nojo de um homem fracassado, sem voz, sem liderança e confiança, não só as mulheres mas a sociedade inteira, homem sem confiança nem é considerado homem, é apenas um invisível social, ao meu ver a confiança deve estar sempre como pilar principal do processo de desenvolvimento.

Cara não é por nada não, mas to cagando pro que uma mulher está pensando disso, eu não sou como ele e nem quero ser e as mulheres tampouco o são.

Elas fazem exigências impossíveis mas no fundo só tem uma falsa beleza e com prazo de validade pra oferecer, não tem nenhuma confiança, liderança, alto auto estima e nada disso, são apenas fodidas e frustradas em empregos medíocres.

Agora se vc quis dizer que é bom ser isso tudo pra VIDA, eu concordo totalmente contigo, mas pra mulheres não.

 Sim, concordo com seu ponto de vista e inclusive penso do mesmo modo, toda e qualquer evolução deve ser direcionada apenas a si próprio, citei a parte "mulheres" pois escrevo geralmente me voltando a ideia de que muitos visitantes e matrixianos estão a ler nossos post's nesse momento e estes não estão acostumados com a luz da verdade, necessitam de palavras que abordem uma linguagem receptiva a seus modos abobados de enxergarem a "realidade".

 Eu mesmo defeco e ando com relação a essas exigências tolas, fúteis e desprezíveis da ala feminina, mas frequentemente apresento trabalhos, ministro mini palestras e participo de eventos desse gênero, por isso sempre busco desenvolver uma boa oratória e sempre melhorar nesses aspectos visto que já fui um tremendo tímido fracassado e inseguro, quem está diante dos palcos necessita dessa confiança e desse domínio de fala, por esse motivo cito que essa mesma confiança nos completa em essência, e claro, faz parte do processo de evolução como um todo.
(05-12-2017, 11:08 PM)Viride Escreveu: [ -> ]Eu estou cursando medicina e durante o curso é comum procurarmos áreas específicas de interesse.Como típico aluno da área eu me interessei por neurologia(afinal estou no inicio do curso kkkk).
Eis que me deparo com este vídeo : 
Spoiler Revelar


É curiosa a abordagem que o professor dá ao assunto, faz ligação entre dor física(como quebrar uma perna,nas palavras dele) e a dor emocional.
Recomendo também que além de assistir ao vídeo os confrades leiam os estudos referências que ele citou no vídeo.
Só tem um jeito de curar a dor de coração partido:

Raimunda's topic.
Pussy Truck topic
Confrade Edward Norton, esse ponto que você levantou da confiança extrema é importante.
É uma qualidade que estou desenvolvendo aos poucos, e é mais difícil do que parecia ser no inicio. Pessoas bonitas pelo menos na minha região tem aos montes, agora confiante a história é outra(o mundo todo está com problemas de autoestima). Confiança é o principal diferencial na vida de um homem tendo em vista que ela permite a realização das demais coisas.
(06-12-2017, 06:45 PM)Ogro Escreveu: [ -> ]Se liga nesse outro vídeo desse mesmo cara. Mas abra o link ao YouTube e se atente ao comentário da Vanessa Gonzaga, e as respostas das outras mulheres, e vejam a Real se desenrolando diante de seus olhos. O comportamento da mulherada diante do cara de aspecto destacado e de boa fala. Com direito a manginas famintos como cães sarnento, implorando por um pedaço de carne:

https://www.youtube.com/watch?v=xwbnmEN09Y4

Lembrei aquele documentário no discovery(acho) que o cientista chega de carro velho e as mulheres tem que dar nota para o cara, todas dão notas menores que 4. Depois o mesmo cara chega bem vestido e de carro caro, carrão mesmo; a nota mínima dele foi 9. As vadias todas piscando. O cara do vídeo é confiante.
Essa dor aí é puramente emocional. Pelo menos das vezes que já tomei toco não senti nada disso.

Dor de coração partido se cura com um bom chá de buceta.

E 2 no Awaken, vamos encher o Caminhão de Buças  [meme descontinuado]
Sim, vamos nos basear na tua experiência e deixar a ciência falando asneiras no lado dela.
Abraço.
(08-12-2017, 06:31 PM)Viride Escreveu: [ -> ]Sim, vamos nos basear na tua experiência e deixar a ciência falando asneiras no lado dela.
Abraço.

Na minha não, mas na de cada um. 

Teoria de mais não ajuda em nada não, muito menos estudos que podem estar errados.
A ciência admitiu estar errada sobre diversos assuntos, o que não invalida esse estudo.
Não postei com a intenção de serem utilizados como "baú teórico" e sim como um modo de explanar que a dor é real e como qualquer dor física curável ela vai passar, além do fato de que a partir do entendimento de determinado assunto torna-se mais fácil lidar com o mesmo.
Confiança extrema é uma das coisas mais fáceis de se obter, mas a mudança interior tem que ser verdadeira, não adianta simular algo que você não é.
Esse cara do vídeo tem boa fala, boa comunicação, bom vocabulário, se expressa bem além de ser apessoado e "bem sucedido".
Prestem atenção na mandíbula quadrada do cara, ele não é o arquétipo perfeito de beleza, mas ele tá longe de ser feio.
Ótimos comentários do @Ogro e do @Edward.
Skrtt
Sinceramente, eu não vejo a razão do Viride e o Samunosuke discordarem, pois os dois estão certos e as opiniões de ambos não se anulam uma a outra.
Quem tem o "coração partido", a dor é emocional, mas é algo tão forte que a pessoa sente, que chega a afetar o físico realmente. Se eu não me engano o Nessahan Alita fala sobre isso em alguma parte de um dos seus livros.

E concordando com o Samunosuke, o melhor jeito de superar de uma vez por todas a paixonite, e esquecer completamente a causadora da sua aflição, é comendo outra(s) buceta(s).

https://legadorealista.net/forum/showthr...p?tid=1425
Problemas emocionais somatizam. Ponto.
A autoconfiaça supera até a questão do carro velho, a meu ver.

Prá mim, é a questão mais importante. Até a fisionomia da pessoa muda se ela adquire autoconfiança.

Uma maneira fácil de verificar isso é analisar como enxergarmos um determinado ator em papéis diferentes. Se ele faz um papel de mangina, achamos o cara medícore; em outro filme, se interpreta um personagem fodão, enxergamos ele de forma completamente diferente.
Até porque ironia agrega muito não é, paspalhão do cacete.

Concordo que estudos são importantes sim, mas discordo a partir do momento em que se baseiam apenas neles e nada mais do que isso. 

Até porque de especulação esse mundo tá cheio.
Páginas: 1 2