Fórum da Real - Legado Realista

Versão completa: Por que escrevo cada vez menos, para poder fazer mais
Você está visualizando uma versão simplificada de nosso conteúdo. Ver versão completa com a formatação apropriada.
Não escrevo mais para a maior parte dos ditos  interessados no Realismo, por que o que eles desejam, normalmente, é:

* Encontrar uma fórmula para ter sexo fácil;

* Adquirir uma identidade coletiva, para darem um falso sentido para suas vidas inúteis;

* Falsificar uma identidade na Rede, para descarregar as frustrações de sua vida real;

* Descobrir uma forma de auferir lucro com nossos conhecimentos, de forma ilícita e desonrada.

Deixei por último, o mais desprezível dos motivos.

Ouvir de nós, as piores coisas que o mundo pode ser, e usar isso para se nivelar ao PIOR, e não para PROGREDIR.

O Realismo nasceu falando especificamente de relacionamentos, mas nossa primeira designação, dizia "A Real Face...".

Você aprende de que formas as pessoas podem se aproveitar de uma pretensa amizade, não para dizer que amigos não existem. É para diferenciar o que É amizade, e o que NÃO É.

Você aprende conosco sobre as dificuldades (superáveis) de se ter um físico equilibrado, não para justificar seu sedentarismo, mas para fazer esse progresso DIREITO, e para que ele DURE.

Você aprende conosco o pior que uma mulher pode ser, não para dizer que todas são assim, mas para diferenciar uma mulher BOA de uma RUIM.

Você absorveu de nós, os piores vícios que o Ser Humano pode exercer, não para dizer que somos todos podres, mas para dar TODO O VALOR DO MUNDO, quando perceber uma VIRTUDE. Dar valor, protegê-la, e SEGUI-LA.

Aprender sobre a parte feia do Mundo, e repetir que todos são feios da mesma forma, como pretexto para não sair dessa feiúra, não é ser Realista! É ser COVARDE.

Estou perto dos meus quarenta anos, e já me dou conta, do quanto Tempo é algo precioso. Não só sei, sinto isso. E não vou gastar meu tempo, falando com malandros, frustrados, revoltados, arrogantes, estelionatários e covardes. Quero chegar ao auge do meu intelecto, daqui a mais uns dez ou quinze anos, sabendo que cheguei lá, sem desperdiçar esforço.

Quero usar meu Tempo em favor dos que tem VERGONHA daquilo que permitiram que o Mundo os tornasse. Os que vão transformar essa vergonha em disposição para aprender, e humildade no escutar.

Não fiquem temerosos os que me estão lendo agora: estou longe de me retirar do Bom Combate. Estou apenas dando uma sacudida pouco gentil, nessas Comunidades pode onde eu ango, porque querem saber? Sei da importância do que eu faço, e me apaixonei por uma das coisas que valem a pena, se apaixonar: por um bom propósito.

E como prefiro relações estáveis, essa minha com o Realismo, vai ser longa, e bem longa...

Força e Honra.
Imensa alegria te-lo aqui mestre Diomedes, cara se possivel poste aquela serie dos trabalhos de hercules, vlw fera
(16-04-2016, 10:52 AM)Cônsul Ragnarok Escreveu: [ -> ]Imensa alegria te-lo aqui mestre Diomedes, cara se possivel poste aquela serie dos trabalhos de hercules, vlw fera

Estou lutando para sobreviver atualmente, Confrade, mas ninguém fica no chão para sempre. Só quem quer.
E eu não quero.
Por mais que as Musas me deixem na mão, aquelas minha amigas (as únicas amigas mulheres que eu tenho) um tanto caprichosas, minha Obra será concluída, fique tranquilo.
Bom ler isso. Colocamos os pés no chão, e nos localizamos em meio ao desenvolvimento.  Boa Diomedes sempre acompanho seus textos, são iluminativos, no Facebook e no Central do Búfalo. Não pare com esse grande trabalho.

O preço da virtude

Libertando-se da matrix da “doce mentira”

Considerações sobre o Ego

A verdadeira “morte do Ego”
Sempre houve desonrados e retardados nos meios realistas, é evidente que o motivo de seu relativo afastamento não é esse. A verdade é que cansa ficar falando as mesmas coisas anos a fio, e as nossas prioridades mudam com o passar do tempo.
O que está ocorrendo é uma mudança de prioridades na sua vida, você está se tornando mais pragmático. 
Como um barril de pólvora que precisa de alguma chama para explodir, a mudança em seus objetivos necessita de alguma justificativa que no caso é o tempo gasto com os realistas que não compartilham de seus valores.
(17-04-2016, 10:11 AM)Aragons Escreveu: [ -> ]Sempre houve desonrados e retardados nos meios realistas, é evidente que o motivo de seu relativo afastamento não é esse. A verdade é que cansa ficar falando as mesmas coisas anos a fio, e as nossas prioridades mudam com o passar do tempo.
O que está ocorrendo é uma mudança de prioridades na sua vida, você está se tornando mais pragmático. 
Como um barril de pólvora que precisa de alguma chama para explodir, a mudança em seus objetivos necessita de alguma justificativa que no caso é o tempo gasto com os realistas que não compartilham de seus valores.

Também acho isso.

E principalmente por eu estar passando por isso.
Recentemente postei aqui uma reflexão sobre os perigos da polarização e esse texto só veio a acrescentar e confirmar o que falei: isso só traz merda para essas pessoas que não saem dessas polarizações. Muitos realistas inclusive, passam vários anos na Real sem entender realmente o que é a Real, qual seu propósito e o que ele pode aprender de bom com ela e aplicar em suas vidas. Parabéns pelo texto, foi certeiro e expôs as consequências dessas escolhas nefastas.

E continue escrevendo, mesmo que bem menos que antes. Suas reflexões são de uma qualidade ímpar.
Vou lhes falar algumas palavras sobre o Dio.

Poucos caras na real são tão leais, honestos e sinceros quanto ele.

Ele não identificou-se com o capitão América por um acaso, pois a personalidade do personagem é semelhante à dele,: a de ter valores morais buscando o bem comum, ainda que isso lhe traga custo pessoal desnecessário, com a vantagem dele não ser o escoteiro que o Steve Rogers é (seja nos quadrinhos, mas principalmente nos filmes).

O Dio é um sujeito extremamente valoroso, admirável por natureza e por ser um exemplo de retidão e de atitude, muito mais do que eu sou hoje (espero chegar no seu nível um dia).

Enfim, o Dio tem tudo para ser um novo Doutrinador aqui na real e só não reconhece isso quem não o acompanha.

Abs. amigo.
isso acontece quando não largam a "fase da revolta" e mesmo sabendo a real ficam presos na matrix, por não acreditar que seja possivel, ou por se polarizar nessa possiblilidade