Fórum da Real - Legado Realista

Versão completa: Depressão
Você está visualizando uma versão simplificada de nosso conteúdo. Ver versão completa com a formatação apropriada.
Páginas: 1 2 3 4
Concordo com o que os confrades falaram, na depressão você não enxerga a luz no fim do túnel.

Talvez porque você esteja desnorteado, a depressão provoca isso, a digamos, supressão dos sentidos, você perde o senso de realidade e existência e passa a enxergar a própria existência como um fardo.

Com certeza uma doença que altera o níveis químicos no corpo não é brincadeira.

Semper Fidelis
(10-05-2016, 07:41 PM)Daimon Escreveu: [ -> ]
(10-04-2016, 06:06 PM)Daimon Escreveu: [ -> ]Um vizinho meu que acabou de completar 16 anos, passa por uma depressão e há 4 anos não sai de casa, vou explicar melhor o caso.
PS: Eu já tive depressão e sei o quanto é ruim.

Eu não sabia que isso estava acontecendo com ele, álias nem lembrava dele, na verdade eu vivia numa de grande correria aos 17 anos (formado no ensino médio, mas sem muita perspectiva, sem pai, sem experiências de vida, meus dias começavam as 5 da manhã para correr,as 6 e 30 h ia para um curso tecnico integral e a noite pra um cursinho pré vestibular, depois que passei no vestibular e fui morar na cidade que ia fazer o curso, passei dificuldades e muito cansaço, porque? a rotina do ano anterior já explica) pois sempre foi um moleque travesso: me apelidava, xingava as pessoas, secava pneu de bike e outras coisas.

Ano passado nos quase 5 meses da greve das Universidades Federais, tentei ajudá-lo.

O mesmo falava muito rápido, hoje fala mas calmamente. Sua vida se resumia a assistir filmes e a programação da Globo e Record .
Conversava com ele diariamente, ele foi evoluindo, pulou o muro da minha casa e entrou na minha casa, depois pulou o muro para a casa da vizinha e pôs a cara pra ver a rua, mas não saiu pra rua ( falou com alguns vizinhos que diziam: sai de casa moleque e tal) depois de quase 4 anos.
Ensinei hábitos de higiene e a tirar a barba.


Ontem assistimos Rocky um Lutador no PC.

E no final das contas, ajudar faz muito bem.

Boa notícia confrades, O MOLEQUE ESTÁ SAINDO DE CASA NOVAMENTE. Smile Smile


Confrades, depois que eu vi o resultado do esforço e dedicação que tive com ele.
Percebi que é muito importante gastar seu tempo com o próximo. Pode levar semanas, meses nesse caso especifico e até anos. Não devemos buscar coisas que acontecem facilmente, instantaneamente.

Eu o levava pra tomar sol no quintal de casa para aumentar vitamina D, conversava todo dia, o coloquei pra ler e escrever novamente, jogava dominó, levei pessoas para vê-lo. 
Essa será uma marca para o meu desenvolvimento pessoal.
Abaixo está um texto de alguém que gastava seu tempo, e tinha um excelso caratér: O Apóstolo Paulo.

E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.
Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.
Gálatas 6:9,10

[url=https://www.bibliaonline.com.br/acf/gl/6/9,10][/url]
[Image: 2986455477e91259babe9c6dd165fc7d39b1064d.jpg]


        Estou lendo esse livro da imagem acima (muito bom o livro, fala pela visão psicológica sobre vários aspectos da vida como por exemplo: depressão, ansiedade, feminismo, masculinidade e outros).

Pelo o que eu li no livro, vou tentar falar de forma bem resumida sobre a depressão. Eu sofro as vezes de depressão, porém para vencer/combate-la tive que conhecer o que é, ter um controle emocional, e fazer atividades físicas.
 É um complemento ao texto do Cônsul Ragnarok.

Depressão - Doença caracterizada por uma tristeza fora de controle. Sintomas são sobretudo apatia, um desanimo forte que o individuo senti, ocorre uma baixa de funcionamento de memoria; há uma sensação de cansaço persistente, com dificuldade de fazer as tarefas do dia-a-dia, uma sensação que a vida tornou se pesada, difícil e aborrecida.

Formas mais pesadas, mais graves são a depressão endógenas, pode ser causada por fatores biológicos. A sensação de endógeno seria o de pouca leveza, como se tivesse um peso amarrado em todo seu corpo te puxando para baixo.


Depressões puras: O indivíduo é acometido de tristeza, apatia, de desanimo, de desinteresse pela vida e ao mesmo tempo tem a sensação de desesperança, tudo está ruim, tudo vai mal e nada parece funcionar a favor dele. É como se ele tivesse também a sensação de que no futuro as coisas continuarão péssimas.
A depressão endógena caracteriza-se por fazer com que o individuo se sinta pior pela manhã e a medida que o dia passa, vai se sentindo gradativamente aliviado e mais disposto.

A ansiedade em maioria das vezes vem acompanhada de depressão.

Depressão com apatia: Manifesta apatia e desinteresse pela vida. É como se o individuo se recolhesse para dentro de si mesmo, desinteressando se do mundo, das coisas, de suas atividades.

Depressão por esgotamento: Desiste do nada de coisas que estava se empenhando, por exemplo começa motivado a academia, porém depois de 1 mês não ver nenhum resultado físico e se desmotiva a continuar, desiste.

Depressão Mista: O indivíduo sente o corpo cheio de dores, mal estares que causam incômodos.
Então ele se torna hipocondríaco (um indivíduo que acredita na presença de doença.), ao mesmo tempo em que também sente diminuição de sua capacidade de transitar pela vida, se sair, de se socializar, de fazer coisas.
Ele se sente enfraquecido, vive irritado, torna-se neurastênico (É um termo antigo,usado pela primeira vez por George Miller Beard em 1869 para designar um quadro de exaustão física e psicológica, fraquezanervosismo e sensibilidade aumentada (principalmente irritabilidade e humor depressivo).  Ou seja a depressão mista é a mistura de depressão com hipocondria e neurastenia.


Existe outros tipos, porém cataloguei os mais conhecidos.

Explicações pela área psicológica sobre o que é a doença.

Uma das várias explicações para o aparecimento da depressão é a bioquímica. Nosso cérebro existe várias substancias químicas e algumas delas são excitatórias. Quando essas substancias se encontram em níveis mais baixos que o normal, causando alguns sintomas depressivos. 

Na visão da psicanalítica, vamos encontrar em todo individuo deprimido a vivencia da perda.
Acontece que o individuo perdeu algo de extremo valor para ele (algo como algum ente familiar, alguma relação amorosa, algo de grande valor para sua vida).
É a função da perda deste objeto ou deste valor querido, o individuo se sente decepcionado, ressentindo, magoado, e entra num processo chamado luto.
Sente dor pelo fracasso daquilo que poderia ter sido bom e por algum motivo se perdeu. A partir da perda o individuo tenta comover este objeto a voltar, ou tenta recuperar este valor perdido.
O deprimido sempre se quiexa de maus tratos recebidos, das suas expectativas não realizadas. Em tese o deprimido sofre de uma nostalgia, desejando que o objeto ou a relação amorosa volte para ele, para que ele se sinta "BEM".



Espero que leiam e tirem suas dúvidas. Caso queiram posso escanear o livro. Os sintomas eu sublinhei de vermelho para dá mais destaque.
(16-05-2016, 11:36 AM)Sagitario Escreveu: [ -> ]Uma coisa que já notei, e não sei se concordam comigo, é que, quando as pessoas ficam sabendo que você está com depressão, elas passam a te olhar de maneira diferente. Passam a te ver como uma pessoa problemática, inferior. No trabalho então nem se fala, parece que seu filme "fica queimado.

Boa observação, Sagitário.

Existe um preconceito muito grande com a doença Depressão. Algumas pessoas, se souberem que você está com Depressão, te olham como se você fosse um fraco, um molenga, um desanimado, um chato, um esquisito... Não querem contato com você.

Bem como você disse, em alguns ambientes pode "queimar o seu filme" falar isso.
Quem tiver com depressão compra um complexo de vitamina B e toma 1 por dia, isso resolve 90% dos casos de depressão.
o pior disso tudo é que,como a depressão está a niveis catastroficos atualmente,essa doença pode estar em qualquer um que conhecemos e nem percebemos,algum amigo,parente,conhecido nosso pode ter isso e só sabermos da pior forma possivel
(14-07-2016, 07:57 PM)Mago Escreveu: [ -> ]Quem tiver com depressão compra um complexo de vitamina B e toma 1 por dia, isso resolve 90% dos casos de depressão.

Olha, não sabia dessa necessidade de vitamina B, irei pesquisar depois sobre.
Se tomando um suplemento a sua depressão ir embora, da próxima vez tente experimentar um placebo que é mais barato.
Depressão hoje em dia está relacionado principalmente as fatores exógenos. Dormimos mal, nossa alimentação no geral e uma bosta, sedentarismo, excesso de iluminação, relações superficiais e vazias, lares arruinados por vícios e isso de alguma forma prejudica nossa qualidade de vida.


O organismo humano está sempre em busca de equilíbrio( ex homeostase), quando não consegue compensar, acontece a doença. Da mesma forma a mente também busca seu equilíbrio, dai surges as compensações(ex Vícios).


A mente humana dá sinais físicos desta descompensação, aumento da Frequência cardíaca, suores, tremores, e por fim o desânimo e a apatia pela vida, e em alguns casos o próprio suicídio,como última alternativa.


Os antidepressivos, estabilizadores de humor, são oportunos e pertinentes para corrigir as alterações bioquímicas, porém uma nova forma de viver e o passaporte para solução do problema.


A vida e como uma espiral, você precisa entrar dentro de você e encontrar as debilidades, as causas, os conflitos, as suas dicotomias existenciais. No centro da espiral você pode encontrar as soluções adequadas. A psiquiatria, a psicologia, a filosofia no geral, não são as repostas, mas são ferramentas para a resposta e aceitar aquilo que não tem solução, e a maximizar as qualidades e potências oculto.


O renascimento do homem e uma oportunidade que a vida aparece dentro de um processo de morte(depressão), ousemos entrar dentro da espiral, onde tudo que está errado pode ser remodelado, e os nó que amarramos em nossa alma, pode ser desfeitos.
Depressão é uma coisa muito perigosa,vejo muitas mulheres falando que tem não tendo,e muitos homens tendo ignorando.
Volto a repetir, cabeça vazia = oficina do diabo.

Tem que traçar um objetivo, separar em pequenos passos e segui-los.
Quero acrescentar algumas informações a respeito da doença Depressão, sob uma ótica mais médica.

Sintomas como tristeza, cansaço, perda/ganho do apetite, insônia... são sintomas totalmente secundários, que podem ou não acontecer na pessoa deprimida. Isso não faz parte da essência da Depressão.

Existem dois sintomas que são os pilares da Depressão, são necessários para caracterizar uma Depressão forte.

São eles:

Autoestima baixa

O deprimido tem uma autoestima global baixa, é como se nada relacionado a ele fosse bom ou fosse dar certo. Tudo que ele vai fazer, tem uma sensação de fracasso, de que é muito difícil, de que vai falhar. Suas emoções o dominam e o fazem sentir um negativismo absurdo, muitas vezes completamente fora da realidade.

Às vezes a probabilidade de algo dar certo é superior a 95%, todos sabem que vai dar certo, mas o deprimido sente um negativismo gigante e acha que não vai dar. Ele chega a brigar com os outros defendendo um negativismo fora da realidade.


Anedonia

Isso é uma incapacidade de sentir prazer. O deprimido não consegue sentir prazer ou achar graça em nada. Ele vai num churrasco e estão todos super alegres e brincalhões, curtindo, mas ele gostaria de sumir dali. Ele até tenta culpar o churrasco, mas o problema é que ele vai ao cinema e também não vê graça nenhuma, vai ao teatro e também acha uma bosta, tenta algo na natureza e é pior ainda...

Chega um ponto onde o deprimido não consegue sentir o menor prazer em nada. Sair com a namorada é chato, viajar se resume a um cansaço horrível, notícias boas de parentes não mexem mais com as suas emoções.


Existe até um termo chamado "Depressão Psicótica", que é quando a Depressão é tão forte, portanto a autoestima é tão baixa, com tanto negativismo, que o deprimido começa a perder o vínculo com a realidade.

Concluindo:

Esses dois sintomas, Autoestima baixa e Anedonia, caracterizam a essência da doença, é importante entender isso e não confundir Depressão apenas com tristeza e cansaço, que podem nem acontecer.
(10-04-2016, 10:21 PM)Cafastor Escreveu: [ -> ]Depressão não e frescura, a verdadeira depressão e uma doença que afeta a vida do individuo em toda esfera, e uma  luta continua, incluindo podendo levar o individuo a desistir da vida em toda forma. Em alguns casos e necessário ate mesmo uma internação médica.

Temos que tirar do baú este tema, pois grande parte da população mundial sofre com este mal do século(lost of soul).

Concordo!Depressão altera as conexões cerebrais e suas funções, modificando totalmente, a personalidade da pessoa tanto psicológica quanto emocional.A minha luta,desde a infância,é com o Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) me colocando em um nível hard diante de muitas situações.As duas patologias hoje em dia tem tratamentos com medicações mas paliativos infelizmente.
Um caso que aconteceu em abril deste ano,o suicídio da menina Thalia Meireles, de 15 anos por abuso sexual do próprio pai:

http://www.abimaelcosta.com.br/2017/04/m...ta-do.html

A carta de despedida está no link.

Esse filho da puta tem que pagar por isso.
não sei se sou muito ogro ou mais das antigas, mas porra, quem tem coisa pra fazer não tem muito tempo pra depressão. casos em que se perdeu filho, familiares em geral, a culpa em si por alguma merda feita, até é plausível , mas nunca a humanidade viveu tanto no ócio como agora e teve tanto tempo pra ficar pensando merda.
(02-11-2016, 03:55 PM)TheOak Escreveu: [ -> ]Quero acrescentar algumas informações a respeito da doença Depressão, sob uma ótica mais médica.

Sintomas como tristeza, cansaço, perda/ganho do apetite, insônia... são sintomas totalmente secundários, que podem ou não acontecer na pessoa deprimida. Isso não faz parte da essência da Depressão.

Existem dois sintomas que são os pilares da Depressão, são necessários para caracterizar uma Depressão forte.

São eles:

Autoestima baixa

O deprimido tem uma autoestima global baixa, é como se nada relacionado a ele fosse bom ou fosse dar certo. Tudo que ele vai fazer, tem uma sensação de fracasso, de que é muito difícil, de que vai falhar. Suas emoções o dominam e o fazem sentir um negativismo absurdo, muitas vezes completamente fora da realidade.

Às vezes a probabilidade de algo dar certo é superior a 95%, todos sabem que vai dar certo, mas o deprimido sente um negativismo gigante e acha que não vai dar. Ele chega a brigar com os outros defendendo um negativismo fora da realidade.


Anedonia

Isso é uma incapacidade de sentir prazer. O deprimido não consegue sentir prazer ou achar graça em nada. Ele vai num churrasco e estão todos super alegres e brincalhões, curtindo, mas ele gostaria de sumir dali. Ele até tenta culpar o churrasco, mas o problema é que ele vai ao cinema e também não vê graça nenhuma, vai ao teatro e também acha uma bosta, tenta algo na natureza e é pior ainda...

Chega um ponto onde o deprimido não consegue sentir o menor prazer em nada. Sair com a namorada é chato, viajar se resume a um cansaço horrível, notícias boas de parentes não mexem mais com as suas emoções.


Existe até um termo chamado "Depressão Psicótica", que é quando a Depressão é tão forte, portanto a autoestima é tão baixa, com tanto negativismo, que o deprimido começa a perder o vínculo com a realidade.

Concluindo:

Esses dois sintomas, Autoestima baixa e Anedonia, caracterizam a essência da doença, é importante entender isso e não confundir Depressão apenas com tristeza e cansaço, que podem nem acontecer.


Confrade, tu foi certeiro nessa! Anedonia, quando chega nesse extremo a coisa está feia! Vou procurar saber mais a respeito deste último, e o lance da vitamina B também.
Como Superei Minha Depressão

A depressão traz consigo uma grande quantidade de sintomas debilitantes, entre eles:
“1) alteração de peso (perda ou ganho de peso não intencional); 2) distúrbio de sono (insônia ou sonolência excessiva  praticamente diárias); 3) problemas psicomotores (agitação ou apatia psicomotora, quase todos os dias); 4) fadiga ou perda de energia constante; 5) culpa excessiva (sentimento permanente de culpa e inutilidade); 6) dificuldade de concentração (habilidade diminuída para pensar ou concentrar-se); 7) ideias suicidas (pensamentos recorrentes de suicídio ou morte); 8) baixa autoestima, 9) alteração da libido.”
Portanto, curá-la pode parecer uma tarefa extremamente difícil, mas um entendimento de suas causas é fundamental para a cura. Após ter sido diagnosticado com a doença em setembro de 2011, descobri que o caminho para sua cura é e deve ser 100% natural, barato e eficiente. Abaixo eu destaco os seis pontos mais importantes do processo de recuperação.

Alimentação

De maneira geral, quanto pior sua saúde, mais risco de ficar deprimido você corre. Portanto, é de se esperar que o fator que mais influencia a saúde, também influencia a parte mental desta. Neste aspecto, uma adesão à dieta paleolítica é um grande passo para a cura da depressão. O açúcar é similar a uma droga, causando uma sensação boa logo após ser consumido e uma crise de abstinência depois. O livro Barriga de Trigo detalha como o trigo (que em sua maior parte é amido, ou seja, açúcar) e o glúten modernos causam uma inflamação geral no corpo, causando uma quantidade espantosa de efeitos colaterais. E o excelente livro Grain Brain fala sobre os efeitos do glúten sobre a depressão. Basicamente, o glúten inflama também o cérebro (“quando introduzimos no corpo qualquer coisa que desencadeia uma resposta inflamatória, nós corremos um risco muito maior de uma grande gama de desafios à saúde, desde incômodos diários como dores de cabeça e lerdeza cerebral até depressão e doença de Alzheimer” Grain Brain pág. 61), causando uma grande quantidade de doenças mentais (… podemos naturalmente prevenir, e às vezes curar, um espectro de doenças como TDA, depressão, ansiedade, insônia, autismo, síndrome de Tourette, dores de cabeça e doença de Alzheimer? A resposta (…) é um retumbante sim” Grain Brain pág. 42).

Em segundo lugar, o entendimento que gorduras saturadas não somente não são o diabo reencarnado, mas são na verdade benéficas também é importante. Um dos maiores mitos em relação a dietas é que “para emagrecer basta comer menos”. Bem, isto está errado. O certo para quem quer perder gordura corporal é comer mais comidas saciantes (principalmente gorduras e proteínas), e menos comidas não saciantes (carboidratos de maneira geral). O livro Paleo Solution explica que “um dos hormônios que regulam a fome é chamado de Peptídeo YY, que nos informa quando devemos parar de comer. Proteína e gorduras liberam muito PYY, logo são muito saciantes. Carboidratos, por outro lado, liberam pouco PYY, e são portanto pouco saciantes” (The Paleo Solution pág. 54). , ou seja nossa fome é diretamente ligada ao tipo de comida que comemos. Outro fator que influencia a perda de gordura é a insulina. De maneira geral quanto maior o nível de insulina maior a tendência para acúmulo de gordura e consequente perda de massa muscular e diminuição do nível de testosterona. O nível de testosterona por sua vez, influencia diretamente na depressão.

Outras gorduras essenciais são as famosas Omega-3, encontradas especialmente em peixes. Mark Sisson informa que: “Omega-3s ajudam a circulação ao naturalmente afinar o sangue, combater a inflamação sistêmica, dar apoio às funções cerebrais e aliviar os sintomas de depressão, ansiedade e até TDA (Transtorno de Déficit de Atenção)”.

Resumindo: Evite açúcar, grãos e óleos vegetais. Consuma todo tipo de proteína animal, (peixes, carne vermelha, aves e ovos) verduras, legumes, e frutas em moderação.

[Image: 8b0bf-bacon.jpg?w=640]
Como se não bastasse ser um dos maiores filósofos da história, o Bacon é também delicioso e saudável.

Luz Solar
[Image: 2d4e3-mountaintop_nude_sunbathing.jpg?w=640]
Quem não ama banhos de sol?

Foi demonstrado que a Vitamina D pode aliviar depressões. Não só a depressão o faz você ficar sem vontade de sair de casa, como você ficar em casa elimina um meio excelente de reduzir a depressão, gerando um círculo vicioso.

Se você tiver pele mais clara, e pensar que por isso não pode ficar muito tempo no sol gerando vitamina D, saiba que a pele mais clara é uma evolução que tem justamente a vantagem de gerar vitamina D mais facilmente.

Obviamente, além da miríade de outros benefícios à saúde (o livro Paleo Manifesto cita: doenças ósseas, proteção contra vários tipos de câncer, desordens autoimunes, doenças cardiovasculares e doenças de pele como psoríase (Paleo Manifesto, pág. 225)) (e também não posso deixar de citar que a vitamina D é precursora da testosterona) que níveis elevados de vitamina D irão proporcionar, uma pele bronzeada vai lhe deixar mais bonito, aumentando sua autoestima, e indiretamente ajudando em sua batalha contra a depressão.

É importante notar que a maioria dos protetores solares impede a produção de vitamina D, e não devem ser utilizados, não só por quem sofre de depressão, diga-se de passagem. Além disso, a “proteção” que tais produtos oferecem é bem dúbia, conforme demonstrado na tabela de risco de americanos desenvolverem melanoma, abaixo:

[Image: 523de-skin-cancer.gif?w=640]

20 vezes mais risco em 65 anos? É “protetores” solares são mesmo ótimos.
Bem, eu divago. O fato é que uma produção constante de vitamina D é fundamental para a saúde mental, e é uma pena que justamente quem mais precise dela tenha a tendência a não querer sair de casa. Se você está lutando contra a depressão, deve se esforçar para sair de casa durante o dia, mostrando o máximo de pele possível.

Exercício Físico


É importante fazer exercícios de médio a alto nível de esforço, e de média a baixa duração. Conforme eu disse logo acima, a testosterona é importante no combate à depressão, e são justamente os exercícios compostos os que mais liberam testosterona. Uma vez que geralmente quem está deprimido tem um nível baixo de condicionamento físico, sugiro a leitura deste post (que publicarei em português nos próximos dias) para uma referência mais detalhada nessa área.

Outro benefício, indireto, é que para mantermos um bom desempenho na academia, é necessária uma boa alimentação, e uma ética de trabalho fortalecida. Ambas as coisas com o tempo ajudam a elevar a autoestima (sem falar nos benefícios estéticos), o que, claramente, combate a depressão.
[Image: dr-jeffry-life.jpg]
Qual sua desculpa para ser gordo e fraco mesmo?

Sono

Acho que não preciso me alongar muito sobre a diferença de ânimo geral que sentimos após uma boa noite de sono quando comparada a uma má noite de sono, mas aí vai um pouquinho de ciência. Um sono insuficiente além de nos deixar péssimos durante o dia, eleva o cortisol e abaixa a testosterona (espero que você tenha percebido um padrão). Como já dito, uma baixa testosterona não é nada legal para quem tem depressão. Já o cortisol é o hormônio liberado em situações de risco, cujo nível segundo o livro Paleo Solution (pg.126), deve idealmente ser elevado pela manhã (para um despertar rápido) e baixo a noite (para adormecimento). Nossa vida moderna de stress crônico inverte esse perfil, fazendo com que fiquemos sonolentos pela manhã e cansados porém alertas pela noite. Como fazer para dormir melhor? Primeiro, evitar o stress crônico discutido acima, para que seu cortisol não fique elevado em demasia. Segundo, é necessário que dormir em um lugar o mais escuro possível. Novamente o Paleo Solution explica que as hemácias que alimentam os olhos captam a informação de luz, mesmo que seus olhos estejam fechados, bloqueando o hormônio regulador do sono melatonina.

Este foi o maior desafio que encontrei (e em menor grau, ainda combato) na cura da depressão, porque o mundo moderno é cheio de estimulantes artificiais. Ainda assim, tenha em mente que os benefícios à saúde de uma noite boa de sono são muito mais valiosos que quaisquer estímulos rasos e passageiros do citado mundo moderno.

Então resumindo, relaxe durante o dia e escureça o quarto o máximo possível à noite.

[Image: df46d-sleepinggirl.jpg?w=640]
Aposto que você ficou com vontade ir para a cama.

Social

Enquanto é importante ter em mente que a única pessoal responsável pela sua vida é você, isto não elimina a ajuda e suporte que amigos, família e cônjuges podem dar.

Nossa sociedade moderna de distrações fáceis infelizmente afastou muitas pessoas de um convívio mais próximo, mas até isso tem implicações para a saúde. Mark Sisson, em um interessante artigo onde muitas evidências do poder do toque são apresentadas em relação à saúde geral. Mesmo o contato físico com animais prolonga a vida e melhora a saúde de pessoas que os tenham. No mesmo artigo, ele informa que até mesmo ratos de laboratório recebem benefícios com o toque.

Assim como é difícil para alguém deprimido sair de casa todo dia para tomar banhos de sol, o mesmo acontece em relação à socialização. Ainda assim, é necessário um esforço concentrado para a formação de novas amizades, ao mesmo tempo em que antigas amizades e a família são importantes não só nos piores momentos, mas também no processo de recuperação.

[Image: images?q=tbn:ANd9GcT7vpGGcakUqaiWJfDMFbu...DiVBWAdVOw]

Eu gostaria de terminar essa parte agradecendo a todos parentes, amigos, amantes e até mesmo pessoas que mal me conheciam, mas mesmo assim me ajudaram com o processo de recuperação. Felizmente, são nomes demais para eu me lembrar de todos, mas ficarei para sempre grato a cada um deles.

Roma não foi construída em um dia

A depressão é uma doença que reflete a saúde geral do seu portador. E saúde geral não é algo que é construído do dia para noite (muito menos pode ser encontrada em pílulas). O importante é manter os hábitos saudáveis acima discutidos de maneira regular, e os sintomas da depressão serão eliminados. É importante também entender que, como tudo o mais na vida, a recuperação da depressão não é algo linear, mas flutuante. Em um período, você irá melhorar, em outros, regredir um pouco. O importante é que os períodos bons sejam mais longos e mais intensos do que os quase inevitáveis períodos de recuo.

Tendo tocado no assunto de hábitos, vou recomendar a leitura do livro O Poder do Hábito, de Charles Duhigg. Nele o autor nos explica que hábitos e memória são armazenados em lugares diferente do encéfalo, e que para mudar hábitos é necessário que hábitos antigos sejam trocados por hábitos novos.

Em resumo, os hábitos podem ser divididos em três partes: dica, rotina e recompensa. Por exemplo, em relação ao hábito de escovação dental: a dica seria a sujeira nos dentas, a rotina seria o escovar dos dentes em si, e a recompensa seria a sensação de limpeza dos dentes. Para realizar a troca de hábitos a que me referi logo acima, o correto é trocar a rotina, pois a dica sempre gera uma força poderosa que o leva a desejar a recompensa. No caso específico de uma pessoa deprimida, a dica vem em forma de um desânimo geral, e geralmente nós temos a rotina de usar estímulos passageiros como o consumo de alimentos doces, televisão e internet, que no fim das contas pioram a depressão a médio e longo prazo.

Assim, se você, por exemplo, quiser parar de comer chocolate, talvez o melhor caminho seja substitui-lo por outra comida que provoque efeitos imediatos semelhantes, mas que a longo prazo sejam mais saudáveis, como frutas, por exemplo. E após você conseguir trocar o hábito ruim pelo bom por uma vez, o hábito ruim tentará, e muitas vezes conseguirá, retornar. Mas o importante aqui é insistir com o novo hábito, até que ele totalmente substitua o antigo, tendo sempre em mente que o processo leva tempo.

Finalizando este tópico, outra técnica interessante que usei (e ainda uso) é ver vídeos motivacionais. Eu já havia recomendado este vídeo recentemente, e outros dois bons exemplos são este e este.

[Image: images?q=tbn:ANd9GcSy5N5lE8Uzfpt3PhwcrcZ...S4BHVwPd4u]
Esta foto não tem nada a ver com o post

O que eu não fiz para superar a depressão

Confiar em drogas e psiquiatras. Não pretendo me estender sobre o tópico, mas é uma verdade dura que a maior parte da área da saúde hodierna não se trata de dar saúde aos pacientes, mas tão somente de entupi-los com remédios para tratar os sintomas (dando lucros exorbitantes a corporações farmacêuticas, por exemplo). Saiba somente disso e seu caminho para a saúde já estará bem encaminhado.
[Image: Side-Effects-of-Sleeping-Pills.jpg]
Não caia no conto da pílula mágica

Conclusão

Pode parecer muita coisa, mas tudo que foi recomendado acima é natural, efetivo e barato (ou mesmo de graça). Se você tem, ou conhece alguém que tenha depressão, tente seguir o caminho acima e a melhora será garantida. Até a próxima.
[Image: giphy.gif]

Mandou muito bem Temujin! 

Eu discordo só de algumas partes em relação a alimentação, mas eu ainda preciso estudar sobre o assunto pois tenho pouco conhecimento.

E quero te pedir permissão para utilizar vários trechos da sua postagem para atualizar a minha apostila sobre doenças mentais que uso para ministrar as aulas para os alunos. Vai ser um ótimo complemento.
(04-09-2017, 11:47 AM)Libertador Escreveu: [ -> ][Image: giphy.gif]

Mandou muito bem Temujin! 

Eu discordo só de algumas partes em relação a alimentação, mas eu ainda preciso estudar sobre o assunto pois tenho pouco conhecimento.

E quero te pedir permissão para utilizar vários trechos da sua postagem para atualizar a minha apostila sobre doenças mentais que uso para ministrar as aulas para os alunos. Vai ser um ótimo complemento.

Fique à vontade, pode usar qualquer material meu que achar útil.
Tópico sensacional cara.

Depressão é uma batalha que deve ser vencida aos poucos.

E sobre aquela parte de tomar sol e convívio social, ainda acrescento mais uma: Mexa-se de qualquer jeito, saia da porcaria do quarto e vá ver o mundo lá fora.

A vida é uma dádiva, somos seres tão pequenos comparados a grandeza do nosso universo.
Páginas: 1 2 3 4